Listagem de Ações de Verão


Biologia


1988. À Descoberta da Faia Brava

Percurso pedestre a partir da aldeia de Algodres pelos caminhos da aldeia, dos olivais, sobreiral e arribas, para conhecer a biodiversidade da Faia Brava. Visita guiada por biólogo, com identificação de flora e fauna, aspectos da ecologia das espécies e sobre a conservação da biodiversidade na Faia Brava.

Esta actividade decorre na área protegida Reserva da Faia Brava

Itinerário: Algodres-Reserva da Faia Brava- Algodres

Duração: 4.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 12 anos

Centro Ciência Viva: Plataforma de Ciência Aberta

Entidade Parceira: Associação Transumância e Natureza

Ponto de encontro: Igreja de Algodres Hora: 9:00

Como chegar: A25 DIRECÇÃO Vilar Formoso, Saída Almeida. Seguir em direção a Figueira de Castelo Rodrigo e depois seguir para Algodres

Localidade: Algodres

Concelho: FIG. DE CASTELO RODRIGO

Distrito: GUARDA

Datas:

16-08-2022 09:00 Não necessita inscrição para usufruir desta actividade. Apareça!

23-08-2022 09:00 Não necessita inscrição para usufruir desta actividade. Apareça!


2003. Anfíbios e Repteis do Rio Angueira

A atividade inicia com uma breve sessão teórica, prosseguindo depois com um percurso interpretativo, onde o objetivo passa por identificar anfíbios ao longo do Rio Angueira, com a ajuda do biólogo José Pereira e Pedro Alves.

O termo ‘anfíbio’ tem origem no latim anfi (= dupla) e bios (= vida), fazendo referência ao facto destes animais alternarem fases aquáticas e terrestres ao longo dos seus ciclos de vida. Os anfíbios foram assim os primeiros organismos a conquistar o meio terrestre e são muito importantes no equilíbrio dos ecossistemas.

Esta actividade decorre na área protegida Rede Natura - Rios Sabor e Maças

Itinerário: Visita a pé ao longo do Rio Angueira

Duração: 3.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 10 anos

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: AEPGA - Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino

Ponto de encontro: S. Joanico (concelho de Vimioso) Hora: 9h30

Como chegar: Após chegar à vila de Vimioso, deverá seguir as indicações para a localidade de S. Joanico

Localidade: S. Joanico

Concelho: VIMIOSO

Distrito: BRAGANCA

Data:

24-08-2022 09:30 Não necessita inscrição para usufruir desta actividade. Apareça!


2156. Biodiversidade no charco

Os charcos podem apresentar níveis de biodiversidade consideráveis, podendo mesmo funcionar como hotspots de biodiversidade em termos locais. Nesta atividade iremos explorar a biodiversidade presente no “Tanque com Vida” através da observação de anfíbios e macroinvertebrados, bem como um identificar um conjunto de características essências para a sua preservação.

Itinerário: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Entidade Parceira: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Ponto de encontro: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães Hora: 10.30

Como chegar: Rua da Ramada 166, 4810-445 Guimarães

Coordenadas GPS: 41.43950147107, -8.291979307106

Localidade: São Sebastião

Concelho: GUIMARÃES

Distrito: BRAGA

Actividade Acessivel
A atividade decorre no edifício do Curtir Ciência.

Datas:

-- : - Ação já em curso / terminada

23-07-2022 10:30 - Ação já em curso / terminada


2165. Ciência no jardim - À descoberta da célula

Nesta atividade os participantes vão descobrir o fantástico mundo da célula através da exploração e execução de um pequeno modelo 3D. O conceito será abordado através de divertidos modelos 3D de células.As crianças serão convidadas a convidadas a construir as suas células.

Itinerário: Jardim Museu Alberto Sampaio

Duração: 1.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Entidade Parceira: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Ponto de encontro: Jardim Museu Alberto Sampaio Hora: 14.30

Como chegar: R. Alfredo Guimarães, 4800-407 Guimarães
GPS 41.44294101214701, -8.292350346834567

Localidade: Oliveira do Castelo

Concelho: GUIMARÃES

Distrito: BRAGA

Actividade Acessivel

Datas:

-- : - Ação já em curso / terminada

04-08-2022 14:30 - Ação já em curso / terminada


2166. Ciência no jardim - Descomplicar o ADN

Nesta atividade os participantes são convidados a explorar o ADN. Para tal vão elaborar um pequeno segmento da cadeia em dupla hélice.

