Listagem de Estágios

Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve

536. Aplicando histologia e imunohistoquímica para criar um atlas histológico de larvas de peixe


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Deborah Mary Power
Nº Alunos: 1 Anos: 10º, 11º, 12º Área: Biologia
Data: de 26-07-2021 a 06-08-2021 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Deborah Power


Descrição: Utilização de escamas para determinar a idade dos peixes_ uma abordagem histológica.

Observações: N/A

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edifício 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Deborah Power

Estágio já em curso / terminado

538. Bone formation and mineralization using in vivo and in vitro fish systems


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Vincent Laizé
Nº Alunos: 2 Anos: 12º Área: Biologia
Data: de 19-07-2021 a 30-07-2021 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Vincent Laizé e Paulo Gavaia


Descrição: Research activities in the BIOSKEL lab aim to better understand bone metabolism and skeletal development using fish models such as the zebrafish and the rice fish (medaka). Within the scope of these activities, we have developed several in vitro and in vivo systems that allow us to study the cellular and molecular mechanisms underlying bone formation, mineralization and regeneration and originating skeletal deformities. Research in the BIOSKEL lab has applications in the field of human health but also farmed fish production.

Observações: Estágio em Inglês - participantes devem dominar a língua

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edifício 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Vincent Laizé e Paulo Gavaia

Estágio já em curso / terminado

537. Como é que o mar do passado nos pode ajudar a enfrentar as alterações climáticas?


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Livia Gebara
Nº Alunos: 2 Anos: 11º, 12º Área: Ciências do ambiente, Geologia
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Horário: Manhã
Investigador(es): Lívia Gebara


Descrição: Introdução das principais etapas de trabalho laboratorial necessário para a análise dos indicadores usados nos estudos das paleociências marinhas. O estágio inclui um dia de apresentação teórica e visita aos laboratórios do IPMA e 4 dias de demonstrações e práticas nos laboratórios de caracterização dos sedimentos, de análises sedimentológicas, granulométricas, análise de microfósseis às lupas e microscópios, análise químicas de biomarcadores. No último dia os alunos conhecerão como exemplos do tratamento dos resultados e da aplicação no estudo das mudanças climáticas.

Observações: N/A

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Portaria do IPMA-Algés (Av. Doutor Alfredo Magalhães Ramalho 6, Algés, Lisboa) Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Lívia Gebara

Estágio já em curso / terminado

530. Como é que os vestígios de cosméticos libertados no oceanos têm impacto na vida marinha?


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Joao Carlos Cardoso
Nº Alunos: 2 Anos: 10º, 11º, 12º Área: Biologia, Bioquímica
Data: de 19-07-2021 a 29-07-2021 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): João Cardoso


Descrição: As microalgas (fitoplâncton) e os rotíferos (zooplâncton) são organismos microscópicos que vivem nos oceanos. São a base de alimento da cadeia trófica e importantes indicadores de toxicidade do ambiente em que habitam. Neste estágio vamos observar culturas de microalgas e de rotíferos e tentar perceber qual o impacto que alguns compostos químicos, que existem em produtos de cosmética que usamos no nosso dia-a-dia, têm nestes organismos.

Observações: n.a.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: João Cardoso

Estágio já em curso / terminado

524. Comportamento sexual e agressivo de peixes


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Adelino Vicente Mendonça Canário
Nº Alunos: 2 Anos: 11º, 12º Área: Biologia, Química
Data: de 19-07-2021 a 30-07-2021 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Adelino Canário


Descrição: Nos peixes o comportamento agressivo está normalmente relacionado com a defesa de território e o afastamento de competidores pelos machos e associado à atração de fêmeas para a reprodução. Estes comportamentos são medidados por estímulos, visuais, químicos (feromonas) e por vezes sonoros. No estágio os estudantes irão participar na manutenção dos peixes e na realização de experiências para analisar o comportamento de dominância em peixes lutadores e a relação deste comportamento com a produção de feromonas.

Observações: n.a.

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Adelino Canário

Estágio já em curso / terminado

531. Converter o telemóvel num microscópio 3D


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: tmcorreia@ualg.pt
Nº Alunos: 2 Anos: 10º, 11º, 12º Área: Física, Tecnologia
Data: de 02-08-2021 a 13-08-2021 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Teresa Matias Correia


Descrição: _Neste estágio vais aprender como funcionam os microscópios 3D e como são usados em investigação na área da biologia marinha e biomedicina. A principal tarefa vai ser montar um microscópico que usa o telemóvel para gerar imagens em 3D de objetos transparentes, como peixinhos, berlindes ou gomas. Mais especificamente os objetivos são:

1. Aprender sobre diferentes técnicas de imagiologia, como por exemplo tomografia axial computorizada e tomografia ótica.

