Listagem de Ações de Verão


Biodiversidade


1927. A Biodiversidade no Geopark Terras de Cavaleiros - Borboletas, Libélulas e Libelinhas

Esta ação decorrerá ao longo do percurço da Estação de Biodiversidade (E.B.) de Santa Combinha. Um percurso pedestre circular, que tem o seu início e término no parque de estacionamento que se encontra nas proximidades da povoação de Santa Combinha. Todo o percurso está marcado com placas de orientação e oito painéis informativos que facilitam, ao participante, a identificação de algumas espécies de fauna e flora mais comuns nesta E.B. Esta ação visa contribuir para o aumento do conhecimento e curiosidade sobre o mundo dos insetos, com destaque para as borboletas, libélulas e libelinhas. Serão disponibilizadas redes entomológicas que permitem aos participantes observar mais de perto estes insetos.

Esta actividade decorre na área protegida Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo

Itinerário: Macedo de Cavaleiros – Santa Combinha – Macedo de Cavaleiros

Duração: 4.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Bragança

Entidade Parceira: Geopark Terras de Cavaleiros

Ponto de encontro: Miradouro de Santa Combinha Hora: 09:00

Como chegar: Miradouro de Santa Combinha - Aldeia de Santa Combinha

Coordenadas GPS: 41.571825206034, -6.8875263871459

Localidade: Santa Combinha

Concelho: MACEDO DE CAVALEIROS

Distrito: BRAGANCA

Mais informações: https://www.geoparkterrasdecavaleiros.com/

Data:

29-07-2022 09:00 - Ação já em curso / terminada


1985. À Descoberta do património Natural de FCR no Trilho do Talegre na Terra do Lagarto ( Vilar de Amargo)

O mosaico agroflorestal Concelho de Figueira de Castelo Rodrigo do que se estende até aos Vales escarpados do rio Côa, Águeda e Ribeira de Santa Maria de Aguiar fazem parte diferentes habitats, áreas ecológicas que são habitadas por determinadas espécies de animais, plantas, cogumelos ou outros organismos. Nessas áreas podemos observar ou encontrar vestígios de diferentes espécies que vivem, procuram alimento, abrigo, proteção e companheiros para a reprodução.
No sentido de valorizar as características mais relevantes do ponto de vista natural, paisagístico, sócio-económicoe cultural foi criado em 1998 o Parque Natural do Douro Internacional (PNDI).
No ano de 1999 aproximadamente metade da área do Concelho de Figueira Castelo Rodrigo passou a estar integrado em duas Zonas de Proteção Especial a Zona de Proteção Especial “Douro Internacional e Vale do Águeda” e a do “Vale do Côa” áreas de proteção que urge conhecer para proteger.
Para complementar todo o Munícipio de Figueira de Castelo Rodrigo está inscrito na Reserva da Biosfera (RB) da Meseta Ibérica reconhecida pela UNESCO em 2015. As Reservas da Biosfera são territórios destinados a promover o desenvolvimento sustentável com base nas atividade das comunidades locais e no conhecimento científico.
No sentido de promover o conhecimento científico do território de Figueira de Castelo Rodrigo a Visitar Côa & Douro – AMBIEDUCA propõem-se criar uma caminhada interpretativa que dê a conhecer o património Natural classificado da Região. A caminhada de 5 kms é fácil e acessível e permite passar por miradouros e património construído que ajudarão a elucidar os participantes sobre o tema.

Esta actividade decorre na área protegida Reserva da Biosfera da Meseta Ibérica + Parque Natural do Douro Internacional

Itinerário: Praça da Torre Vilar de Amargo - Miradouro do Talegre – Pombal tradicional- Praça da Torre Vilar de Amargo

Duração: 3.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Plataforma de Ciência Aberta

Entidade Parceira: Ambieduca

Ponto de encontro: Praça da Torre Vilar de Amargo Hora: 9.30

Como chegar: De carro/bicicleta ou a pé pela EN 332 que liga Figueira de Castelo Rodrigo a Vila Nova de Foz Côa.

Coordenadas GPS: 40.943107648979, -7.0128499211578

Localidade: Vilar de Amargo

Concelho: FIG. DE CASTELO RODRIGO

Distrito: GUARDA

Datas:

23-07-2022 09:30 - Ação já em curso / terminada

27-08-2022 09:30 Não necessita inscrição para usufruir desta actividade. Apareça!


1866. À procura da Biodiversidade na Ribeira do Alvito

Percorrendo um trilho ao longo da Ribeira do Alvito, saindo do Casalinho, partimos ao encontro da biodiversidade ali existente. Os ecossistemas fluviais caracterizam-se pela presença de uma grande variedade de habitats que dão suporte a plantas e garantem alimento e refúgio a uma grande diversidade de animais. Pretende-se fazer um reconhecimento à envolvente à Ribeira do Alvito, abordando de uma forma generalizada os seus aspetos geológicos, biológicos (fauna e flora), e explorando a relação do Homem com a ribeira, de forma a perceber a necessidade de preservar estes ecossistemas ribeirinhos.
O percurso passa por um antigo lagar, já em ruinas.

Itinerário: Casalinho, percurso ao longo da Ribeira do Alvito, Casalinho, com cerca de 6,5km.

Duração: 3.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 8 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva da Floresta - Proença-a-Nova

Ponto de encontro: Refúgio do Raposo em Casalinho. Hora: 09:15

Como chegar: Vindo de Proença-a-Nova, apanhar a N241/N233 até Catraia Cimeira e virar pela M1314, direção Refúgio do Raposo.
Vindo Castelo Branco, apanhar a N233 até Catraia Cimeira e virar pela M1314 direção Refúgio do Raposo.

Coordenadas GPS: 39.781200118988, -7.7624093236236

Localidade: Casalinho (Montes da Senhora)

Concelho: PROENÇA-A-NOVA

Distrito: CASTELO BRANCO

Mais informações: https://www.ccvfloresta.com/

Data:

08-09-2022 09:30 - Inscrição


2028. Árvores exóticas da cidade de Ponta Delgada: Safari Botânico

Visita ao herbário e à xiloteca do museu e percurso na cidade de Ponta Delgada, com visita a jardins e espaços públicos, identificado árvores exóticas, ornamentais. Referência especial para os exemplares classificados, como são o caso do Dragoeiro centenário do antigo Liceu ou o Meterosidero, do campo de São Francisco. O Jardim António Borges, como exemplo de jardim “romântico” do século XIX. Uso de aplicações para identificar plantas.

