PRÉMIOS CIÊNCIA VIVA ENTREGUES A NUNO FERRAND, PEDRO ABREU E AO "MINUTO VERDE"

O Grande Prémio Ciência Viva 2022 foi entregue ao biólogo Nuno Ferrand, durante uma cerimónia no Auditório José Mariano Gago, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa. A edição deste ano - que pela 10.ª vez decorreu no Dia Nacional da Cultura Científica -, distinguiu também o físico Pedro Abreu com o Prémio Ciência Viva Educação e atribuiu  ao programa "Minuto Verde", produzido pela Quercus e emitido pela RTP, o Prémio Ciência Viva Educação.  

A presidente da Ciência Viva, Rosalia Vargas, ladeada pelos vencedores deste ano. O físico Pedro Abreu, o biólogo Nuno Ferrand (ambos à esq. na foto), Sara Campos, coordenadora editorial do "Minuto Verde", e Antóno José Teixeira, Diretor de Informação da RTP

 

Os Prémios Ciência Viva são atribuídos anualmente, desde 2012, a personalidades e instituições que se destacam pelo seu mérito excecional na promoção da cultura científica em Portugal, de acordo com uma seleção feita pelos representantes das instituições científicas associadas da Agência Ciência Viva.

VEJA A CERIMÓNIA DE ENTREGA

GRANDE PRÉMIO CIÊNCIA VIVA 2022

Nuno Ferrand

O Grande Prémio Ciência Viva 2022 distingue Nuno Ferrand pela sua ação notável na promoção da cultura científica enquanto professor, investigador e divulgador na área da Biodiversidade e da Biologia Evolutiva.

Biólogo e professor catedrático na Universidade do Porto, Nuno Ferrand é fundador e diretor do CIBIO – Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos e do Laboratório Associado InBIO – Rede de Investigação em Biodiversidade e Biologia Evolutiva.

Criou a série As Novas Viagens Philosophicas , apoiada no Concurso Media Ciência e exibida na RTP 1, mostrando a investigação realizada pelo CIBIO em diferentes continentes. Criou e foi diretor do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto onde, em parceria com a Ciência Viva, inaugurou a Galeria de Biodiversidade – Centro Ciência Viva, em junho de 2017.

Ver biografia completa

PRÉMIO CIÊNCIA VIVA EDUCAÇÃO 2022

Pedro Abreu

Prémio Ciência Viva Educação 2022  distingue  Pedro Abreu pelo seu trabalho na área da educação científica, nomeadamente na organização em Portugal das Masterclasses em Física de Partículas, que dão aos alunos a possibilidade de trabalhar com dados reais obtidos nas experiências do CERN.

Ver biografia completa

PRÉMIO CIÊNCIA VIVA MEDIA 2022

Minuto Verde

Da autoria da Quercus, o Minuto Verde é uma rubrica semanal da RTP1 que apresenta aos cidadãos conselhos práticos para melhorar o meio ambiente. É emitida desde 2006 nos dias úteis às 08.00, 09.00 e 10.00 no programa “Bom Dia, Portugal”.

A Quercus é uma organização não-governamental (ONG) sem fins lucrativos formada por cidadãos com o objetivo comum de conservar a Natureza, preservar os recursos naturais e defender o Ambiente, numa perspetiva de desenvolvimento sustentável.

Ver biografia completa

Edições anteriores

2021 Todos os vencedores