Itinerário: Jardim Museu Alberto Sampaio

Duração: 1.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Entidade Parceira: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Ponto de encontro: Jardim Museu Alberto Sampaio Hora: 14.30

Como chegar: R. Alfredo Guimarães, 4800-407 Guimarães
GPS 41.44292492714749, -8.292382533340643

Localidade: Oliveira do Castelo

Concelho: GUIMARÃES

Distrito: BRAGA

Actividade Acessivel

Data:

08-09-2022 14:30 - Inscrição


1967. Cobras de Portugal: da Biologia aos Mitos

O projeto Cobras de Portugal pretende sensibilizar para a importância ecológica das serpentes nos ecossistemas, assim como capacitar os participantes para poderem contribuir de forma ativa na conservação destes animais. Ao longo da sessão serão abordados temas relacionados com a biologia e conservação das serpentes, boas práticas a adotar, bem como a desmistificação de mitos e histórias associados a estes répteis. Haverá também a oportunidade de aprender a identificar as várias espécies de serpentes que ocorrem naturalmente em Portugal.

Itinerário: Aldeia Mineira do Lousal

Duração: 4.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 8 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva do Lousal - Mina de Ciência

Ponto de encontro: Centro Ciência Viva do Lousal Hora: 10:15

Como chegar: A partir do Porto tome a A1 até Lisboa. A partir de Lisboa tome a A2 até à saída de Beja/Ferreira. Siga em direção a Ourique/Faro. Cerca de 9 kms depois, vire à direita na indicação “Arqueologia Industrial - Lousal”. Siga as indicações “Centro Ciência Viva do Lousal”. Vindo do Algarve. A partir do Algarve tome a A2-Norte até à saída de Aljustrel. Siga em direção a Santiago/Sines. Siga, à direita, a indicação “Mimosa”. Cerca de 10 kms depois, vire à esquerda na indicação “Arqueologia Industrial - Lousal”. Siga as indicações “Centro Ciência Viva do Lousal”.

Localidade: Centro Ciência Viva do Lousal Lousal

Concelho: GRÂNDOLA

Distrito: SETUBAL

Vestuário recomendado: roupa desportiva, calçado ligeiro (é desaconselhado o uso de chinelos ou sandálias).

Data:

11-09-2022 10:30 - Data esgotada - Lista de espera


1872. Festival de Ciência nas Caldeiras de Furnas

Venha celebrar connosco o XII Aniversário do Observatório Microbiano dos Açores, num festival de ciência que tem como _cabeça de cartaz_ os parceiros do Ciência Viva no Verão 2022! Neste evento, participarão todos os Centros de Ciência dos Açores e entidades parceiras, com um conjunto diversificado de ações que nos levam a descobrir mais sobre a biologia, microbiologia, astronomia, ambiente, mar, vulcanologia e tecnologia.

Esta actividade decorre na área protegida Área de Paisagem Protegida das Furnas

Itinerário: Chã das Caldeiras - Freguesia de Furnas

Duração: 5.00 Horas

Actividade gratuita

Centro Ciência Viva: Expolab - Centro Ciência Viva dos Açores

Entidade Parceira: Observatório Microbiano dos Açores (OMIC)

Ponto de encontro: Chã das Caldeiras - Freguesia de Furnas Hora: 10h50

Como chegar: Ao chegar à freguesia de Furnas, basta dirigir-se ao Campo Fumarólico da Chã das Caldeiras.

Coordenadas GPS: 37.772690977898, -25.303927534988

Localidade: Furnas

Concelho: POVOAÇÃO

Distrito: R A ACORES

Actividade Acessivel

Mais informações: http://omic.centrosciencia.azores.gov.pt/

Data:

26-07-2022 11:00 - Ação já em curso / terminada


2077. Geobiodiversidade da Ponta da Piedade

A ponta da piedade é uma zona cársica que, juntamente com a ponta João D’Arens e o cabo carvoeiro, é considerada um geossítio registado e de importância no património geológico. Possui arbustos, herbáceas e espécies arbóreas típicas mediterrâneas, avifauna com estatuto vulnerável e uma boa variedade de insetos. Nesta saída podemos também compreender o risco geomorfológico associado a uma zona cársica e observar todas as suas geoformas características.

Itinerário: Farol da Ponta da Piedade- Miradouro porto de mós- Farol da ponta da Piedade

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 4 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Lagos

Entidade Parceira: Centro Ciência Viva de Lagos

Ponto de encontro: Farol da Ponta da Piedade Hora: 10 minutos antes da hora de início da atividade

Como chegar: Em Lagos seguir as direções para a ponta da piedade, seguir até ao final do caminho onde se encontra o farol.

Coordenadas GPS: 37.08105018149, -8.6695458235054

Localidade: Lagos

Concelho: LAGOS

Distrito: FARO

Mais informações: https://lagos.cienciaviva.pt/

Data:

01-09-2022 16:30 - Inscrição


2065. GeoBiodiversidade do João D’Arens

A diversidade geológica e biológica deste geossítio é de facto notável. As arribas calcárias da ponta João d’Arens são um dos cartazes turísticos mais divulgado das praias algarvias do barlavento. A formação carbonatada de Lagos-Portimão tem como característica principal um processo natural de desagregação que resulta numa diversidade de geoformas. Também a sua mata possui biodiversidade de flora e fauna típicas de uma mata mediterrânica.

