Recursos

Peixes nativos... quantos queres?!

Projeto Peixes Nativos



Nível de ensino

1.º Ano | 2.º Ano | 12.º Ano | 3.º Ano | 4.º Ano | Pré-escolar | 5.º Ano | 6.º Ano | 7.º Ano | 8.º Ano | 9.º Ano | 10.º Ano | 11.º Ano | Ensino à distância

Área disciplinar

Ciências Naturais | Estudo do Meio | Biologia | Biologia e Geologia

Área temática

Biologia | Ambiente

Palavras-chave

agua doce | conservacao | educacao ambiental | especie ameacada | especies autoctones | habitat | ictiofauna | peixes nativos | rio | zonas ribeirinhas

Tipologia

Jogo didático

Ao preservar os rios e os seus habitats não se está apenas a contribuir para a conservação da ictiofauna nativa: preservar os rios resulta em melhorias paisagísticas evidentes e substânciais benefícios para a economia, saúde e bem-estar das populações ribeirinhas.
Lançado em novembro de 2017, o principal objetivo do projeto Peixes Nativos é monitorizar anualmente, na época de seca estival, espécies ameaçadas de peixes de água doce autóctones em rios intermitentes do centro do país.
Com esta versão da conhecida brincadeira popular, é possível sensibilizar os mais novos para o envolvimento em ações de monitorização das zonas ribeirinhas, apresentando diferentes espécies de peixes nativos de água doce e dando-lhes a conhecer as suas principais características. É possível aprender brincando e este "quantos queres" contribui assim para a educação ambiental de todos!


O projeto Peixes Nativos resulta de uma parceria entre o ISPA - Instituto Universitário e a Águas do Tejo Atlântico, S.A..