AS CAUSAS QUE APOIAMOS
Inspiramos e mobilizamos através da ciência

"Ninguém sabe o suficiente para fazer tudo sozinho."

José Mariano Gago

A Ciência Viva alimenta um movimento social em prol da ciência e da cultura científica que envolve centenas de milhares de investigadores e cidadãos, alunos e professores, jovens e adultos.
Acreditamos num progresso social assente na curiosidade, na criatividade, no pensamento crítico e no envolvimento de todos os cidadãos, sem deixar ninguém para trás.

EM DESTAQUE

Operação Nariz Vermelho

A Operação Nariz Vermelho (ONV) é uma instituição particular de solidariedade social que trabalha em contexto hospitalar promovendo semanalmente visitas de Doutores Palhaços, artistas profissionais, às enfermarias de 17 hospitais públicos do país. Estas ações têm como principal objetivo transformar momentos, tornando mais alegre a vivência das crianças hospitalizadas e dos seus familiares. A ONV oferece aos hospitais as visitas, que já são consideradas como essenciais e imprescindíveis, angariando os fundos necessários através de donativos, particulares e empresariais, campanhas e merchandising .

A Ciência Viva associa-se à campanha do 20.º aniversário da ONV e durante o mês de junho de 2022 estarão à venda na Bilheteira e na Loja do Pavilhão do Conhecimento, com o custo de 2€, os já famosos “narizes vermelhos”. A totalidade do valor reverte para esta causa.

A Ciência Viva apoia esta iniciativa!

APOIAR

Orquestra Zohra - Afghanistan National Institute of Music

Criado em 2010, o Afghanistan National Institute of Music (ANIM) é reconhecido como a instituição que trouxe a música de volta ao Afeganistão, restaurando e garantindo os direitos musicais do povo afegão que lhes tinham sido retirados durante o período talibã.

O regresso dos Talibã ao país impôs nova limitação no que respeita aos direitos humanos e musicais, levando muitos afegãos a fugir para outros países. Em dezembro de 2021, Portugal recebeu 273 cidadãos afegãos, entre alunos, professores e familiares da comunidade ANIM, cuja Orquestra Zohra e a escola de música passarão a funcionar no nosso país. No processo de evacuação os instrumentos musicais foram apreendidos e/ou destruídos. 

Para dar continuidade à prática musical, as crianças e jovens refugiados da comunidade ANIM necessitam dos seguintes instrumentos e materiais:

- Flautas (transversais), Oboés (palhetas, etc.), Trompetes Bb, Clarinetes Bb (palhetas, etc.), Violinos, Violas d’arco, Violoncelos, Instrumentos de arco - tamanho completo (arcos, resina, cordas, etc.), Guitarras (cordas), Pianos (digitais), Instrumentos de percussão (marimba 5 oitavas, Xilofone (fá grave), Bombo, Caixa, Djembe, Darboka, Drum set, Baquetas).

A campanha da Ciência Viva apoia esta causa, com uma campanha que permitiu a oferta de oito instrumentos e com a doação de 10% da receita de bilheteira do Pavilhão do Conhecimento do mês de fevereiro.

A Ciência Viva apoia esta iniciativa!

APOIAR

Guardiões das Pradarias Marinhas – Ocean Alive

Programa de apoio ao mapeamento das pradarias do estuário do Sado

As pradarias marinhas são importantes florestas do mar. Um dos habitats mais valiosos do planeta e berço de espécies protegidas como cavalos-marinhos, tartarugas e tubarões. As pradarias são filtros naturais da água e armazenam grandes quantidades de carbono ajudando a mitigar as alterações climáticas. No entanto, a cada hora que passa o planeta perde o equivalente a dois campos de futebol de pradarias marinhas e em Portugal também assistimos a uma perda dramática desta riqueza natural. Para assegurar o mapeamento de 14 pradarias do estuário do Sado, a Ocean Alive - Cooperativa para a Educação Criativa Marinha promove o programa "Guardiões das Pradarias", a que a Ciência Viva se associou em setembro 2021 adotando a Pradaria de Vale de Éguas .

Com este apoio, a Ciência Viva contribui para a monitorização do estado de conservação desta pradaria e a consequente promoção da reflorestação do mar. Nos seus projetos, a Ocean Alive envolve ativamente mulheres da comunidade piscatória do estuário do Sado, as "Guardiãs do Mar", na proteção das pradarias marinhas contribuindo para o seu empoderamento e para o desenvolvimento da cultura científica.