Esta actividade decorre na área protegida Geossítio Ponta João D’Arens

Itinerário: Percurso ao longo das falésia do João d’Arens

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 8 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Lagos

Entidade Parceira: Centro Ciência Viva de Lagos

Ponto de encontro: Parque de estacionamento da praia do Vau. Hora: Hora marcada para início da sessão

Como chegar: Ao chegar a Portimão dirija-se para a praia do Vau e estacione no parque de estacionamento. Encontro no 1º restaurante perto da rotunda.

Coordenadas GPS: 37.120350539247, -8.5577808560638

Localidade: Portimão

Concelho: PORTIMÃO

Distrito: FARO

Mais informações: http://geossitios.progeo.pt/geositecontent.php?menuID=&geositeID=1141

Data:

13-09-2022 16:30 - Inscrição


2055. HÁ DESCOBERTA DO MOSTEIRO DE TIBÃES

O Mosteiro de Tibães tem uma riqueza histórica sem igual e uma enorme biodiversidade! A cerca do Mosteiro de Tibães alberga inúmeras espécies de seres vivos e nesta ação vão ser dados a conhecer os seres vivos que existem nos tanques de água e pela cerca! Guiados por biólogas do Centro Ciência Viva de Braga os participantes vão poder descobrir a Biodiversidade existente. Com o auxílio de lupas digitais vai ser possível identificar e observar todas as características dos curiosos seres vivos encontrados. A ação tem uma duração de cerca de 2 horas. Os participantes deverão levar vestuário, calçado adequado, chapéu e água para o caso de estar calor. Caso queiram podem levar binóculos e máquina fotográfica.
NOTA: Pedimos que não levem participantes extra que não estejam inscritos na listagem principal.

Itinerário: caminhada pela cerca do Mosteiro de Tibães

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Planetário - Casa da Ciência de Braga

Ponto de encontro: Porta exterior do Mosteiro de Tibães Hora: 10h

Como chegar: Se vem pela A3 (de Valença ou do Porto) deverá sair no nó de Martim/Cabreiros e seguir na estrada nacional Braga-Barcelos (E.N. 103). Vire à direita, no sentido de Barcelos e ande cerca de 1,5km até encontrar uns semáforos junto à igreja de Martim, situada do seu lado direito. Após os semáforos vire à direita (E.N. 205-4). Siga essa estrada ao longo de 7km até encontrar uma rotunda, esta já em Mire de Tibães. Aí chegado, vire à direita e siga sempre em frente cerca de 1,1km (subida acentuada), até chegar ao terreiro do mosteiro.

Se vem pela A28 (de Viana do Castelo ou Porto) Deverá sair no nó da Apúlia e entrar na A11, em direção a Braga. Depois saia no nó de Martim/Cabreiros e siga na estrada nacional Braga-Barcelos (E.N. 103). Vire à direita, no sentido de Barcelos e ande cerca de 1,5km até encontrar uns semáforos junto à igreja de Martim, situada do seu lado direito. Após os semáforos vire à direita (E.N. 205-4). Siga essa estrada ao longo de 7km até encontrar uma rotunda, esta já em Mire de Tibães. Aí chegado, vire à direita e siga sempre em frente cerca de 1,1km (subida acentuada), até chegar ao terreiro do mosteiro.

Coordenadas GPS: 41.556573046577, -8.4786771477966

Localidade: Parada de Tibães, Braga

Concelho: BRAGA

Distrito: BRAGA

Mais informações: https://www.casacienciabraga.org/

Datas:

29-07-2022 10:00 - Ação já em curso / terminada

09-09-2022 10:00 - Data esgotada - Lista de espera


2092. Lobo-ibérico: espécie-chave dos ecossistemas do Noroeste Peninsular

Apesar de amado por uns e odiado por outros, o lobo-ibérico ainda é um grande desconhecido de grande parte dos Portugueses. Partindo da premissa de que só se protege aquilo que se conhece, através desta acção propomos divulgar aspectos importantes da biologia, ecologia e comportamento da espécie. Neste sentido, pretendemos sensibilizar a sociedade para a importância do lobo nos ecossistemas ibéricos. Teremos ainda a oportunidade de discutir quais as principais ameaças que a espécie enfrenta no Nordeste Transmontano e noutros locais da sua área de distribuição.

