Listagem de Estágios

Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve

1498. Aplicação de microalgas como biofertilizantes para uma agricultura sustentável


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: João Varela
Nº Alunos: 2
Anos: , 10º, 11º
Área: Agronomia
Data: de 04-07-2022 a 15-07-2022 Horário: Manhã
Investigador(es): João Varela


Descrição: Durante este estágio o participante será convidado a acompanhar ensaios cultivo de plantas hortícolas, fertilizadas com microalgas. Os alunos estarão no terreno, com investigadores que ajudarão na manutenção e avaliação dos procedimentos realizados, os quais decorrerão no Horto da FCT (Campus de Gambelas - UAlg)

Observações: Não estão previstas atividades durante o fim-de-semana, pelo que não estão contempladas refeições durante este período. Só será assegurado o alojamento a alunos deslocados.
Para trabalhos de laboratório, o aluno deverá trazer e usar a sua bata pessoal.
Para trabalho e saídas de campo, o aluno deverá usar protetor solar, chapéu e beber água com frequência, por causa do calor.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 09:00:00
Pessoa de contacto: João Varela

Estágio Esgotado


1500. As alterações climáticas no microbiota dos oceanos


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Joao Carlos Cardoso
Nº Alunos: 3
Anos: 11º, 12º
Área: Biologia, Química
Data: de 04-07-2022 a 15-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): João Cardoso Inês Leal


Descrição: O microbiota representa o conjunto de microrganismos de um determinado ecossistema. São principalmente bactérias muito abundantes nos oceanos e que vivem em equilíbrio com os organismos marinhos. As alterações climáticas e a atividade humana estão a ameaçar este equilíbrio afetando a vida marinha. Neste trabalho vamos utilizar técnicas de microbiologia e da bioquímica (crescimento bacteriano e ensaios enzimáticos) para comparar o efeito do aumento de temperatura e diminuição do pH dos oceanos no crescimento e na virulência de bactérias marinhas e prever qual a sua consequência para o futuro da vida nos oceanos.

Observações: Não estão previstas atividades durante o fim-de-semana, pelo que não estão contempladas refeições durante este período. Só será assegurado o alojamento a alunos deslocados.
Para trabalhos de laboratório, o aluno deverá trazer e usar a sua bata pessoal.
Para trabalho e saídas de campo, o aluno deverá usar protetor solar, chapéu e beber água com frequência, por causa do calor.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: João Cardoso

Estágio Esgotado


1494. Comportamento sexual e agressivo de peixes


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Adelino Vicente Mendonça Canário
Nº Alunos: 2
Anos: 11º
Área: Biologia
Data: de 04-07-2022 a 15-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Adelino Canário


Descrição: Nos peixes o comportamento agressivo está normalmente relacionado com a defesa de território e o afastamento de competidores pelos machos e associado à atração de fêmeas para a reprodução. Estes comportamentos são medidados por estímulos, visuais, químicos (feromonas) e por vezes sonoros. No estágio os estudantes irão participar na manutenção dos peixes e na realização de experiências para analisar o comportamento de dominância em peixes lutadores e a relação deste comportamento com a produção de feromonas.

Observações: Não estão previstas atividades durante o fim-de-semana, pelo que não estão contempladas refeições durante este período. Só será assegurado o alojamento a alunos deslocados.
Para trabalhos de laboratório, o aluno deverá trazer e usar a sua bata pessoal.
Para trabalho e saídas de campo, o aluno deverá usar protetor solar, chapéu e beber água com frequência, por causa do calor.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Adelino Canário

Estágio Esgotado


1501. Converter o telemóvel num microscópio 3D


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: tmcorreia@ualg.pt
Nº Alunos: 2
Anos: , 10º, 11º
Área: Biologia
Data: de 11-07-2022 a 15-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Teresa Matias Correia


Descrição: Neste estágio vais aprender como funcionam os microscópios 3D e como são usados em investigação na área da biologia marinha e biomedicina. A principal tarefa vai ser montar um microscópico que usa o telemóvel para gerar imagens em 3D de objetos transparentes, como peixinhos, berlindes ou gomas. Mais especificamente os objetivos são:

1.Aprender sobre diferentes técnicas de imagiologia, como por exemplo tomografia axial computorizada e tomografia ótica.
2.Aprender como funcionam as técnicas de tomografia e como se geram imagens a partir de fotografias tiradas à volta de objetos.
3.Participar numa demostração ao vivo em que vamos usar um microscópio 3D topo de gama para aprender como funciona, para que serve e que tipo de imagens podemos ver.
4.Montar o nosso microscópio 3D. Vamos precisar de uma luz e de um telemóvel para tirar fotografias!
5.Aprender no laboratório como se preparam as amostras transparentes que usamos para ver com microscópios 3D.
6.Tirar MUITAS fotografias às nossas amostras, berlindes e gomas.
7.Aprender e ver na prática como usamos programas de computadores para gerar as imagens 3D a partir das fotografias.

