Anos Anteriores
Anos Anteriores
Área Pessoal
Área Pessoal
Galeria
Galeria
Faqs
Faqs
Início
Início
Resultados de pesquisa







 

Verão na Ribeira com os invertebrados aquáticos

Centro Ciência Viva de Coimbra - Exploratório Infante D. Henrique


Data: 23-07-2018 - segunda-feira

Hora de Início: 14:00

Inscrição Obrigatória (6 vagas)
Listar as 4 datas desta acção

Descrição: Conhecer os ribeiros de montanha e organismos aquáticos – os macroinvertebrados. Apresentação dos sistemas ribeirinhos como componentes importantes da paisagem e susceptíveis às actividades humanas. Caracterização da Ribeira de São João e apresentação das comunidades aquáticas. Observação de organismos no seu ambiente natural. Amostragem de invertebrados aquáticos com rede de mão

Ponto de encontro: Parque de estacionamento ao lado da piscina fluvial Nossa Sra. Piedade, Lousã: 40.100271N, -8.234157S. Estando no centro da Lousã, seguir as indicações para o Castelo ou Piscina fluvial Nossa Sra. Piedade.
Recomenda-se a comparência no ponto de encontro com 15 minutos de antecedência em relação à hora de início indicada.

Como Chegar: Parque de estacionamento ao lado da piscina fluvial Nossa Sra. Piedade, Lousã: 40.100271N, -8.234157S. Estando no centro da Lousã, seguir as indicações para o Castelo ou Piscina fluvial Nossa Sra. Piedade.
Recomenda-se a comparência no ponto de encontro com 15 minutos de antecedência em relação à hora de início indicada.

Coordenadas GPS: 40.100265920161064 N, -8.23549747467041 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 4 anos

Localidade: Ribeira de São João, Lousã / LOUSÃ / COIMBRA

Itinerário: Lousã - Castelo e piscina fluvial Nossa Sra. Piedade - Ribeira de São João

Duração: 2.00 h

Transporte durante a acção:

A pé

Equipa: Verónica Ferreira Sandra Ramos (só nas datas de Julho)

URL: http://www.exploratorio.pt/

Nota: Os participantes devem trazer roupa e calçado confortáveis. O nível da água deverá estar baixo e deverá ser possível caminhar no ribeiro sem molhar os pés, mas sandálias para caminhar na água podem ser preferíveis para maior liberdade de movimentos. A utilização de chapéu e protector solar é aconselhada. Uma vez que a actividade se desenvolve na proximidade de água, os participantes devem considerar trazer roupa e calçado extra. Os participantes devem trazer água para beber.
Na área da praia fluvial existem várias infraestruturas que os participantes poderão utilizar: WC, restaurante, bar com esplanada, zona de merendas, parque de estacionamento, estacionamento para bicicletas.

Partilhar

ID: 7124

Tesouros Naturais do Porto - Parque Oriental

Planetário do Porto - Centro Ciência Viva em parceria com Biomater


Data: 25-07-2018 - quarta-feira

Hora de Início: 8:00

Inscrição Obrigatória (8 vagas)

Descrição: O Parque Oriental da Cidade do Porto é ainda desconhecido de muita gente. Neste parque é possível encontrar elementos naturais nada comuns em meio urbano, tais como bosquetes, campos agrícolas, um pequeno rio e respetiva vegetação ribeirinha, albergando uma rica diversidade de aves. Venha connosco descobrir esta verdadeira herança natural e ficar a conhecer as aves que aí se encontram!

Ponto de encontro: Parque de estacionamento junto à entrada do Parque Oriental da Cidade do Porto, na Av. Francisco Xavier Esteves (ver mapa e ponto GPS disponibilizados).

Como Chegar: O parque situa-se a norte do Bairro do Lagarteiro e nas imediações de Areias.

Coordenadas GPS: 41.154941798636656 N, -8.566221222281456 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 0 anos

Localidade: Porto / PORTO / PORTO

Duração: 3.00 h

Transporte durante a acção:

A pé

Equipa: Sérgio Bruno Ribeiro

Nota: Poderão participar pessoas não previamente inscritas caso estejam presentes no ponto de encontro à hora marcada e não tenha sido atingido o número limite de vagas ou tenha havido desistências de última hora.
Os participantes devem levar roupa e calçado adequado a caminhadas e, caso possuam, binóculos e guias de aves.

