Listagem de Ac√ß√Ķes de Ver√£o


835. H√° vida no rio - Ribeira da Vagem

Os rios s√£o ecossistemas bastante complexos, cuja estrutura e organismos que l√° vivem variam de regi√£o para regi√£o. Alguns destes organismos vivem dentro de √°gua ao longo de toda a sua vida, como os peixes, moluscos e algumas plantas aqu√°ticas, outros, passam uma parte da sua vida dentro de √°gua e a outra fora, como alguns insetos ou os anf√≠bios. H√° ainda outros que dependem do rio como fonte de alimento, como por exemplo a lontra, a toupeira-de-√°gua, o guarda-rios ou a galinha-de-√°gua. A presen√ßa destes seres vivos depende da qualidade da √°gua do rio mas tamb√©m da estrutura das margens, pelo que a degrada√ß√£o dos sistemas ribeirinhos por a√ß√£o do Homem altera tamb√©m a composi√ß√£o flor√≠stica e faun√≠stica dos mesmos, pois h√° animais e plantas mais tolerantes ou mais sens√≠veis a estas altera√ß√Ķes. Por isso, a composi√ß√£o faun√≠stica dos sistemas aqu√°ticos pode ser usada como indicadora da qualidade da √°gua. No √Ęmbito desta atividade ser√° efetuada uma visita √† Ribeira da Vagem, um afluente do rio Sul, na localidade de Aveloso do Sul, para conhecer as caracter√≠sticas principais dos sistemas ribeirinhos desta regi√£o, em particular a estrutura das margens, composi√ß√£o da flora e da fauna. Os participantes ir√£o efetuar um levantamento dos seguintes elementos:
- √Ārvores e arbustos da galeria rip√≠cola
- Plantas aqu√°ticas
- Invertebrados aqu√°ticos
- Aves e mamíferos dependentes do rio
- Património arquitetónico associado ao rio.
Para efetuar este levantamento, os participantes terão o apoio de algumas fichas de identificação dos principais grupos taxonómicos de flora e fauna aquáticos.
Com esta a√ß√£o pretende-se sensibilizar o p√ļblico para os seguintes
aspetos:
- a import√Ęncia dos sistemas aqu√°ticos e da sua prote√ß√£o
- a biodiversidade dos rios
- a relação dos seres humanos com os rios.

Itiner√°rio: Igreja de Sul, Aveloso de Sul ‚Äď Ribeira da Vagem ‚Äď Associa√ß√£o Fragas-Aveloso

Duração: 2.30 Horas

Actividade gratuita

Centro Ciência Viva: Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro

Entidade Parceira: Associação Fragas Aveloso

Ponto de encontro: Largo da Igreja de Sul, Aveloso de Sul, S√£o Pedro do Sul, Viseu - 40.82845809766701N -8.046173751354218S Hora: 10:00h

Como chegar: Sair de São Pedro do Sul e seguir a EM559 em direcção a Oliveira, seguir para Aveloso de Sul até à Igreja, junto ao cemitério.

Coordenadas GPS: 40.828521242022, -8.0460582913665

Localidade: Aveloso de Sul

Concelho: SÃO PEDRO DO SUL

Distrito: VISEU

Parte do percurso será feito por uma levada de água, pelo que se recomenda calçado que permita caminhar dentro de água.

Data:

15-08-2021 10:00 - Acção já em curso / terminada


836. H√° vida no rio ‚Äď Rio Trouce

Os rios s√£o ecossistemas bastante complexos, cuja estrutura e organismos que l√° vivem variam de regi√£o para regi√£o. Alguns destes organismos vivem dentro de √°gua ao longo de toda a sua vida, como os peixes, moluscos e algumas plantas aqu√°ticas, outros, passam uma parte da sua vida dentro de √°gua e a outra fora, como alguns insetos ou os anf√≠bios. H√° ainda outros que dependem do rio como fonte de alimento, como por exemplo a lontra, a toupeira-de-√°gua, o guarda-rios ou a galinha-de-√°gua. A presen√ßa destes seres vivos depende da qualidade da √°gua do rio mas tamb√©m da estrutura das margens, pelo que a degrada√ß√£o dos sistemas ribeirinhos por a√ß√£o dos seres humanos altera tamb√©m a composi√ß√£o flor√≠stica e faun√≠stica dos mesmos, pois h√° animais e plantas mais tolerantes ou mais sens√≠veis a estas altera√ß√Ķes. Por isso, a composi√ß√£o faun√≠stica dos sistemas aqu√°ticos pode ser usada como indicadora da qualidade da √°gua. No √Ęmbito desta atividade ser√° efetuada uma visita √† Ribeira da Vagem, um afluente do rio Sul, na localidade de Aveloso do Sul, para conhecer as caracter√≠sticas principais dos sistemas ribeirinhos desta regi√£o, em particular a estrutura das margens, composi√ß√£o da flora e da fauna. Os participantes ir√£o efetuar um levantamento dos seguintes elementos:
- √Ārvores e arbustos da galeria rip√≠cola
- Plantas aqu√°ticas
- Invertebrados aqu√°ticos
- Aves e mamíferos dependentes do rio
- Património arquitetónico associado ao rio.
Para efetuar este levantamento, os participantes terão o apoio de algumas fichas de identificação dos principais grupos taxonómicos de flora e fauna aquáticos.
Com esta a√ß√£o pretende-se sensibilizar o p√ļblico para os seguintes
aspetos:
- a import√Ęncia dos sistemas aqu√°ticos e da sua prote√ß√£o
- a biodiversidade dos rios
- a relação dos seres humanos com os rios.

Itiner√°rio: Entrada da Quinta da Comenda ‚Äď Rio Trouce

Duração: 2.30 Horas

Actividade gratuita

Centro Ciência Viva: Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro

Entidade Parceira: Associação Fragas Aveloso

Ponto de encontro: Entrada da Quinta da Comenda Hora: 10.00h

Como chegar: Sair de São Pedro do Sul e seguir a N16 em direção a Bodiosa, passar a aldeia do Paraíso e 200m a seguir desviar para saída à direita com indicação da Quinta da Comenda (3km desde S. Pedro do Sul)

Coordenadas GPS: 40.745034, -8.039886

Localidade: Quinta da Comenda

Concelho: SÃO PEDRO DO SUL

Distrito: VISEU

Actividade Acessivel
Oa caminhos de acesso ao rio dentro da Quinta são circuláveis por automóvel, mas são de terra batida e irregulares.

Data:

29-08-2021 10:00 - Acção já em curso / terminada