Observações: Não estão previstas atividades durante o fim-de-semana, pelo que não estão contempladas refeições durante este período. Só será assegurado o alojamento a alunos deslocados.
Para trabalhos de laboratório, o aluno deverá trazer e usar a sua bata pessoal.
Para trabalho e saídas de campo, o aluno deverá usar protetor solar, chapéu e beber água com frequência, por causa do calor.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: À porta do CCMAR, Edifício 7, Campus Gambelas, Faro Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Teresa Matias Correia

Estágio Esgotado


1499. Da engorda à alimentação: como se cultivam os peixes?


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Sofia Engrola
Nº Alunos: 2
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Biologia
Data: de 11-07-2022 a 22-07-2022 Horário: Manhã
Investigador(es): Sofia Engrola


Descrição: O setor da Aquacultura está em franco crescimento a nível mundial. A crescente demanda de peixe para alimentação dita esse mesmo crescimento. No ramo da investigação em Aquacultura, o CCMAR tem desenvolvido investigação relacionada com a nutrição e estudo de rações eficientes. Nesse sentido, o participante neste estágio vai ter oportunidade de trabalhar na alimentação de peixes, medição de parâmetros de qualidade de água e cultivo de microalgas.

Observações: Não estão previstas atividades durante o fim-de-semana, pelo que não estão contempladas refeições durante este período. Só será assegurado o alojamento a alunos deslocados.
Para trabalhos de laboratório, o aluno deverá trazer e usar a sua bata pessoal.
Para trabalho e saídas de campo, o aluno deverá usar protetor solar, chapéu e beber água com frequência, por causa do calor.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 09:00:00
Pessoa de contacto: Sofia Engrola

Inscrição


1502. Efeitos da acidificação dos oceanos no cérebro dos peixes


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: zvelez@ualg.pt
Nº Alunos: 2
Anos: 10º, 12º, 11º
Área: Biologia
Data: de 04-07-2022 a 08-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Zélia Velez


Descrição: Existem evidências para a ocorrência de alterações comportamentais em diferentes espécies de peixes quando expostas às condições de acidificação dos oceanos previstas para o final do corrente século. O nosso objectivo é compreender as alterações a nível do sistema nervoso central (cérebro) que estão na origem das alterações comportamentais descritas. O objectivo do projecto de trabalho proposto para este estágio é avaliar através da técnica de eletroencefalograma as respostas neuronais de pequenos tubarões da costa Portuguesa a diferentes estímulos olfativos, quando expostos a água control (pH8.2_ PCO2 400) e a água acidificada (pH7.7_ PCO2 1000). Durante o estágio os alunos irão aprender a preparar amostras, assistir e participar nas experiências de electrofisiologia, fazer as análises de monitorização da água dos tanques e participar em todas as rotinas diárias do laboratório.

Observações: Não estão previstas atividades durante o fim-de-semana, pelo que não estão contempladas refeições durante este período. Só será assegurado o alojamento a alunos deslocados.
Para trabalhos de laboratório, o aluno deverá trazer e usar a sua bata pessoal.
Para trabalho e saídas de campo, o aluno deverá usar protetor solar, chapéu e beber água com frequência, por causa do calor.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Zélia Velez

Estágio Esgotado


1503. Encontrar novos agentes anti-inflamatórios que nos protejam das doenças crónicas inflamatórias associadas ao envelhecimento


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Dina Simes
Nº Alunos: 2
Anos: , 10º, 11º
Área: Biologia, Ciências da Saúde, Química
Data: de 25-07-2022 a 29-07-2022 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Dina Simes, Carla Viegas


Descrição: Com o aumento da esperança de vida, as doenças associadas ao envelhecimento ou doenças inflamatórias crónicas, como é o caso da doença cardiovascular ou da osteoartrite, representam um dos maiores desafios da saúde a nível mundial. A existência de novos agentes anti-inflamatórios que ajudem a prevenir estas doenças é crucial para proporcionar uma vida mais longa e com maior qualidade.
Usando sistemas modelo in vitro de cultura celular, com células humanas, como os monócitos, macrófagos e células vasculares, a função destes novos agentes como anti-inflamatórios e protetor vascular pode ser testada e a sua eficácia avaliada.

Nesta atividade os alunos irão contactar na prática com várias técnicas e metodologias utilizadas na área de investigação da Bioquímica e Biologia Celular e Molecular, como a cultura de células, a quantificação de proteínas e a realização de imunoensaios. Simultaneamente pretende-se estimular o espírito científico e critico dos alunos envolvendo-os na formulação de hipótese, desenho experimental e análise de resultados.

