Catarina Fonseca

EU SOU NEUROLOGISTA

"Dentro da neurologia, dedico-me à investigação da patologia cerebrovascular. Atualmente, em cerca de 30% dos casos, não é possível saber qual foi a causa de um acidente vascular cerebral isquémico, mesmo após a realização de uma investigação exaustiva. Estou a testar a hipótese de existirem causas não documentadas pelos exames padrão atualmente realizados, mas que podem ser detetadas por outros exames como, por exemplo, a imagem de ressonância magnética cardíaca."

 

 

 

 

Fotografia: Clara Azevedo




Exposição de fotografia Mulheres na Ciência

8 de Março de 2015 · Pavilhão do Conhecimento



Módulo digital