Itinerário: Museu Carlos Machado – Convento de Santo André ˃ jardim Antero de Quental ˃ escadaria do antigo convento dos Gracianos ˃ Avenida Infante D. Henrique ˃ Rua Manuel da Ponte ˃ Largo Mártires da Pátria ˃ Escola Secundária Antero de Quental ˃ Jardim Sena Freitas (Jardim da Zenite) ˃ Campo de São Francisco ˃ Jardim António Borges

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Expolab - Centro Ciência Viva dos Açores

Entidade Parceira: Museu Carlos Machado

Ponto de encontro: Convento de Santo André – Núcleo de Santo André Hora: 10:30

Como chegar: Partindo das Portas da Cidade suba a rua António José de Almeida, vire à direita e suba a rua Carvalho Araújo, vire novamente à direita e siga em frente na rua Poças Falcão e irá encontrar o Convento de Santo André.

Coordenadas GPS: 37.742723029693, -25.66801058667

Localidade: Freguesia de São Sebastião, Ponta Delgada

Concelho: PONTA DELGADA

Distrito: R A ACORES

Datas:

11-08-2022 10:30 Não necessita inscrição para usufruir desta actividade. Apareça!

14-09-2022 10:30 Não necessita inscrição para usufruir desta actividade. Apareça!


1832. Aves do Algarve – Saída de campo - Albufeira

O litoral algarvio é um dos melhores locais do nosso país para a observação de avifauna. As zonas húmidas que aqui se encontram albergam uma grande diversidade de aves, residentes e migradoras, facilmente observável a partir dos pontos por nós seleccionados.
Se tem interesse ou mesmo só curiosidade sobre estes extraordinários animais, venha connosco descobrir as espécies mais comuns (e, quem sabe!, até alguma raridade) que ocorrem nos concelhos de Albufeira, Faro e Loulé.

Esta actividade decorre na área protegida Futura Reserva Natural da Lagoa dos Salgados

Itinerário: 1700m ao longo do passadiço da lagoa

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 10 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva do Algarve - Faro

Entidade Parceira: Centro Ciência Viva do Algarve

Ponto de encontro: Estacionamento da Praia dos Salgados Hora: 18h30

Como chegar: Em Albufeira, seguir a Av. Dos Descobrimentos em direcção à Marina (direcção Oeste). Ao chegar à rotunda que dá acesso à zona da marina, seguir em frente em direcção à Galé por mais 4,7km e virar à esquerda para a Praia dos Salgados. Na próxima rotunda, tomar a segunda saída e, ao fim de 850m, tomar a primeira saída em direcção à praia. 1,2km entrará no estacionamento da Praia dos Salgados e, no fim do estacionamento, do lado direito junto à lagoa, encontrará uma ponte de madeira.

Coordenadas GPS: 37.089914829663, -8.3284573497085

Localidade: Salgados

Concelho: ALBUFEIRA

Distrito: FARO

Actividade Acessivel
Piso algo irregular mas acessível a cadeiras de rodas. Passadiço em estado razoável. Actividade acessível a cegos ou surdos.

Data:

28-07-2022 18:30 - Ação já em curso / terminada


1830. Aves do Algarve – Saída de campo - Faro

O litoral algarvio é um dos melhores locais do nosso país para a observação de avifauna. As zonas húmidas que aqui se encontram albergam uma grande diversidade de aves, residentes e migradoras, facilmente observável a partir dos pontos por nós seleccionados.
Se tem interesse ou mesmo só curiosidade sobre estes extraordinários animais, venha connosco descobrir as espécies mais comuns (e, quem sabe!, até alguma raridade) que ocorrem nos concelhos de Albufeira, Faro e Loulé.

Esta actividade decorre na área protegida Parque Natural da Ria Formosa

Itinerário: Pequeno percurso junto às salinas do Ludo

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 10 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva do Algarve - Faro

Entidade Parceira: Centro Ciência Viva do Algarve

Ponto de encontro: Estrada de acesso às salinas do Ludo Hora: 8h30

Como chegar: Na estrada para o aeroporto de Faro, tomar a primeira saída depois da rotunda elevada Montenegro - Gambelas. Subir a R. Aquilino Ribeiro até uma pequena rotunda e seguir então 1,6km pela R. Henriques Fernandes Serrão (inicialmente asfaltada mas depois em terra batida).

Coordenadas GPS: 37.034659525528, -7.9870389642028

Localidade: Ludo

Concelho: FARO

Distrito: FARO

Actividade Acessivel
Piso algo irregular mas acessível a cadeiras de rodas. Actividade acessível a cegos ou surdos.

Data:

20-07-2022 08:30 - Ação já em curso / terminada


1831. Aves do Algarve – Saída de campo - Loulé

O litoral algarvio é um dos melhores locais do nosso país para a observação de avifauna. As zonas húmidas que aqui se encontram albergam uma grande diversidade de aves, residentes e migradoras, facilmente observável a partir dos pontos por nós seleccionados.
Se tem interesse ou mesmo só curiosidade sobre estes extraordinários animais, venha connosco descobrir as espécies mais comuns (e, quem sabe!, até alguma raridade) que ocorrem nos concelhos de Albufeira, Faro e Loulé.

Esta actividade decorre na área protegida Parque Natural da Ria Formosa

Itinerário: Observação estacionária.

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 10 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva do Algarve - Faro

Entidade Parceira: Centro Ciência Viva do Algarve

Ponto de encontro: Observatório da Lagoa de São Lourenço. Hora: 8h30

Como chegar: Saindo de Almancil para Sul pela Rua Sacadura Cabral, andar 3,2km ate à rotunda do shopping da Quinda do Lago. Tomar a Av. André Jordan por 3,7km até à última rotunda antes e sair para a Rua Douro. Seguir durante 1,2km até um pequeno estacionamento à esquerda onde deverá deixar o carro. Seguir a mesma rua a pé e tomar o primeiro caminho à direita (a 80m) e descer este ver um observatório de madeira. Tomar, aqui, o caminho principal à esquerda e seguir por 330m até um segundo observatório (na Lagoa de São Lourenço).

Coordenadas GPS: 37.024569848385, -8.0117152871398

Localidade: Quinta do Lago, Almancil

Concelho: LOULÉ

Distrito: FARO

Actividade Acessivel
Piso algo irregular mas acessível a cadeiras de rodas. Actividade acessível a cegos ou surdos.

Data:

28-07-2022 08:30 - Ação já em curso / terminada


1875. Biodiversidade do Lago Arquimedes

Pequeno percurso pedestre com observação da flora e da fauna em torno do Lago Arquimedes.
Sensibilização para preservação e conservação da Natureza.