2. Aprender como funcionam as técnicas de tomografia e como se geram imagens a partir de fotografias tiradas à volta de objetos.

3. Participar numa demostração ao vivo em que vamos usar um microscópio 3D topo de gama para aprender como funciona, para que serve e que tipo de imagens podemos ver.

4. Montar o nosso microscópio 3D. Vamos precisar de uma luz e de um telemóvel para tirar fotografias!

5. Aprender no laboratório como se preparam as amostras transparentes que usamos para ver com microscópios 3D.

6. Tirar MUITAS fotografias às nossas amostras, berlindes e gomas.

7. Aprender e ver na prática como usamos programas de computadores para gerar as imagens 3D a partir das fotografias._

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: À porta do CCMAR, Edifício 7, Campus Gambelas, Faro Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Teresa Matias Correia

Estágio já em curso / terminado

529. Da engorda à alimentação: como se cultivam os peixes?


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Sofia Engrola
Nº Alunos: 2 Anos: 10º, 11º, 12º Área: Biologia
Data: de 19-07-2021 a 30-07-2021 Horário: Manhã
Investigador(es): Sofia Engrola


Descrição: O setor da Aquacultura está em franco crescimento a nível mundial. A crescente demanda de peixe para alimentação dita esse mesmo crescimento. No ramo da invstigação em Aquacultura, o CCMAR tem desenvolvido investigação relacionada com a nutrição e estudo de rações eficientes. Nesse sentido, o participante neste estágio vai ter oportunidade de trabalhar na alimentação de peixes, medição de parâmetros de qualidade de água e cultivo de microalgas.

Observações: N/A

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Sofia Engrola

Estágio já em curso / terminado

532. Efeitos da acidificação dos oceanos no cérebro dos peixes


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: zvelez@ualg.pt
Nº Alunos: 2 Anos: 10º, 11º, 12º Área: Biologia
Data: de 19-07-2021 a 29-07-2021 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Zélia Velez


Descrição: Existem evidências para a ocorrência de alterações comportamentais em diferentes espécies de peixes quando expostas às condições de acidificação dos oceanos previstas para o final do corrente século. O nosso objectivo é compreender as alterações a nível do sistema nervoso central (cérebro) que estão na origem das alterações comportamentais descritas. O objectivo do projecto de trabalho proposto para este estágio é avaliar através da técnica de eletroencefalograma as respostas neuronais dos linguados (Solea senegalensis) a diferentes estímulos olfativos, quando expostos a água control (pH8.2_ PCO2 400) e a água acidificada (pH7.7_ PCO2 1000). Durante o estágio os alunos irão aprender a preparar amostras, assistir e participar nas experiências de electrofisiologia, fazer as análises de monitorização da água dos tanques e participar em todas as rotinas diárias do laboratório.

Observações: N/A

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Zélia Velez

Estágio já em curso / terminado

525. Isolamento e identificação de bactérias redutoras de sulfato acidófilas ou tolerantes a pH ácido a partir de amostras ambientais afetadas pela atividade mineira


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Jorge Carlier
Nº Alunos: 2 Anos: 10º, 11º, 12º Área: Biologia, Físico-Química, Geologia, Química
Data: de 19-07-2021 a 30-07-2021 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Jorge Carlier


Descrição: As bactérias redutoras de sulfato (SRB) têm vindo a ser utlizadas de forma eficiente para o tratamento de águas ácidas de mina (AMD). Contudo, os processos de biorremediação ambiental em que estão envolvidas requerem uma etapa prévia de neutralização da AMD dada a intolerância da maior parte destas bactérias ao pH ácido da AMD.
A utilização de SRB acidófilas em processos de biorremediação da AMD, diminuindo a amplitude (ou mesmo abdicando) da etapa de pré-tratamento químico, constituiria uma vantagem do ponto de vista económico e ambiental.
Os estagiários serão convidados a preparar culturas enriquecidas de SRB para além de outros procedimentos em curso no laboratório, tendo em vista o objetivo de enriquecer culturas líquidas em meios de cultura adaptados com valores de pH ácido, e posteriormente isolar colónias de SRB em meio sólido a partir dessas culturas.

Observações: N/A

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Jorge Carlier

Estágio já em curso / terminado

526. Let_s isolate and sequence bacteria of seaweeds, seagrasses or corals: find some that help to keep their host happy & healthy


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Aschwin Hillebrand Engelen
Nº Alunos: 2 Anos: 10º, 11º, 12º Área: Biologia
Data: de 19-07-2021 a 30-07-2021 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Aschwin Engelen


Descrição: All organism have microbe associated to them that play an in important role in their health. We will maintain corals and seaweeds at the Ramalhete fieldstation and isolate bacteria from your seaweed/seagrass/coral of preference. They can come in a surprising range of colors and shapes. Once we have pure bacteria isolated we will have to identify them by sequencing from which we will also get an idea of what they can do for their host: are they good or bad guys, helping or eating their host. The good guys at a later stage hopefully can be used to help restoring marine forests.

