E se

os cidadãos europeus se mobilizarem para colocar o conhecimento e a aprendizagem no centro das suas aspirações?

E se

impulsionarem políticas para uma efectiva transição digital e verde que conduza ao futuro da Europa com mais ciência e cultura?

E se

nos mobilizarmos para garantir que a ciência e cultura científica estão no centro do debate?

VEJA EM DIRETO NO YOUTUBE

Dia 22-07-2021 | 18:00 - 19:30

Estimular novas ideias numa perspetiva multidisciplinar e multicultural insere-seno movimento humanista europeu, iniciado há cerca de 500 anos com Thomas More e liderado,entre outros, por Erasmus de Roterdão, Francisco de Holanda e Damião de Góis.

Retomando o mote utópico “e se...?” (ou seja, “What if...?”), esta série de diálogos públicos reúne jovens, nascidos depois da integração de Portugal na Europa, em diálogo com os que contribuíram para construir a Europa de hoje.

Nos diálogos serão ainda apresentados e discutidos os manifestos aprovados e as principais conclusões da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia na área da ciência, inovação e ensino superior.


de julho a novembro de 2021

Uma série de diálogos públicos entre gerações, em centros Ciência Viva no Porto, Coimbra, Bragança, Faro e Lisboa.

Para contribuir para a Conferência sobre o futuro da Europa  

Uma organização Ciência Viva, com o MCTES


Programa | Porto

Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva | 22 de julho, 18:00-19:30

 

Introdução | Rosalia Vargas, Presidente, Ciência Viva | Nuno Ferrand, Diretor científico, Galeria da Biodiversidade | António Sousa Pereira, Reitor da Universidade do Porto

Abertura | Manuel Heitor, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

________________

 

Moderação | Maria João Fonseca, Diretora da Galeria da Biodiversidade - Centro Ciência Viva

Intervenções | 3 mulheres jovens nascidas depois da integração de Portugal na Europa:

  • Daniela Bastos Silva, Escola Secundária de Esmoriz  
  • Francisca Martins, ICBAS e ESIR (Expert Group on the Economic and Societal Impact of Research and Innovation)
  • Verónica Gomes, IPATIMUP

Intervenções | 3 homens que contribuíram decisivamente para a integração de Portugal na Europa:

  • Artur Santos Silva, fundador e presidente do BPI (1981 a 2017); foi presidente do Conselho Geral da Universidade de Coimbra, e recentemente da Universidade do Porto; foi presidente da Fundação Calouste Gulbenkian (2012/2017); hoje é curador da Fundação la Caixa.
  • Luís Portela, médico e empresário, antigo presidente da empresa BIAL, antigo presidente do Conselho Geral da Universidade do Porto e fundador e presidente da Fundação BIAL;
  • Manuel Sobrinho Simões, médico patologista e cientista, fundador e director do IPATIMUPe co-fundador do Laboratório Associado I3S – Instituto em Investigação e Inovação na Saúdeda Universidade do Porto;

Fecho | Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros

  • Atribuição da medalha de mérito científico a Artur Santos Silva, Luís Portela e Manuel Sobrinho Simões.




 

Porto | Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva | 22 de julho, 18:00-19:30

Próximos eventos:

Bragança | Centro Ciência Viva | 30 de Julho, 11:00-12:30

Coimbra | Centro Ciência Viva

Faro | Centro Ciência Viva

Lisboa | Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva | 24 de novembro, 18:00-19:30