SALL - Schools as Living Labs

Ao adoptar os princípios da metodologia dos laboratórios vivos (do inglês Living Lab), o projeto SALL apoia as escolas no desenvolvimento de projetos que as liguem à comunidade local, colaborando ativamente com diferentes parceiros para a resolução de problemas ligados aos sistemas alimentares, em todas as suas dimensões (produção, processamento, distribuição, consumo, gestão de resíduos, saúde, etc.). Através do envolvimento em projetos de cocriação que ligam a comunidade educativa a desafios e problemas do dia a dia, as escolas tornam-se agentes do bem-estar comunitário.

Junte a sua turma ao projeto SALL, enviando um email para sall@cienciaviva.pt

 

Projetos desenvolvidos pelas escolas portuguesas

Desafia-te pela sustentabilidade!

CED de Pina Manique - Casa Pia de Lisboa


O principal objetivo deste projeto foi reduzir o desperdício alimentar na cantina escolar, tanto antes como depois das refeições. Outros objetivos estão relacionados com a promoção de hábitos alimentares saudáveis e a redução de embalagens (com testagem de um dispensador e copos reutilizáveis), temas intimamente ligados à vivência dos alunos na escola.

Professores: Alexandra Catarina Santos, Inês Monge, Maria João Bento,Maria Lourenço, Maria João Simões, Margarida Zoccoli

Parceiros: Associação Educativa para o Desenvolvimento da Criatividade, Cultivating Futures, Gertal (Companhia Geral de Restaurantes e Alimentação), Junta de Freguesia de Belém, Maria Granel, Refood Belém.



Combate ao desperdício alimentar: refletir e agir

Escola Básica Pedro Jacques de Magalhães, Vila Franca de Xira


O principal objetivo deste projeto foi reduzir o desperdício alimentar na escola, a vários níveis: ajustar a quantidade de comida no prato, criar um ponto de take-away com a fruta não consumida durante as refeições, separar o lixo orgânico de outros resíduos e sensibilizar toda a comunidade escolar para o problema do desperdício de alimentos, através da criação de cartazes, vídeos e questionários.

Professores: Adelaide Ferreira; Alexandra Preto; Ana Ferreira; Catarina Correia; Elsa Simões; Isabel Raposo e Paula Couto

Parceiros: Junta de Freguesia de Alverca do Ribatejo e Sobralinho; Câmara Municipal de Vila Franca de Xira; Direção do Agrupamento de Escolas Pedro Jacques de Magalhães; Associação de Pais e Encarregados de Educação; Irmãs Vicentinas.



Horta Sacadura Cabral

Escola Básica 2,3 Sacadura Cabral, Celorico da Beira


O principal objetivo deste projeto foi construir uma horta biológica com função pedagógica e nutricional, de forma a contribuir para uma melhoria dos hábitos alimentares dos alunos e professores. A construção de um compostor foi outro dos objetivos, com vista a aproveitar os restos orgânicos gerados na cantina.

Professores: Delfim Ferreira, Fernanda Andrade, Rosa Machado

Parceiros: Câmara Municipal de Celorico da Beira, Direção da Escola, Programa Eco-Escolas, Produtores da região



Transição nutricional

Escola Básica Integrada Dr.º Anastácio Gonçalves, Alcanena


O principal objetivo deste projeto foi incentivar a comunidade escolar a adotar uma alimentação saudável, através da sensibilização para o consumo de alimentos frescos e locais, usando slogans para alimentação saudável, expondo pirâmides alimentares mediterrânicas e oferecendo alimentos frescos e locais à comunidade. Outro dos objetivos foi a produção de um livro digital, que compila trabalhos de pesquisa sobre a transição nutricional.

Professores: Vera Gorjão, Maria Graça Soares, Carla Rosa, Elisabete Luís, Maria Gabriela Capaz , Sandra Dias, Carla Martins

Parceiros: Agricultores locais, Intermaché, Câmara Municipal de Alcanena 


Livro digital

Sustentabilidade Alimentar

Escola Secundária Pedro Alexandrino, Odivelas


O principal objetivo deste projeto foi reduzir o desperdício alimentar na escola, promovendo a compostagem dos desperdícios orgânicos do refeitório e do bar, e a sua utilização na horta escolar.

Outro objetivo foi organizar ações de sensibilização sobre alimentação saudável e sustentável.

Professores: Isabel Calvo, Isabel Leão, José Carlos, José Morgado

Parceiros: Gabinete de Saúde da Câmara de Odivelas, UCC Saúde a Seu Lado

 

 



Projeto AA: Alimentação Aromática

Escola Secundária de Moimenta da Beira, Viseu


Com este projeto, pretendeu-se reduzir o consumo de sal nas refeições escolares, nomeadamente na cantina, substituindo-o por ervas aromáticas. Para tal, promoveu-se:

- A sensibilição da comunidade de Moimenta da Beira sobre a importância da substituição do sal por ervas aromáticas (através da elaboração de cartazes e livro com a divulgação das ervas aromáticas, da dinamização de uma feira de ervas aromáticas e da criação de uma mini-horta de ervas aromáticas);
- O aumento do conhecimento dos profissionais da cantina sobre ervas aromáticas e sua utilização (através de um workshop para as cozinheiras da cantina sobre ervas aromáticas).

