Listagem de Estágios

Tecnologia


1697. 3DTech Alive 2022


Instituição: Centro de Investigação em Modelação e Optimização de Sistemas Multifuncionais (CIMOSM), Instituto Superior Engenharia de Lisboa
Responsável: Maria Amélia Ramos Loja
Nº Alunos: 4
Anos: , 10º, 11º
Área: Tecnologia, Matemática
Data: de 27-06-2022 a 01-07-2022 Horário: Manhã
Investigador(es): Amélia Loja Afonso Leite Alda Carvalho Ana Pinto Ivo Bragança José Alberto Rodrigues Ricardo Portal


Descrição: As tecnologias associadas à obtenção da geometria tridimensional de um objecto existente e à sua possível replicação apresentam uma importância crescente em múltiplas áreas da Engenharia.
Este estágio pretende ilustrar esta realidade, começando por fazer uma viagem por diferentes áreas da Engenharia Mecânica em que a Engenharia Inversa pode ter um papel muito importante.
Os estagiários terão assim, oportunidade de se envolverem em tarefas de iniciação à Engenharia Inversa no âmbito do varrimento laser e reconstrução de superfícies, bem como da modelação 3D e da replicação de objectos por impressão 3D. Serão também sensibilizados para a importância da Matemática na Engenharia através de aplicações lúdicas.

Observações: 3DTech Alive 2022 - Estágio de Iniciação a Tarefas de Investigação e de Engenharia Inversa no âmbito da Engenharia Mecânica

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Átrio principal do ISEL - No primeiro dia, os estagiários deverão dirigir-se ao átrio principal do ISEL pelas 9h15, onde o responsável do estágio os esperará. Os estagiários serão previamente contactados no sentido de lhes transmitir informações mais detalhadas. Hora: 9h15
Pessoa de contacto: Amélia Loja

Estágio Esgotado


1798. A ciência e o poder de lançar os dados do futuro


Instituição: INESC TEC
Responsável: Catarina Carvalho
Nº Alunos: 8
Anos: , 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia, Robótica
Data: de 04-07-2022 a 08-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Catarina Carvalho Cristina Barbosa Sara Neves Rui Rodrigues Ireneu Dias Paulo Marques Duarte Dias Ana Filipa Sequeira Hélder Fontes Luís Pessoa Daniel Vasconcelos Bruno Santos Joana Coelho


Descrição: A ciência tem o poder de lançar os dados do futuro. É hoje que o amanhã começa a ser construído. E no INESC TEC os alunos terão a oportunidade de estar em contacto direto com diferentes áreas científicas que abrem caminho para o futuro, acompanhados por investigadores que mostrarão como fazem ciência e que influência isso terá no dia de amanhã. O programa inclui visitas acompanhadas a espaços de trabalho, sessões práticas em laboratório e módulos teórico-práticos, tudo em áreas como:
- Robótica
- Energia e Veículos Elétricos
- Fibras Óticas
- Interação e Jogos
- Computação
E muitas mais!
Todas estas atividades visam dotar os alunos de “inspiração” para, ao longo do seu estágio, pensar e estruturar uma ideia inovadora para o futuro. O objetivo é que consigam refletir sobre tudo que vão aprendendo ao longo da semana e aventurem-se no lançamento de uma tecnologia que ainda não exista. Essa ideia deverá ser apresentada num pitch a um painel de avaliadores no último dia.

Observações: A ciência tem o poder de lançar os dados do futuro

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: INESC TEC Edifício sede - Campus da FEUP, Rua Dr. Roberto Frias, 4200-465 Porto Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Catarina Carvalho

Estágio Esgotado


1797. À Descoberta da Electroquímica


Instituição: Centro de Química da Madeira (CQM), Universidade da Madeira
Responsável: José Mesquita
Nº Alunos: 3
Anos: 10º, 12º, 11º
Área: Tecnologia, Química
Data: de 11-07-2022 a 15-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): José Mesquita


Descrição: A eletroquímica estuda reações de oxidação-redução que se desenvolvem em eléctrodos. É uma área da Química muito dinâmica e que desempenha um papel importante em vários domínios da Ciência e da Tecnologia. Neste contexto, propõe-se o desenvolvimento de uma série de atividades experiências
demonstrativas da eletroquímica que forneçam uma panorâmica desta área da Química.

Observações: .

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Universidade da Madeira, Edifício da Penteada, Piso 0, Sala 0.57 Hora: 10:00
Pessoa de contacto: José Mesquita

Inscrição


1766. Antibióticos: da medicina ao ambiente


Instituição: Centro de Investigação em Saúde e Ambiente CISA.ESS| P.Porto
Responsável: Mónica Vieira
Nº Alunos: 3
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia
Data: de 04-07-2022 a 08-07-2022 Horário: Manhã
Investigador(es): Mónica Almeida Vieira Dulce Teixeira Joana Almeida


Descrição: A descoberta dos antibióticos no século XX revolucionou a medicina diminuindo drasticamente as mortes causadas por infecções, salvando, dessa forma milhares de vidas humanas.
A sua utilização em grande escala rapidamente se tornou uma realidade. As aplicações do antibióticos propagaram-se também para lá da medicina e estenderam-se à biotecnologia animal, agrária e molecular.
Contudo, as bactérias, dotadas de grande plasticidade genética conseguiram, rapidamente, desenvolver estratégias de combate e de inativação destas verdadeiras “armas biológicas”, os antibióticos.
Hoje em dia estão em marcha diversas estratégias quer médicas, epidemiológicas, biotecnológicas e bio-computacionais de forma a combater a capacidade de as bactérias resistirem aos antibióticos que passam pela modificação molecular dos antibióticos à busca de novas estratégias bio-terapêuticas.
Neste seminário vamos percorrer os bastidores onde esta luta está a ser travada, mostrando-te o que os nossos cientistas estão a fazer nos seus campos de batalha – isto é, nos laboratórios de investigação científica!

Observações: Escola Superior de Saúde, no Pólo Universitário da Asprela, próximo do IPO Porto e Hospital de São João.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Escola Superior de Saúde-IPP, Rua António Bernardino de Almeida, 400 4200-072 Porto Hora: 9:30
Pessoa de contacto: MÓNICA ANDREIA ALMEIDA VIEIRA

Inscrição


1537. Aromas & Essências


Instituição: Centro de Inovação em Engenharia e Tecnologia Industrial (CIETI), Instituto Superior de Engenharia do Porto
Responsável: Manuela Garrido
Nº Alunos: 2
Anos: , 10º, 11º
Área: Tecnologia, Química
Data: de 04-07-2022 a 08-07-2022 Horário: Manhã
Investigador(es): E. Manuela Garrido Jorge Garrido Paulo Silva


Descrição: Os aromatizantes são compostos naturais ou artificiais que dão cheiro e sabor característico aos produtos comestíveis (alimentos industrializados) e odor aos produtos não comestíveis (cosméticos, aromatizador de ambientes, etc.). Os aromas estão diretamente ligados às memórias e às emoções e por isso são criados de modo a valorizar e personalizar cada um dos produtos a desenvolver. O processo criativo de um aroma envolve tecnologia, investigação, conhecimento científico, mas acima de tudo sensibilidade.
Os ésteres são substâncias orgânicas frequentemente encontradas na natureza, e desempenham um papel importante na indústria farmacêutica, de perfumes, de polímeros, de cosméticos e estão presentes na composição de produtos alimentícios para realçar e imitar sabores e aromas. Neste estágio científico propomos-te que descubras novos aspetos ligados ao uso e investigação de aromas. Poderás trabalhar nos nossos laboratórios e descobrir por ti mesmo que a química é uma ciência central por detrás do sabor e cheiro do mundo que nos rodeia.

Observações: Mais informações sobre o ISEP e o CIETI em https://www.isep.ipp.pt/ e http://www.cieti.isep.ipp.pt/

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Instituto Superior de Engenharia do Porto - Átrio do edifício H Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: E. Manuela Garrido_ Jorge Garrido_ Paulo Silva

Estágio Esgotado


1617. Avaliação de Corantes para Células de Conversão de Energia Solar


Instituição: Centro de Química de Coimbra (CQC), Departamento de Química, Universidade de Coimbra
Responsável: Sérgio Paulo Jorge Rodrigues
Nº Alunos: 3
Anos: 10º, 11º
Área: Tecnologia
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Carlos Serpa e Otávio Augusto Chaves


Descrição: Nos últimos anos, têm surgido inumeras abordagens para aproveitar a energia solar no que concerne à sua conversão em eletricidade. As células solares sensibilizadas por corantes (do inglês dye-sensitized solar cells, DSSCs) aparecem como um dos métodos promissores para a produção de energia a partir de fontes renováveis. As DSSCs têm uma atenção considerável porque são ecológicas, apresentam baixo custo de produção, não geram ruídos e os corantes, considerados como fotosensibilizadores por captarem radiação solar, podem ser tanto sintéticos quanto semissintéticos e naturais. No caso de fontes sintéticas, os macrociclos tetrapirrólicos, como exemplo porfirinas e ftalocianinas que mimetizam os pigmentos do fotossistema de plantas, destacan-se pela sua capacidade de absorção na região espectral de maior incidência solar (comprimentos de onda maiores do que ultravioleta, > 400 nm).
Recapitulando o fotossistema de plantas, a mistura de corantes é um dos fatores cruciais para que a fotossíntese atinja seu objetivo com eficiência, tornando instigante extrapolar tal raciocínio para o caso das DSSCs. Dessa forma, o presente Estágio tem como principal objetivo avaliar se a mistura entre um corante porfirina e um corante ftalocianina apresentam parâmetros químico-físicos viáveis para futuro estudo de desempenho fotovoltaico em DSSCs. Para atingir esse objetivo o estagiário terá contato com técnicas baseadas na interação entre luz-matéria (espectroscopia), simulador de luz solar e preparação de filmes nanoestruturados de TiO2. Além disso, o estagiário terá contato com programas de tratamento de dados e manipulação de espectros, assim como estará dentro da rotina laboratorial de cálculos e preparo de soluções, sempre salientando em cada etapa a importância dos protocolos de segurança laboratorial.