Observações: Estágio em Inglês - participantes devem dominar a língua

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Aschwin Engelen

Estágio já em curso / terminado

535. Procurando micróbios marcadores de qualidade alimentar em filetes de robalo para combater o desperdício alimentar


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Patrícia Pinto
Nº Alunos: 2 Anos: 10º, 11º, 12º Área: Biologia
Data: de 26-07-2021 a 30-07-2021 Horário: Manhã
Investigador(es): Patrícia Pinto


Descrição: Neste estágio, os alunos entrarão em contacto com o dia-a-dia da investigação no âmbito do projeto “SEAFOODQual”, do grupo de Endocrinologia Molecular e Comparada do CCMAR.

Os alunos vão perceber os princípios do PCR e como pode ser usado de modo sensível para detetar micróbios em alimentos, em particular, nos filetes de robalo. O robalo é um produto que se deteriora muito facilmente, levando a grandes perdas económicas e desperdício alimentar. Esses micróbios podem ser patogénicos, de deterioração alimentar ou simplesmente parte do microbioma natural do peixe, sendo que um dos objetivos é explicar aos alunos a importância dos microbiomas e as ferramentas laboratoriais e bioinformáticas, para os estudar.

Observações: N/A

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edifício 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Patrícia Pinto

Estágio já em curso / terminado

527. Produção de um peixe com baixo teor alergénico e estabilidade das proteínas no músculo da dourada após tempos prolongados de congelação


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Pedro Miguel Leal Rodrigues
Nº Alunos: 2 Anos: 12º Área: Biologia
Data: de 16-08-2021 a 27-08-2021 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Pedro Rodrigues


Descrição: O peixe é, de uma forma geral, considerado um alimento saudável e de elevado valor nutricional, sendo um dos produtos de referência na gastronomia Portuguesa. No entanto, estão identificados, pelas autoridades competentes, graves problemas de segurança alimentar, relacionados com a elevada alergenicidade do peixe que afeta entre 2-5% da população mundial adulta com uma maior incidência em crianças e jovens onde esta percentagem ronda os 8%. Na maioria dos casos (95%), a alergia surge devido a uma reação adversa do sistema imunológico a uma proteína chamada parvalbumina.
Este trabalho terá como objetivo quantificar a parvalbumina extraída do músculo de peixe congelado por tempos prolongados. O trabalho envolve, mais especificamente, a extração de proteínas de músculo de dourada utilizando várias soluções e métodos de processamento da amostra. Estes processamentos, tal como, o aquecimento e elevadas pressões são reportados, em conjunto com o congelamento prolongado, para uma diminuição da alergenicidade dos peixes. Após as extrações será realizado uma análise ao perfil proteico através de separação das proteínas pelo seu peso molecular.

Observações: N/A

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Pedro Rodrigues

Estágio já em curso / terminado

533. Qual a relação entre a calcificação e a inflamação nos nossos vasos sanguíneos e como isto pode afetar a nossa saúde?


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Responsável: Dina Simes
Nº Alunos: 2 Anos: 10º, 11º, 12º Área: Biologia, Bioquímica
Data: de 26-07-2021 a 30-07-2021 Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Dina Simes e Carla Viegas


Descrição: As doenças cardiovasculares como a angina de peito, o enfarte do miocárdio ou o acidente vascular cerebral são uma das principais causas de morte em Portugal e um dos maiores problemas de saúde pública no mundo inteiro. A calcificação vascular é considerada um processo dinâmico, muito interligado com o grau de inflamação vascular, sendo responsável pelo espessamento, endurecimento e entupimento dos vasos sanguíneos, contribuindo para o aparecimento de arteriosclerose e/ou aterosclerose.
Um dos nossos maiores desafios é perceber quais os fatores e respetivos mecanismos moleculares que promovem a calcificação vascular e como está interligada à inflamação. Este conhecimento irá levar á descoberta de melhores abordagens terapêuticas e de novos biomarcadores com capacidade de diagnóstico.
Os alunos irão contactar na prática com várias técnicas e metodologias utilizadas na área de investigação da Bioquímica e Biologia Celular e Molecular, como a quantificação de proteínas e a realização de imunoensaios (e.g. ELISA). Simultaneamente pretende-se estimular o espírito científico e critico dos alunos envolvendo-os na formulação de hipótese, desenho experimental e análise de resultados.

Observações: N/A

Este estágio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Dina Simes

Estágio já em curso / terminado