Listagem de Est√°gios

Bioquímica


379. A Qu√≠mica Org√Ęnica na vida do dia-a-dia


Instituição: Centro de Química da Madeira (CQM), Universidade da Madeira
Respons√°vel: Paula Castilho
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Qu√≠mica, F√≠sico-Qu√≠mica, Tecnologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Paula Castilho


Descri√ß√£o: As transforma√ß√Ķes que acontecem nas mol√©culas biol√≥gicas s√£o muito id√™nticas √†s que podemos realizar em laborat√≥rio. Neste est√°gio, vamos desenvolver e documentar algumas reac√ß√Ķes de mol√©culas pequenas que s√£o representativas das reac√ß√Ķes que acontecem nos processos vitais, usando material e equipamentos simples de uso corrente. Vamos:
- proceder à extracção de óleos essenciais de plantas através de técnicas de hidrodestilação e modificar selectivamente os componentes por forma poder identificá-los por métodos colorimétricos (mudanças de cor) ou por mudança de estado físico.
- usar testes qu√≠micos e t√©cnicas espectrosc√≥picas para identificar subst√Ęncias desconhecidas.
- produzir componentes de f√°rmacos e comparar com as subst√Ęncias isoladas a partir de f√°rmacos comerciais.
Os estagiários trabalharão em conjunto com estudantes do curso de Bioquímica

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Sala 0.57 do Campus Universit√°rio da Penteada Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: Helena Tom√°s

Est√°gio j√° em curso / terminado

416. Bact√©rias contra Fungos: avalia√ß√£o das atividades antif√ļngicas de extratos provenientes de bact√©rias marinhas


Instituição: Centro de Investigação e Tecnologias Agroambientais e Biológicas (CITAB), Universidade de Trás os Montes e Alto Douro
Respons√°vel: Ana Cristina Sampaio
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 9¬ļ, 10¬ļ, 11¬ļ √Ārea: Biologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 12-07-2021 a 16-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Ana Sampaio


Descri√ß√£o: Os participantes ser√£o integrados num projeto de investiga√ß√£o em curso que tem como objetivos a o isolamento e a obten√ß√£o de extratos de bact√©rias marinhas para estudar as suas atividades biol√≥gicas, entre elas a capacidade antif√ļngica. O trabalho consistir√° na testagem de v√°rios extratos bacterianos contra fungos (leveduras e bolores), usando v√°rias t√©cnicas de testagem da suscetibilidade. S√£o objetivos espec√≠ficos da atividade: (i) contacto com m√©todos de esteriliza√ß√£o (autoclavagem, filtra√ß√£o); (ii) prepara√ß√£o de meios de cultura (para cultivo dos fungos a testar e para os testes de suscetibilidade); (iii) inicia√ß√£o aos testes de suscetibilidade antimicrobiana (e.g. m√©todo de difus√£o em placa, concentra√ß√£o m√≠nima inibit√≥ria), e (iv) apresenta√ß√£o e an√°lise dos dados (utiliza√ß√£o de programas como o Excel); os resultados ser√£o tamb√©m discutidos e apresentados no final do trabalho.

Observa√ß√Ķes: Alunos com interesse particular nos microrganismos e na forma de os controlar

Este est√°gio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Entrado do pólo 1 do Ed. da ECVA (antigo Geociências) Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: Ana Sampaio

Est√°gio j√° em curso / terminado

420. BeeFilm - A aplicação da própolis em filmes comestíveis para conservar alimentos


Instituição: Centro de Investigação de Montanha (CIMO), Instituto Politécnico de Bragança
Respons√°vel: Soraia Falc√£o
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Qu√≠mica, F√≠sico-Qu√≠mica, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Soraia Falc√£o; Miguel Vilas Boas


Descri√ß√£o: Quando se fala em apicultura pensa-se logo no mel como produto por excel√™ncia obtido das abelhas, mas existem outros fant√°sticos produtos, como a pr√≥polis. Este produto da colmeia tem uma composi√ß√£o complexa, √© recolhida pelas abelhas mel√≠feras a partir de rebentos de plantas. Devido √†s suas propriedades biol√≥gicas e farmacol√≥gicas √© amplamente utilizada em medicina tradicional e cada vez mais procurada pela ind√ļstria cosm√©tica e pela ind√ļstria alimentar.
A aplicação de extratos naturais na preservação de alimentos tem recebido crescente atenção no design de filmes comestíveis ativos, como uma alternativa adequada para o controle de microrganismos. Neste estágio vais desenvolver filmes comestíveis de quitosano, isolado de lagostim-vermelho com incorporação de própolis, para aplicação na conservação de alimentos. Para isso vais fazer a extração de compostos fenólicos de uma amostra de própolis e fazer a sua caracterização por cromatografia; isolar e purificar o quitosano apartir dos lagostins-vermelhos; produzir os filmes comestíveis de quitosano incorporados com a própolis; avaliar a atividade biológica dos filmes. Candidata-te e vem conhecer este fascinante produto da colmeia.

Observa√ß√Ķes: Os alunos dever√£o trazer bata. Est√°gio com oferta de almo√ßo e possibilidade de alojamento para alunos candidatos selecionados e afastados do local de habita√ß√£o

Este est√°gio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Centro de Investigação de Montanha (CIMO) Hora: 9:30:00 AM
Pessoa de contacto: Soraia Falc√£o

Est√°gio j√° em curso / terminado

530. Como é que os vestígios de cosméticos libertados no oceanos têm impacto na vida marinha?


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Respons√°vel: Joao Carlos Cardoso
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 29-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Jo√£o Cardoso


Descri√ß√£o: As microalgas (fitopl√Ęncton) e os rot√≠feros (zoopl√Ęncton) s√£o organismos microsc√≥picos que vivem nos oceanos. S√£o a base de alimento da cadeia tr√≥fica e importantes indicadores de toxicidade do ambiente em que habitam. Neste est√°gio vamos observar culturas de microalgas e de rot√≠feros e tentar perceber qual o impacto que alguns compostos qu√≠micos, que existem em produtos de cosm√©tica que usamos no nosso dia-a-dia, t√™m nestes organismos.