Observações: na

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Entrada do Departamento de Química, Polo I da Universidade de Coimbra Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: Carlos Serpa e Otávio Augusto Chaves

Estágio Esgotado


1767. BACTERIÓFAGOS NA BIOTECNOLOGIA MODERNA


Instituição: Centro de Investigação em Saúde e Ambiente CISA.ESS| P.Porto
Responsável: Mónica Vieira
Nº Alunos: 3
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia, Tecnologia
Data: de 04-07-2022 a 08-07-2022 Horário: Manhã
Investigador(es): Mónica Almeida Vieira Dulce Teixeira Joana Almeida


Descrição: Os bacteriófagos são partículas biológicas abundantes no nosso planeta, infetam hospedeiros bacterianos específicos em todos os ambientes conhecidos, sendo os principais condutores da evolução adaptativa bacteriana. O estudo de bacteriófagos tem sido visto com grande potencial no desenvolvimento de novos produtos biotecnológicos. A terapia fágica, embora não seja um conceito novo, consiste no uso de partículas fágicas estritamente líticas como alternativa à abordagem convencional de tratamento antimicrobiano de infeções bacterianas resistentes, tem sido redescoberto como um método seguro. Isto deve-se ao fato destas partículas serem desprovidas de qualquer mecanismo metabólico e sem afinidade para células eucarióticas. Além disso, a vacinação com base em bacteriófagos tem emergido como uma das estratégias preventivas mais promissoras. Os bacteriófagos têm sido explorados consoante a sua natureza, ação e potencialidade na biotecnologia moderna: (i) infeções no Homem (terapia fágica), (ii) biopreservação e segurança alimentar, (iii) biocontrolo de agentes patogénicos em plantas, (iv) biossensores bacterianos, (v) vacinas e transportadores de vacina, (vi) controlo de crescimento bacteriano e biofilme, entre outras potencialidades.
Neste sentido, o nosso objetivo principal será isolar bacteriófagos de origem ambiental que possam ter interesse terapêutico.
De modo alcançar o objetivo proposto será necessário realizar as 4 tarefas descritas. A primeira tarefa (#Task 1) laboratorial consiste no desenho do protocolo experimental: (i) desenhar de uma estratégia para recuperação de bacteriófagos_ (ii) desenhar de uma estratégia para enriquecimento de bacteriófagos: (iii) desenhar de uma estratégia para isolamento de bacteriófagos. As tarefas seguintes consistes na recuperação de bacteriófago numa amostra de água (#Task 2), enriquecimento do bacteriófago (#Task 3)_ e por fim isolamento/propagação de bacteriófagos (#Task 4).

Observações: Escola Superior de saúde - Pólo Universitário da Asprela, junto ao IPO Porto e Hospital de São João

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Escola Superior de Saúde-IPP, Rua António Bernardino de Almeida, 400 4200-072 Porto Hora: 9:30
Pessoa de contacto: MÓNICA ANDREIA ALMEIDA VIEIRA

Estágio Esgotado


1807. Caracterização celular em diferentes amostras biológicas utilizando técnicas avançadas de Microscopia e Citometria de Fluxo


Instituição: NOVA Medical School
Responsável: Telmo Pereira
Nº Alunos: 1
Anos: 10º, 11º
Área: Tecnologia
Data: de 11-07-2022 a 15-07-2022 Horário: Tarde
Investigador(es): Telmo Pereira e Cláudia Andrade


Descrição: A Microscopia e a Citometria de Fluxo constituem ferramentas poderosas na separação, contagem e caracterização com detalhe morfológico de células individuais. A capacidade de identificar e caracterizar subpopulações celulares torna estas técnicas essenciais para o diagnóstico de tumores, análise de transplantes de órgãos, respostas a infeções por bactérias ou fungos e, desenvolvimento de vacinas e medicamentos.

Assim o objetivo da atividade proposta é apresentar uma visão geral sobre ambas as tecnologias e de que forma se complementam dando especial relevância nas principais aplicações e como se articulam no desenvolvimento da investigação científica.

Esta atividade visa que os participantes possam realizar uma experiência laboratorial desde o planeamento, preparação da amostra, aquisição em diferentes equipamentos de Microscopia e de Citometria de Fluxo e análise dos resultados obtidos.

Observações: https://www.nms.unl.pt/pt-pt/investigacao/servicos-e-infraestruturas/servicos-a-comunidade/detalhe/facilityid/2800

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: R. Câmara Pestana 6, 6A, 1150-199 Lisboa Hora: 13:15
Pessoa de contacto: Telmo Pereira

Estágio Esgotado


1721. Ciência e Tecnologia do Vinho


Instituição: Centro de Investigação de Montanha (CIMO), Instituto Politécnico de Bragança
Responsável: J  Verdial Andrade / António Castro Ribeiro
Nº Alunos: 3
Anos: 10º
Área: Tecnologia, Tecnologia, Química, Físico-Química
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): António Castro Ribeiro David Barreales


Descrição: Descrevem-se as etapas da produção e estabilização do vinho e referem-se as principais características de diferentes vinhos.
Os alunos terão oportunidade de realizar as principais análises físico-químicas para controlo da qualidade, complementadas com análise sensorial.
No final, os participantes estarão sensibilizados para a importância do controlo analítico e sensorial do vinho e capacitados para realizar algumas análises de rotina nas diferentes etapas da sua produção.
O estágio será integrado nos projetos de investigação em curso no Centro de Investigação de Montanha e decorrerá no Laboratório de Enologia.

Observações: Os alunos deverão trazer bata. Estágio com oferta de almoço e possibilidade de alojamento para
alunos candidatos selecionados e afastados do local de habitação

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Laboratório de Enologia da ESA- IPB Hora: 9:30H
Pessoa de contacto: António Castro Ribeiro/David Barreales

Estágio já em curso / terminado

1582. Composição Musical


Instituição: Centro de Investigação em Educação Básica (CIEB), Instituto Politécnico de Bragança
Responsável: Mário Cardoso
Nº Alunos: 3
Anos: 10º, 11º
Área: Tecnologia
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Mário Cardoso Nelson Quina


Descrição: Se a tecnologia, a música e criação são a tua paixão, então este Curso de Verão será a oportunidade para aprender a desenvolver projetos na área da composição musical, com particular incidência na música eletrónica e produção musical. Este curso visa proporcionar ao formando os conhecimentos e as competências necessárias e operacionais no âmbito da composição e programação sonora/musical. Nas sessões de trabalho serão utilizados o Max/Msp e o Logic Pro e outros materiais complementares.

Observações: -

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Mário Cardoso

Estágio já em curso / terminado

1634. Cosmecêuticos nanoformulados. Sabes o que são? Vem descobrir!


Instituição: Faculdade de Farmácia, Universidade de Lisboa - Instituto de Investigação do Medicamento - iMed
Responsável: Sandra Simões
Nº Alunos: 2
Anos:
Área: Tecnologia
Data: de 27-06-2022 a 01-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Sandra Simões, Manuela Carvalheiro


Descrição: O cosmecêuticos são produtos que realizam ações cosméticas muito mais ativas, ou seja, são mais eficazes no cuidado da pele porque lhe fornecem compostos que a ajudam a ser mais saudável e mais bonita. Os cosméticos nanoformulados possuem uma característica adicional que é a de possuírem estruturas nanométricas que ajudam a que a ação na pele dos compostos veiculados seja mais eficaz. Este estágio pretende dar a conhecer a aplicação da nanotecnologia à cosmética e as técnicas utilizadas para a preparação e caracterização de lipossomas de origem natural. O estágio permitirá também descobrir os benefícios de alguns ingredientes que usamos na cozinha na preparação de cosmecêuticos.

Observações: Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, Av. Prof. Gama Pinto, 1649-003 Lisboa

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Entrada da Faculdade de Farmácia, Universidade de Lisboa Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Adelaide Fernandes

Estágio Esgotado


1723. Cozinha com Ciência


Instituição: Centro de Investigação de Materiais (CENIMAT), Universidade Nova de Lisboa
Responsável: Alexandra Maria Ferreira Gonçalves
Nº Alunos: 4
Anos: , 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia, Química
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Alexandra Gonçalves Marta Luís


Descrição: Já pensaste que fenómenos físicos e químicos estão por detrás da confeção dos alimentos? Conceitos como gelificação, esferificação, gelo seco e muito mais serão abordados neste estágio.
As tuas papilas gustativas vão ficar doidas com a degustação de pratos dignos de qualquer restaurante Michelin.