Partilhar

ID: 7102

Os peixes nativos dos rios do concelho de Mafra - como garantir a sua sobrevivência

Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva em parceria com Águas do Tejo Atlântico


Data: 26-07-2018 - quinta-feira

Hora de Início: 10:30

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA

Descrição: A ictiofauna nativa portuguesa encontra-se ameaçada por vários fatores, nomeadamente a destruição de habitats, a poluição e a escassez de água. O rio Lizandro alberga três espécies de peixes de água doce nativos, estando duas delas Criticamente em Perigo. Após uma apresentação teórica, recorrendo à pesca elétrica, demonstrar-se-á na prática como se identificam essas espécies de peixes de água doce.
Haverá um sessão teórica de manhã e actividade prática no rio Lizandro na parte da tarde.

Ponto de encontro: Largo da Igreja do Espírito Santo, Cheleiros. Junto à ponte do rio.
(este local poderá ainda sofrer alterações).

Como Chegar: O acesso à povoação de Cheleiros, faz-se através da EN9 .

Coordenadas GPS: 38.888631699180046 N, -9.330140501260757 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 12 anos

Localidade: Cheleiros - Mafra / MAFRA / LISBOA

Duração: 6.00 h

Transporte durante a acção:

Automóvel próprio

Equipa: Sara Duarte (Direção de Comunicação e Desenvolvimento - Educação Ambiental da Águas do Tejo Atlântico) Carla Sousa Santos (Coordenadora do Projeto Peixes Nativos e investigadora do MARE-ISPA) Margarida Espada de Sousa (Câmara Municipal de Mafra)

URL: http://www.aguasdotejoatlantico.adp.pt/

Nota: Esta ação integrada nas atividades do Projeto Peixes Nativos, resulta de uma parceria entre a Águas do Tejo Atlântico, o MARE-ISPA e a Câmara Municipal de Mafra.

Levar calçado e roupa confortável.
A ação realiza-se mediante um mínimo de 8 inscrições.
O almoço será livre, podendo os participantes levar pic-nic.

A deslocação entre o local onde decorre a sessão teórica e o local da actividade prática é da responsabilidade dos participantes. Aconselha-se o uso de automóvel próprio.

Partilhar

ID: 7168

Experiências à sombra da literacia científica

Centro Ciência Viva do Algarve


Data: 27-07-2018 - sexta-feira

Hora de Início: 10:00

Inscrição opcional
Listar as 4 datas desta acção

Descrição: Vem descobrir a ciência escondida nos livros com atividades mãos na massa!

Ponto de encontro: Junto à biblioteca de Praia da Junta de Freguesia do Montenegro, localizada junto do posto da GNR junto à ponte de acesso à praia de Faro.

Como Chegar: Na rotunda de acesso ao aeroporto de Faro, tomar a direcção da Praia de Faro. Atravessando a ponte, a biblioteca de praia fica à direita, ao lado do posto da GNR

Coordenadas GPS: 37.00850729748635 N, -7.9951393604278564 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 6 anos

Localidade: Praia de Faro - Montenegro / FARO / FARO

Duração: 1.00 h

Transporte durante a acção:

Equipa: Ana Colaço, Miguel Rodrigues, Emanuel Reis

Acessibilidade: Esta ação está assinalada como acessível a pessoas portadoras de deficiência.

Partilhar

ID: 7202

Visita guiada à Citânia de Briteiros

Curtir Ciência - Centro Ciência Viva de Guimarães em parceria com Sociedade Martins Sarmento


Data: 28-07-2018 - sábado

Hora de Início: 17:00

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA

Descrição: A visita acompanhada à Citânia de Briteiros proporciona uma inesquecível viagem no tempo, percorrendo milhares de anos.
Um dos mais conhecidos monumentos arqueológicos portugueses, conserva as ruínas de uma vasta povoação habitada no período castrejo pré-romano.