Observa√ß√Ķes: n.a.

Este est√°gio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Jo√£o Cardoso

Est√°gio j√° em curso / terminado

440. Como morrem as nossas células?


Instituição: Faculdade de Farmácia, Universidade de Lisboa - Instituto de Investigação do Medicamento - iMed
Responsável: Cecília Rodrigues
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Qu√≠mica, Ci√™ncias da Sa√ļde, Tecnologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Cecília Rodrigues


Descrição: Parte das nossas células vai morrendo, ao longo da vida, porque a vida é impossível sem a morte... Algumas células morrem com o envelhecimento, mas outras morrem em qualquer idade e por motivos diferentes: na sequência de uma doença, por exposição a agentes tóxicos físicos, químicos ou biológicos, ou simplesmente porque deixaram de ser necessárias ou passaram a ser indesejáveis. Curiosamente, há células que resistem à morte, tornando a vida impossível...
Mas, como morrem as células? E o que as impede de morrer? Será possível reprogramar e reconduzir as células para a vida ou para a morte? Este estágio proporciona a integração dos alunos numa equipa de investigação, execução de experiências simples, visitas a laboratórios, sempre acompanhados por investigadores que procuram diariamente respostas para estas, e outras, perguntas.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Entrada da Faculdade de Farm√°cia, Universidade de Lisboa Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Adelaide Fernandes

Est√°gio j√° em curso / terminado

514. Como transferir genes para plantas "à boleia" do Agrobacterium tumefaciens


Instituição: Departamento de Genética e Biotecnologia, Universidade de Trás os Montes e Alto Douro (UTAD)
Respons√°vel: Ana L√ļcia Rebocho Lopes Pinto e Sintra
N¬ļ Alunos: 3 Anos: 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Agronomia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Ana L√ļcia Rebocho Lopes Pinto e Sintra


Descrição: Os jovens terão contacto com algumas técnicas utilizadas na engenharia genética de plantas. Estas envolverão a preparação dos meios de cultura, o crescimento de culturas recombinantes de Agrobacterium tumefaciens, a cocultura de folhas de tabaco com as agrobactérias e a observação da expressão do gene repórter transferido. Os jovens terão ainda contacto com os métodos de selecção de células geneticamente modificadas e de regeneração de plantas a partir de explantes submetidos a pressão selectiva.

Este est√°gio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Entrada principal do Pólo 1 da Escola das Ciências da Vida e do Ambiente Hora: 9:30:00 AM
Pessoa de contacto: Ana L√ļcia Pinto Sintra

Est√°gio j√° em curso / terminado

543. Compostagem de bagaço de azeitona


Instituição: Departamento de Ciências e Tecnologia da Biomassa Faculdade de Ciências e Tecnologia (MEtRICs), Universidade Nova de Lisboa
Responsável: Ana Luísa Fernando
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ, 9¬ļ √Ārea: Agronomia, Biologia, Bioqu√≠mica, Biotecnologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Ci√™ncias do ambiente, F√≠sico-Qu√≠mica, Ind√ļstria Alimentar, Qu√≠mica, Tecnologia
Data: de 12-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Ana Luisa Fernando


Descrição: O bagaço de azeitona e um sub-produto/resíduo obtido na produção de azeite e representa um problema ambiental devido à quantidade de compostos fenólicos e outros. A compostagem deste sub-produto in natura ou em mistura com outros sub-produtos pode resultar na sua valorização.
Neste est√°gio ter√°s oportunidade de analisar a composi√ß√£o do baga√ßo compostado. Nos diferentes produtos de compostagem que est√£o a ser produzidos ser√£o realizadas an√°lises ao pH, condutividade, carbono org√Ęnico, fen√≥is totais, azoto, f√≥sforo, nitratos, fosfatos, azoto amoniacal, entre outros, com o apoio de diferentes alunos de mestrado e doutoramento.
Todas as condi√ß√Ķes de seguran√ßa e de distanciamento est√£o asseguradas.
√Č oferecido o almo√ßo

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: lab 145, edificio departamental, FCT NOVA, Campus Caparica Hora: 10:15:00
Pessoa de contacto: Ana Luisa Fernando

Est√°gio j√° em curso / terminado

443. Conhecer de perto as células imunitárias do cérebro


Instituição: Faculdade de Farmácia, Universidade de Lisboa - Instituto de Investigação do Medicamento - iMed
Responsável: Instituto de Investigação do Medicamento - iMed.ULisboa, Faculdade de Farmácia, Universidade de Lisboa
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica, Neuroci√™ncias
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Adelaide Fernandes


Descrição: Que células nervosas existem no cérebro para além dos neurónios e como "conversam" entre si? Este estágio dá a conhecer as diferentes células nervosas, e foca-se nas células da microglia, as células com função imunológica do cérebro, e no seu papel nas doenças neurodegenerativas.

O estágio iniciar-se-á com uma interação entre os alunos dos diversos estágios onde serão divulgadas as atividades científicas.

Os alunos ir√£o contactar de perto com as c√©lulas do c√©rebro, e de como estas podem ser modelos de estudo nas doen√ßas neurodegenerativas onde a inflama√ß√£o tem um papel chave. Poder√£o observar a microglia numa caixa de cultura e como interage com as outras c√©lulas no tecido nervoso, perceber as altera√ß√Ķes da sua morfologia, como reage perante o dano e quais as vias de resposta e disfun√ß√£o, recorrendo nomeadamente √† microscopia de fluoresc√™ncia.

No final os alunos apresentarão e discutirão a informação recolhida numa sessão conjunta com colegas de outros estágios na Faculdade.

A participação neste estágio contribuirá para o enriquecimento do percurso formativo dos jovens, integrando diferentes domínios do conhecimento, nomeadamente as Ciências Farmacêuticas e o Medicamento.

