Listagem de Estágios

368. Identificação de espécies tropicais pelo seu código de barras genético


Instituição: Centro de Investigação em Agronomia, Alimentos, Ambiente e Paisagem (LEAF), Instituto Superior de Agronomia
Responsável: Dora Batista e Inês Diniz
Nº Alunos: 4 Anos: Área:
Data: de 30-08-2021 a 03-09-2021 Horário: Manhã
Investigador(es): Dora Batista e Maria Manuel Romeiras


Descrição: À semelhança do código de barras de um produto de supermercado, podemos utilizar sequências genéticas para identificar e distinguir espécies de qualquer organismo vivo. O DNA barcoding permite não só "catalogar" a biodiversidade mundial para um melhor conhecimento e conservação, mas também, por exemplo, identificar o agente patogénico de uma amostra infetada ou avaliar se um determinado alimento tem a origem que é descrita na embalagem. Transforma-te num detetive da ciência e vem investigar vários casos da aplicação do DNA barcoding em espécies tropicais de plantas e fungos, aplicando técnicas de biologia molecular como extração de DNA, amplificação por PCR, eletroforese dos produtos de PCR e sua purificação e sequenciação. Vais aprender também como se conservam os espécimens colhidos através de uma visita ao Herbário do Instituto Superior de Agronomia e como se consultam plataformas internacionais de disponibilização dos dados sobre biodiversidade.

1º Dia de Estágio

Local de encontro: Porta principal do Edifício Central do Instituto Superior de Agronomia Hora: 9:30:00 AM
Pessoa de contacto: Dora Batista

Estágio já em curso / terminado