Esta actividade decorre na área protegida Rede Natura - Rios Sabor e Maças

Itinerário: PINTA (S. Joanico - Vimioso) – Avelanoso

Duração: 8.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 10 anos

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: AEPGA - Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino

Ponto de encontro: PINTA - Parque Ibérico de Natureza e Aventura Hora: 9h

Como chegar: Deverá se deslocar até à aldeia de S. Joanico (Concelho de Vimioso)

Localidade: S. Joanico

Concelho: BRAGANÇA

Distrito: BRAGANCA

Data:

08-08-2022 : - Ação já em curso / terminada


2041. Mergulho ao mar profundo

Atividade de descoberta dos organismos que enchem de vida os impressionantes ecossistemas de mar profundo. A bióloga Joana Xavier partilhará as mais recentes imagens recolhidas em campanhas realizadas no mar dos Açores e seremos desafiados a recriar alguns dos cenários que caracterizam estas campanhas, de forma criativa!

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Expolab - Centro Ciência Viva dos Açores

Ponto de encontro: AJISM- Casa da Juventude Hora: 10:30

Como chegar: No centro de Vila do Porto

Coordenadas GPS: 36.953398743141, -25.142769688538

Localidade: Vila do Porto

Concelho: VILA DO PORTO

Distrito: R A ACORES

Actividade Acessivel

Data:

25-08-2022 10:30 - Inscrição


1829. Mini Safari Microbiano

Visita guiada pelas Nascentes Termais de Furnas - Campo Fumarólico da Chã das Caldeiras, com uma abordagem cientifica e histórico-cultural.
Ao longo desta atividade, será possível identificar marcas no terreno associadas a comunidades microbianas termais, bem como avaliar a diversidade ecológica destes habitats, além de fatores abióticos, como a temperatura e o pH de diferentes nascentes.
Os participantes terão a oportunidade de preparar e degustar um lanche geotermal.

Esta actividade decorre na área protegida Área de Paisagem Protegida das Furnas

Itinerário: Chã das Caldeiras de Furnas

Duração: 1.30 Horas

Preço: 7.65 €/participante

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Expolab - Centro Ciência Viva dos Açores

Entidade Parceira: Observatório Microbiano dos Açores (OMIC)

Ponto de encontro: Instalações do Centro de Ciência Observatório Microbiano dos Açores (OMIC) Hora: 10:15

Como chegar: Ao chegar à freguesia de Furnas, basta dirigir-se à Chã das Caldeiras, onde irá encontrar o edifício do Centro de Ciência - OMIC.

Localidade: Furnas

Concelho: POVOAÇÃO

Distrito: R A ACORES

Actividade Acessivel

Mais informações: http://omic.centrosciencia.azores.gov.pt/

Datas:

29-07-2022 10:30 - Ação já em curso / terminada

23-08-2022 10:30 - Inscrição


1914. Moinhos da Pena: Geodiversidade & Biodiversidade!

Num percurso de cerca de 5 km é possível observar um dos maiores conjuntos de moinhos de Portugal (12 moinhos de vento tradicionais) – Os Moinhos da Pena! Aliás, estes moinhos foram estrategicamente construídos no topo da escarpa do Arrife. Estes são testemunhos da importância da moagem artesanal, onde se moíam os cereais com a força do vento, através de uma série de engrenagens que faziam mover a mós, obtendo-se a farinha (de trigo ou de milho). A sua atividade original cessou por volta de 1965, mas desde então, alguns têm sido recuperados para fins turísticos.
Durante o percurso observam-se vários afloramentos de calcário, bem como os matos e vegetação mediterrânica que aqui predominam, onde é possível observar a fusão entre a geodiversidade e a biodiversidade do local.

Esta actividade decorre na área protegida N/A

Itinerário: Moinhos da Pena e envolvente

Duração: 4.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva do Alviela - Carsoscópio

Entidade Parceira: Município de Torres Novas

Ponto de encontro: Moinho da Pena - Turismo Rural (39.58926883014962, -8.535806230980912) Hora: 09:00

Como chegar: Vindo da A1:
Siga pela A23 saída em direção a Abrantes/C.lo Branco/T.res Novas e tome a saída em direção a Alcanena/Minde
Siga pela saída 2 para N3 em direção a T.res Novas. Siga pela N349 para a R. dos Moinhos
Vindo pela A23:
Siga pela A23 em direção a Santarém. Siga pela saída 3 em direção a Entronc.to Norte. Siga pela R. do Guadiana e N349 para a R. dos Moinhos

Coordenadas GPS: 39.589294930868, -8.5357867421417

Localidade: Chancelaria (Casal da Pena)
Moinho da Pena - Turismo Rural (39.58926883014962, -8.535806230980912)

Concelho: TORRES NOVAS

Distrito: SANTAREM

Data:

28-08-2022 09:00 - Data esgotada - Lista de espera


2154. O Outro Lobo

Esta ação pretende dar a conhecer uma espécie ameaçada em Portugal, o lobo-ibérico, em particular a sua biologia e ecologia. Os participantes serão também informados sobre os perigos que corre esta espécie e, ainda, os trabalhos que estão a ser desenvolvidos no nosso país para a conservação deste predador.