Observa√ß√Ķes: Trazer bata

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Entrada da Faculdade de Farm√°cia, Universidade de Lisboa Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Adelaide Fernandes

Est√°gio j√° em curso / terminado

411. Controlar "gordura" para diminuir o risco de cancro?


Institui√ß√£o: Centro de Investiga√ß√£o em Ci√™ncias da Sa√ļde (CICS), Universidade da Beira Interior
Responsável: Sílvia Socorro
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 9¬ļ √Ārea: Biologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Sílvia Socorro


Descrição: O excesso de gordura corporal associado à obesidade é um problema que afeta adultos e jovens à escala global. Em 2030, 50% da população europeia poderá vir a sofrer de obesidade! Esta doença, classificada como uma pandemia no século XXI, aumenta o risco de doenças como a diabetes, hipertensão arterial, enfarte do miocárdio, etc. Mas sabias que a obesidade é também um fator de risco para o aparecimento de vários tipos de cancro?
Nesta atividade, os alunos ser√£o inclu√≠dos numa equipa de investiga√ß√£o e ir√£o colaborar em diversas abordagens experimentais que estudam: i) de que modo a obesidade contribui para o desenvolvimento do cancro; e ii) como a inibi√ß√£o da metaboliza√ß√£o de gorduras pode ser usada no tratamento do cancro. Ter√£o oportunidade de contactar com v√°rias t√©cnicas e metodologias de Biologia Celular e Molecular, tais como, microscopia de fluoresc√™ncia, cultura de c√©lulas, extra√ß√£o de √°cidos nucleicos, PCR, e dete√ß√£o e quantifica√ß√£o de prote√≠nas. Os alunos ser√£o ainda desafiados a colaborar em diversas atividades l√ļdico-pedag√≥gicas que visam alertar para a import√Ęncia de h√°bitos de alimenta√ß√£o saud√°vel (e.g. dieta mediterr√Ęnica) e a pr√°tica de exerc√≠cio f√≠sico.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Rece√ß√£o da Faculdade de Ci√™ncias da Sa√ļde da Universidade da Beira Interior Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Eduardo Cavaco

Est√°gio j√° em curso / terminado

478. Da pesquisa de georrecursos à sua caracterização e produção


Instituição: Geobiociências, Geoengenharias e Geotecnologias (GeoBioTec) - FCT NOVA
Respons√°vel: Carlos Galhano
N¬ļ Alunos: 8 Anos: 9¬ļ, 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Qu√≠mica, F√≠sico-Qu√≠mica, Matem√°tica, Geologia, Tecnologia, Agronomia, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Carlos Galhano


Descri√ß√£o: No √Ęmbito de investiga√ß√Ķes em curso e de atividades do Departamento de Ci√™ncias da Terra (FCT NOVA), prop√Ķe-se o acompanhamento de trabalhos relativos ao percurso que os georrecursos como as √°guas, os minerais ou as rochas seguem desde a fase inicial de avalia√ß√£o de uma √°rea potencial no terreno, passando pela fase de amostragem e ensaios de laborat√≥rio para caracterizar a sua qualidade, culminando na modela√ß√£o, respetiva explora√ß√£o e transforma√ß√£o. Assim, os estagi√°rios ir√£o acompanhar um levantamento de terreno com mapas, aprender a executar ensaios de laborat√≥rio, bem como procedimentos b√°sicos de interpreta√ß√£o e modela√ß√£o com recurso a ferramentas de tecnologias de informa√ß√£o e observar aspetos da extra√ß√£o desses materiais essenciais ao nosso desenvolvimento sustentado.

Observa√ß√Ķes: O est√°gio inclui o almo√ßo para todos os participantes bem como eventuais sa√≠das de campo.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Departamento de Ciências da Terra da FCT NOVA no Campus de Caparica Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: Carlos Galhano

Est√°gio j√° em curso / terminado

522. Doseamento de a√ß√ļcares totais em batidos ado√ßados com a√ß√ļcares de diferentes fontes


Instituição: Centro de Estudos de Doenças Crónicas da NOVA Medical School (CEDOC), Universidade Nova de Lisboa
Respons√°vel: ana.faria@nms.unl.pt
N¬ļ Alunos: 3 Anos: 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Bioqu√≠mica, Ci√™ncias da Sa√ļde, Qu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio:
Investigador(es): Ana Faria


Descri√ß√£o: _Os hidratos de carbono s√£o a classe de macromol√©culas mais abundantes na alimenta√ß√£o humana, e os maiores fornecedores de energia no nosso organismo. A subunidade mais b√°sica desta classe de macromol√©culas √© o monossacar√≠deo. A glicose, um monossacar√≠deo, √© o a√ß√ļcar metabolizado pelas nossas c√©lulas para a obten√ß√£o de energia. √Č reconhecido que o consumo excessivo de a√ß√ļcares, nomeadamente, glicose, frutose, sacarose e a√ß√ļcares mais complexos como o amido, podem levar doen√ßa metab√≥lica como a obesidade e a diabetes.
Os mono- e dissac√°ridos s√£o encontrados naturalmente nos alimentos e t√™m a capacidade de conferir propriedades ado√ßantes aos mesmos. Apesar de encontrarmos a√ß√ļcares em muitas classes de alimentos diferentes (lactic√≠nios, hortofrut√≠colas, cereais e derivados, etc), a sua unidade b√°sica √© semelhante.
Neste trabalho pretende-se executar uma receita de batidos de fruta, ado√ßados com a mesma quantidade de a√ß√ļcar de diferentes fontes: mel, a√ß√ļcar de coco, agave, a√ß√ļcar de cana. Ser√° feita a prova sensorial dos batidos e ser√° feita a determina√ß√£o laboratorial, por espectrofotometria, dos a√ß√ļcares totais presentes no batido._

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Sede da Nova Medical Shcool - Campo dos M√°rtires da P√°tria, n¬ļ 130 Hora: 09:30:00
Pessoa de contacto: Ana Faria

Est√°gio j√° em curso / terminado

521. Efeito do processamento alimentar no teor em vitamina C de espinafres


Instituição: Centro de Estudos de Doenças Crónicas da NOVA Medical School (CEDOC), Universidade Nova de Lisboa
Respons√°vel: ana.faria@nms.unl.pt
N¬ļ Alunos: 3 Anos: 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Bioqu√≠mica, Ci√™ncias da Sa√ļde, Qu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio:
Investigador(es): Ana Faria


