Listagem de Ac√ß√Ķes de Ver√£o


Centro Ciência Viva de Estremoz

745. Cinema numa noite de verão e Estremoz… com Ciência e Cientistas

Vivemos num Mundo onde a população tem vindo a aumentar sistematicamente de uma forma acentuada desde a década de sessenta do século passado… e onde, em média, cada um dos seus habitantes tem vindo a aumentar os seus consumos individuais dos recursos naturais. Muitos destes recursos são finitos ou renovam-se a velocidades que não são compatíveis com estes consumos. Torna-se por isso urgente olhar para o Mundo em que vivemos procurando formas de assegurar um futuro sustentável.
E quando esta exibi√ß√£o e a tert√ļlia ocorrem ao ar livre em pleno centro da cidade de Estremoz em frente ao Centro Ci√™ncia Viva de Estremoz‚Ķ √© a garantia de uma √≥ptima noite de Ver√£o‚Ķ com Ci√™ncia‚Ķ

Itinerário: Estremoz - Centro Ciência Viva de Estremoz

Duração: 3.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Estremoz

Ponto de encontro: Centro Ciência Viva de Estremoz Hora: 21:15

Como chegar: Em pleno centro da cidade. Para chegar a Estremoz Seguir pela N4 (sentido Elvas) ou pela A6 (sentido Espanha). Seguir pela A6 at√© √† sa√≠da de Estremoz. Entrar na cidade at√© ao seu Centro (Rossio Marqu√™s de Pombal) e procurar Convento das Maltezas/P√≥lo da Universidade de √Čvora.

Localidade: Estremoz

Concelho: ESTREMOZ

Distrito: EVORA

Actividade Acessivel

Mais informa√ß√Ķes: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Data:

23-07-2021 21:30 - Acção já em curso / terminada


754. Da Pedreira à bancada da cozinha - a surpreendente história dos Mármores do Alentejo

Nesta ac√ß√£o pretende-se enfatizar a hist√≥ria geol√≥gica de Portugal, com um √™nfase especial no Alentejo, onde uma viagem a um oceano Paleoz√≥ico e ao interior a cadeia de montanhas, agora totalmente dizimada, nos levar√° a compreender o complexo trajecto gen√©tico dos m√°rmores de Estremoz. Esta mat√©ria-prima, usada pelo menos desde a √Čpoca Romana no Alentejo, √© uma das caracter√≠sticas inevit√°veis da cidade, sendo uma das imagens de marca da cidade no mundo.
A presença de impressionantes cicatrizes de exploração deste recurso em torno da cidade, a sua transformação até à sua variada utilização, que confere à cidade as suas cores brancas típicas, serão alvo da actividade proposta. A visita a uma pedreira em laboração e a uma fábrica de transformação de mármore serão os pontos altos da actividade.

Itiner√°rio: Estremoz - Bentel - Estremoz

Duração: 3.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 16 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Estremoz

Ponto de encontro: Centro Ciência Viva de Estremoz Hora: 09:30

Como chegar: Sentido Porto/Lisboa -> Estremoz (ver mapa) A partir do Porto tome a A1 at√© Lisboa. Apanhar a A2-Sul at√© √† sa√≠da para a A6 (√Čvora, Espanha). Seguir pela A6 at√© √† sa√≠da de Estremoz. Entrar na cidade at√© ao seu Centro (Rossio Marqu√™s de Pombal). Convento das Maltezas Sentido Algarve/Beja/√Čvora -> Estremoz (ver mapa) A partir do Algarve tome a A2-Norte at√© a sa√≠da de Beja/Ourique. Seguindo pelo IP2-Norte at√© √Čvora nesta cidade segue para Estremoz ao longo da EN 18. Entrar na cidade at√© ao seu Centro (Rossio Marqu√™s de Pombal)- Convento das Maltezas.