Itinerário: Percurso pedestre circular dentro da área do Centro de Recuperação do Lobo Ibérico.

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 10 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva do Lousal - Mina de Ciência

Entidade Parceira: Grupo Lobo

Ponto de encontro: Centro de Recuperação do Lobo Ibérico Hora: 18:50 (visitas a iniciar às 19:00)_ 18:20 (visitas a iniciar às 18:30)_ 17:50 (visitas a iniciar às 18:00)

Como chegar: Desde Lisboa:
Seguir pela auto-estrada A8 e sair em direcção a Malveira/Mafra – A21. Continuar na A21 em direção a Mafra e sair na saída 2 – Torres Vedras/Malveira. Na rotunda, seguir pela 1ª saída em direção a Torres Vedras/Tapada de Mafra. Após percorrer 2km, chega ao Vale da Guarda. Depois desta localidade virar à esquerda para Picão/Carapiteira (existe uma placa a indicar Centro de Recuperação do Lobo Ibérico). No Picão, virar à esquerda numa rampa em calçada, onde se encontra uma placa com a informação “Lobo Ibérico”. Seguir sempre em frente por uma estrada de terra batida até chegar ao CRLI.

Coordenadas GPS: 38.960977428539, -9.2719029130249

Localidade: Picão, Gradil

Concelho: MAFRA

Distrito: LISBOA

O percurso tem uma extensão de cerca de 1km, com duração aproximada de 2h00. Apresenta um grau de dificuldade baixo/médio, tendo um desnível ascendente e um descendente, ambos moderados. O percurso é de terra batida e com desníveis.

Mais informações: http://www.grupolobo.pt

Datas:

28-07-2022 19:00 - Ação já em curso / terminada

04-08-2022 19:00 - Ação já em curso / terminada

11-08-2022 19:00 - Data esgotada - Lista de espera

18-08-2022 18:30 - Data esgotada - Lista de espera

25-08-2022 18:30 - Data esgotada - Lista de espera

02-09-2022 18:00 - Data esgotada - Lista de espera


2160. Penha em perspetiva

Nesta atividade os participantes são convidados a vislumbrar a montanha da Penha em duas perspetivas. A atividade terá início com um passeio de teleférico que levará os participantes ao cume desta montanha. De seguida, os participantes vão fazer um percurso pela encosta da montanha tendo em vista o vislumbre e identificação da biodiversidade existente.

Itinerário: Montanha da Penha

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Entidade Parceira: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Ponto de encontro: Teleférico de Guimarães Hora: 10

Como chegar: Rua Cônsul Aristides Sousa Mendes 37, 4810-025 Guimarães
GPS 41.44167274723238, -8.285325544987048

Localidade: Costa

Concelho: GUIMARÃES

Distrito: BRAGA

Esta atividade implica a entrada no teleférico e a descida da montanha .

Datas:

12-08-2022 10:00 - Data esgotada - Lista de espera

03-09-2022 10:00 - Data esgotada - Lista de espera


2100. Pistas e vestígios da presença de animais no Parque Florestal de Monsanto

Visita guiada através de uma área menos explorada do Parque Florestal de Monsanto, na qual se percorrem trilhos e zonas florestais mais abertas em busca de vários tipos de vestígios deixados pelos animais residentes. Para além do som das aves e do restolhar de animais no solo, muito de pode descobrir através de um olhar mais atento, do olfato ou de um ouvido apurado.

Esta actividade decorre na área protegida N/A

Itinerário: Centro de Interpretação de Monsanto - Monte das perdizes - Seis Pedreiras

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 5 anos

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: Câmara Municipal de Lisboa | Direção Municipal do Ambiente, Estrutura Verde, Clima e Energia (CML/DMAEVCE)

Ponto de encontro: Receção do Centro de Interpretação de Monsanto (CIM) - Estrada do Barcal, 1500-068 Lisboa. Por favor, chegar com 15min de antecedência! Hora: 9.15

Como chegar: Autocarro 770 (via Sete-rios)

Coordenadas GPS: 38.739892051814, -9.1864584626464

Localidade: Freguesia de Benfica

Concelho: LISBOA

Distrito: LISBOA

Chegar com 15min de antecedência. As condições climatéricas e o momento em que se realiza a atividade determinam as marcas ou vestígios detectáveis, tornando-a imprevisível. Recomenda-se uso de calçado confortável, chapéu e água.

