Acesso à água: gerir a mudança

Banner

 

Acesso à água: gerir a mudança

3 de Abril, 18.00, Assembleia da República


A água, meio e agente de processos biológicos fundamentais, é essencial para a vida. Mais, a água é essencial para a vida com qualidade: para higiene e saneamento, para desenvolvimento económico, para lazer e cultura. Mas o acesso a água está longe de ser um dado adquirido, devido às alterações climáticas, à degradação do ambiente, a conflitos locais e internacionais, ao sobreconsumo e à má gestão.  

Um debate sobre este bem comum é necessariamente alargado: no âmbito disciplinar, para dar conta do ciclo que liga a terra e atmosfera, a biosfera e as sociedades; e no seu alcance, pensando nos princípios de precaução e responsabilidade para com o planeta e gerações futuras.

Implica reflectir sobre direitos de acesso e a distribuição equitativa de água limpa entre indivíduos, grupos, regiões ou mesmo países. Enfim, implica reflectir sobre participação, deliberação democrática e transparência governativa.

 

Participantes (+


Documentos e Websites 

Objectivos do desenvolvimento sustentável: garantir a disponibilidade e gestão sustentável da água potável e do saneamento para todos

Acesso à água – implicações éticas de um direito fundamental (CNECV | Colecção Bioética Questões Contemporâneas)

Água em Portugal (Conselho Nacional da Água)

Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos

História das políticas públicas de abastecimento e saneamento de águas em Portugal (João Howel Pato | Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos e ICS-IUL)

Estudo sobre comportamentos face à água (Águas de Portugal)

Participação na gestão da água em Portugal: reflexões sobre o espaço, o tempo e as formas de participação 
(Sofia Bento e Oriana Brás |  Recursos Hídricos: Journal of Water Resources)

 

Imprensa

"A água que hoje temos disponível no planeta é a mesma que tínhamos no tempo dos dinossauros" (Visão, 5/8/2018)

  

 

Voltar

Rodapé