Observações: Este estágio resulta de atividades de investigação associadas
a projetos que estão a decorrer neste momento, sendo uma
excelente oportunidade de poder interagir com o que se faz
de Ciência no Cenimat e DCM. Este estágio decorre todos os
dias das 10:00h às 17:00h e inclui almoço.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Porta Principal do Edifício II - DCM Hora: 10h
Pessoa de contacto: Alexandra Maria Ferreira Gonçalves

Estágio Esgotado


1729. Da célula ao DNA: uma viagem molecular!


Instituição: Centro de Investigação em Saúde e Ambiente CISA.ESS| P.Porto
Responsável: Sandra Mota
Nº Alunos: 6
Anos: , 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia
Data: de 11-07-2022 a 15-07-2022 Horário: Tarde
Investigador(es): Sandra Marlene da Silva Mota Maria Manuela Amorim Silva e Sousa Maria do Céu Ribeiro Lamas Maria de Fátima Pinto Monteiro Joel Nuno da Silva Alves Pinto Nuno Miguel da Silva Maia Stephanie Lopes Ferreira Maria Inês Dias Lopes


Descrição: No núcleo das nossas células encontramos a nossa informação genética, sobe a forma de DNA.
É nela que se encontra, por exemplo, a informação para a cor dos nossos olhos e cabelos. Mas qual a importância de descodificarmos esta informação? Como conseguimos descodificar essa informação? E de que forma este conhecimento pode melhorar as nossas vidas?
Neste estágio de verão pretendemos dar-vos estas respostas.
Vamos partir à descoberta do material genético contido nas nossas células! Em busca da descoberta de uma característica ou de uma doença! Vamos estudar os cromossomas e o DNA realizando todo o processo desde a extração de material genético das células, passando pela sua amplificação através da PCR, terminando na visualização do DNA e sua análise por sequenciação.
Junta-te a nós nesta aventura!

Observações: Será necessário bata

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Escola Superior de Saúde do Politécnico do Porto Hora: 14:00
Pessoa de contacto: Todos os elementos estarão presentes em diferentes períodos da semana

Inscrição


1643. Da pesquisa de georrecursos à sua caracterização e produção


Instituição: Geobiociências, Geoengenharias e Geotecnologias (GeoBioTec) - FCT NOVA
Responsável: Carlos Galhano
Nº Alunos: 10
Anos: 10º, 11º
Área: Tecnologia, Geologia, Geologia
Data: de 04-07-2022 a 08-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Carlos Galhano José António Joaquim Simão Nuno Leal Lígia Castro Pedro Lamas Paulo Legoinha Ana Paula Silva


Descrição: No âmbito de investigações em curso e de atividades do Departamento de Ciências da Terra (FCT NOVA), propõe-se o acompanhamento de trabalhos relativos ao percurso que os georrecursos como as águas, os minerais ou as rochas seguem desde a fase inicial de avaliação de uma área potencial no terreno, passando pela fase de amostragem e ensaios de laboratório para caracterizar a sua qualidade, culminando na modelação, respetiva exploração e transformação. Assim, os estagiários irão acompanhar um levantamento de terreno com mapas, aprender a executar ensaios de laboratório, bem como procedimentos básicos de interpretação e modelação com recurso a ferramentas de tecnologias de informação e observar aspetos da extração desses materiais essenciais ao nosso desenvolvimento sustentado.

Observações: O estágio inclui o almoço para todos os participantes bem como eventuais saídas de campo.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Departamento de Ciências da Terra da FCT NOVA no Campus de Caparica Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: Carlos Galhano

Inscrição


1760. De nanopartículas a uma vacina para o cancro


Instituição: Faculdade de Farmácia, Universidade de Lisboa - Instituto de Investigação do Medicamento - iMed
Responsável: Salomé Pires Lourenço
Nº Alunos: 2
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia
Data: de 27-06-2022 a 01-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Dra. Liane Moura, Prof. Liana Silva, Prof. Helena Florindo


Descrição: O cancro é a segunda causa de mortalidade no mundo inteiro, tendo sido responsável por 10 milhões de mortes em 2021. Os tratamentos atuais contra o cancro incluem intervenção cirúrgica, radioterapia e quimioterapia que estão associados a elevada toxicidade e morbidade. Assim, é urgente desenvolver novas estratégias terapêuticas para estimular respostas anti-tumorais de forma eficiente e segura.
As células cancerígenas utilizam diferentes mecanismos para ultrapassar a resposta do nosso sistema imunitário, o que lhes permite desenvolver estruturas com enorme agressividade. As vacinas são uma das armas mais poderosas que o Homem tem contra as doenças infeciosas e, os recentes desenvolvimentos em imuno-oncologia apontam para o seu papel promissor no controlo de diferentes tipos de cancros. Esta abordagem imunoterapêutica resulta no desenvolvimento de uma resposta imunológica de memória, a qual, por exemplo, poderá atuar rapidamente caso um tumor volte a surgir no corpo de um doente oncológico em remissão.
Nesta atividade iremos utilizar a nanotecnologia para desenvolver vacinas terapêuticas que irão estimular as células fagocitárias no sentido de induzir uma resposta imunológica específica contra um determinado tipo de tumor, como o melanoma. Para além da formulação e caraterização deste produto, iremos também avaliar o impato destas nanovacinas na estimulação de células imunológicas em cultura celular.

Observações: -

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Entrada da Faculdade de Farmácia, Universidade de Lisboa Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Liane Moura

Estágio Esgotado


1575. Diferentes abordagens terapêuticas contra o cancro do colo do útero


Instituição: Centro de Investigação em Ciências da Saúde (CICS), Universidade da Beira Interior
Responsável: Ângela Maria Almeida de Sousa
Nº Alunos: 4
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia, Ciências da Saúde
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Ângela Sousa_ Diana Gomes_ Dalinda Eusébio_ Diana Pereira.


Descrição: O presente projeto tem como objetivo integrar os alunos no grupo de investigação de “Biopharmaceuticals and Biomaterials” do Centro de Investigação em Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior (CICS-UBI) e mostrar diferentes abordagens terapêuticas, inovadoras e personalizadas, que estão a ser desenvolvidas neste grupo de investigação, contra o cancro do colo do útero resultante da infeção persistente do Vírus do Papiloma Humano (HPV). Assim, os alunos terão contacto com estratégias terapêuticas baseadas em terapia génica e descoberta de novos fármacos anti-HPV que podem ser exploradas em separado ou combinado para eliminar as oncoproteínas do HPV causadoras deste tipo de cancro. Os alunos irão realizar técnicas de biotecnologia para a biossíntese, extração, purificação e formulação/caraterização de sistemas de entrega do vetor de DNA às células cancerígenas que será usado na terapia génica. Também irão ter contacto com programas bioinformáticos para prever os potenciais fármacos anti-HPV que serão depois aplicados em estudos in vitro às células cancerígenas HPV positivas, negativas e células não cancerígenas, para verificar se estas moléculas terão um efeito específico somente em células cancerígenas infetadas por HPV. Com este estágio, também se pretende promover o conhecimento científico num ambiente a que os alunos do Secundário normalmente não têm acesso, de forma a abrir novos horizontes caso queiram optar por estas linhas de trabalho no futuro.

Observações: Na semana de 18 a 22 de julho de 2022, o Centro de Investigação em Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior (CICS-UBI) abre as portas a alunos do secundário (do 9º ao 12º ano) com o projeto “Diferentes abordagens terapêuticas contra o cancro do colo do útero” integrado no programa “Ciência Viva no Laboratório: Criar futuro 2022”.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Portaria da Faculdade de Ciências da Saúde, localizada próximo ao Hospital Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: Diana Gomes_ Dalinda Eusébio_ Diana Pereira.

Estágio Esgotado


1707. Eco-design em papel para geradores de energia interativos


Instituição: Centro de Investigação de Materiais (CENIMAT), Universidade Nova de Lisboa
Responsável: Suman Nandy
Nº Alunos: 4
Anos: , 10º
Área: Tecnologia
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Suman Nandy (CENIMAT) Guilherme Ferreira (CENIMAT) Sumita Goswami (Almascience) Shubham Das (Almascience)


Descrição: Na presente era de digitalização inteligente, uns dos maiores problemas que enfrentamos é o
crescimento de resíduos eletrónicos não recicláveis e o grande consumo de energia. Por esta
razão, investigação científica em energia sustentável têm consistentemente sido focada em
geração de energia a partir de fontes amigas do ambiente e ao mesmo tempo reduzir o uso de
materiais tóxicos e matérias-primas. O Pacto Ecológico da UE e os Objetivos de
Desenvolvimento Sustentáveis da ONU também enfatizam que “a integração inteligente de
renováveis, eficiência energética e outras soluções sustentáveis, em vários sectores vão ajudar
a atingir as metas de descarbonização com custo mais baixo possível”. É a altura de agirmos
juntos!
Assim, este projeto considera duas premissas muitos importantes: energia limpa e zero e-
waste (resíduos eletrónicos). Neste contexto, este projeto inovador compreende a utilização
de papel como substrato para eletrónica inteligente. A celulose, que é o principal elemento
dos substratos de papel, é uma plataforma promissora para muitas áreas de aplicações
eletrónicas incluindo: embalagem de produtos, diagnósticos clínicos, controlo de qualidade
alimentar, monitorização ambiental e tecnologias de segurança. A celulose é barata e
biocompatível, têm também uma tremenda importância na economia global, em particular na
Europa, representando cerca de 30% da produção mundial total.
A ideia principal por detrás da proposta é o desenvolvimento de um papel energético sensível
ao toque, que vai gerar corrente através de interações do ambiente à volta: incluindo
vibrações, movimentos ou interações humanas. Durante este programa, o substrato de papel
vai ser funcionalizado com materiais poliméricos num método de síntese simples. Este papel
funcional vai ser desenhado para “dispositivos de energia interativos” com a junção de uma
camada de papel com tinta metálica imprimida. O programa irá mostrar como este dispositivo
em papel gera sinais elétricos através do toque humano (deslizar com os dedos, pressão com a
palma da mão, etc.). Este sinal elétrico pode ser usado para acender LEDs ou usado para sinais
interativos (como mudança de cor, movimento de objetos, gaming, etc.)
Objetivos Gerais:
 Fabricação de um papel ativo funcional com polímeros conjugados como componente
chave
 Design de dispositivos em papel para geradores de energia interativos que produzem
sinal elétrico com o toque humano
 Design de dispositivos autoalimentados em papel como sensores de toque interativos
 Demonstração final dos protótipos e apresentação final

Este programa será executado pelo CENIMAT (FCT-NOVA) em conjunto com o Almascience.