Esta actividade decorre na área protegida Não

Itinerário: Sair da A23 e seguir em direção à Via Galileu Galilei até chegar à rotunda do _relógio de Sol_ (39.494731N_ 8.324213O)

Duração: 2.00 Horas

Preço: 3.00 €/participante

Idade Minima: 8 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Constância- Parque de Astronomia

Ponto de encontro: Lago Arquimedes Hora: 9:30

Como chegar: Sair da A23 e seguir em direção à Via Galileu Galilei até chegar à rotunda do _relógio de Sol_ (39.494731N_ 8.324213O)

Coordenadas GPS: 39.495828526194, -8.3242033662109

Localidade: Constância

Concelho: CONSTÂNCIA

Distrito: SANTAREM

Pequeno percurso pedestre na envolvente do Lago Arquimedes, com dificuldade moderada.

Mais informações: https://constancia.cienciaviva.pt/

Datas:

03-08-2022 09:45 - Ação já em curso / terminada

24-08-2022 09:45 - Inscrição


1857. Biodiversidade e Geodiversidade da GeoRota do Orvalho

A caminhada de cerca de 8 km na Serra do Muradal pela GeoRota leva-nos pelos Passadiços do Orvalho ao geomonumento Cascata da Fraga da Água d’Alta, ao Vale das Fragosas e aos vestígios da antiga floresta Laurissilva.

Itinerário: Troço do percurso pedestre GeoRota do Orvalho (PR3 OL) - (grau de dificuldade alto)

Duração: 4.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 12 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva da Floresta - Proença-a-Nova

Entidade Parceira: Geopark Naturtejo

Ponto de encontro: Em frente à Junta de Freguesia do Orvalho. Hora: 09:15

Como chegar: Do IC8 Pombal – saída na Sertã, para N238 Oleiros e depois CM1190 e N112 para Orvalho
Da A23 norte – saída 29 para N18 Fundão Norte, N343 e N238 até Orvalho
Da A23 sul – saída 23 para a N112 Pampilhosa até Orvalho

Coordenadas GPS: 40.023255211223, -7.7909681441097

Localidade: Orvalho

Concelho: OLEIROS

Distrito: CASTELO BRANCO

Mais informações: https://www.ccvfloresta.com/

Data:

25-08-2022 09:30 - Data esgotada - Lista de espera


2156. Biodiversidade no charco

Os charcos podem apresentar níveis de biodiversidade consideráveis, podendo mesmo funcionar como hotspots de biodiversidade em termos locais. Nesta atividade iremos explorar a biodiversidade presente no “Tanque com Vida” através da observação de anfíbios e macroinvertebrados, bem como um identificar um conjunto de características essências para a sua preservação.

Itinerário: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Entidade Parceira: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Ponto de encontro: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães Hora: 10.30

Como chegar: Rua da Ramada 166, 4810-445 Guimarães

Coordenadas GPS: 41.43950147107, -8.291979307106

Localidade: São Sebastião

Concelho: GUIMARÃES

Distrito: BRAGA

Actividade Acessivel
A atividade decorre no edifício do Curtir Ciência.

Datas:

-- : - Ação já em curso / terminada

23-07-2022 10:30 - Ação já em curso / terminada


1908. Ch’Arcas de Noé

Visita a uma charca para conservação da fauna e flora aquáticas, com destaque para espécies ameaçadas e espécies invasoras.

Itinerário: Visita à Charca de Noé da Figueira da Foz

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 8 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva da Floresta - Proença-a-Nova

Entidade Parceira: Centro de Ecologia Funcional

Ponto de encontro: Praça da Quinta da Borleteira Hora: 13:50

Como chegar: Da N109 - sair para Buarcos | Tavarede | Praias e seguir essas direções, a seguir ao McDonald_s virar à direita.

Coordenadas GPS: 40.165215643373, -8.8532650710849

Localidade: Figueira da Foz

Concelho: FIGUEIRA DA FOZ

Distrito: COIMBRA

Actividade Acessivel
Charco localizado à beira da estrada (com passeio). O charco tem uma zona relvada à volta.

Mais informações: https://www.ccvfloresta.com/

Data:

28-07-2022 14:00 - Ação já em curso / terminada


1913. Do rio Almonda à Gruta de Lapas: Geodiversidade & Biodiversidade!

Num percurso de 3 quilómetros caminhando ao longo do rio Almonda e conhecendo alguns aspetos da sua geomorfologia e da biodiversidade. Com início na ponte entre Ribeira Ruiva e Ribeira Branca, o percurso tem vista privilegiada para a planície de inundação do rio, terras férteis, onde se cultiva o milho, pomares e hortas. Visita-se um terraço fluvial com antigas pedreiras de tufo calcário, um moinho de água em ruínas e termina-se a visita nas Grutas de Lapas, um extraordinário conjunto de galerias subterrâneas escavadas em tufos calcários, com importância a nível nacional e internacional.

Esta actividade decorre na área protegida N/A

Itinerário: Ponte entre Ribeira Ruiva e Ribeira Branca -> Pedreira de Exploração de Tufo-> Moinho de água -> Aldeia das Lapas-> Gruta das Lapas -> Ponte entre Ribeira Ruiva e Ribeira Branca (Autocarro)

Duração: 4.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva do Alviela - Carsoscópio

Entidade Parceira: Município de Torres Novas

Ponto de encontro: Praia Fluvial Ribeira Branca (39.49201057449346, -8.582731371494004) - São Pedro, Lapas e Ribeira Branca Hora: 09:00

Como chegar: Vindo da A1:
Siga pela A1 para a N3 em Santarém e tome a saída em direção a Alcanena/Minde na A23, siga pela N243 para a R. 25 de Abril.
Vindo pela A23:
Siga pela A23 e tome a saída 2 para convergir com a R. da Várzea/N3 em Torres Novas, continue na N3 e dirija-se para a R. 25 de Abril

Coordenadas GPS: 39.492036581015, -8.5759447755126

Localidade: Praia Fluvial Ribeira Branca (39.49201057449346, -8.582731371494004)
São Pedro, Lapas e Ribeira Branca (Ribeira Branca)

Concelho: TORRES NOVAS

Distrito: SANTAREM

Data:

11-09-2022 09:00 - Data esgotada - Lista de espera


1883. Floresta Urbana

O desenvolvimento da temática Floresta Urbana pretende, através de visita guiada a um Parque Urbano do Funchal e a um arruamento contíguo, relevar a importância das árvores em contexto urbano e os benefícios que estas prestam à comunidade, quantificado em numerosos serviços de ecossistema que, quando prestados em pleno, garantem cidades mais sustentáveis e capazes de responder aos desafios atuais.

