Login

[ Imprimir ]
A Ciência e o Espaço

Quer ser astronauta?
Diario IOL, 13-05-2008

Agência Espacial Europeia vem a Portugal procurar candidatos

A Agência Espacial Europeia (ESA) procura pela primeira vez candidatos a astronautas em Portugal e realiza quinta-feira em Lisboa uma sessão de promoção desse recrutamento que contará com a presença de um astronauta alemão, escreve a Lusa.

Desconhece-se para já se há portugueses interessados em viajar pelo espaço e pisar outros planetas, mas prevê-se que as candidaturas comecem a surgir a partir dessa sessão de informação, no Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva, disse esta terça-feira à Agência Lusa Mário Amaral, da representação da ESA em Portugal.

Além do astronauta Ernst Messerschmid, do Centro Europeu de Astronautas (EAC), estarão presentes o responsável pela divisão de astronautas desse organismo, Horst Schaarschmidt, e o investigador Manuel Paiva, que coordenou vários projectos de investigação biomédica associados ao espaço.

O processo de recrutamento terá início na segunda-feira, estando em jogo a selecção de pelo menos quatro astronautas para integrar futuras missões tripuladas à Estação Espacial Internacional (ISS) e «mais além», segundo a ESA.

«Não procuramos super-homens, mas pessoas sãs e com um perfil psicológico muito determinado, com capacidade de adaptação, abertas e que gostem de trabalhar em equipa», disse Jean Coisne, do gabinete de comunicação do Centro Europeu de Astronautas da ESA.

O próximo a ir à lua
Astronautas salvam-se por milagre

Os quatro escolhidos, de preferência com idades entre 27 e 37 anos, irão juntar-se aos oito que actualmente integram o Corpo de Astronautas da ESA.

A candidatura será feita pela Internet (www.esa.int/astronautselection) e terá de ser acompanhada de uma certificação médica idêntica à requerida aos pilotos da aviação comercial.

A ESA procura jovens com estudos científicos, médicos ou de pilotagem, com experiência profissional e muita curiosidade pelo espaço.

Os candidatos terão de enfrentar vários patamares de selecção, com testes de aptidão profissional e psicológica que incluirão exames de avaliação da capacidade cognitiva, seguidos de testes clínicos por peritos em medicina aeronáutica, testes de laboratório e de processos espaciais.

Só os que passarem estes crivos poderão ser considerados membros «potenciais» do pessoal da ESA, com condições para serem submetidos à comissão de exame das candidaturas.

Essa será a última barreira na corrida para a sua nomeação oficial, prevista para o princípio de 2009, que lhes abrirá a porta do centro de formação da ESA em Colónia, na Alemanha, onde se converterão em verdadeiros astronautas.

A instalação do laboratório científico europeu Columbus na ISS e o êxito da primeira viagem do ATV (veículo de transporte automatizado) Júlio Verne relançaram os trabalhos da ESA na estação orbital, para onde intensificará nos próximos meses o envio de astronautas europeus.

Portugal pertence de pleno direito à ESA desde 14 de Novembro de 2000, sendo um dos 17 Estados-membros cujos cidadãos podem candidatar-se a este desafio.

[ Imprimir ]