Mais informações: https://www.facebook.com/profile.php?id=100057527166993

Datas:

27-07-2022 09:30 - Ação já em curso / terminada

10-08-2022 09:30 - Data esgotada - Lista de espera

24-08-2022 09:30 - Data esgotada - Lista de espera

07-09-2022 09:30 - Data esgotada - Lista de espera


2136. Plantas invasoras em Coimbra - o que cada um de nós pode fazer?

Passeio e conversa descontraída (com ramos, sementes, galhas, insetos e outras amostras à mistura) sobre espécies nativas, exóticas e invasoras, passando pelos vários conceitos, formas de controlo de plantas invasoras, incluindo controlo biológico, etc. Será dado particular enfoque ao papel de cada cidadão na prevenção e mitigação das plantas invasoras.

Itinerário: Jardim do Exploratório/Beira-rio Mondego

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Centro Ciência Viva: Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra

Entidade Parceira: Centro de Ecologia Funcional, Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra e Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Coimbra

Ponto de encontro: Exploratório, em Coimbra. Hora: 10h00

Como chegar: Rotunda das Lages - Parque Verde Mondego

Localidade: Coimbra

Concelho: COIMBRA

Distrito: COIMBRA

Data:

10-09-2022 10:00 - Data esgotada - Lista de espera


2141. Pradarias marinhas: vamos reflorestar o mar?

Seja bem-vindo ao estuário do Sado, um estuário rico em vida marinha!
É nesta paisagem entre o rio e o mar que a Ocean Alive se une à comunidade local para proteger e restaurar um habitat chave do oceano: as pradarias de ervas marinhas. Queremos dar-vos a conhecer estas florestas do fundo do mar, e o que podemos fazer para que possam prosperar.

Nesta atividade os participantes são convidados a conhecer a pradaria marinha da Ponta do Adoxe, uma das pradarias marinhas mais importantes do nosso país, por funcionar como um importante banco de sementes para a reflorestação marinha.

Venham até à praia da Ponta do Adoxe, em Tróia, pôr os pés de molho (com água até aos joelhos) e observar as ervas que ficam a descoberto na maré baixa.
Poderá conhecer quem aqui se esconde e encontra abrigo: este é um berçário onde o choco põe os ovos e as estrelas-do-mar encontram alimento, poderá conhecer como as pradarias funcionam como sumidouros naturais de carbono.

Guiados por uma pescadora Guardiã do Mar e uma bióloga, saiba como o nosso bem-estar está diretamente ligado a estas florestas marinhas: da qualidade da água ao combate às alterações climáticas, da gastronomia ao lazer, as pradarias marinhas são as nossas grandes aliadas.

Outrora mais abundantes, sofreram um declínio acentuado em todo o mundo, e o Sado não foi exceção. Mas hoje sabemos que podem recuperar. Reflorestar o mar significa, em primeiro lugar, preservar as florestas marinhas que ainda existem. Antes de plantar ou semear é preciso limpar as ameaças às pradarias marinhas.

Venha connosco. Juntos podemos reflorestar o mar!

Esta actividade decorre na área protegida Não

Itinerário: Tróia (Casino) – Praia de Tróia-mar (Ponta do Adoxe))

Duração: 2.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 3 anos

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: Ocean Alive

Ponto de encontro: Em frente ao Casino de Tróia Hora: 11:00:00

Como chegar: O acesso ao ponto de encontro poderá ser feito de transportes públicos (autocarro, para quem vem da zona sul, e de catamaran para quem vem de Setúbal) ou em viatura própria (existe estacionamento pago nas imediações). O trajeto entre o Casino de Tróia e a praia de Tróia-Mar será feito a pé.

Coordenadas GPS: 38.493335695304, -8.9034183563499

Localidade: Tróia

Concelho: GRÂNDOLA

Distrito: SETUBAL

Actividade Acessivel
A atividade decorrerá na praia de Tróia-Mar, (Ponta do Adoxe) uma praia com bandeira de praia acessível. O percurso entre o ponto de encontro e a praia (500 m) é feito sobre passadiços de madeira. Poderá existir alguma dificuldade no acesso de pessoas com mobilidade condicionada entre o areal e a linha de maré baixa, onde será feita a observação das pradarias marinhas.

Mais informações no guia de turismo acessível “Baía de Setúbal para todos” disponível em https://www.mun-setubal.pt/wp-content/uploads/2021/04/GUIA-DE-TURISMO-ACESSIVEL.pdf

Mais informações: https://www.ocean-alive.org/

Datas:

18-07-2022 11:00 - Ação já em curso / terminada

16-08-2022 11:00 - Data esgotada - Lista de espera


2002. Rios de Problemas – vegetação aquática e invasões biológicas

Numa época em que o mundo atravessa fortes transformações a nível global e uma perda de biodiversidade acelerada, é urgente agir para salvar a biodiversidade em risco.
As espécies Invasoras estão entre as principais causas de perda de biodiversidade. Nos meios aquáticos, a dispersão de novas espécies invasoras pode ser acelerada pela corrente dos rios e rapidamente estão a substituir as espécies nativas e a alterar o funcionamento dos ecossistemas, já fragilizados por outras ameaças como a poluição, a destruição de habitats ou as alterações climáticas. Muitas plantas aquáticas estão ameaçadas ou mesmo desaparecidas e a precisar da nossa ajuda. Nesta actividade vamos conhecer as plantas aquáticas nativas e as invasoras que as estão a ameaçar.