A Ciência Viva apoia esta iniciativa!

APOIAR

NO ATIVO

No Woman No Panel

Sem mulher não há painel

A missão desta campanha é sensibilizar a sociedade para a importância do equilíbrio de género em palestras e fóruns de discussão. A Comissária Europeia para a Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel, está comprometida com esta causa e em cada evento público para o qual for convidada deve haver pelo menos mais uma mulher a participar.

Parte da campanha envolve também a criação de uma base de dados de mulheres, especialistas nas mais variadas áreas do conhecimento, que será disponibilizada às associações, instituições e meios de comunicação.

A Ciência Viva apoia esta iniciativa!

SABER MAIS

Papel por alimentos

Promovida pela Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares, destaca-se pela sua dimensão ambiental e de solidariedade: o peso do papel recolhido é convertido em produtos alimentares que são depois distribuídos junto dos cidadãos que se encontrem numa situação de vulnerabilidade, risco ou pobreza.

A Ciência Viva apoia esta iniciativa!

Aderimos em novembro de 2019 e já contribuímos com 1 160 kg de papel e cartão.

APOIAR

Pinheiro Bombeiro

Esta iniciativa de cariz social da startup portuguesa Rnters permite, na época do Natal, alugar pinheiros naturais provenientes de ações de desbaste – são cortados de forma a manter os terrenos limpos, prevenindo desta forma possíveis incêndios.

Parte do valor do aluguer (25%) reverte para a compra de material profissional para o combate a incêndios.

A Ciência Viva apoia esta iniciativa desde 2018!

APOIAR

HISTÓRICO

Stop Finning - Stop the trade - European Citizens

Iniciativa de Cidadania Europeia pelo fim da remoção e comércio de barbatanas de tubarão.

Todos os anos milhões de tubarões são mortos, muitas vezes apenas para a venda das suas barbatanas. Esta iniciativa promovida por cidadãos quer que a Comissão Europeia apresente ao Parlamento Europeu uma alteração legislativa que proíba o comércio de barbatanas de tubarão na União Europeia.

A Ciência Viva apoia esta iniciativa!

APOIAR

A Ciência Viva e o Hospital dos Pequeninos apoiam a Casa de Acolhimento para Crianças Refugiadas 

22 de abril - 8 de maio, 2021

O Pavilhão do Conhecimento recebe anualmente o Hospital dos Pequeninos , uma iniciativa da Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa. O objetivo deste projeto é reduzir a ansiedade que a maioria das crianças sente na presença de profissionais de saúde, de uma forma didática e adaptada à sua idade. Também no âmbito desta iniciativa, o Pavilhão do Conhecimento foi um dos pontos de entrega de donativos, que tiveram como destino final a Casa de Acolhimento para Crianças Refugiadas .

A Ciência Viva doou 250 escovas de dentes, 250 lápis, 10 mochilas e 10 t-shirts.

APOIAR

Doação de ração para Os Canitos

4 de outubro, 2019 · Dia do Animal

Os visitantes do Pavilhão do Conhecimento aderiram ao nosso desafio e juntos apoiámos a associação Os Canitos , que trabalha na proteção dos animais abandonados, em Alcochete.

A Ciência Viva entregou 60 kg de ração de cão, 9 kg de ração de gato e 5 litros de areia.

APOIAR

Apadrinhamento de um lobo pelo Grupo Lobo

4 de outubro, 2019 · Dia do Animal

O Grupo Lobo acolhe animais que não podem viver em liberdade: lobos ibéricos vítimas de armadilhas, de maus-tratos e de cativeiro ilegal.

A Ciência Viva apadrinhou o Bolota!

Um magnífico lobo ibérico, com sete anos de idade, que vive na companhia da mãe Faia no Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, em Mafra.

APOIAR

Doação do valor da Quermesse para a Operação Nariz Vermelho

25 de julho, 2019 · 20.º Aniversário do Pavilhão do Conhecimento

Brincar é um assunto muito sério! A missão da Operação Nariz Vermelho é levar alegria às crianças hospitalizadas, aos seus familiares e aos profissionais de saúde, através da arte e engenho do simpático Doutor Palhaço.

A Ciência Viva angariou 600€ na Quermesse do 20º Aniversário do Pavilhão do Conhecimento.

O valor da venda das rifas reverteu, na totalidade, para esta associação.

APOIAR