Observações: Este estágio resulta de atividades de investigação associadas a projetos que estão a decorrer neste momento, sendo uma excelente oportunidade de poder interagir com o que se faz de Ciência no Cenimat e DCM. Este estágio decorre todos os dias das 10:00h às 17:00h e inclui almoço.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Porta principal to Edificio II - DCM Hora: 10:00h
Pessoa de contacto: Guilherme Ferreira, Sumita Goswami, Shubham Das

Estágio Esgotado


1711. Impressão 3D de Materiais


Instituição: Centro de Investigação de Materiais (CENIMAT), Universidade Nova de Lisboa
Responsável: Isabel Maria Mercês Ferreira
Nº Alunos: 4
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Miguel Brito João Carmo


Descrição: Diferentes tipos de materiais podem ser impressos em 3D. Este estágio é dedicado à impressão dos que podem ser aplicados na biomedicina e os supercondutores, que levitam a baixa temperatura. Para utilizar as impressoras é necessária uma aprendizagem sobre o desenho 3D de peças e a sua transferência adequada para o software da impressora. As etapas subsequentes incluem a formação de pastas e sua impressão ou a impressão de filamento de modo a obter a peça com a geometria desenhada.

Observações: A investigação nesta área é recente no departamento de ciência dos materiais mas anda a pare da investigação mais inovadora realizada a nível mundial. O estágio decorre todos os dias das 10:00h às 17:00h e inclui almoço.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Porta principal do Edifício II - DCM Hora: 10h
Pessoa de contacto: Miguel Brito

Estágio Esgotado


1716. Impressão 3D de materiais reciclados


Instituição: Centro de Investigação de Materiais (CENIMAT), Universidade Nova de Lisboa
Responsável: João Pedro Oliveira
Nº Alunos: 4
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): João Pedro Oliveira Rui Gonçalves


Descrição: A reciclagem de plásticos e um dos grandes problemas ambientais da humanidade. Por isso,é preciso arranjar maneira de dar uma nova vida aos plásticos em fim de vida e uma das opções é através da impressão 3D para o fabrico de novos componentes.
Nesta actividade irás ver (e fazer) impressão 3D de plásticos reciclados e verificar como as suas propriedades mecânicas e superficiais podem ser modificadas. Além disso terás igualmente a oportunidade de fabricar as tuas próprias peças de modo a veres o potencial desta tecnologia revolucionária.
Vem ajudar o nosso planeta através da reutilização de plásticos para a impressão 3D.

Observações: Este estágio resulta de atividades de investigação associadas a projetos que estão a decorrer neste momento, sendo uma excelente oportunidade de poder interagir com o que se faz de Ciência no Cenimat e DCM. Este estágio decorre todos os dias das 10:00h às 17:00h e inclui almoço.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Porta principal do edíficio II - DCM Hora: 10.00
Pessoa de contacto: Rui Gonçalves

Estágio Esgotado


1756. Impressão de tintas inteligentes


Instituição: Centro de Investigação de Materiais (CENIMAT), Universidade Nova de Lisboa
Responsável: Emanuel Abreu Antunes Carlos
Nº Alunos: 4
Anos: , 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia, Sociologia
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Pedro Moreira Raquel Martins


Descrição: Criar dispositivos electrónicos de baixo custo é muito importante para o futuro da nossa sociedade. A utilização de materiais mais abundantes e amigos do ambiente, e de tecnologias de processamento de baixo custo, como a impressão, são vitais para este objectivo. Neste trabalho podes desenhar e criar circuitos eletrónicos simples utilizando uma impressora similar à que tens em casa, mas que consegue imprimir tintas condutoras à base de nanoparticulas (10000 vezes mais pequenas que o diâmetro do teu fio de cabelo).

Este estágio disponibiliza almoços.

Observações: Este estágio resulta de atividades de investigação associadas a projetos que estão a decorrer neste momento, sendo uma excelente oportunidade de poder interagir com o que se faz de Ciência no Cenimat e DCM. Este estágio decorre todos os dias das 10:00h às 17:00h e inclui almoço.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Porta principal do Edificio II - DCM Hora: 10:00h
Pessoa de contacto: Emanuel Abreu Antunes Carlos

Estágio Esgotado


1800. Iniciação à Eletrónica e Comunicações 5G (IEC-5G)


Instituição: Instituto de Telecomunicações (IT)
Responsável: Fernando José da Silva Velez
Nº Alunos: 12
Anos: , 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia, Ciências da Saúde, Física, Informática, Informática
Data: de 04-07-2022 a 08-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): António Reis Bahram Khan José Pacheco de Carvalho Ivan Pires João Sequeira Érica Pungo Virginie Felizardo Nuno Pombo Hugo Proença Emanuel Teixeira Rui Filipe Rosa Paulo Rui Manuel Costa Pedro Sebastião Rui Barata


Descrição: [DIA 1] INTRODUÇÃO E MEDIÇÕES EM RADIOFREQUÊNCIA EM AMBIENTE URBANO (9h30): Receção aos participantes_ 10:00 Introdução à Eletrónica_ 11:00 Pausa_ 11h20m Introdução às Telecomunicações, seguida de visita aos Laboratórios do Dep.de Física_ 12:30 Almoço_ 14:00 Introdução à montagem de “kits” básicos de Eletrónica (temporizador)_ 15:30 Pausa_ 15:45 Trabalho experimental: medições da potência do sinal recebido em redes móveis 5G_ Introdução às Telecomunicações. Como se dimensiona uma ligação rádio? 16:45 Visita aos Laboratórios do DEM e encerramento do dia_ 19:15 Jantar na cantina de Santo António.
[DIA 2] MONTAGEM DE KITS E RECOLHA DE ENERGIA ELETROMAGNÉTICA DO AMBIENTE (10h00) Introdução à conceção e produção de placas de circuito impresso - montagem de kits_ 11:00 Pausa_ 11:20 Biosinais_ 11:55 Visita aos Laboratórios do Dep. de informática e do IT (incluindo biosinais) 12:30 Almoço_ 14:00 Wearable Technologies & Recolha de Energia Eletromagnética do Ambiente_ 15:30 Pausa_ 15:45 Visita ao Museu dos Lanifícios da Universidade da Beira Interior 17:00 Visita ao Data Center da Covilhã_ 19:15 Jantar na cantina de Santo António.
[DIA 3] DRONES AÉREOS, RECONHECIMENTO DE PADRÕES, E BIOSINAIS
10h00 Introdução aos drones aéreos – conceção e montagem_ 11:00 Pausa_ 11:20 Introdução aos drones aéreos – experiências de comunicação com tecnologia 4G e experiências de campo_ 12:30 Almoço_ 14:00 Introdução à conceção e produção de placas de circuito impresso - montagem de kits_ 15:00 Reconhecimento de padrões (SOCIA Lab)_ 15:45 Pausa_ 16:00 Conceção e produção de placas de circuito impresso - montagem de kits (continuação)_ 16:45 Piscina Praia do Jardim do Lago (a confirmar)_ 19:30 Jantar livre no Serra Shopping.
[DIA 4] WEARABLE TECHNOLOGIES, COMUNICAÇÕES MÓVEIS, APRESENTAÇÃO DOS NÚCLEOS E VISITA À ALTRAN, JANTAR DE DESPEDIDA 9h30 Comunicações móveis 5G (New Radio)_ 10h15 Small Cells, Open RAN and Carrier Aggregation_ 10h30 Pausa Aplicações da Internet das Coisas_ 11:30 Apresentação breve dos núcleos dos alunos_ 12:00 Introdução ao desenho de um circuito impresso 12:30 Almoço_ 13:30 Visita à CAPEGEMI, no Fundão_ 15:45 Pausa_ 16:00 Implementação de comunicações em Software Defined Radio com srsRAN e desafios das redes de próxima geração_ 19:00 Jantar de despedida.
[DIA 5] ICT APLICADA À SAÚDE E CONCLUSÃO DOS KITS 10h15 Rui Costa, ICT na Faculdade de Ciências da Saúde_ 11:00 Pausa_ 11h20 Produção dos circuitos impressos_ 12:30 Almoço_ 14:00 Conclusão dos “kits”, experiências_ 15h30 Conclusão do estágio_ 16:30 Despedida.

Observações: Este estágio aborda os básicos de eletrónica e de telecomunicações móveis e sem fios. Corresponde a 25 horas (3 de manhã e 2 à tarde, durante 5 dias). Permitirá um contacto dos alunos com algumas das aplicações inovadoras da eletrónica e das redes de comunicação, através da imersão no contexto de investigação e desenvolvimento do Instituto de Telecomunicações e realização de visitas e experiências. Incluirá sessões conceptuais, trabalhos de laboratório com montagem de “kits” de eletrónica, técnicas básicas de produção de circuitos impressos, realização experimental de medições de potência recebida, débito binário e outras grandezas relevantes em sistemas móveis 5G. Os estagiários vão ter contato com a montagem de ligações simples ponto-multi-ponto e a verificação experimental do desempenho, assim como com os principais desafios de investigação e tecnológicos para o desenvolvimento das comunicações móveis e sem fios no século XXI (por exemplo, células pequenas terrestres e baseadas em drones aéreos, Open RAN e funcionaidades de “splitting”, processamento espacial e MIMO massivo).