Localidade: Estremoz

Concelho: ESTREMOZ

Distrito: EVORA

Mais informa√ß√Ķes: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Datas:

23-07-2021 09:30 - Acção já em curso / terminada

19-08-2021 09:30 - Acção já em curso / terminada

10-09-2021 09:30 - Acção já em curso / terminada


756. De bicicleta pelo Sistema Solar?

Quando, numa noite límpida, olhamos para o céu, ficamos com a sensação de um Universo cheio, em
que o nosso planeta √© apenas mais um objeto no Espa√ßo. Lembramo-nos, ent√£o, de que as dist√Ęncias entre os v√°rios corpos celestes s√£o enormes e que a nossa sensa√ß√£o √© apenas uma ilus√£o - o Universo √© essencialmente formado por vazio. Mas qual a verdadeira dimens√£o desse vazio? Os n√ļmeros envolvidos s√£o de tal modo grandes que perdem o significado. Que significa dizer que a Terra est√° a 150 milh√Ķes de quil√≥metros do Sol? Ou que a Lua est√° a 384 mil quil√≥metros da Terra? Ou que a estrela mais pr√≥xima de n√≥s a seguir ao Sol est√° a 4 anos-luz? Ou que‚Ķ podemos facilmente aceitar e repetir estes n√ļmeros, mas na realidade n√£o somos capazes de verdadeiramente os perceber.
A constru√ß√£o do Sistema Solar √† escala de Estremoz, que √© um dos poucos que existem no Mundo, permite aos visitantes aperceberem-se das reais dimens√Ķes do mundo em que vivemos. Mas, para conseguir ser verdadeiramente √† escala, as dist√Ęncias entre os planetas acabam mesmo assim por ser grandes demais para serem visualizadas de uma vez ou percorridas facilmente a p√© - a bicicleta torna-se pois a alternativa l√≥gica, at√© pelos aspectos l√ļdicos e desportivos que lhe est√£o inerentes.

Itiner√°rio: Estremoz - Estremoz

Duração: 6.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Estremoz

Ponto de encontro: Centro Ciência Viva de Estremoz Hora: 08:45

Como chegar: Em pleno centro da cidade. Para chegar a Estremoz Seguir pela N4 (sentido Elvas) ou pela A6 (sentido Espanha). Seguir pela A6 at√© √† sa√≠da de Estremoz. Entrar na cidade at√© ao seu Centro (Rossio Marqu√™s de Pombal) e procurar Convento das Maltezas/P√≥lo da Universidade de √Čvora.

Localidade: Estremoz

Concelho: ESTREMOZ

Distrito: EVORA

Mais informa√ß√Ķes: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Datas:

11-08-2021 09:00 - Acção já em curso / terminada

04-09-2021 09:00 - Acção já em curso / terminada


755. Porque est√£o os castelos onde est√£o? O exemplo do Castelo de Estremoz

Dada √† sua import√Ęncia no plano da estrat√©gia militar, os castelos, na sua maioria, foram constru√≠dos em pontos elevados. Mas o porqu√™ dessa escolha pode ter justifica√ß√Ķes diferentes. Por um lado, a maior altitude proporciona uma melhor visibilidade sobre os inimigos, facilitando a defesa. Por outro, em caso de ataque a a√ß√£o da gravidade facilita a vida a quem est√° no castelo, pois aumenta o alcance dos seus proj√©teis e diminui o alcance dos que s√£o arremessados pelos atacantes.
Nesta ação será analisado o caso do castelo de Estremoz, não só na perspectiva da sua arquitectura, mas também procurando perceber qual a génese da colina onde se localiza.

Itiner√°rio: Estremoz - Castelo - Estremoz

Duração: 2.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 6 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Estremoz

Ponto de encontro: Centro Ciência Viva de Estremoz Hora: 10:15

Como chegar: Em pleno centro da cidade. Para chegar a Estremoz Seguir pela N4 (sentido Elvas) ou pela A6 (sentido Espanha). Seguir pela A6 at√© √† sa√≠da de Estremoz. Entrar na cidade at√© ao seu Centro (Rossio Marqu√™s de Pombal) e procurar Convento das Maltezas/P√≥lo da Universidade de √Čvora.