Atividade realizada com a colaboração do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza, IP-RAM.
Aconselha-se o uso de roupa confortável, protetor solar, chapéu, e levar água.

Esta actividade decorre na área protegida N/A

Itinerário: Circuito no interior do Parque de Santa Catarina e parte da Avenida Dom Infante.

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: ARDITI -Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação, Tecnologia e Inovação

Ponto de encontro: Hora: 15h

Como chegar: Seguir pela avenida Arriaga em direção a Poente, até à Rotunda D. Infante. Seguir até ao monumento Estátua do Infante D. Henrique, junto da entrada do Parque de Santa Catarina.

Coordenadas GPS: 32.646428581679, -16.913128817251

Localidade: Funchal

Concelho: FUNCHAL

Distrito: R A MADEIRA

Não acessível a pessoas com mobilidade reduzida.

Data:

26-08-2022 15:00 - Inscrição


1846. Fósseis de corais e uma grande discordância no Barrocal algarvio

Sabia que há recifes de corais, com idade de cerca de 150 milhões de anos, no Barrocal algarvio? Sabia que estes fósseis nos ajudam a determinar o clima existente nesta época passada? Sabia que há um sítio onde se podem ver os restos do antigo supercontinente Pangeia? Venha acompanhar-nos nesta viagem por centenas de milhões de anos e coloque a sua mão em cima da Pangeia!

Esta actividade decorre na área protegida Aspirante Geoparque Algarvensis

Itinerário: Amendoeira - Pirineu (Querença)

Duração: 3.00 Horas

Preço: 4.00 €/participante

Idade Minima: 8 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva do Algarve - Faro

Entidade Parceira: Centro Ciência Viva do Algarve

Ponto de encontro: Café Mateus no centro da Amendoeira Hora: 09h00

Como chegar: Em Loulé, tomar a estrada para Querença. Em Clareanes, virar à direita e seguir até à Amendoeira.

Coordenadas GPS: 37.174730199634, -7.9646532477645

Localidade: Amendoeira / Pirineu (Querença)

Concelho: LOULÉ

Distrito: FARO

Actividade Acessivel
Acessível a cadeira de rodas pois as deslocações entre pontos são de carro.

Data:

02-09-2022 09:00 - Inscrição


1873. Noite dos Morcegos

A Noite dos Morcegos é uma iniciativa que tem por objetivo alertar o público em geral para a importância dos morcegos e para a necessidade de preservação destas espécies.
A ação inclui várias etapas, nomeadamente:
- Breve introdução sobre os morcegos cavernícolas em Portugal, através da visita à exposição QUIROPTÁRIO do CCVAlviela.
- Observação e interpretação das diferentes espécies de morcegos existentes na Lapa da Canada, com recurso às valências do Observatório de Morcegos Cavernícolas.
- Observação e interpretação da saída das diferentes espécies de morcegos para o exterior da gruta para caçar.
- Identificação das diferentes espécies por meio dos sons emitidos, com recurso a Detetores de Ultrassons.

Esta actividade decorre na área protegida Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros

Itinerário: A ação desenvolve-se num raio de 1000m em torno da Nascente dos Olhos de Água do Alviela

Duração: 3.00 Horas

Preço: 3.00 €/participante

Idade Minima: 4 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva do Alviela - Carsoscópio

Entidade Parceira: Centro Ciência Viva do Alviela

Ponto de encontro: Centro Ciência Viva do Alviela – Olhos de Água do Alviela – Alcanena Hora: 19h30

Como chegar: Vindo de Lisboa ou Porto: A1 saída Torres Novas/Abrantes, saída Alcanena/Minde, seguir em direção a Alcanena, seguir sinalética Centro Ciência Viva do Alviela - CARSOSCÓPIO.
Vindo de outros pontos: seguir em direção a Alcanena, seguir sinalética Centro Ciência Viva do Alviela - CARSOSCÓPIO.

Coordenadas GPS: 39.44096593649, -8.7100981416015

Localidade: Olhos de Água do Alviela – Louriceira

Concelho: ALCANENA

Distrito: SANTAREM

Atividade não acessível: Percurso ligeiramente ingreme e irregular.

Mais informações: https://alviela.cienciaviva.pt

Datas:

16-07-2022 19:30 - Ação já em curso / terminada

30-07-2022 19:30 - Ação já em curso / terminada

12-08-2022 19:30 - Data esgotada - Lista de espera

27-08-2022 19:30 - Data esgotada - Lista de espera


2096. O exotismo da biodiversidade na Doca das Fontaínhas

As espécies exóticas ou não indígenas chegam de várias partes do mundo com o auxílio das atividades humanas, e podem causar grandes impactos ambientais, com perda de biodiversidade, impactos económicos e até mesmo na saúde humana. A maioria das espécies exóticas marinhas chega através das atividades de navegação, transportadas nos tanques das águas de lastro, ou incrustadas nos cascos das embarcações. As marinas de recreio e portos comerciais são, por isso, vias de entrada privilegiadas para estes viajantes indesejados.
A prevenção da chegada e instalação destas espécies é uma preocupação que tem cada vez mais peso na gestão das infraestruturas portuárias, mas passa pela implementação de boas práticas por parte dos utilizadores, em particular no uso e manutenção das embarcações. A monitorização destas portas de entrada para as espécies exóticas é também uma ferramenta essencial para poder saber quando e onde chegam novas espécies, em particular aquelas que se sabe que poderão ter um comportamento invasor, causando impactos negativos.
No âmbito desta atividade será efetuada uma visita à Doca das Fontaínhas , uma marina de recreio gerida pela Administração dos Portos de Sesimbra e Setúbal (APSS), localizada junto a um dos portos comerciais mais importantes do país. Os participantes serão recebidos no edifício da APSS, onde será feito um enquadramento ao tema. Será depois efetuada uma visita aos passadiços da Doca das Fontaínhas, onde os participantes irão realizar as seguintes atividades:
- Medir as condições ambientais da coluna de água
- Usar as diferentes técnicas de amostragem de espécies não indígenas
- Identificar as espécies recolhidas
- Analisar os resultados
Para efetuar estas atividades, os participantes terão o apoio de algumas fichas de identificação das principais espécies exóticas que podem estar presentes na doca e de um folheto explicativo do a problemática da introdução de espécies exóticas marinhas.
Com esta ação pretende-se sensibilizar o público para os seguintes
aspetos:
- a importância de prevenir a introdução de espécies exóticas
- a necessidade de implementar boas práticas no uso de embarcações
- a importância da biodiversidade dos estuários e zonas costeiras.