Descri√ß√£o: O processamento alimentar tem um impacto profundo na qualidade nutricional dos alimentos, podendo este impacto ser ben√©fico ou prejudicial. Neste est√°gio propomos submeter espinafres a diferentes processamentos culin√°rios (cozer a vapor, cozer em imers√£o, esparregado...) e averiguar o impacto deste processamento no teor de vitamina C. O processamento culin√°rio pode modificar o teor nutricional dos alimentos, quer por lixivia√ß√£o, por oxida√ß√£o ou por participa√ß√£o em rea√ß√Ķes qu√≠micas. A vitamina C √© uma vitamina hidrossol√ļvel com um papel antioxidante importante nos alimentos, mantendo a sua estabilidade e evitando a sua degrada√ß√£o, bem como no organismo, como antioxidante end√≥geno. A vitamina C ser√° doseada por um m√©todo titulom√©trico que se baseia na sua capacidade antioxidante.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Edificio sede Nova medical School - Campo dos M√°rtires da P√°tria, n 130 Hora: 09:30:00
Pessoa de contacto: Ana Faria

Est√°gio j√° em curso / terminado

542. Estudo da recuperaçao motora na mosca da fruta, Drosophila melanogaster


Instituição: Centro de Estudos de Doenças Crónicas da NOVA Medical School (CEDOC), Universidade Nova de Lisboa
Respons√°vel: Cesar Mendes
N¬ļ Alunos: 1 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ, 9¬ļ √Ārea: Biologia, Bioqu√≠mica, Ci√™ncias da Sa√ļde
Data: de 02-08-2021 a 13-08-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Cesar Mendes


Descri√ß√£o: _O principal foco de interesse do nosso laborat√≥rio prende-se com a compreens√£o dos mecanismos, genes e circuitos que gerem a locomo√ß√£o coordenada, sob condi√ß√Ķes normais ou patol√≥gicas. Neste sentido recorremos √† mosca da fruta, Drosophila melanogaster, como modelo animal, que disp√Ķe de um vasto leque de ferramentas gen√©ticas, de forma a compreender em maior detalhe o funcionamento dos diferentes circuitos neuronais. Recorremos ainda a ferramentas sofisticadas que nos permitem obter quantifica√ß√Ķes de par√Ęmetros cinem√°ticos. Os sistemas motores e os genes que os definem s√£o evolutivamente conservados, contribuindo para a compreens√£o do controlo motor em organismos mais complexos, estabelecendo a base para o estudo de patologias humanas bem como reabilita√ß√£o les√£o ou doen√ßa.
Atualmente estamos a desenvolver um projeto na área da reabilitação motora que visa compreender os genes e mecanismos que governam a recuperação motora. O objetivo é estabelecer a drosophila como modelo genético para neurorehabilitação e recuperação após amputação, o que permitirá a identificação de novos genes e mecanismos de plasticidade motora.
_

Observa√ß√Ķes: N/A

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Rua C√Ęmara Pestana n¬ļ 6, 6-A Lisboa Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Cesar Mendes

Est√°gio j√° em curso / terminado

434. Estudo do eixo mitoc√īndria-inflama√ß√£o na Doen√ßa de Parkinson


Instituição: Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), Universidade de Coimbra
Respons√°vel: Ana Raquel Fernandes Esteves
N¬ļ Alunos: 1 Anos: 12¬ļ √Ārea: Biologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Ana Raquel Fernandes Esteves


Descri√ß√£o: A Doen√ßa de Parkinson afecta mais de 5 milh√Ķes de pessoas no mundo. Patologicamente caracteriza-se pela morte de neur√≥nios dopaminergicos na substantia migra e pela acumula√ß√£o de agregados proteicos denominados corpos de Lewy compostos maioritariamente pela prote√≠na alfa-sinucle√≠na. Ao n√≠vel da c√©lula, a Doen√ßa de Parkinson caracteriza-se por uma disfun√ß√£o mitoc√īndrial com d√©fice de ATP que poder√° levar √† activa√ß√£o da imunidade inata, aumentando a neuroinflama√ß√£o e culminado na morte dos neur√≥nios.
Neste est√°gio de ver√£o vamos avaliar se a exposi√ß√£o a um indutor cl√°ssico de inflama√ß√£o (LPS) desencadeia as marcas patol√≥gicas da Doen√ßa de Parkinson. Para tal vamos utilizar um modelo celular de microglia e culturas prim√°rias de ratinho tratadas com LPS. Ap√≥s a exposi√ß√£o ao LPS vamos avaliar os seguintes par√Ęmetros:
- os níveis de várias proteínas marcadoras da doença como a alfa-sinucleína pela técnica Western Blotting;
- os níveis de citocinas pro-inflamatórias por Kits de Elisa por espectrofotometria;
- função mitocondrial através da medição do potencial de membrana por fluorimetria, assim como a morfologia mitocondrial por imunocitoquímica.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Est√°tua de Dom Dinis Polo 1 da Universidade de Coimbra Coimbra Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Marta Quatorze Correia

Est√°gio j√° em curso / terminado

436. Hipotálamo: o ninja do cérebro contra-ataca o envelhecimento


Instituição: Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), Universidade de Coimbra
Responsável: Célia Alexandra Aveleira
N¬ļ Alunos: 1 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Célia Aveleira


Descri√ß√£o: O envelhecimento √© um processo complexo, caracterizado pela perda progressiva de fun√ß√Ķes fisiol√≥gicas, e √© considerado como o principal fator de risco para v√°rias patologias, como diabetes, cancro, dist√ļrbios do sono e doen√ßas cardiovasculares e neurodegenerativas.
Evid√™ncias recentes mostram que o hipot√°lamo, uma regi√£o cerebral, tem um papel determinante no processo de envelhecimento. O hipot√°lamo, atrav√©s de neur√≥nios que detetam e integram sinais perif√©ricos e centrais, coordena fun√ß√Ķes vitais como desenvolvimento, reprodu√ß√£o, ritmo circadiano, sono, metabolismo e fun√ß√£o end√≥crina. Assim, o decl√≠nio na fun√ß√£o destes neur√≥nios induzido pelo envelhecimento pode afetar muitas fun√ß√Ķes fisiol√≥gicas. Neste sentido, o nosso grupo de investiga√ß√£o em Neuroendocrinologia e Envelhecimento est√° focado em entender os mecanismos moleculares subjacentes ao envelhecimento e como o hipot√°lamo regula o envelhecimento com o objetivo final de encontrar novos biomarcadores e alvos terap√™uticos para promover o envelhecimento "saud√°vel". Para este fim, usamos modelos experimentais in vitro e in vivo de envelhecimento humano e uma combina√ß√£o de t√©cnicas moleculares, celulares e bioinform√°ticas.