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Laboratório do Instituto de Telecomunicações (sala 8.16), Departamento de Engenharia Eletromecânica, na Faculdade de Engenharia, UBI, Calçada Fonte do Lameiro, 6201-001 Covilhã – o estágio realiza-se no Instituto de Telecomunicações (IT), delegação da Covilhã (uma delegação do IT-Lisboa). Hora: 9:30:00 AM
Pessoa de contacto: Fernando José da Silva Velez

Estágio Esgotado


1651. Introdução aos Biossinais (INBIO-1)


Instituição: Instituto de Telecomunicações (IT)
Responsável: Hugo Plácido da Silva
Nº Alunos: 6
Anos: , 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia, Ciências da Saúde
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Hugo Plácido da Silva


Descrição: [DIA 1]
09h30-10h00: Introdução ao Curso
10h00-10h30: Apresentação do IST e do DBE
10h30-11h00: Apresentação do IT e do DEEC
11h30-13h00: Introdução aos Bio-sinais. Compreender os principais fenómenos que ocorrem no corpo humano e o papel dos mesmos nas principais funções corporais.
14h30-15h30: Aprender a fazer placas de circuito impresso. Apresentação do processo de fabrico de circuitos impressos. Visita ao laboratório de circuitos impressos do DEEC.
15h30-16h30: Aprender a soldar
16h30-17h30: Apresentação dos “kits” a montar

[DIA 2]
09h30-11h00: Modelação de Sistemas Fisiológicos. Desenvolvimento de organóides a partir de células estaminais pluripotentes induzidas humanas (hiPSCs), uma ferramenta poderosa que pode ser usada para modelar o desenvolvimento de sistemas fisiológicos.
11h30-13h00: Instrumentação e Aquisição de Bio-Sinais. Principais conceitos e ferramentas técnicas, que estão na base dos processos modernos de aquisição de bio-sinais suportada por dispositivos de hardware.
14h30-16h30: Montagem dos “kits”
16h30-17h30: Visita a Spin-off

[DIA 3]
09h30-11h00: Processamento de Sinais em Bioengenharia. Conceitos básicos de sinais, incluindo transformações da variável independente, exponenciais e sinusóides, impulso unitário e suas derivadas e degrau unitário.
11h30-13h00: Princípios de Programação com Arduino. Apresentação do ambiente integrado de desenvolvimento (IDE) do Arduino e a estrutura usada na programação da placa.
14h30-16h00: Montagem dos “kits”
16h00-17h30: Visita ao Museu Faraday do IST

[DIA 4]
09h30-11h00: Inteligência Artificial em Bioengenharia. Introdução a técnicas de aprendizagem automática e exploração de dados, bem como a sua aplicação transversal a problemas e dados da vida real.
11h30-13h00: Fotopletismografia. Descrever os diferentes métodos de medição cardiovascular com base em variações cromáticas medidas à superfície da pele, e como é possível implementar este tipo de técnicas num smartphone.
14h30-16h30: Montagem dos “kits”
16h30-17h30: Visita ao Demonstrador Microwave Medical Imaging (MWI). Apresentação do demonstrador laboratorial de MWI desenvolvido no IT como potencial técnica de imagem complementar ás tecnologias tradicionais de imagiologia médica (que são dispendiosas, requerem grandes infraestruturas e podem representar riscos à saúde).

[DIA 5]
09h30-11h00: Codificação e Análise de Vídeo. Princípios de codificação de imagem e vídeo, explicando os motivos de sucesso da família de normas MPEG, bem como aspectos de análise de imagem e vídeo, ilustrando-se com o caso dos sistemas de reconhecimento biométrico.
11h30-13h00: Energia sem Fios. Princípios de operação de um sistema de transferência de energia por via electromagnética, isto é, sem a existência de qualquer contacto mecânico. Como construir? Noção de isolamento galvânico.
14h30-16h30: Teste dos “kits”
Teste dos “kits” de Arduino e realização de experiências para observar a variação da sua frequência cardíaca em tempo real.
17h00-17h30: Encerramento do Curso

Observações: Este estágio pretende fazer uma introdução aos biossinais, instrumentação biomédica e telecomunicações. Corresponde a 30 horas (3 de manhã e 3 de tarde durante 5 dias). As manhãs são dedicadas a apresentações em grupo, visitas a laboratórios e sessões experimentais. Durante as tardes os estagiários vão dedicar-se a montar “kits” de aquisição de biossinais e experimentar sensores biomédicos em primeira mão. Os estagiários vão ter contacto com as técnicas de fabrico e teste de circuitos impressos, soldar os componentes dos “kits”, fabricar alguns dos componentes a utilizar e testar os circuitos no final. O programa de apresentações em grupo englobará: introdução à engenharia biomédica, fisiologia de sistemas, sinais e sistemas, fundamentos de instrumentação biomédica, inteligência artificial, comunicações em rede e Internet, comunicações móveis, codificação e análise de vídeo, e transmissão de energia sem fios.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Átrio da Torre Norte do IST Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Hugo Plácido da Silva

Inscrição


1652. Introdução aos Biossinais (INBIO-2)


Instituição: Instituto de Telecomunicações (IT)
Responsável: afred@lx.it.pt
Nº Alunos: 6
Anos: , 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia, Ciências da Saúde
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Ana Luisa Nobre Fred


Descrição: [DIA 1]
09h30-10h00: Introdução ao Curso
10h00-10h30: Apresentação do IST e do DBE
10h30-11h00: Apresentação do IT e do DEEC
11h30-13h00: Introdução aos Bio-sinais. Compreender os principais fenómenos que ocorrem no corpo humano e o papel dos mesmos nas principais funções corporais.
14h30-15h30: Aprender a fazer placas de circuito impresso. Apresentação do processo de fabrico de circuitos impressos. Visita ao laboratório de circuitos impressos do DEEC.
15h30-16h30: Aprender a soldar
16h30-17h30: Apresentação dos “kits” a montar

[DIA 2]
09h30-11h00: Modelação de Sistemas Fisiológicos. Desenvolvimento de organóides a partir de células estaminais pluripotentes induzidas humanas (hiPSCs), uma ferramenta poderosa que pode ser usada para modelar o desenvolvimento de sistemas fisiológicos.
11h30-13h00: Instrumentação e Aquisição de Bio-Sinais. Principais conceitos e ferramentas técnicas, que estão na base dos processos modernos de aquisição de bio-sinais suportada por dispositivos de hardware.
14h30-16h30: Montagem dos “kits”
16h30-17h30: Visita a Spin-off

[DIA 3]
09h30-11h00: Processamento de Sinais em Bioengenharia. Conceitos básicos de sinais, incluindo transformações da variável independente, exponenciais e sinusóides, impulso unitário e suas derivadas e degrau unitário.
11h30-13h00: Princípios de Programação com Arduino. Apresentação do ambiente integrado de desenvolvimento (IDE) do Arduino e a estrutura usada na programação da placa.
14h30-16h00: Montagem dos “kits”
16h00-17h30: Visita ao Museu Faraday do IST

[DIA 4]
09h30-11h00: Inteligência Artificial em Bioengenharia. Introdução a técnicas de aprendizagem automática e exploração de dados, bem como a sua aplicação transversal a problemas e dados da vida real.
11h30-13h00: Fotopletismografia. Descrever os diferentes métodos de medição cardiovascular com base em variações cromáticas medidas à superfície da pele, e como é possível implementar este tipo de técnicas num smartphone.
14h30-16h30: Montagem dos “kits”
16h30-17h30: Visita ao Demonstrador Microwave Medical Imaging (MWI). Apresentação do demonstrador laboratorial de MWI desenvolvido no IT como potencial técnica de imagem complementar ás tecnologias tradicionais de imagiologia médica (que são dispendiosas, requerem grandes infraestruturas e podem representar riscos à saúde).

