Saiba onde acontecem as acções

Programa em atualização constante

Cidades sustentáveis: a responsabilidade dos edifícios nas alterações climáticas

Estudantes do Ensino Secundário, Estudantes Universitários
ID: 1246

A cidade é um organismo vivo, sempre em mudança. A época que vivemos é de grandes alterações que se refletem em três vertentes fundamentais da sustentabilidade - económica, social e ambiental – que necessitam de ser geridas de forma mais equilibrada.
Estas mudanças têm que se fazer no sentido de inventar soluções para que cidade possa dar resposta às necessidades do presente, não comprometendo o futuro, evitando que se torne num organismo anquilosado e estabelecendo uma relação melhor com os cidadãos.
A Cidade consome grandes quantidades de recursos, materiais, energia, água, e produz grandes quantidades de resíduos, representando um enorme encargo para o ambiente.
Simultaneamente, assiste-se ao crescente aumento da população mundial previsto - dos 7.2 biliões atuais para 9.6 biliões até 2050 (World Population Prospects: 2012 revision, das Nações Unidas) e à maior concentração populacional nas grandes cidades, que se estima em cerca de 75%, para o mesmo período. Estima-se por isso que as cidades possam consumir, a nível mundial, cerca de três quartos de energia, fundamentalmente de energias fósseis, e que produzam um montante semelhante da poluição global.
A Cidade deve diversificar a sua oferta no sentido de aumentar a qualidade de vida das pessoas, para que se sintam bem, para que possam ter melhores oportunidades quanto à obtenção de habitação, empregos, de bens e serviços, de cultura e diversão, de mobilidades (com incentivo à mobilidade elétrica) e da redução da poluição.
Na dinâmica da Cidade, a melhor gestão do solo e a manutenção e reabilitação do ambiente construído são fundamentais para atrair investimentos e o interesse das pessoas.
O grande desafio para as Cidades compactas e verdes é tornar possível a conciliação de toda esta complexidade de vertentes, no sentido de maior eficiência de produção e utilização sustentável.
Os edifícios são responsáveis, nas fases de construção, exploração e demolição, por grandes impactes ambientais negativos resultantes, fundamentalmente, do consumo excessivo de energias fósseis, da significativa utilização, sem critério, de materiais com muita energia incorporada e da grande produção de resíduos, nomeadamente os que têm origem na demolição, no fim do ciclo de vida dos edifícios e o transporte dos materiais a vazadouro, dão lugar a grande quantidade de resíduos que agravam esses impactes ambientais.
Esta situação, torna insustentável a continuação da produção desses impactes, resultantes da atividade da indústria de construção de edifícios, relativamente à saúde do Planeta e ao aquecimento global, e exige uma mudança no sentido da sua integração no âmbito e princípios da Construção Sustentável.
A escolha, com critério, dos materiais e da sua aplicação, no âmbito da Construção Sustentável, no sentido da sua reversibilidade, da menor incorporação de combustíveis fósseis, da sua reciclagem e reutilização, no fim do ciclo de vida dos edifícios, onde estão incorporados, reduz esses impactes.

Duração: 2.00 Horas

Observações: Formato de Aula Aberta, em que se pretende a apresentação do tema e discussão sobre questões que se possam levantar durante a sessão.

As inscrições devem ser enviadas até às 18h00 do dia 24 de novembro para:
Ana Paula Passos
apassos@lis.ulusiada.pt
213611538

Dados para inscrição:
- Nome
- email
- Contacto telefónico (opcional)
- Ano escolar que frequenta
- Instituição de Ensino
- Idade
- Título da ação
- Data da ação
- Participação: indicar se a participação é presencial ou online

Aos inscritos para participação online será enviado um link para acederem através da plataforma ZOOM

Instituição: Fundação Minerva / Universidade Lusíada

Coordenador(a) do Programa: Alberto Cruz Reaes Pinto

Tipo de Evento: Conferência | Colóquio | Palestra, Debate

Presença: Híbrido

Inscrição Prévia: É necessária inscrição prévia

Máximo de Participantes por Sessão: 100

Localidade: Universidade Lusíada / CITAD, Rua Quinta do Almargem, 14B, 1300-490 Lisboa, Auditório 4

Concelho: LISBOA

Distrito: LISBOA

Data:

26-11-2021 10:00