Esta actividade decorre na área protegida N/A

Itinerário: Sede da Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra – Doca de Recreio das Fontaínhas

Duração: 2.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 3 anos

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente

Ponto de encontro: Sede da Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra Hora: 9:50h

Como chegar: De carro: Avenida Luisa Todi – Avenida Jaime Rebelo
Transportes públicos – Todos os autocarros com passagem pela Avenida Luisa Todi

Localidade: Setúbal

Concelho: SETÚBAL

Distrito: SETUBAL

O acesso aos passadiços é difícil para pessoas com mobilidade reduzida

Data:

29-07-2022 10:00 - Ação já em curso / terminada


2097. O exotismo da biodiversidade na Doca de Alcântara

As espécies exóticas ou não indígenas, chegam de várias partes do mundo com o auxílio das atividades humanas, e podem causar grandes impactos sobre ambientais, com perda de biodiversidade, impactos económicos e até mesmo na saúde humana. A maioria das espécies exóticas marinhas chega através das atividades de navegação, transportadas nos tanques das águas de lastro, ou incrustadas nos cascos das embarcações. As marinas de recreio e portos comerciais são, por isso, vias de entrada privilegiadas para estes viajantes indesejados.
A prevenção da chegada e instalação destas espécies é uma preocupação que tem cada vez mais peso na gestão das infraestruturas portuárias, mas passa pela implementação de boas práticas por parte dos utilizadores, em particular no uso e manutenção das embarcações. A monitorização destas portas de entrada para as espécies exóticas é também uma ferramenta essencial para poder saber quando e onde chegam novas espécies, em particular aquelas que se sabe que poderão ter um comportamento invasor, causando impactos negativos.
No âmbito desta atividade será efetuada uma visita à Doca de Alcântara , uma marina de recreio gerida pela Administração do Porto de Lisboa, localizada junto a um dos portos comerciais mais importantes do país. Os participantes serão recebidos no emblemático edifício da Gare Marítima da Rocha Conde de Óbidos, onde será feito um enquadramento ao tema. Será depois efetuada uma visita aos passadiços da Doca de Alcântara, onde os participantes irão realizar as seguintes atividades:
- Medir as condições ambientais da coluna de água
- Usar as diferentes técnicas de amostragem de espécies não indígenas
- Identificar as espécies recolhidas
- Analisar os resultados
Para efetuar estas atividades, os participantes terão o apoio de algumas fichas de identificação das principais espécies exóticas que podem estar presentes na doca e de um folheto explicativo do a problemática da introdução de espécies exóticas marinhas.
Com esta ação pretende-se sensibilizar o público para os seguintes
aspetos:
- a importância de prevenir a introdução de espécies exóticas
- a necessidade de implementar boas práticas no uso de embarcações
- a importância da biodiversidade dos estuários e zonas costeiras.

Itinerário: Gare Marítima Rocha Conde de Óbidos – Doca de Alcântara

Duração: 2.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 3 anos

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente

Ponto de encontro: Gare Marítima Rocha Conde de Óbidos Hora: 9:50h

Como chegar: De carro: Avenida Brasília – Rua Cintura do Porto de Lisboa – Seguir sempre junto à Doca de Alcântara até chegar à Gare Marítima Rocha Conde de Óbidos
Transportes públicos – todos os transportes com paragem na Avenida 24 de Julho

Localidade: Lisboa

Concelho: LISBOA

Distrito: LISBOA

O acesso aos passdiços da marina é difícil para pessoas com mobilidade reduzida

Data:

26-07-2022 10:00 - Ação já em curso / terminada


1980. Os bioindicadores e a qualidade da água do mar

Com a chegada da época balnear existe uma maior procura, por parte dos veraneantes, das nossas praias. A qualidade da água do mar é um fator importante quando os utilizadores de praia fazem a sua escolha. Um dos métodos utilizados pelos cientistas passa pela amostragem e identificação de espécies (bioindicadores) que nos permitem aferir a qualidade da água do mar. Deste modo, os participantes irão aprender como se fazem amostragens e identificar algumas das espécies no local de modo a aferir a qualidade da água. Esta atividade é dinamizada em parceria com a APA - Agência Portuguesa do Ambiente.

Esta actividade decorre na área protegida Parque Natural da Ria Formosa

Itinerário: Praia do Arraial

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Tavira

Ponto de encontro: Praia do Arraial/Forte do Rato Hora: 09:00

Como chegar: Ao chegar a Tavira, seguir em direção ao Centro Comercial Tavira Gran-Plaza. Ao chegar às imediações do Centro Comercial efetuar a rotunda e seguir em direção ao Hotel Vila Galé Albacora/Forte do Rato. Uma vez no Forte do Rato seguir em direção da praia do Arraial.

Coordenadas GPS: 37.119195625954, -7.6215504349975

Localidade: Tavira

Concelho: TAVIRA

Distrito: FARO

Actividade Acessivel
Atividade realizada na praia

Mais informações: https://tavira.cienciaviva.pt/

Data:

12-08-2022 09:00 - Inscrição


2160. Penha em perspetiva

Nesta atividade os participantes são convidados a vislumbrar a montanha da Penha em duas perspetivas. A atividade terá início com um passeio de teleférico que levará os participantes ao cume desta montanha. De seguida, os participantes vão fazer um percurso pela encosta da montanha tendo em vista o vislumbre e identificação da biodiversidade existente.

Itinerário: Montanha da Penha

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Entidade Parceira: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Ponto de encontro: Teleférico de Guimarães Hora: 10

Como chegar: Rua Cônsul Aristides Sousa Mendes 37, 4810-025 Guimarães
GPS 41.44167274723238, -8.285325544987048

Localidade: Costa

Concelho: GUIMARÃES

Distrito: BRAGA

Esta atividade implica a entrada no teleférico e a descida da montanha .

Datas:

12-08-2022 10:00 - Data esgotada - Lista de espera

03-09-2022 10:00 - Data esgotada - Lista de espera


2159. Pequenos exploradores no parque

O Curtir Ciência promove uma “missão” de exploração e identificação de insetos no Parque da Cidade de Guimarães. A identificação dos insetos será feita com recurso a chaves dicotómicas apresentadas em forma de “jogo” com fotos ilustrativas.