[DIA 5]
09h30-11h00: Codificação e Análise de Vídeo. Princípios de codificação de imagem e vídeo, explicando os motivos de sucesso da família de normas MPEG, bem como aspectos de análise de imagem e vídeo, ilustrando-se com o caso dos sistemas de reconhecimento biométrico.
11h30-13h00: Energia sem Fios. Princípios de operação de um sistema de transferência de energia por via electromagnética, isto é, sem a existência de qualquer contacto mecânico. Como construir? Noção de isolamento galvânico.
14h30-16h30: Teste dos “kits”
Teste dos “kits” de Arduino e realização de experiências para observar a variação da sua frequência cardíaca em tempo real.
17h00-17h30: Encerramento do Curso

Observações: Este estágio pretende fazer uma introdução aos biosinais, instrumentação biomédica e telecomunicações. Corresponde a 30 horas (3 de manhã e 3 de tarde durante 5 dias). As manhãs são dedicadas a apresentações em grupo, visitas a laboratórios e sessões experimentais. Durante as tardes os estagiários vão dedicar-se a montar “kits” de aquisição de biossinais e experimentar sensores biomédicos em primeira mão. Os estagiários vão ter contacto com as técnicas de fabrico e teste de circuitos impressos, soldar os componentes dos “kits”, fabricar alguns dos componentes a utilizar e testar os circuitos no final. O programa de apresentações em grupo englobará: introdução à engenharia biomédica, fisiologia de sistemas, sinais e sistemas, fundamentos de instrumentação biomédica, inteligência artificial, comunicações em rede e Internet, comunicações móveis, codificação e análise de vídeo, e transmissão de energia sem fios.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Átrio da Torre Norte do IST Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Hugo Plácido da Silva

Estágio Esgotado


1735. Matemática e Tecnologia - MathE


Instituição: Centro de Investigação em Digitalização e Robótica Inteligente (CeDRI), Instituto Politécnico de Bragança
Responsável: Florbela Pires Fernandes
Nº Alunos: 2
Anos: 10º
Área: Tecnologia, Tecnologia, Matemática
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Florbela Fernandes Fátima Pacheco Ana Pereira


Descrição: Pretende-se que os alunos elaborem, diversos materiais para serem disponibilizados na plataforma MathE(plataforma online de apoio à aprendizagem da matemática desenvolvida no âmbito do projeto MathE - Improve Math Skills in Higher Education ).
Ao longo do trabalho serão usados LaTeX e programas de vídeo, dependendo do tipo de materiais elaborados.
No final do estágio os alunos devem dominar o básico de LaTeX para ser possível formular questões na plataforma MathE ou realizar um pequeno filme onde um determinado tópico de Matemática seja explicado.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Escola Superior de Tecnologia e Gestão - Instituto Politécnico de Bragança Hora: 9h30min
Pessoa de contacto: Florbela Fernandes

Estágio Esgotado


1584. Modelação Digital 3D - MD3D


Instituição: Centro de Investigação em Modelação e Optimização de Sistemas Multifuncionais (CIMOSM), Instituto Superior Engenharia de Lisboa
Responsável: José Rodrigues
Nº Alunos: 4
Anos: , 10º, 11º
Área: Tecnologia
Data: de 27-06-2022 a 01-07-2022 Horário: Tarde
Investigador(es): José Alberto Rodrigues, Amélia Loja, André Carvalho


Descrição: A modelação digital 3D traduz-se na construção de um modelo tridimensional, com recurso a um software baseado em modelos matemáticos de representação. A evolução sentida nas últimas décadas nos softwares permite trabalhar, quer na criação de novos objetos, quer na reprodução de objetos existentes, o designado procedimento de engenharia inversa.
Estes progressos beneficiam as indústrias que trabalham no contexto de digitalização de objetos, impressão 3D, e visualizações foto-realistas de modelos digitais, ou até mesmo a Animação 3D e Efeitos Visuais para Cinema.
Neste estágio acompanharemos, com a utilização de diversos softwares, os processos desde a reprodução/criação de modelos até à sua impressão 3D, simulando o processo de criação industrial.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Átrio do edifício P (edifício principal) Hora: 14:15
Pessoa de contacto: José Rodrigues

Estágio Esgotado


1724. O que é isto de género? Debate sobre igualdade e modelos não violentos de masculinidade


Instituição: Centro de Estudos Sociais (CES), Universidade de Coimbra
Responsável: Ciencia Viva no CES
Nº Alunos: 5
Anos: , 10º, 11º
Área: Tecnologia, Sociologia
Data: de 05-07-2022 a 08-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Tatiana Moura, Tiago Rolino, Marta Mascarenhas, Patricia Ferreira, Rita Alcaire, Linda Cerdeira e Sofia Gonçalves


Descrição: Aproveita este estágio para conheceres as possibilidades de usar a investigação, as tecnologias e o design na promoção da igualdade de género e desconstrução de estereótipos!

Ao longo de uma semana, desafiamos-te a pensar e criar, em conjunto com a equipa dos projetos KINDER, IgualPro e X-MEN e especialistas das artes e tecnologias, linguagens e ferramentas transformadoras de normas de género.

Vem mostrar a tua criatividade! Traz as tuas opiniões, ideias e boa disposição para que, em conjunto com a equipa, possamos construir conhecimentos partilhados para alcançarmos sociedades mais justas, inclusivas e equitativas.

Observações: Aproveita este estágio para conheceres as possibilidades de usar a investigação, as tecnologias e o design na promoção da igualdade de género e desconstrução de estereótipos!

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Centro de Estudos Sociais (CES) Alta – Colégio de S. Jerónimo Largo D. Dinis Apartado 3087 3000-995 Coimbra, Portugal Hora: 9h45 (5 julho 2022)
Pessoa de contacto: Tatiana Moura, Tiago Rolino, Marta Mascarenhas, Patricia Ferreira, Rita Alcaire, Linda Cerdeira e Sofia Gonçalves

Inscrição


1803. OleaChain: Sustentabilidade alimentar numa abordagem STEM


Instituição: Centro de Investigação em Educação Básica (CIEB), Instituto Politécnico de Bragança
Responsável: Cristina Mesquita
Nº Alunos: 3
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia, Matemática, Robótica
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Cristina Mesquita Cristina Ribeiro Maria Luísa Azevedo Manuel Vara Pires


Descrição: Este estágio está incluído no projeto OleaChain: Habilidades para sustentabilidade e inovação na cadeia de valor dos olivais tradicionais no
Interior do Norte de Portugal, desenvolvido pelo Instituto Politécnico de Bragança. Tem como objetivo valorizar os produtos regionais, mais especificamente o azeite. Neste projeto, o Centro de Investigação em Educação Básica (CIEB) assume o compromisso de trabalhar o conceito da sustentabilidade alimentar e da abordagem STEM, relacionando-as à fileira do olival. Neste estágio terás a oportunidade de explorar os processos de transformação da azeitona em azeite, através das áreas de ciências, tecnologia, engenharia e matemática. Este estágio irá permitir que conheças diferentes pontos da cidade de Bragança, que contactes com os laboratórios do Instituto Politécnico de Bragança e com diferentes materiais didáticos. Pretende-se que seja um estágio dinâmico, onde poderás desenvolver saberes no âmbito da robótica, pensamento computacional, nutrição e outros aplicados à educação.

Observações: O Estágio tem como objetivo valorizar os produtos regionais, mais especificamente o azeite. Neste projeto, o Centro de Investigação em Educação Básica (CIEB) assume o compromisso de trabalhar o conceito da sustentabilidade alimentar e da abordagem STEM.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Centro de Investigação em Educação Básica, Instituto Politécnico de Bragança Hora: 9h30
Pessoa de contacto: Cristina Mesquita, Cristina Ribeiro, Maria Luísa Azevedo, Manuel Vara Pires

Estágio Esgotado


1740. Passeios Químicos


Instituição: Centro de Química de Coimbra (CQC), Departamento de Química, Universidade de Coimbra
Responsável: Sérgio Paulo Jorge Rodrigues
Nº Alunos: 3
Anos: , 10º
Área: Tecnologia, Química
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Sérgio Rodrigues


Descrição: Se saírmos à rua, ou para trabalhar ou em passeio deparamo-nos com química. Nos nossos bolsos e em casa, mas nas rua há muitos locais e processos que evocam esta ciência. Desde os modernos centros de investigação e ensino aos edifícios históricos e nomes de ruas, até às coisas mais insignificantes. Há supresas nas referências a artes e indústrias desaparecidas e nas que podemos encontrar hoje. E nem todos as coisas que evocam química têm um local definido. Podemos encontrar química nos cheiros e sabores, na natureza e nas tecnologias e actividades humanas. Podemos deparar com histórias curiosas sobre produtos farmacêuticos ou agroquímicos. Encontrar química nos equipamentos urbanos, sinais de trânsito, pavimentos das ruas, ar condicionado, meios de transporte e, na realidade, em tudo o que nos rodeia.

Observações: na

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Entrada do Departamento de Química, Polo I, Universidade de Coimbra Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Sérgio Rodrigues

Estágio Esgotado


1571. Proteger o planeta na cozinha


Instituição: Centro de Investigação em Biociências e Tecnologias da Saúde (CBIOS), Universidade Lusófona
Responsável: Paula Pereira
Nº Alunos: 2
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Química, Tecnologia
Data: de 06-07-2022 a 15-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Marisa Nicolai, Maria Lídia Palma e Paula Pereira


Descrição: Este estágio é para ti que tens curiosidade e queres criar um novo alimento!

O alimento é qualquer substância utilizada como fonte de energia para podermos realizar todas as funções vitais. Mas, lembra-te que a alimentação está cada vez mais relacionada com outros aspetos importantes tais como a cultura e sobretudo com o nosso ambiente e planeta.

Em oito dias poderás:
a) Aprende o conceito de economia circular – neste Novo Mundo onde “nada se perde, mas tudo se transforma”
b) Desenvolver várias receitas que contêm ingredientes inovadores e sustentáveis
c) Realizar a caraterização nutricional destes alimentos
d) Apresentar e discutir resultados, de uma forma fundamentada

Junta-te a nós e vem aprender a “Magia da Nutrição”!

Observações: O estágio decorrerá todos os dias das 9h às 17h.

No campus da Universidade Lusófona, os participantes terão acesso a restaurantes e a espaços amplos com disponibilização de micro-ondas onde poderão fazer as suas refeições.