Observações: Não estão previstas atividades durante o fim-de-semana, pelo que não estão contempladas refeições durante este período. Só será assegurado o alojamento a alunos deslocados.
Para trabalhos de laboratório, o aluno deverá trazer e usar a sua bata pessoal.
Para trabalho e saídas de campo, o aluno deverá usar protetor solar, chapéu e beber água com frequência, por causa do calor.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Dina Simes, Carla Viegas

Estágio Esgotado


1495. Isolamento e identificação de bactérias redutoras de sulfato acidófilas ou tolerantes a pH ácido a partir de amostras ambientais afetadas pela atividade mineira


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Jorge Carlier
Nº Alunos: 2
Anos: 10º, 12º, 11º
Área: Biologia, Geologia
Data: de 08-08-2022 a 12-08-2022 Horário: Manhã
Investigador(es): Jorge Carlier


Descrição: As bactérias redutoras de sulfato (SRB) têm vindo a ser utlizadas de forma eficiente para o tratamento de águas ácidas de mina (AMD). Contudo, os processos de biorremediação ambiental em que estão envolvidas requerem uma etapa prévia de neutralização da AMD dada a intolerância da maior parte destas bactérias ao pH ácido da AMD.
A utilização de SRB acidófilas em processos de biorremediação da AMD, diminuindo a amplitude (ou mesmo abdicando) da etapa de pré-tratamento químico, constituiria uma vantagem do ponto de vista económico e ambiental.
Os estagiários serão convidados a preparar culturas enriquecidas de SRB para além de outros procedimentos em curso no laboratório, tendo em vista o objetivo de enriquecer culturas líquidas em meios de cultura adaptados com valores de pH ácido, e posteriormente isolar colónias de SRB em meio sólido a partir dessas culturas.

Observações: Não estão previstas atividades durante o fim-de-semana, pelo que não estão contempladas refeições durante este período. Só será assegurado o alojamento a alunos deslocados.
Para trabalhos de laboratório, o aluno deverá trazer e usar a sua bata pessoal.
Para trabalho e saídas de campo, o aluno deverá usar protetor solar, chapéu e beber água com frequência, por causa do calor.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 09:00:00
Pessoa de contacto: Jorge Carlier

Estágio Esgotado


1504. Procurando micróbios marcadores de qualidade alimentar em peixe para combater o desperdício alimentar


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Patrícia Pinto
Nº Alunos: 3
Anos: 10º, 11º, 12º
Área: Informática, Informática
Data: de 04-07-2022 a 08-07-2022 Horário: Tarde
Investigador(es): Patrícia Pinto


Descrição: O peixe e marisco são produtos alimentares altamente nutritivos mas que têm um prazo de validade curto, pois sofrem uma rápida deterioração de qualidade, principalmente por ação de microorganismos. No CCMAR usamos técnicas de sequenciação em larga escala e bioinformática para obter os microbiomas totais destes produtos, ou seja, o perfil de todos os microorganismos que contêm. Estas permitem avaliar como podem ser monitorizados ou alterados esses microbiomas usando novas técnicas de preservação alimentar, de modo a melhor a qualidade e segurança dos produtos e reduzir o desperdício alimentar. Neste estágio os alunos podem perceber os passos deste tipo de investigação e ter contacto com técnicas moleculares (ex. PCR quantitativo) e microbiológicas (ex. contagens totais de bactérias) que usamos para estudar alguns destes microorganismos de deterioração alimentar.

Observações: Não estão previstas atividades durante o fim-de-semana, pelo que não estão contempladas refeições durante este período. Só será assegurado o alojamento a alunos deslocados.
Para trabalhos de laboratório, o aluno deverá trazer e usar a sua bata pessoal.
Para trabalho e saídas de campo, o aluno deverá usar protetor solar, chapéu e beber água com frequência, por causa do calor.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edifício 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 13:45:00
Pessoa de contacto: Patrícia Pinto

Inscrição


1746. Vamos investigar as alergias dos alimentos do mar?


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Liliana Anjos
Nº Alunos: 2
Anos: 12º
Área: Tecnologia, Química
Data: de 29-08-2022 a 02-09-2022 Horário: Tarde
Investigador(es): Liliana Anjos


Descrição: Os alimentos do mar são uma importante fonte de proteína de elevada qualidade na nossa dieta alimentar. Contudo, sabias que cerca de 2% da população é alérgica a peixes e produtos alimentares do mar? Existem proteínas que, pelas suas características bioquímicas e estruturais, são consideradas alergénios nos alimentos porque têm a capacidade de desencadear uma resposta imunitária anormal em determinados indivíduos. Para melhorar a qualidade e segurança dos alimentos do mar, no CCMAR, investigamos tecnologias de preservação dos alimentos e tentamos perceber o seu impacto na alergia alimentar. Neste estágio os alunos vão aplicar técnicas de investigação baseadas em ensaios imunológicos (ex. Western-blot, dot-blot) utilizando anticorpos para tentar identificar proteínas/alergénios nos alimentos.

Observações: Não estão previstas atividades durante o fim-de-semana, pelo que não estão contempladas refeições durante este período. Só será assegurado o alojamento a alunos deslocados.
Para trabalhos de laboratório, o aluno deverá trazer e usar a sua bata pessoal.
Para trabalho e saídas de campo, o aluno deverá usar protetor solar, chapéu e beber água com frequência, por causa do calor.

Este estágio não disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio não disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edifício 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 13:45:00
Pessoa de contacto: Liliana Anjos

Estágio Esgotado