Itinerário: Parque da cidade de Guimarães

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Entidade Parceira: Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães

Ponto de encontro: Parque infantil do parque da cidade de Guimarães Hora: 10

Como chegar: GPS 41.44653865223688, -8.280576331492979

Localidade: Oliveira do Castelo

Concelho: GUIMARÃES

Distrito: BRAGA

A atividade consiste em fazer um percurso pelo parque da cidade à procura da fauna e flora existentes

Data:

09-09-2022 10:00 - Data esgotada - Lista de espera


2100. Pistas e vestígios da presença de animais no Parque Florestal de Monsanto

Visita guiada através de uma área menos explorada do Parque Florestal de Monsanto, na qual se percorrem trilhos e zonas florestais mais abertas em busca de vários tipos de vestígios deixados pelos animais residentes. Para além do som das aves e do restolhar de animais no solo, muito de pode descobrir através de um olhar mais atento, do olfato ou de um ouvido apurado.

Esta actividade decorre na área protegida N/A

Itinerário: Centro de Interpretação de Monsanto - Monte das perdizes - Seis Pedreiras

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 5 anos

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: Câmara Municipal de Lisboa | Direção Municipal do Ambiente, Estrutura Verde, Clima e Energia (CML/DMAEVCE)

Ponto de encontro: Receção do Centro de Interpretação de Monsanto (CIM) - Estrada do Barcal, 1500-068 Lisboa. Por favor, chegar com 15min de antecedência! Hora: 9.15

Como chegar: Autocarro 770 (via Sete-rios)

Coordenadas GPS: 38.739892051814, -9.1864584626464

Localidade: Freguesia de Benfica

Concelho: LISBOA

Distrito: LISBOA

Chegar com 15min de antecedência. As condições climatéricas e o momento em que se realiza a atividade determinam as marcas ou vestígios detectáveis, tornando-a imprevisível. Recomenda-se uso de calçado confortável, chapéu e água.

Mais informações: https://www.facebook.com/profile.php?id=100057527166993

Datas:

27-07-2022 09:30 - Ação já em curso / terminada

10-08-2022 09:30 - Data esgotada - Lista de espera

24-08-2022 09:30 - Data esgotada - Lista de espera

07-09-2022 09:30 - Data esgotada - Lista de espera


1834. Saída de maré - quem vive dentro e fora de água?

Saída para observação da fauna da zona inter-mareal na Ria Formosa

Esta actividade decorre na área protegida Parque Natural da Ria Formosa

Itinerário: Actividade num local único.

Duração: 1.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 8 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva do Algarve - Faro

Entidade Parceira: Centro Ciência Viva do Algarve

Ponto de encontro: Saída da ponte de acesso à Praia de Faro Hora: 10h45

Como chegar: Na EN 125, tomar a via rápida para o aeroporto de Faro. Na rotunda do aeroporto, tomar a primeira saída em direcção à Praia de Faro. Na 2ª rotunda, seguir em frente_ na 3ª rotunda (Rotunda do Caranguejo), tomar a primeira saída em direcção à ponte. Logo à saída da ponte, o ponto de encontro é no parque de estacionamento do lado direito.

Em alternativa, poderá estacionar fora da Praia de Faro e fazer um agradável passeio a pé pelo passadiço e depois pela ponte. Neste caso, na Rotunda do Caranguejo tomar a 2ª saída para o grande estacionamento logo a seguir (37.01507, -7.98685).

Também é possível aceder à Praia de Faro por barco, num agradável passeio a sair do Cais da Porta Nova (37.01239764054353, -7.935657515877035), no centro de Faro, mesmo ao lado do Centro Ciência Viva do Algarve.

Coordenadas GPS: 37.008177690181, -7.9944311322479

Localidade: Praia de Faro

Concelho: FARO

Distrito: FARO

Data:

01-08-2022 10:45 - Ação já em curso / terminada


1912. Serra de Aire: Geodiversidade & Biodiversidade!

Percurso de cerca de 4 km com o objetivo de fazer a ponte entre a Geodiversidade e a Biodiversidade do local. No decorrer do percurso pode ser observado um núcleo de megalapiás fundamentalmente constituído por torres ou pilares rochosos que chegam a atingir dimensões métricas. Os lapiás são geoformas resultantes dos processos de dissolução de rochas carbonatadas (neste caso, calcários dolomíticos do Jurássico Médio). Como testemunho de processos antigos de dissolução, do qual resulta a formação de um solo avermelhado (terra rossa). E é neste local que surge muita da vegetação típica mediterrânica, autóctone e que está mais adaptada ao solo e às condições do clima.
Durante o percurso também poderá ser observado duas antigas pedreiras e um forno de cal, testemunhos da exploração de recursos geológicos e da sua utilização.

Esta actividade decorre na área protegida Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros

Itinerário: Parque de Merendas de Vale da Serra -> Pedreira Manuel Fernandes (Miradouro) -> Megalapiás Arrrife das Paredinhas-> Forno de Cal -> Megalapiás de João Dias -> Pedreira (Campo Escola Serra de Aire)

Duração: 4.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva do Alviela - Carsoscópio

Entidade Parceira: Município de Torres Novas

Ponto de encontro: Parque de Merendas de Vale da Serra (39.52005537641368, -8.605310853382306), Vale da Serra (Casal João Dias) – Rua do Arrife do Raro Hora: 09:00

Como chegar: Vindo da A1:
Siga pela A23 saída em direção a Abrantes/C.lo Branco/T.res Novas e tome a saída em direção a Alcanena/Minde
Siga pela R. Conselheiro Real/N243, Av. José Loureiro da Rosa, R. 25 de Abril, Estr. Herois da Patria e R. Pinhal dos Frades para a R. do Arrife do Raro em Pedrógão

Vindo pela A23:
Siga pela A23 para a N3 em Santarém. Tome a saída N3 na A23
Mantenha-se à direita no cruzamento, siga as indicações para Leiria/Alcanena/Minde e vire para N3
Siga pela R. Conselheiro Real/N243, Av. José Loureiro da Rosa, R. 25 de Abril, Estr. Herois da Patria e R. Pinhal dos Frades para a R. do Arrife do Raro em Pedrógão

Coordenadas GPS: 39.520893212742, -8.604998463562

Localidade: Pedrógão (Vale da Serra)
Parque de Merendas de Vale da Serra (39.52005537641368, -8.605310853382306)

Concelho: TORRES NOVAS

Distrito: SANTAREM

Data:

24-07-2022 09:00 - Ação já em curso / terminada


1858. Tour pelas Árvores Monumentais

Existem em Portugal árvores que se distinguem de outras das suas espécies pelo porte, desenho, idade, raridade, interesse histórico ou paisagístico e são estas árvores que o ICNF considera como “Monumentais”, classificando-as de Interesse Público. Convidamos a partir à descoberta das Árvores Monumentais do concelho de Proença-a-Nova e das suas características.

Itinerário: Aldeia Ruiva, Sobreira Formosa, Estevaleira, Montes da Senhora.