Localidade: Estremoz

Concelho: ESTREMOZ

Distrito: EVORA

Actividade Acessivel
Participantes com mobilidade reduzida, n√£o podem subir ao topo da Torre de Menagem de Estremoz

Mais informa√ß√Ķes: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Datas:

31-07-2021 10:30 - Acção já em curso / terminada

22-08-2021 10:30 - Acção já em curso / terminada

12-09-2021 10:30 - Acção já em curso / terminada


764. ZOM ‚Äď Zona d‚ÄôOssa Morena: os recursos no Alentejo (Praia Fluvial de Monsaraz)

Vivemos num Mundo em que a popula√ß√£o aumenta cerca de 225 000 habitantes por dia‚Ķ S√£o mais mil milh√Ķes de habitantes a cada 12 anos‚Ķ E cada vez consumimos mais‚Ķ Quase todos os recursos geol√≥gicos que utilizamos formam-se em processos que duram milh√Ķes de anos‚Ķ e s√£o consumidos a ritmos vertiginosos‚Ķ
As reservas destes materiais nos continentes est√£o muitas vezes perto da sua exaust√£o. Nos √ļltimos anos tem-se assistido a uma procura intensa de novas fontes para a sua minera√ß√£o, e o interesse pelo conhecimento dos fundos oce√Ęnicos actuais √© cada vez maior‚Ķ Afinal a maior parte dos recursos que exploramos actualmente nos continentes foram gerados em antigos fundos oce√Ęnicos‚Ķ h√° muitos milh√Ķes de anos‚Ķ e‚Ķ foram necess√°rios milh√Ķes de anos para que esses recursos chegassem √† sua posi√ß√£o actual nos continentes‚Ķ Experi√™ncias num laborat√≥rio m√≥vel permitem-nos conhecer melhor estes recursos minerais, existentes em Portugal, e encontrar a resposta a esta e muitas outras perguntas.

Itiner√°rio: Praia Fluvial de Mosaraz

Duração: 8.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 3 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Estremoz

Ponto de encontro: Praia Fluvial de Monsaraz Hora: 10:00

Como chegar: Seguir em direção a Monsaraz e depois seguir as placas do clube Náutico/Praia Fluvial, durante sensivelmente 5km.

Localidade: Praia Fluvial de Monsaraz

Concelho: REGUENGOS DE MONSARAZ

Distrito: EVORA

Actividade Acessivel

Mais informa√ß√Ķes: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Datas:

20-08-2021 10:00 - Acção já em curso / terminada

03-09-2021 10:00 - Acção já em curso / terminada


743. ZOM ‚Äď Zona d‚ÄôOssa Morena: os recursos no Alentejo (Praia Fluvial de Mour√£o)

Vivemos num Mundo em que a popula√ß√£o aumenta cerca de 225 000 habitantes por dia‚Ķ S√£o mais mil milh√Ķes de habitantes a cada 12 anos‚Ķ E cada vez consumimos mais‚Ķ Quase todos os recursos geol√≥gicos que utilizamos formam-se em processos que duram milh√Ķes de anos‚Ķ e s√£o consumidos a ritmos vertiginosos‚Ķ
As reservas destes materiais nos continentes est√£o muitas vezes perto da sua exaust√£o. Nos √ļltimos anos tem-se assistido a uma procura intensa de novas fontes para a sua minera√ß√£o, e o interesse pelo conhecimento dos fundos oce√Ęnicos actuais √© cada vez maior‚Ķ Afinal a maior parte dos recursos que exploramos actualmente nos continentes foram gerados em antigos fundos oce√Ęnicos‚Ķ h√° muitos milh√Ķes de anos‚Ķ e‚Ķ foram necess√°rios milh√Ķes de anos para que esses recursos chegassem √† sua posi√ß√£o actual nos continentes‚Ķ Experi√™ncias num laborat√≥rio m√≥vel permitem-nos conhecer melhor estes recursos minerais, existentes em Portugal, e encontrar a resposta a esta e muitas outras perguntas.

Itiner√°rio: Praia Fluvial de Mour√£o

Duração: 8.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 3 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Estremoz

Ponto de encontro: Praia Fluvial de Mour√£o Hora: 10:00

Como chegar: Seguir em direcção a Mourão e depois seguir as placas da Praia Fluvial.