Observa√ß√Ķes: Este est√°gio vai ser realizado em colabora√ß√£o com a Prof. Cl√°udia Cavadas e Doutora Ana Rita √Ālvaro.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Est√°tua de Dom Dinis Polo 1 da Universidade de Coimbra Coimbra Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Marta Quatorze Correia

Est√°gio j√° em curso / terminado

506. Insetos e outros bichos! Conhecer e preservar em cole√ß√Ķes cient√≠ficas!


Institui√ß√£o: Sa√ļde Global e Medicina Tropical (GHTM), Universidade Nova de Lisboa
Respons√°vel: Luis Filipe Lopes
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Agronomia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Luis Filipe Lopes


Descri√ß√£o: As cole√ß√Ķes cient√≠ficas de insetos e outros grupos, s√£o uma importante infraestrutura para o estudo de diversas quest√Ķes relacionadas com a biodiversidade e a sa√ļde, no caso em que os esp√©cimes preservados t√™m implica√ß√£o na transmiss√£o de doen√ßas.

Neste est√°gio os alunos ir√£o trabalhar com cole√ß√Ķes cient√≠ficas de import√Ęncia m√©dica, participando nas a√ß√Ķes de desenvolvimento e gest√£o destas cole√ß√Ķes (biobanco, entomoteca e colec√ß√£o de malacologia).

Estas a√ß√Ķes incluem atividades de colheita e prepara√ß√£o de esp√©cimes, assim como a sua preserva√ß√£o, identifica√ß√£o, cataloga√ß√£o e digitaliza√ß√£o.

Tarefas específicas

- Colheita de exemplares de insetos com armadilhas entomológicas

- Manutenção de mosquitos em colónia

- Preparação de insetos para preservar em coleção biológica

- Catalogação dos dados associados aos exemplares

- Digitalização de espécimes através de fotografia e microfotografia

- Introdução à identificação taxonómica

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Portaria do Instituto de Higiene Medicina Tropical - Rua da Junqueira 100, Lisboa Hora: 9:30:00 AM
Pessoa de contacto: Luis Filipe Lopes

Est√°gio j√° em curso / terminado

377. Introdução ao Cálculo Científico e Modelação Molecular


Instituição: Centro de Química da Madeira (CQM), Universidade da Madeira
Respons√°vel: Pedro Pires
N¬ļ Alunos: 3 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Qu√≠mica, F√≠sico-Qu√≠mica, Bioqu√≠mica, Nanoqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Pedro Pires


Descrição: Este estágio tem por objetivo principal, desenvolver conhecimentos e competências básicas nas áreas do Cálculo Científico e da Modelação Molecular, numa duração aproximada de 24 horas. Nas primeiras 12 horas, os participantes aprenderão a utilizar a folha de cálculo (ex: Excel ou similar) para: realizar cálculos em Química e Física; aprender métodos numéricos para resolução de problemas. Na segunda metade do estágio, utilizarão software específico para modelar e visualizar moléculas simples e proteínas. O estágio não requer conhecimentos prévios de programação, mas os estudantes deverão trazer um computador portátil, com o sistema operativo Windows, onde possam instalar o software.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Universidade da Madeira, Edifício da Penteada, Piso 0, Sala 0.57 Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: Helena Tom√°s

Est√°gio j√° em curso / terminado

437. Laboratório Fora da Caixa


Instituição: Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), Universidade de Coimbra
Respons√°vel: Sara Amaral
N¬ļ Alunos: 1 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica, Comunica√ß√£o de Ci√™ncia
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Sara Amaral


Descri√ß√£o: Um dos maiores desafios da investiga√ß√£o contempor√Ęnea √© desenvolver ferramentas inovadoras de comunica√ß√£o de ci√™ncia e envolvimento da sociedade. Desta forma, a comunica√ß√£o de ci√™ncia assume um papel essencial nos centros de investiga√ß√£o modernos e din√Ęmicos. A comunica√ß√£o de ci√™ncia permite-nos disseminar a ci√™ncia que √© feita nos laborat√≥rios e inspirar a sociedade. Neste est√°gio pretendemos promover a aprendizagem na √°rea da comunica√ß√£o de ci√™ncia em v√°rios dom√≠nios: produ√ß√£o audiovisual, gest√£o de redes sociais e desenvolvimento de atividades de ensino informal de ci√™ncia. Neste est√°gio iremos dar forma√ß√£o em diversas √°reas da comunica√ß√£o de ci√™ncia e promover a intera√ß√£o do aluno com investigadores de diversas √°reas de investiga√ß√£o do CNC. Queremos que seja um laborat√≥rio de aprendizagem, experimenta√ß√£o e criatividade.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Est√°tua de Dom Dinis Polo 1 da Universidade de Coimbra Coimbra Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Marta Quatorze Correia

Est√°gio j√° em curso / terminado

391. O fantástico Mundo da proteína fluorescente verde!


Instituição: Centro de Estudos de Engenharia Química (CEEQ), Instituto Superior de Engenharia de Lisboa
Respons√°vel: Magda Semedo
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 10¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica, Biotecnologia
Data: de 12-07-2021 a 16-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Magda Semedo/Sónia Martins