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 5 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva da Floresta - Proença-a-Nova

Ponto de encontro: Junto à entrada do estacionamento da Praia Fluvial de Aldeia Ruiva Hora: 09:45

Como chegar: Pelo IC8, sair na saída 35 em direção a Isna de São Carlos e depois à Praia Fluvial.

Coordenadas GPS: 39.768933496889, -7.9816369952468

Localidade: Aldeia Ruiva

Concelho: PROENÇA-A-NOVA

Distrito: CASTELO BRANCO

Actividade Acessivel
Atividade a realizar em transporte particular com paragem nas árvores monumentais.

Mais informações: https://www.ccvfloresta.com/

Data:

02-09-2022 10:00 - Inscrição


1958. Vegetação aquática das Lagoas do Congro, dos Nenúfares e do Areeiro

Apesar da importância e diversidade das plantas maioria das pessoas não repara nelas, vendo-as apenas como verde, como mera paisagem de fundo, este fenómeno tem sido apelidado como cegueira das plantas (plant blindness). As plantas aquáticas e sobretudo as submersas, escondidas sob os reflexos da superfície passam ainda mais despercebidas, sendo frequentemente ignoradas ou confundidas com algas. Nesta actividade propomos ir descobrir as plantas aquáticas das Lagoas de São Miguel.
No percurso iremos visitar as Lagoas do Congro, dos Nenúfares e do Areeiro e descobrir que plantas aquáticas aí vivem.

Recomenda-se trazer merenda para piquenique, roupa e calçado confortáveis e água.

Esta actividade decorre na área protegida Lagoa do Congro e Lagoa dos Nenúfares - Lagoa do Areeiro

Itinerário: Lagoa do Congro- Lagoa dos Nenúfares - Lagoa do Areeiro

Duração: 5.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Expolab - Centro Ciência Viva dos Açores

Ponto de encontro: Estacionamento da Lagoa do Congro Hora: 10h

Como chegar: Seguir em direção a Vila Franca, continuar pela EN1-A até encontrar a indicação à esquerda _Lagoa do Congro_

Coordenadas GPS: 37.760265889018, -25.409574383667

Localidade: Vila Franca do Campo

Concelho: PONTA DELGADA

Distrito: R A ACORES

Data:

24-08-2022 10:00 - Inscrição


1957. Vegetação aquática das Sete Cidades e Serra Devassa

Apesar da importância e diversidade das plantas maioria das pessoas não repara nelas, vendo-as apenas como verde, como mera paisagem de fundo, este fenómeno tem sido apelidado como cegueira das plantas (plant blindness). As plantas aquáticas e sobretudo as submersas, escondidas sob os reflexos da superfície passam ainda mais despercebidas, sendo frequentemente ignoradas ou confundidas com algas. Nesta actividade propomos ir descobrir as plantas aquáticas das Lagoas de São Miguel.
O Percurso inicia-se na lagoa do Canário e visita algumas lagoas da Serra Devassa (percurso PRC05 SMI). No final iremos descer às sete Cidades para ver que espécies (nativas e invasoras) se escondem nestas lagoas.

Itinerário: Lagoa do Canário - Trilho Serra Devassa - trajecto de carro até às 7 Cidades

Duração: 5.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Expolab - Centro Ciência Viva dos Açores

Ponto de encontro: Lagoa do Canário Hora: 10h

Como chegar: Seguir pela Estrada Regional EN1-1A em direção às Sete Cidades.

Coordenadas GPS: 37.835064726168, -25.758712166717

Localidade: Sete Cidades

Concelho: PONTA DELGADA

Distrito: R A ACORES

Data:

23-08-2022 10:00 - Inscrição


2050. Venha conhecer a Ria Formosa - Passeio de Barco em Olhão

O Parque Natural da Ria Formosa, zona húmida de elevada importância, apresenta uma enorme riqueza de ecossistemas e biodiversidade associada. Estes ecossistemas oferecem-nos um conjunto de serviços que são fulcrais para o bem estar das populações que dele dependem. Neste percurso vamos dar destaque ao sistema das ilhas barreira através de um passeio de barco que visa explicar e explorar a Ria Formosa de uma perspetiva diferente. Esta atividade é dinamizada em parceria com a empresa Passeios Ria Formosa.

Esta actividade decorre na área protegida Parque Natural da Ria Formosa

Itinerário: Passeio de Barco pela Ria Formosa

Duração: 2.00 Horas

Preço: 16.00 €/participante

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Tavira

Ponto de encontro: Marina de Olhão Hora: Chegar com 15 minutos de antecedência

Como chegar: Ao chegar a Olhão seguir em direção à Avenida 5 de Outubro. Uma vez na avenida 5 de outubro seguir para a marina de Olhão e estacionar no parque em frente ao Hotel Real Marina Hotel & Spa.

Coordenadas GPS: 37.023199330447, -7.8469847382812

Localidade: Olhão

Concelho: OLHÃO

Distrito: FARO

Actividade Acessivel

Mais informações: https://tavira.cienciaviva.pt/

Datas:

11-08-2022 09:00 - Inscrição

11-08-2022 11:00 - Inscrição


2052. Venha conhecer a Ria Formosa - Passeio de Barco em Tavira

O Parque Natural da Ria Formosa, zona húmida de elevada importância, apresenta uma enorme riqueza de ecossistemas e biodiversidade associada. Estes ecossistemas oferecem-nos um conjunto de serviços que são fulcrais para o bem estar das populações que dele dependem. Neste percurso vamos dar destaque ao sistema das ilhas barreira através de um passeio de barco que visa explicar e explorar a Ria Formosa de uma perspetiva diferente. Esta atividade é dinamizada em parceria com a empresa Passeios Ria Formosa.

Esta actividade decorre na área protegida Parque Natural da Ria Formosa

Itinerário: Passeio de Barco pela Ria Formosa - Zona da Tavira

Duração: 2.00 Horas

Preço: 16.00 €/participante

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Tavira

Ponto de encontro: R. José Pires Padinha 192, perto do embarque da carreira para a Ilha de Tavira. Hora: 15:15

Como chegar: Ao chegar a Tavira seguir em direção à Rua José Pires Padinha tendo como referência o Antigo Mercado Municipal. De seguida, seguir para a zona de embarque para a a ilha de Tavira a 100 mt do antigo Mercado Municipal.