Esta actividade decorre na área protegida Rede Natura - Rios Sabor e Maças

Itinerário: Visita a pé ao longo do Rio Angueira

Duração: 3.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 10 anos

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: AEPGA - Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino

Ponto de encontro: S. Joanico (concelho de Vimioso) Hora: 9h30

Como chegar: Deverá deslocar-se até ao concelho de Vimioso e depois seguir em direcção à localidade de S. Joanico

Localidade: S. Joanico

Concelho: VIMIOSO

Distrito: BRAGANCA

Actividade Acessivel
Percurso Fácil

Data:

11-08-2022 09:30 - Inscrição


2091. Rios de Problemas – vegetação aquática e invasões biológicas

Numa época em que o mundo atravessa fortes transformações a nível global e uma perda de biodiversidade acelerada, é urgente agir para salvar a biodiversidade em risco.
As espécies Invasoras estão entre as principais causas de perda de biodiversidade. Nos meios aquáticos, a dispersão de novas espécies invasoras pode ser acelerada pela corrente dos rios e rapidamente estão a substituir as espécies nativas e a alterar o funcionamento dos ecossistemas, já fragilizados por outras ameaças como a poluição, a destruição de habitats ou as alterações climáticas. Muitas plantas aquáticas estão ameaçadas ou mesmo desaparecidas e a precisar da nossa ajuda. Nesta actividade vamos conhecer as plantas aquáticas nativas e as invasoras que as estão a ameaçar.

Itinerário: Casa da Seda - Rio Fervença

Duração: 3.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 10 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Bragança

Ponto de encontro: Casa da Seda Hora: 9h

Como chegar: Na A4, sair na saída Bragança Sul, seguir até ao Campus Universitário do IPB e descer a Alameda de Santa Apolónia. Chegando à rotunda, sair na terceira saída, rumo ao jardim António José de Almeida. Estacionar no jardim ou no Parque subterrâneo da Praça Camões e seguir a pé até ao Centro Ciência Viva de Bragança.

Coordenadas GPS: 41.804206330433, -6.7563985528259

Localidade: Bragança

Concelho: BRAGANÇA

Distrito: BRAGANCA

Actividade Acessivel
Entre a casa da Seda e o Rio Fervença é um passadiço de tábuas acessível.

Mais informações: http://www.braganca.cienciaviva.pt

Data:

30-07-2022 09:00 - Ação já em curso / terminada


1992. Um dia no “escritório_ com uma equipa de biólogos marinhos.

No norte de Portugal, as praias rochosas albergam ricas comunidades de organismos marinhos com enorme importância ecológica, económica e socio-cultural. No entanto, todas as marés baixas, esses organismos marinhos têm de suportar a exposição a condições ambientais adversas. O vento de norte típico da região desempenha um papel fundamental na manutenção destas comunidades ao promover o abaixamento da temperatura da água. Mas quando esse efeito não é suficiente e o calor aperta, sobreviver à maré baixa torna-se um jogo de vida ou morte.
Atualmente, muitos investigadores procuram estudar a dinâmica das temperaturas nas praias rochosas e o seu impacto na biodiversidade costeira. Esse trabalho é crucial pois tudo indica que estas comunidades são particularmente vulneráveis ao Aquecimento Global.
Os participantes nesta atividade irão acompanhar investigadores do grupo MarChange do CIBIO (cibio.up.pt) num dia de trabalho de campo. Juntos iremos realizar um levantamento da biodiversidade presente na Praia do Barreiro, onde iremos encontrar algumas espécies comuns e típicas das praias rochosas do norte de Portugal, vários organismos invasores, e até uma das últimas populações de Hymanthalia elongata, uma alga castanha que está a desaparecer do nosso país. Iremos também usar smartphones para descarregar dados de temperatura registados por sensores previamente instalados nas rochas desta praia, e dessa forma explorar como a sua complexidade tridimensional resulta numa paisagem térmica surpreendentemente complexa. Por fim, iremos também realizar furos com berbequim em rochas para instalar novos sensores que irão recolher dados para um novo estudo em curso, através do qual estamos a tentar quantificar o efeito de proteção das temperaturas altas conferido pelas algas aos organismos que habitam por debaixo delas.

Itinerário: Praia de Angeiras

Duração: 3.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 1 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Vila de Conde

Entidade Parceira: CIBIO-InBIO Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto

Ponto de encontro: Av. da Praia de Angeiras, entrada para a Praia do Barreiro. Hora: 10:00

Como chegar: Coordenadas GPS:
41.262239, -8.725340

Coordenadas GPS: 41.262239, -8.72534

Localidade: Angeiras - Areal e rochas

Concelho: MATOSINHOS

Distrito: PORTO

Não acessível a mobilidade reduzida.