Localidade: Mour√£o

Concelho: MOURÃO

Distrito: EVORA

Actividade Acessivel

Mais informa√ß√Ķes: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Data:

06-08-2021 10:00 - Acção já em curso / terminada


781. ZOM ‚Äď Zona d‚ÄôOssa Morena: os recursos no Alentejo (Praia Fluvial do Alqueva)

Vivemos num Mundo em que a popula√ß√£o aumenta cerca de 225 000 habitantes por dia‚Ķ S√£o mais mil milh√Ķes de habitantes a cada 12 anos‚Ķ E cada vez consumimos mais‚Ķ Quase todos os recursos geol√≥gicos que utilizamos formam-se em processos que duram milh√Ķes de anos‚Ķ e s√£o consumidos a ritmos vertiginosos‚Ķ
As reservas destes materiais nos continentes est√£o muitas vezes perto da sua exaust√£o. Nos √ļltimos anos tem-se assistido a uma procura intensa de novas fontes para a sua minera√ß√£o, e o interesse pelo conhecimento dos fundos oce√Ęnicos actuais √© cada vez maior‚Ķ Afinal a maior parte dos recursos que exploramos actualmente nos continentes foram gerados em antigos fundos oce√Ęnicos‚Ķ h√° muitos milh√Ķes de anos‚Ķ e‚Ķ foram necess√°rios milh√Ķes de anos para que esses recursos chegassem √† sua posi√ß√£o actual nos continentes‚Ķ Experi√™ncias num laborat√≥rio m√≥vel permitem-nos conhecer melhor estes recursos minerais, existentes em Portugal, e encontrar a resposta a esta e muitas outras perguntas.

Itiner√°rio: Estremoz - Alqueva - Estremoz

Duração: 8.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 3 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Estremoz

Ponto de encontro: Praia Fluvial da Liberdade Hora: 10:00

Como chegar: Sentido IP2 Portel - Barragem de Alqueva (R384)

Localidade: Montes Juntos - Alandroal

Concelho: ALANDROAL

Distrito: EVORA

Actividade Acessivel

Mais informa√ß√Ķes: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Data:

27-08-2021 10:00 - Acção já em curso / terminada


760. ZOM ‚Äď Zona d‚ÄôOssa Morena: os recursos no Alentejo? (Praia Fluvial da Amieira)

Vivemos num Mundo em que a popula√ß√£o aumenta cerca de 225 000 habitantes por dia‚Ķ S√£o mais mil milh√Ķes de habitantes a cada 12 anos‚Ķ E cada vez consumimos mais‚Ķ Quase todos os recursos geol√≥gicos que utilizamos formam-se em processos que duram milh√Ķes de anos‚Ķ e s√£o consumidos a ritmos vertiginosos‚Ķ
As reservas destes materiais nos continentes est√£o muitas vezes perto da sua exaust√£o. Nos √ļltimos anos tem-se assistido a uma procura intensa de novas fontes para a sua minera√ß√£o, e o interesse pelo conhecimento dos fundos oce√Ęnicos actuais √© cada vez maior‚Ķ Afinal a maior parte dos recursos que exploramos actualmente nos continentes foram gerados em antigos fundos oce√Ęnicos‚Ķ h√° muitos milh√Ķes de anos‚Ķ e‚Ķ foram necess√°rios milh√Ķes de anos para que esses recursos chegassem √† sua posi√ß√£o actual nos continentes‚Ķ Experi√™ncias num laborat√≥rio m√≥vel permitem-nos conhecer melhor estes recursos minerais, existentes em Portugal, e encontrar a resposta a esta e muitas outras perguntas.

Itiner√°rio: Praia Fluvial da Amieira

Duração: 8.00 Horas

Actividade gratuita

Idade Minima: 3 anos

Centro Ciência Viva: Centro Ciência Viva de Estremoz

Ponto de encontro: Praia Fluvial da Amieira Hora: 10:00

Como chegar: Sentido IP2 Portel, entrar e na primeira rotunda seguir a placa Amieira ‚Äď Barragem de Alqueva (R384).

Localidade: Amieira, Portel

Concelho: PORTEL

Distrito: EVORA

Actividade Acessivel

Mais informa√ß√Ķes: http://www.ccvestremoz.uevora.pt

Data:

13-08-2021 10:00 - Acção já em curso / terminada



CONTACTOS

Newsletter

Inscreva-se