Coordenadas GPS: 37.125290802771, -7.6463823260574

Localidade: Tavira

Concelho: TAVIRA

Distrito: FARO

Actividade Acessivel

Mais informações: https://tavira.cienciaviva.pt/

Data:

25-08-2022 15:30 - Data esgotada - Lista de espera


2051. Venha conhecer a Ria Formosa - Passeio de Barco na Fuseta

O Parque Natural da Ria Formosa, zona húmida de elevada importância, apresenta uma enorme riqueza de ecossistemas e biodiversidade associada. Estes ecossistemas oferecem-nos um conjunto de serviços que são fulcrais para o bem estar das populações que dele dependem. Neste percurso vamos dar destaque ao sistema das ilhas barreira através de um passeio de barco que visa explicar e explorar a Ria Formosa de uma perspetiva diferente. Esta atividade é dinamizada em parceria com a empresa Passeios Ria Formosa.

Esta actividade decorre na área protegida Parque Natural da Ria Formosa

Itinerário: Passeio de Barco pela Ria Formosa - Zona da Fuseta

Duração: 2.00 Horas

Preço: 16.00 €/participante

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Tavira

Ponto de encontro: Local de embarque de transporte para as ilhas (polo dos Passeios Ria Formosa) Hora: 14:15

Como chegar: De Tavira: Seguir em direção de Olhão pela EN125. Ao chegar ao cruzamento de Alfandanga virar em direção da Fuseta pela M516-1 em direção à Avenida Marginal e posteriormente para a rua Dr. Virgílio Inglês até chegar ao porto de embarque.

Coordenadas GPS: 37.052660016801, -7.7430974187164

Localidade: Fuseta

Concelho: OLHÃO

Distrito: FARO

Actividade Acessivel

Mais informações: https://tavira.cienciaviva.pt/

Data:


2106. Visita ao Centro de Interpretação da Natureza de Monserrate

O Centro de Interpretação da Natureza de Monserrate oferece uma visita pedagógica que dá a conhecer os valores naturais mais importantes da Serra de Sintra, estimulando o contacto com a natureza, a sensibilização ambiental e o conhecimento sobre a fauna e a flora presentes nos ecossistemas únicos que caracterizam esta região. Através de uma abordagem inovadora, com recurso a ferramentas digitais e materiais didáticos, os visitantes são convidados a viajar no tempo, para conhecer os principais episódios que definiram a história geológica, cultural e natural da Serra de Sintra. De seguida, propõe-se a exploração das particularidades dos ecossistemas ribeirinhos recorrendo a um aquaterrário, onde é possível conhecer ao vivo alguns dos seus habitantes. A biologia das árvores, que é possível conhecer através de um modelo de um carvalho-português decomposto em raiz, tronco e copa, é outro dos temas em destaque. A visita termina com a projeção de perfis de aves e mamíferos alados em voo com a qual se pretende que os visitantes consigam identificar estas espécies pelo seu comportamento, pelos seus traços anatómicos ou até pelas respetivas vocalizações.

Esta actividade decorre na área protegida Parque Natural de Sintra-Cascais

Itinerário: Visita ao Centro de Interpretação da Natureza de Monserrate, no Parque de Monserrate (Sintra)

Duração: 2.00 Horas

Preço: 10.00 €/participante

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: Parques de Sintra - Monte da Lua, S.A.

Ponto de encontro: Bilheteira do Parque de Monserrate Hora: 10:15

Como chegar: A) De viatura particular:

Pode chegar à Vila de Sintra utilizando:
• IC19 (desde Lisboa)
• IC30 (desde Mafra)
• EN9 (desde Cascais, pela A5)

O Parque e Palácio de Monserrate localiza-se na estrada que liga o centro da Vila de Sintra a Colares (EN375).

Coordenadas GPS
38º47_38.515_N 9º25_15.413_W

B) De transportes públicos:

LISBOA > SINTRA: Comboio (CP) – Linha de Sintra
Estações de origem:
• Estação de Oriente
• Estação do Rossio
• Estação de Entrecampos

SINTRA (estação ferroviária) > MONSERRATE: Autocarro n.º 435 (Scotturb)

Mais informações em https://www.parquesdesintra.pt/pt/planear-a-visita/como-chegar/

Salientamos que as responsabilidades da Parques de Sintra se limitam aos parques e monumentos sob sua gestão, sendo a empresa alheia a todas as circunstâncias externas, nomeadamente, os acessos e os transportes para chegar aos locais.

Localidade: Sintra

Concelho: SINTRA

Distrito: LISBOA

Actividade Acessivel

Mais informações: https://www.parquesdesintra.pt

Datas:

28-07-2022 10:30 - Ação já em curso / terminada

04-08-2022 10:30 - Ação já em curso / terminada

11-08-2022 10:30 - Inscrição

18-08-2022 10:30 - Inscrição

25-08-2022 10:30 - Inscrição

01-09-2022 10:30 - Inscrição

08-09-2022 10:30 - Inscrição

15-09-2022 10:30 - Inscrição


2171. Visita ao LNEC

Como é que o LNEC desenvolve os seus trabalhos de investigação? Como é que os nossos investigadores e técnicos avaliam projetos de obras de pontes, túneis, barragens, infraestruturas de transportes e edifícios, materiais e elementos de construção, tais como cimento, betão, revestimentos e isolamentos? Como funcionam os nossos laboratórios, os nossos modelos físicos e a plataforma sísmica?

No ano em que assinala os 75 anos de atividade, o Laboratório Nacional de Engenharia Civil associa-se ao Programa Ciência Viva no Verão abrindo as suas portas ao público e convida a visitar algumas das suas infraestruturas de investigação, numa interessante viagem pela investigação em Engenharia Civil.

Esta actividade decorre na área protegida N/A

Itinerário: Visita a algumas infraestruturas de investigação, aos jardins e a algumas áreas de especial interesse arquitetónico e artístico dentro do “campus” do LNEC

Duração: 2.30 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 10 anos

Centro Ciência Viva: Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva

Entidade Parceira: LNEC - Laboratório Nacional de Engenharia Civil

Ponto de encontro: LNEC - Av. do Brasil 101, 1700-075 Lisboa_ Receção do edifício Arantes e Oliveira (edifício principal) Hora: 15:00

Como chegar: a pé, de carro (estacionamento disponível dentro do “campus”, de acordo com instruções da vigilância, de metro (estação de Alvalade, Linha Verde) ou autocarro (nºs 717, 731, 750, 783)

Coordenadas GPS: 38.758584693722, -9.1410540284423

Localidade: Lisboa, Alvalade

Concelho: LISBOA

Distrito: LISBOA

Actividade Acessivel
N/A

Mais informações: http://www.lnec.pt

Datas:

28-07-2022 15:00 - Ação já em curso / terminada

11-08-2022 15:00 - Data esgotada - Lista de espera

14-09-2022 15:00 - Data esgotada - Lista de espera