Descri√ß√£o: As prote√≠nas fluorescentes verdes t√™m fascinantes aplica√ß√Ķes na Medicina, na Biologia Celular e na Biotecnologia. Estas prote√≠nas podem ser utilizadas para iluminar outras prote√≠nas, pelo que t√™m sido utilizadas pelos cientistas como marcadores fluorescentes em c√©lulas vivas e em organismos.
O presente trabalho tem como objectivo a inserção numa estirpe de Escherichia coli do gene que codifica para a proteína fluorescente verde, isolado da medusa bioluminescente Aequorea victoria. Para o efeito, as células bacterianas são previamente preparadas para que possam incorporar DNA exógeno. Essas células, designadas por células competentes são transformadas com o vector de clonagem de genes, o plasmídeo pGLO. Após a transformação, a bactéria expressa o gene adquirido e produz a proteína fluorescente verde, que lhe confere a cor verde brilhante sob luz ultravioleta, característica das medusas. A Escherichia coli transformada é posteriormente inoculada em meio líquido e após o crescimento da cultura, as células são recolhidas e o plasmídeo pGLO isolado.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: √Ātrio Principal Hora: 9:30:00 AM
Pessoa de contacto: Magda Semedo

Est√°gio j√° em curso / terminado

433. O metabolismo e a sa√ļde


Instituição: Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), Universidade de Coimbra
Respons√°vel: Eugenia Carvalho
N¬ļ Alunos: 1 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Eugenia Carvalho


Descri√ß√£o: Durante o estagio no nosso laborat√≥rio o aluno ou a aluna vai entender a import√Ęncia e a contribui√ß√£o da obesidade, do excesso de peso ao longo da vida, na saude das pessoas. Vai poder ver, assistir a alguns ensaios de laborat√≥rio e aprender a apresentar trabalhos cient√≠ficos. Caso haja recolhas de bi√≥psias humanas no hospital, poder√° haver a possibilidade de este se deslocar com os colegas a participar nessas colheitas. O mesmo acontece se houver alguma experi√™ncia com animais a decorrer no laborat√≥rio nessa data. Vai tamb√©m poder preparar e fazer uma apresenta√ß√£o sobre um tema a escolher.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Est√°tua de Dom Dinis Polo 1 da Universidade de Coimbra Coimbra Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Marta Quatorze

Est√°gio j√° em curso / terminado

458. O papel da saliva nas escolhas alimentares


Institui√ß√£o: Instituto Mediterr√Ęneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento (MED) Universidade de √Čvora
Respons√°vel: Elsa Lamy
N¬ļ Alunos: 4 Anos: 9¬ļ, 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Qu√≠mica, Agronomia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 12-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Elsa Lamy


Descri√ß√£o: O estudo da saliva tem vindo a crescer de interesse, quer para pesquisa de biomarcadores de doen√ßas, em alternativa ao sangue, quer para avalia√ß√£o de stress e bem-estar, quer ainda no contexto do comportamento alimentar. De facto, este fluido tem a particularidade de estar em contacto com as estruturas orais e com os alimentos, podendo assim interferir na forma como os mesmos s√£o percebidos. Todos n√≥s temos diferen√ßas, em termos de composi√ß√£o da saliva que temos, para al√©m de, em cada um de n√≥s, essa composi√ß√£o variar com muitos fatores. Assim, essas varia√ß√Ķes poder√£o ajudar a explicar porque n√£o temos todos as mesmas prefer√™ncias alimentares.

Neste estágio vais ter a possibilidade de conhecer melhor a biologia da cavidade oral e a forma como a mesma influencia as escolhas alimentares. Para além disso, vais poder aprender diversas técnicas laboratoriais.
Propomos-te duas semanas com testes de avaliação sensorial, diferentes técnicas laboratoriais, observação de estruturas orais ao microscópio e onde aprenderás mais sobre saliva.
No contexto atual, de pandemia, trabalhar com saliva pode ser um desafio. Mas n√£o tenhas medo, garantimos todas as condi√ß√Ķes de seguran√ßa.

Observa√ß√Ķes: Necess√°rio o uso de bata

Este est√°gio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Colégio do Espirito Santo - Evora Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: Elsa Lamy

Est√°gio j√° em curso / terminado

482. O que é que as moscas da fruta nos podem ensinar sobre o aquecimento global?


Institui√ß√£o: Centro de Ecologia, Evolu√ß√£o e Altera√ß√Ķes Ambientais, Universidade de Lisboa
Respons√°vel: Marta Santos
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 26-07-2021 a 30-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Marta Santos


Descri√ß√£o: O impacto do aquecimento global na biodiversidade √© grande problema da actualidade, sendo essencial prever os seus efeitos para definir de estrat√©gias de conserva√ß√£o adequadas. No nosso laborat√≥rio, estamos a tentar perceber se os animais se conseguem adaptar com a rapidez necess√°ria, de modo a resistir √†s mudan√ßas ambientais. Para tal, analisamos as altera√ß√Ķes evolutivas de popula√ß√Ķes num cen√°rio de aquecimento global, recorrendo √† evolu√ß√£o experimental - evolu√ß√£o em tempo real, sob condi√ß√Ķes laboratoriais controladas. O nosso modelo de estudo √© a Drosophila subobscura, uma esp√©cie de mosca da fruta. Os estudantes ir√£o participar num ensaio de toler√Ęncia t√©rmica - o limite m√°ximo de temperatura a que as moscas conseguem viver. A experi√™ncia passa por colocar as moscas individualmente em tubos, mont√°-los numa grade que, depois, √© imersa numa tina de √°gua com a temperatura de teste. A experi√™ncia termina quando todas as moscas tiverem atingido o seu limite fisiol√≥gico. Vamos estudar 18 popula√ß√Ķes de que foram sujeitas a regimes de selec√ß√£o t√©rmica diferentes e com hist√≥rias evolutivas diferentes, testando o efeito da adapta√ß√£o e da hist√≥ria biogeogr√°fica na toler√Ęncia ao calor.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, Edifício C2, Piso 1, Lab 2.1.30 Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: Marta Santos

Est√°gio j√° em curso / terminado

369. Produção de embalagens biodegradáveis para produtos alimentares


Instituição: Centro de Investigação em Agronomia, Alimentos, Ambiente e Paisagem (LEAF), Instituto Superior de Agronomia
Respons√°vel: Vitor Manuel Delgado Alves
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Bioqu√≠mica, Ind√ļstria Alimentar, Qu√≠mica, Tecnologia
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Vitor Manuel Delgado Alves