Mais informações: https://viladoconde.cienciaviva.pt/

Data:

28-08-2022 10:00 - Data esgotada - Lista de espera


2004. Uma Bio e Geo Aventura em Lavadores

A partir de um percurso pedestre pelo litoral de Gaia, com início na praia de Lavadores, os participantes serão convidados a conhecer o contexto geológico e biológico da área envolvente e a compreender a interação existente entre biosfera, atmosfera, geosfera e hidrosfera e de que forma o homem intervém nesta relação. Pretende-se que os participantes distingam o tipo de rochas existentes na Praia de Lavadores (sua génese, textura e composição) e compreendam a interação entre a paisagem geológica de Lavadores e os seus agentes modeladores, para além de identificarem os impactes visíveis nesta zona litoral devido às ações antrópicas.

Itinerário: Percurso pedestre no litoral de Lavadores, Vila Nova de Gaia

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 10 anos

Centro Ciência Viva: Galeria da Biodiversidade - Centro Ciência Viva

Ponto de encontro: Praia de Lavadores (em frente ao Restaurante Casa Branca) Hora: 9:45

Como chegar: Autocarro 902 (praia de Lavadores)

Coordenadas GPS: 41.133076412935, -8.6708805723387

Localidade: Praia de Lavadores, 4400-382 Vila Nova de Gaia (coordenadas GPS: 41.13079189335375, -8.669072572888972)

Concelho: VILA NOVA DE GAIA

Distrito: PORTO

Actividade Acessivel

Mais informações: https://mhnc.up.pt/ciencia-viva-no-verao-em-rede-2022/

Data:

10-09-2022 10:00 - Data esgotada - Lista de espera


1862. Vaivém dos nutrientes

Esta atividade decorre na horta-jardim da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro, onde será possível descobrir a biologia da compostagem, a biodiversidade presente no solo e ainda colocar as mãos na terra! As hortas urbanas biológicas, em economia circular, recuperam nutrientes dos resíduos orgânicos através da compostagem e produzem alimentos mais saudáveis e sustentáveis.

Itinerário: A atividade decorre na horta-jardim da Fábrica CCVA.

Duração: 1.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 4 anos

Centro Ciência Viva: Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro

Entidade Parceira: Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro

Ponto de encontro: Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro Hora: 10:30

Como chegar: Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro
Rua dos Santos Mártires, nº 1A
3810 –171 Aveiro

40°38_18.3_N 8°39_27.7_W

Coordenadas GPS: 40.638487231662, -8.6574624718933

Localidade: Aveiro

Concelho: AVEIRO

Distrito: AVEIRO

Actividade Acessivel

Datas:

30-07-2022 10:30 - Ação já em curso / terminada

13-08-2022 10:30 - Inscrição


2171. Visita ao LNEC

Como é que o LNEC desenvolve os seus trabalhos de investigação? Como é que os nossos investigadores e técnicos avaliam projetos de obras de pontes, túneis, barragens, infraestruturas de transportes e edifícios, materiais e elementos de construção, tais como cimento, betão, revestimentos e isolamentos? Como funcionam os nossos laboratórios, os nossos modelos físicos e a plataforma sísmica?

No ano em que assinala os 75 anos de atividade, o Laboratório Nacional de Engenharia Civil associa-se ao Programa Ciência Viva no Verão abrindo as suas portas ao público e convida a visitar algumas das suas infraestruturas de investigação, numa interessante viagem pela investigação em Engenharia Civil.

Esta actividade decorre na área protegida N/A

Itinerário: Visita a algumas infraestruturas de investigação, aos jardins e a algumas áreas de especial interesse arquitetónico e artístico dentro do “campus” do LNEC

Duração: 2.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 10 anos

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: LNEC - Laboratório Nacional de Engenharia Civil

Ponto de encontro: LNEC - Av. do Brasil 101, 1700-075 Lisboa_ Receção do edifício Arantes e Oliveira (edifício principal) Hora: 15:00

Como chegar: a pé, de carro (estacionamento disponível dentro do “campus”, de acordo com instruções da vigilância, de metro (estação de Alvalade, Linha Verde) ou autocarro (nºs 717, 731, 750, 783)

Coordenadas GPS: 38.758584693722, -9.1410540284423

Localidade: Lisboa, Alvalade

Concelho: LISBOA

Distrito: LISBOA

Actividade Acessivel
N/A

Mais informações: http://www.lnec.pt

Datas:

28-07-2022 15:00 - Ação já em curso / terminada

11-08-2022 15:00 - Data esgotada - Lista de espera

14-09-2022 15:00 - Data esgotada - Lista de espera