Professores: Sandra Rodrigues Machado, Maria do Carmo Aires

Parceiros: Equipa Moimenta a Inovar, Liga Portuguesa Contra o Cancro (delegação Norte)



Brinquedos Científicos de Material Reutilizável

AE Professor Agostinho da Silva, Sintra


O principal objetivo deste projeto foi reutilizar as embalagens de alimentos para a execução de brinquedos científicos através da metodologia STEAM.

Parceiros: Associação de pais e encarregados de educação, Junta de Freguesia de Casal de Cambra e Projeto Inovar 3E– E8G



Óleo alimentar?? Já era!!

Escola Básica e Secundária Dr. João de Brito Camacho, Almodôvar


O principal objetivo deste projeto foi melhorar a gestão de resíduos alimentares escolares, nomeadamente dos óleos alimentares usados. O projeto promoveu a sensibilização dos alunos para o correto encaminhamento a dar aos óleos e aos recipientes de plástico do óleo, e a produção de velas aromáticas decorativas através do óleo alimentar usado.

Professores: Cidália Oliveira

Parceiros: Centro de recursos CRIE’A (Câmara Municipal de Almodôvar)



Eco-literacy - reciclagem ativa

Escola Básica e Secundária Lousada Norte, Lourosa


O principal objetivo deste projeto foi aumentar a consciência ecológica da comunidade escolar através de experiências, observações, jogos, arte e design. A atividade 'Jogue basquetebol e enceste os plásticos - Reciclagem Ativa' pretendeu combater o problema de excesso de plásticos no lixo comum. 

Professores: José Lobo

Parceiros: Projeto ETwinning 'Eco-literacy ', com escolas da Turquia, da Letónia da Roménia e da Jordânia



Pensar. Lanche...e não desperdiçar

Escola Básica e Secundária Henrique Sommer


O objetivo do projeto foi aumentar a variedade de alimentos disponíveis, consoante a necessidade, de forma a não haver desperdício alimentar, nomeadamente através do uso de produtos pré-fermentados.

Professores : Dina Isabel Vieira Bastos, Luciana Rosa da Silva Frade

Parceiros: Bar da escola, Fornecedor do pão da escola, Empresa Panidor



Uma horta no terraço

Escola Luís Madureira, Amadora


O principal objetivo deste projeto foi a criação e manutenção de uma horta biológica para produção de vegetais, ervas aromáticas e chás e plantação de flores melíferas, de forma a dinamizar a horta escolar. 

Parceiros: Direção da escola; Projeto Eco-Escolas;  Junta de freguesia de Alfragide e Câmara Municipal da da Amadora; Sr. Paulo (responsável pela manutenção dos espaços exteriores da SCMA); Horto; Lar de Santo António.

 

 



Refeições escolares

Escola Luís Madureira, Amadora


O principal objetivo deste projeto foi aumentar a variedade e sabor das refeições da escola, propondo novas ementas de forma a contribuir para uma alimentação mais saudável da comunidade escolar. 

Parceiros: Professor Nuno (responsável pelos serviços gerais); Direção da Escola; Nutricionista; Fornecedor de fruta – Grupo Jerónimo Martins e frutaria local; Cozinheiras

 



A influência do Bar da Escola na nossa alimentação

Escola Luís Madureira, Amadora


O principal objetivo deste projeto foi minimizar a quantidade de resíduos, promover lanches saudáveis e consumo de água, através da realização e uma campanha de sensibilização. 

Os parceiros: Direção da escola; Projeto Eco-Escolas; Nutricionista

 



OUR FOODPRINT

Escola Secundária de Rio tinto


O objetivo deste projeto foi sensibilizar para a mudança de hábitos alimentares e reduzir o desperdício alimentar, através da sensibilização para a pegada ecológica da alimentação através de posters e jogos educativos.

Professores: Anabela Sousa, Paula Gonçalves, Natália Ferreira

Parceiros : Parceiros da comunidade escolar e CCVnE



Planta uma escola

Escola Básica e Secundária da Bemposta


Este projeto teve com objetivo principal promover uma alimentação saudável e sustentável nos jovens, desesenvolvendo atividades na sala de aula e no exterior que incentivem os jovens a valorizar o consumo sustentável de frutas e legumes. Outro objetivo foi incentivar os jovens a terem interesse por carreiras na área da agricultura de precisão. 

Professores : Graça Delicado, Rui Ribeiro, Carla Lúcio, Ivone Rosa

Parceiros : Associação Mother Earth; Elaine Bain Family Trust (EBFT); Câmara Municipal de Portimão; Juntas de Freguesia Alvor e Portimão, Algar , EMARP e CFAE de Portimão e Monchique



Reabilitação de compostor: Uma vez compostor

Externato Cooperativo da Benedita


O principal objetivo deste projeto foi reaproveitar os resíduos alimentares provenientes da cantina e do bar da escola, restaurando o compostor da escola. 

Professores: Carla de Pacífico Dias, Elsa Costa

Parceiros: Jovens Repórteres do Ambiente


Publicação de fotorreportagem no JRA

Produção de Alimentos e Sustentabilidade

Externato Cooperativo da Benedita


Este projeto teve como objetivos aumentar o conhecimento relativo ao impacto da produção alimentar no planeta e sensibilizar para a problemática dos alimentos geneticamente modificados e sustentabilidade dos alimentos biológicos, através da elaboração de um vídeo infomativo. 

Professores: Carla de Pacífico Dias, Elsa Costa

Parceiros: Jovens Repórteres do Ambiente


Vídeo campanha: Alimentos OGM versus Alimentos Biológicos