Descrição: O estágio é constituído pelas seguintes etapas:
1 - Introdução acerca dos materiais biodegradáveis utilizados para a produção de embalagens para alimentos, entre os quais se encontram os biopolímeros
2 - Produção das embalagens
3 - Aplicação das embalagens para embalar produtos alimentares
4 - Utilização de materiais que permitem produzir embalagens comestíveis (de fácil reprodução a nível doméstico)

Observa√ß√Ķes: N/A

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Instituto Supeior de Agronomia, Edifício Ferreira Lapa, Gabinete 1.3 Hora: 9:30:00 AM
Pessoa de contacto: Prof. Vítor Alves

Est√°gio j√° em curso / terminado

533. Qual a rela√ß√£o entre a calcifica√ß√£o e a inflama√ß√£o nos nossos vasos sangu√≠neos e como isto pode afetar a nossa sa√ļde?


Instituição: Centro de Ciências do Mar do Algarve (CCMAR), Universidade do Algarve
Respons√°vel: Dina Simes
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Bioqu√≠mica
Data: de 26-07-2021 a 30-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Dina Simes e Carla Viegas


Descri√ß√£o: As doen√ßas cardiovasculares como a angina de peito, o enfarte do mioc√°rdio ou o acidente vascular cerebral s√£o uma das principais causas de morte em Portugal e um dos maiores problemas de sa√ļde p√ļblica no mundo inteiro. A calcifica√ß√£o vascular √© considerada um processo din√Ęmico, muito interligado com o grau de inflama√ß√£o vascular, sendo respons√°vel pelo espessamento, endurecimento e entupimento dos vasos sangu√≠neos, contribuindo para o aparecimento de arteriosclerose e/ou aterosclerose.
Um dos nossos maiores desafios é perceber quais os fatores e respetivos mecanismos moleculares que promovem a calcificação vascular e como está interligada à inflamação. Este conhecimento irá levar á descoberta de melhores abordagens terapêuticas e de novos biomarcadores com capacidade de diagnóstico.
Os alunos irão contactar na prática com várias técnicas e metodologias utilizadas na área de investigação da Bioquímica e Biologia Celular e Molecular, como a quantificação de proteínas e a realização de imunoensaios (e.g. ELISA). Simultaneamente pretende-se estimular o espírito científico e critico dos alunos envolvendo-os na formulação de hipótese, desenho experimental e análise de resultados.

Observa√ß√Ķes: N/A

Este est√°gio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Frente ao edf. 7 - campus de Gambelas da UAlg Hora: 10:00:00
Pessoa de contacto: Dina Simes

Est√°gio j√° em curso / terminado

472. Qu√≠mica e Sa√ļde: a descoberta de candidatos a novos antibi√≥ticos para aplica√ß√£o em t√™xteis inteligentes!


Instituição: Centro de Química (CQUM), Universidade Minho
Respons√°vel: Alice Maria Esteves Dias
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Qu√≠mica, F√≠sico-Qu√≠mica, Bioqu√≠mica
Data: de 12-07-2021 a 16-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Alice Maria Esteves Dias


Descri√ß√£o: Na sociedade atual, a √°rea da Sa√ļde tem sido quase exclusivamente associada √† Medicina e o contributo da Qu√≠mica tem sido praticamente ignorado por todos. No entanto, o sucesso dos M√©dicos no tratamento das doen√ßas depende estritamente dos medicamentos e estes s√£o, na verdade, desenvolvidos e produzidos por Qu√≠micos, uma vez que s√≥ os Qu√≠micos sabem preparar as mol√©culas necess√°rias para o desenvolvimento de um novo medicamento.
Nas √ļltimas duas d√©cadas, o problema das infe√ß√Ķes provocadas por microorganismos patog√©nicos est√° a converter-se de novo numa das prioridades da comunidade cient√≠fica, devido incid√™ncia das infe√ß√Ķes sist√©micas e ao cont√≠nuo aparecimento de estirpes multi-resistentes √† terap√™utica dispon√≠vel.
No nosso grupo de investiga√ß√£o, est√£o a ser desenvolvidas mol√©culas inovadoras como candidatos a novos antibi√≥ticos para aplica√ß√£o em t√™xteis inteligentes a serem utilizados na √°rea biom√©dica, uma vez que demonstraram uma potente atividade antimicrobiana em agentes patog√©nicos com relev√Ęncia cl√≠nica . Neste √Ęmbito, o aluno vai participar na s√≠ntese e caracteriza√ß√£o de mol√©culas para avalia√ß√£o da atividade antimicrobiana.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Escola de Ciências, Departamento de Química Hora: 9:15:00 AM
Pessoa de contacto: Prof. Alice Dias

Est√°gio j√° em curso / terminado

461. Químicos Medicinais no combate ao cancro


Instituição: Faculdade de Farmácia, Universidade de Lisboa - Instituto de Investigação do Medicamento - iMed
Respons√°vel: Maria M. M. Santos
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 12¬ļ √Ārea: Qu√≠mica, F√≠sico-Qu√≠mica, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Ana Paula Francisco e Maria M. M. Santos


Descri√ß√£o: O(A) aluno(a) ser√° integrado numa equipa de investiga√ß√£o de qu√≠mica medicinal que sintetiza compostos para inibi√ß√£o de enzimas, e compostos para inibi√ß√£o de intera√ß√Ķes prote√≠na-prote√≠na, para potencial aplica√ß√£o terap√™utica na √°rea de oncologia. Durante o est√°gio o(a) aluno(a) ir√° acompanhar e participar na s√≠ntese de novas mol√©culas com interesse terap√™utico para o cancro. Os compostos a serem sintetizados ir√£o ser purificados utilizando t√©cnicas de cromatografia e de recristaliza√ß√£o. A identifica√ß√£o e caracteriza√ß√£o dos compostos ser√° feita atrav√©s de t√©cnicas espectrosc√≥picas de Infravermelho (IV), Resson√Ęncia Magn√©tica Nuclear (RMN) e medi√ß√£o do ponto de fus√£o. Tamb√©m ir√° acompanhar ensaios de estudos de estabilidade de potenciais futuros f√°rmacos por ulta-violeta (UV) e cromatografia l√≠quida de alta resolu√ß√£o (HPLC). No final do est√°gio o(a) aluno(a) ir√° apresentar e discutir os resultados alcan√ßados, recorrendo a aplica√ß√Ķes multim√©dia.