Este estágio será orientado por uma equipa multidisciplinar de investigadores do CBIOS, nomeadamente: Marisa Nicolai, Maria Lídia Palma e Paula Pereira.
Mais informações sobre o CBIOS: http://cbios.ulusofona.pt/

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Entrada principal da Universidade Lusófona (Campo Grande, 376 1749-024 Lisboa) Hora: 9:30:00 AM
Pessoa de contacto: Paula Pereira

Estágio Esgotado


1778. Remoção de poluentes do efluente da indústria da cortiça por membranas poliméricas de acetato de celulose


Instituição: Centro de Estudos de Engenharia Química (CEEQ), Instituto Superior de Engenharia de Lisboa
Responsável: Luís Miguel Minhalma
Nº Alunos: 3
Anos: , 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia
Data: de 04-07-2022 a 08-07-2022 Horário: Manhã
Investigador(es): Miguel Minhalma Ana Sofia Figueiredo


Descrição: O estágio pretende dar a conhecer as Operações de Membranas, nomeadamente a operação de Ultrafiltração (UF), que são tecnologias inovadoras utilizadas no tratamento de efluentes industriais e que permitem tornar os processos industriais mais “limpos”.
O estágio terá cinco componentes: 1) descrição dos processos de membranas, sua classificação e possíveis aplicações, 2) preparação de membranas de UF no laboratório, 3) caracterização dessas mesmas membranas e 4) aplicação das membranas de UF no tratamento de águas residuais provenientes da indústria do processamento da cortiça, tendo em vista a remoção de poluentes e 5) análise das diferentes correntes geradas no processo em termos de condutividade, carbono orgânico total (COT) e cor.
No final do estágio os alunos realizam um poster, onde apresentam os resultados obtidos.

Observações: Tratamento de efluente com membranas preparadas no nosso laboratório

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Encontro no átrio no topo das escadarias do ISEL (Ed. P) Hora: 14h
Pessoa de contacto: Miguel Minhalma

Estágio Esgotado


1750. Síntese de Bioplásticos: teoria e prática


Instituição: Centro de Química de Coimbra (CQC), Departamento de Química, Universidade de Coimbra
Responsável: Sérgio Paulo Jorge Rodrigues
Nº Alunos: 3
Anos: 10º, 11º
Área: Tecnologia, Ciências da Saúde, Química
Data: de 22-08-2022 a 26-08-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Rui Carrilho, Sara Pinto, Maria Miguéns Pereira, Mário Calvete


Descrição: Os materiais plásticos revolucionaram a vida moderna como a conhecemos, sendo atualmente usados no fabrico de inúmeros utensílios para o dia a dia, peças de vestuário e quase todo o material tecnológico de que dispomos. Contudo, o seu uso abusivo por parte do Homem e as dificuldades associadas à sua eliminação/tratamento tem contribuído para um dos maiores problemas ambientais que Humanidade atravessa. Na sua maioria, os plásticos são obtidos a partir de derivados petrolíferos, constituindo a sua eliminação do ambiente um enorme e difícil desafio pois os seus processos de degradação natural podem envolver centenas de anos. Adicionalmente, o aumento das necessidades energéticas e o esgotamento dos recursos petrolíferos têm vindo a criar uma necessidade crescente em desenvolver novos materiais plásticos provenientes de fontes alternativas renováveis. Neste contexto, a implementação de tecnologias inovadoras para a produção sustentável de materiais plásticos mais ecológicos a partir de fontes naturais renováveis (por exemplo, o leite, os cereais ou o dióxido de carbono), como substitutos dos derivados de petróleo, constitui uma alternativa promissora, desempenhando a Química um importante e decisivo papel. Em particular, a reação de copolimerização de dióxido de carbono com epóxidos é uma alternativa mais verde e mais sustentável para preparar policarbonatos (biopolímeros usados no fabrico de material tecnológico, hospitalar, eletrónico, etc.), relativamente às estratégias sintéticas correntes que fazem uso do fosgénio, um reagente altamente tóxico e corrosivo. Para além de ser um gás abundante e não tóxico, o dióxido de carbono é um dos principais gases causadores do conhecido efeito de estufa. Por isso, o desenvolvimento de estratégias eficientes para valorizar/transformar dióxido de carbono em produtos para o quotidiano pode conduzir a uma utilização mais sustentável de recursos, contribuindo também para mitigar as elevadas concentrações de dióxido de carbono.
Em linha com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, este Estágio Ciência Viva pretende mostrar a Investigação desenvolvida no Departamento de Química da Universidade de Coimbra no domínio do desenvolvimento de biopolímeros como alternativas sustentáveis aos plásticos comuns. Os alunos irão preparar bioplásticos derivados da caseína do leite e da farinha de amido de milho. Irão também sintetizar um biopolímero pertencente à família dos policarbonatos, através da reação catalítica de adição de dióxido de carbono a epóxidos. Para além da síntese, será ainda efetuada a purificação e o isolamento do produto final. São também objetivos deste estágio sensibilizar os alunos para os problemas socioeconómicos, ambientais e de saúde pública relacionados com o uso abusivo dos plásticos derivados do petróleo_ promover a reflexão individual e coletiva sobre a importância de reciclar, reutilizar reduzir e repensar o uso dos materiais plásticos.

Observações: na

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Entrada do Departamento de Química, Polo I, Universidade de Coimbra Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Rui Carrilho, Sara Pinto, Maria Miguéns Pereira, Mário Calvete

Estágio Esgotado


1712. Ultrassons para a conservação de bebidas


Instituição: Linking Landscape, Environment, Agriculture and Food (LEAF), Instituto Superior de Agronomia
Responsável: Maria Filipa Vinagre Marques da Silva Oliveira
Nº Alunos: 2
Anos:
Área: Tecnologia
Data: de 27-06-2022 a 01-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Prof. Filipa Vinagre


Descrição: Os ultrassons (US) são ondas sonoras com frequência > 18 kHz, acima do limite superior de audição humana. São muito utilizados em medicina (e.g. ecografia) e noutras áreas para medir distâncias e detectar objectos. Relativamente à produção de alimentos, os ultrassons podem ser utilizados para aumentar o seu prazo de validade e a sua qualidade, bem como aumentar a eficiência de vários processos utilizados na indústria alimentar tais como a secagem, filtração, extração de aromas indesejáveis, redução da espuma, pasteurização, etc. Neste contexto o objectivo deste estágio é utilizar ultrassons com várias intensidades para conservar vários tipos de bebidas. Depois dos tratamentos serão avaliados parâmetros de qualidade nas bebidas, nomeadamente a cor, a turvação, e o sabor. O objectivo é os estagiários familiarizarem-se com a tecnologia de ultrassons e a análise de parâmetros de qualidade dos alimentos. Um outro aspecto importante é o consumo de energia associado a este processo, que também será monitorizado.

Observações: Trazer bata para trabalhar no laboratório

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Edifício Principal do Instituto Superior de Agronomia, Tapada da Ajuda Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Filipa Vinagre Marques Silva

Inscrição


1691. Uma folha de papel pode ser um sensor


Instituição: Centro de Investigação de Materiais (CENIMAT), Universidade Nova de Lisboa
Responsável: Luis Pereira
Nº Alunos: 4
Anos: , 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Cristina Gaspar Madalena Roque


Descrição: Criar dispositivos eletrónicos recicláveis e de baixo custo é muito importante para alguns produtos de consumo intensivo como as embalagens inteligentes. A utilização de materiais naturais e amigos do ambiente, como o papel, e de tecnologias de processamento de baixo custo, como a impressão, são vitais para este objetivo.
Neste trabalho podes projetar e criar circuitos eletrónicos simples com capacidade para detetar variações da radiação ultra-violeta, de temperatura ou pH e indicar essas alterações num pequeno mostrador que muda de cor. No final verás como podes reciclar e reutilizar todos os materiais que utilizaste.

Observações: público: Este estágio resulta de atividades de investigação associadas a projetos que estão a decorrer neste momento, sendo uma excelente oportunidade de poder interagir com o que se faz de Ciência no CENIMAT e DCM. Este estágio decorre todos os dias das 10:00h às 17:00h e inclui almoço.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Porta principal do Edifício II - DCM Hora: 10:00h
Pessoa de contacto: Cristina Gaspar

Estágio Esgotado


1746. Vamos investigar as alergias dos alimentos do mar?


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Liliana Anjos
Nº Alunos: 2
Anos: 12º
Área: Tecnologia, Química
Data: de 29-08-2022 a 02-09-2022 Horário: Tarde
Investigador(es): Liliana Anjos


Descrição: Os alimentos do mar são uma importante fonte de proteína de elevada qualidade na nossa dieta alimentar. Contudo, sabias que cerca de 2% da população é alérgica a peixes e produtos alimentares do mar? Existem proteínas que, pelas suas características bioquímicas e estruturais, são consideradas alergénios nos alimentos porque têm a capacidade de desencadear uma resposta imunitária anormal em determinados indivíduos. Para melhorar a qualidade e segurança dos alimentos do mar, no CCMAR, investigamos tecnologias de preservação dos alimentos e tentamos perceber o seu impacto na alergia alimentar. Neste estágio os alunos vão aplicar técnicas de investigação baseadas em ensaios imunológicos (ex. Western-blot, dot-blot) utilizando anticorpos para tentar identificar proteínas/alergénios nos alimentos.

Observações: Não estão previstas atividades durante o fim-de-semana, pelo que não estão contempladas refeições durante este período. Só será assegurado o alojamento a alunos deslocados.
Para trabalhos de laboratório, o aluno deverá trazer e usar a sua bata pessoal.
Para trabalho e saídas de campo, o aluno deverá usar protetor solar, chapéu e beber água com frequência, por causa do calor.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edifício 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 13:45:00
Pessoa de contacto: Liliana Anjos

Estágio Esgotado


1815. Veleiros equipados com sistemas eletrónicos que navegam sózinhos


Instituição: Uninova - Instituto Desenvolvimento Novas Tecnologias
Responsável: Luis Gomes
Nº Alunos: 6
Anos: , 10º, 11º
Área: Tecnologia, Física, Matemática
Data: de 25-07-2022 a 29-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Luis Gomes, Eduardo Pinto, Anikó Costa, Filipe Moutinho, Carolina Oliveira


Descrição: Os principais objetivos são os de cativar os estagiários a prosseguir o seu percurso escolar em áreas tecnológicas relacionadas com a Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, utilizando os veleiros autónomos e os sistemas digitais de controlo e de instrumentação associados como meio para permitir um contato com algumas das tecnologias disponíveis. Apesar de ser uma área que incorpora e aglutina saberes de áreas tradicionalmente consideradas difíceis para os jovens, tais como Matemática e Física, espera-se que a introdução a algumas técnicas de programação e controlo, sua integração e aplicação na manipulação de algumas tecnologias, bem como a experimentação em veleiros autónomos torne possível quebrar distâncias e transformar os desafios iniciais em experiências divertidas e motivadores para uma aproximação às áreas da tecnologia.
Este estágio vem na linha de atividades anteriores utilizando um veleiro de 1 metro, integrando um conjunto minimalista de sensores (bússola eletrónica, GPS e catavento), um controlador de baixo-custo (Arduino) e servos de controlo de leme e vela, de modo a permitir a navegação autónoma e conclusão de uma regata.

Observações: Entrar pelo portão principal da NOVA-FCT (Monte da Caparica, Almada). O edificio X - Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores é o primeiro edificio do lado esquerdo logo a seguir à rotunda, após passar pelos portões de entrada.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Entrada do Dep. de Eng. Eletrotécnica e de Computadores (Edificio X do Campus de Caparica da NOVA FCT) Hora: 25 de Julho - 9:30
Pessoa de contacto: Luis Gomes, Eduardo Pinto

Estágio Esgotado


1674. Vem descobrir as Ciências da Vida


Instituição: Departamento de Ciencias da Vida, NOVA School of Science and Technology, Universidade Nova de Lisboa
Responsável: Paula Videira
Nº Alunos: 2
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia, Biologia
Data: de 11-07-2022 a 15-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Paula Alexandra Quintela Videira Pedro Costa Alexandra Fernandes Jaime Mota Claudia Carvalho Jose Paulo


Descrição: As Ciências da Vida integram a Microbiologia, Genética, Biotecnologia, Nanobiotecnologia, Biologia Celular, Imunologia,
Durante este estágio, os alunos realizarão diversas experiências para investigar:
i) a patogenicidade e diversidade de microrganismos
ii) a organização sub-celular de uma célula
iii) a capacidade das bactérias em produzir estruturas multicelulares
iv) a diversidade e percurso evolutivo das leveduras e a relevância do estudo da sua ecologia e fisiologia
v) a capacidade de resposta do nosso sistema imunológico como mecanismo de defesa contra patogénios
vii) o desenvolvimento de cancro e a importância do desenvolvimento de novas terapias.
Os alunos aprenderão a (1) manusear culturas de microrganismos e de células humanas, (2) a analisar amostras humanas em contexto fisiológico e de doença como a infeção e o cancro e (3) a trabalhar com técnicas de análise normalmente usadas no trabalho de rotina de um laboratório de Microbiologia, Biologia Molecular e Genética, (4) conhecer a importância e o funcionamento da Colecção Portuguesa de Leveduras (PYCC) localizada no Departamento de Ciências da Vida.
Website https://www.dcv.fct.unl.pt/

Observações: Departamento de Ciencias da Vida, NOVA School of Science and Technology, Monte da Caparica

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Departamento de Ciencias da Vida, NOVA School of Science and Technology Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: Paula Alexandra Quintela Videira

Estágio Esgotado


1585. Vem experimentar a Engenharia Mecânica


Instituição: Centro de Investigação em Modelação e Optimização de Sistemas Multifuncionais (CIMOSM), Instituto Superior Engenharia de Lisboa
Responsável: Inês Barbosa
Nº Alunos: 4
Anos: , 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia
Data: de 04-07-2022 a 08-07-2022 Horário: Manhã
Investigador(es): Inês Barbosa, Ricardo Portal, André Carvalho, Amélia Loja, João Milho, Pedro Marques


Descrição: A engenharia mecânica é uma engenharia de vasta aplicabilidade, desde o projeto de sistemas mecânicos às aplicações biomédicas. Neste estágio, os alunos vão poder entrar no papel de um engenheiro mecânico e realizar diferentes tarefas que lhes permitirão ficar a conhecer algumas das valências da engenharia mecânica. Desde a conceção à impressão 3D de um objeto, à construção e teste de estruturas e ao estudo do movimento, os alunos poderão ver a engenharia mecânica de diferentes perspetivas.

Observações: No primeiro dia, os estagiários deverão dirigir-se ao átrio principal do ISEL pelas 9h15, onde o responsável do estágio os esperará. Os estagiários serão previamente contactados no sentido de lhes transmitir informações mais detalhadas.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: átrio principal do ISEL Hora: 9:15:00 AM
Pessoa de contacto: Inês Barbosa

Estágio Esgotado


1692. Vem fabricar materiais à micro e nanoescala!


Instituição: Centro de Investigação de Materiais (CENIMAT), Universidade Nova de Lisboa
Responsável: Ana Marques
Nº Alunos: 4
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Tecnologia
Data: de 18-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): João Coelho, Tomás Pinheiro, Sara Silvestre, Maria Morais, Ricardo Correia


Descrição: Sabias que o ouro à escala nanométrica não é dourado? Sabias que o grafeno é 300 vezes mais resistente que o aço? Neste estágio vais poder responder a estas e outras curiosidades!
Irás ter a oportunidade de aprender sobre os materiais à micro e nanoescala, como os produzir e como os usar em diversas aplicações. Vais poder produzir nanopartículas de ouro e ver como podem ser usadas biossensores de papel, vais usar um laser para produzir materiais à base de grafeno em papel e ainda, terás a oportunidade de aprender um pouco sobre impressão 3D e como a mesma pode ser usada como suporte para as aplicações exploradas neste estágio.

Observações: Este estágio resulta de atividades de investigação associadas a projetos que estão a decorrer neste momento, sendo uma excelente oportunidade de poder interagir com o que se faz de Ciência no CENIMAT e DCM. Este estágio decorre todos os dias das 10:00h às 17:00h e inclui almoço.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Porta principal do Edifício II - DCM Hora: 10:00h
Pessoa de contacto: Carolina Marques

Estágio Esgotado


1600. Viagem ao mundo das avarias na fábrica de energia


Instituição: Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), Universidade de Coimbra
Responsável: Manuela Grazina
Nº Alunos: 1
Anos: 10º
Área: Tecnologia
Data: de 27-06-2022 a 01-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Manuela Grazina


Descrição: Este estágio inclui o contacto com tecnologias usadas em diagnóstico e investigação biomédica das citopatias mitocondriais (avarias na fábrica de energia), utilizadas habitualmente no Laboratório de BioMedicina Mitocondrial e Teranóstica (LBioMiT), sendo possível contactar com a realidade profissional de uma equipa multidisciplinar cuja ação tem como objetivo a deteção de causas de doença e a investigação de mecanismos biomoleculares associados a alterações genéticas. O estágio acontece no polo III da Universidade de Coimbra, em Coimbra, e não assegura deslocações de e para o estágio.

Observações: Este estágio inclui o contacto com tecnologias usadas em diagnóstico e investigação biomédica das citopatias mitocondriais (avarias na fábrica de energia), utilizadas habitualmente no Laboratório de BioMedicina Mitocondrial e Teranóstica (LBioMiT), sendo possível contactar com a realidade profissional de uma equipa multidisciplinar cuja ação tem como objetivo a deteção de causas de doença e a investigação de mecanismos biomoleculares associados a alterações genéticas. O estágio acontece no polo III da Universidade de Coimbra, em Coimbra, e não assegura deslocações de e para o estágio.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Largo D.Dinis, Coimbra Hora: 10:00 (27 de junho de 2022)
Pessoa de contacto: Manuela Grazina

Estágio Esgotado


1774. “Cybertruck eco – efficiency”


Instituição: Centro de Investigação em Organizações, Mercados e Gestão Industrial (COMEGI), Universidade Lusíada-Norte
Responsável: Pedro Reis Gomes
Nº Alunos: 6
Anos: , 11º, 12º, 10º
Área: Tecnologia
Data: de 11-07-2022 a 15-07-2022 Horário: Manhã
Investigador(es): Pedro Reis


Descrição: Esta atividade fundamenta o seu objetivo no conceito “aprender pela observação e experimentação”. Nesse sentido, propõe-se a investigação e desenvolvimento de um protótipo capaz de interagir com o meio, através da monitorização, supervisão e ação sobre o mesmo. O projeto é modular com base numa plataforma móvel a desenvolver, “O Cybertruck”. A mobilidade desta plataforma será projetada, com recurso a fontes de energia alternativas como painéis fotovoltaicos (eficiência energética). Os sensores e atuadores estarão ligados em rede sem fios (tecnologia IoT) com supervisão de microcontroladores. Toda a estrutura do “Cybertruck” será desenhada e imprimida em 3D.

Observações: Largo Tinoco de Sousa 4760-108 Vila Nova de Famalicão

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Universidade Lusíada Vila Nova de Famalicão Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Reis Pedro

Inscrição