Observa√ß√Ķes: Os alunos devem trazer bata e um caderno para registar as experi√™ncias realizadas.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Entrada da Faculdade de Farm√°cia, Universidade de Lisboa Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Adelaide Fernandes

Est√°gio j√° em curso / terminado

517. Tecnologia alimentar - desenvolver novos produtos e prepara-los para o mercado


Instituição: Programa Cultivar - Centro de Ecologia Funcional (CFE) & Centro de Apoio Tecnológico Agro Alimentar de Castelo Branco (CATAA))
Respons√°vel: Christophe Espirito Santo
N¬ļ Alunos: 4 Anos: 12¬ļ √Ārea: Biologia, Qu√≠mica, F√≠sico-Qu√≠mica, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 12-07-2021 a 16-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Christophe Espirito Santo


Descrição: Vem ter uma visão geral do processo de apoio ao sector agroalimentar. Este estágio promete ser bastante completo. Vais passar pelo desenvolvimento de novos produtos e conservação (Unidades Piloto (UP)) e pelos laboratórios de Físico-Química (LFQ), Biologia Molecular (BM), Analise Sensorial (AS) e Microbiologia (LM):
Dia 1
UP: Os alunos serão consciencializados sobre o processo de desidratação, como uma técnica de conservação e que reduz o desperdício alimentar e apoiar no desenvolvimento de novos produtos. Neste trabalho será desenvolvido um produto desidratado
Dia 2
BM: este laborat√≥rio √© munido de uma t√©cnica de sequencia√ß√£o massiva de nova gera√ß√£o, ir√£o conhecer o processo e como √© aplicado na ind√ļstria alimentar
AS: os produtos previamente desenvolvidos (desidratados) ser√£o avaliados para perceberem como funciona uma an√°lise sensorial
Dia 3
UP: compreender a tecnologia inovadora de conservação por atmosfera controlada e frio; LFQ: aprender as analises de avaliação da qualidade da cereja ao longo da conservação
Dia 4
UP: A esferificação permite criar um caviar de qualquer líquido. Terão uma nova perspetiva sobre a apresentação dos alimentos
Dia 5
LM: conhecer todo o sistema de trabalho de um laboratório de Microbiologia alimentar

Este est√°gio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Centro de Apoio Tecnológico Agro Alimentar (CATAA) Hora: 10:30:00 AM
Pessoa de contacto: Christophe Espírito Santo

Est√°gio j√° em curso / terminado

467. Vem descobrir as Ciências da Vida


Instituição: Unidade de Ciências Biomoleculares Aplicadas (UCIBIO), Universidade Nova de Lisboa
Respons√°vel: Paula Videira
N¬ļ Alunos: 2 Anos: 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Paula Alexandra Quintela Videira


Descrição: As Ciências da Vida integram a Microbiologia, Genética, Biotecnologia, Nanobiotecnologia, Biologia Celular, Imunologia,
Durante este estágio, os alunos realizarão diversas experiências para investigar:
i) a patogenicidade e diversidade de microrganismos
ii) a organização sub-celular de uma célula
iii) a capacidade das bactérias em produzir estruturas multicelulares
iv) a diversidade e percurso evolutivo das leveduras e a relev√Ęncia do estudo da sua ecologia e fisiologia
v) a capacidade de resposta do nosso sistema imunol√≥gico como mecanismo de defesa contra patog√©nios e perceber a relev√Ęncia dos leuc√≥citos
vii) o desenvolvimento de cancro e a import√Ęncia do desenvolvimento de novas terapias.

Os alunos aprender√£o a (1) manusear culturas de microrganismos e de c√©lulas humanas, (2) a analisar amostras humanas em contexto fisiol√≥gico e de doen√ßa como a infe√ß√£o e o cancro e (3) a trabalhar com t√©cnicas de an√°lise normalmente usadas no trabalho de rotina de um laborat√≥rio de Microbiologia, Biologia Molecular e Gen√©tica, (4) conhecer a import√Ęncia e o funcionamento da Colec√ß√£o Portuguesa de Leveduras (PYCC) localizada no Departamento de Ci√™ncias da Vida.

Este est√°gio disponibiliza alojamento para alunos deslocados

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Departamento de Ciencias da Vida, NOVA School of Science and Technology Hora: 10:00:00 AM
Pessoa de contacto: Paula Videira

Est√°gio j√° em curso / terminado

435. Viagem ao mundo das avarias na f√°brica de energia


Instituição: Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), Universidade de Coimbra
Respons√°vel: Manuela Grazina
N¬ļ Alunos: 1 Anos: 10¬ļ, 11¬ļ, 12¬ļ √Ārea: Biologia, Ci√™ncias da Sa√ļde, Bioqu√≠mica
Data: de 19-07-2021 a 23-07-2021 Hor√°rio: Manh√£ + Tarde
Investigador(es): Manuela Grazina


Descri√ß√£o: Este est√°gio inclui o contacto com tecnologias usadas em diagn√≥stico e investiga√ß√£o biom√©dica das citopatias mitocondriais (avarias na f√°brica de energia), utilizadas habitualmente no Laborat√≥rio de BioMedicina Mitocondrial e Teran√≥stica (LBioMiT), sendo poss√≠vel contactar com a realidade profissional de uma equipa multidisciplinar cuja a√ß√£o tem como objetivo a dete√ß√£o de causas de doen√ßa e a investiga√ß√£o de mecanismos biomoleculares associados a altera√ß√Ķes gen√©ticas.

Este estágio disponibiliza almoços

1¬ļ Dia de Est√°gio

Local de encontro: Est√°tua de Dom Dinis Polo 1 da Universidade de Coimbra Coimbra Hora: 9:00:00 AM
Pessoa de contacto: Marta Quatorze Correia

Est√°gio j√° em curso / terminado