Ponto de encontro: Receção Citânia de Briteiros
São Salvador de Briteiros
Guimarães

Como Chegar: Da zona Norte (Braga) deverá ser escolhido o itinerário que passa pelo monte do Sameiro.

Pelas coordenadas Sul (Guimarães, Taipas, etc) deverá ser selecionada a Estrada Nacional N103, com direção à Povoa de Lanhoso (cortar à direita no cruzamento que indica a Citânia de Briteiros).

Das Coordenadas Este (Póvoa de Lanhoso) deverá ser selecionada a Estrada Nacional N103 e cortar à esquerda no mesmo cruzamento que possui a Placa Citânia de Briteiros.

Coordenadas GPS: 41.527065231507855 N, -8.314153253995073 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 10 anos

Localidade: S. Salvador de Briteiros - Guimarães / GUIMARÃES / BRAGA

Itinerário: Encontro na porta da Citânia de Briteiross (deslocar-se à recinto da Citânia de Briteiros).

Duração: 1.30 h

Transporte durante a acção:

A pé, Bicicleta, Automóvel próprio

Equipa: Arqueóloga Daniela Cardoso Arqueólogo Gonçalo Cruz

URL: http://www.csarmento.uminho.pt

Nota: A atividade será acompanhada pelos Arqueólogos Daniela Cardoso e Gonçalo Cruz (Serviço Educativo Sociedade Martins Sarmento).

Após esta atividade decorrerá a Cerimónia Anual Citânia Viva que os visitantes que façam esta atividade poderão participar gratuitamente (ver programa em http://pedraformosa.blogspot.com).

A sessão será cancelada caso não haja um numero mínimo de participantes previamente inscritos (12 participantes).

Em caso de dúvida contactar-la por se@msarmento.org (Serviço Educativo Sociedade Martins Sarmento).

Partilhar

ID: 7173

Descobrir as aves da Serra de Santa Comba

Centro Ciência Viva de Bragança em parceria com Biomater


Data: 30-07-2018 - segunda-feira

Hora de Início: 8:00

Inscrição Obrigatória (14 vagas)

Descrição: A serra de Santa Comba, encabeçada por um pitoresco santuário, é um dos mais belos miradouros da região transmontana. Local mágico, recheado de lendas e vestígios arqueológicos, possui na sua envolvente grandes manchas florestais, imponentes escarpas rochosas e riachos de montanha, que no seu conjunto albergam uma rica comunidade de aves, onde figuram falcões, águias e abutres.

Ponto de encontro: Frente ao chafariz situado no Largo da Feira (ou Largo do Franco), na aldeia do Franco (ver mapa e ponto GPS disponibilizados).

Como Chegar: Seguir pela A4 (Porto-Bragança) até à saída do Franco. Seguir depois até ao largo da aldeia (que se chama Largo do Franco ou Largo da Feira) e parar em frente do chafariz.

Coordenadas GPS: 41.43296201718075 N, -7.3423513770103455 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 10 anos

Localidade: Franco / MIRANDELA / BRAGANCA

Duração: 6.00 h

Transporte durante a acção:

A pé, Automóvel próprio

Equipa: Sérgio Bruno Ribeiro

Nota: Levar protetor solar, roupa e calçado adequados a caminhadas.
Levar comida e bebida para abastecimento durante o percurso e para pic-nic final.
Se possível, levar binóculos e guias de aves

Partilhar

ID: 7129

Verão na Ribeira com os invertebrados aquáticos

Centro Ciência Viva de Coimbra - Exploratório Infante D. Henrique


Data: 30-07-2018 - segunda-feira

Hora de Início: 14:00

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA
Listar as 4 datas desta acção

Descrição: Conhecer os ribeiros de montanha e organismos aquáticos – os macroinvertebrados. Apresentação dos sistemas ribeirinhos como componentes importantes da paisagem e susceptíveis às actividades humanas. Caracterização da Ribeira de São João e apresentação das comunidades aquáticas. Observação de organismos no seu ambiente natural. Amostragem de invertebrados aquáticos com rede de mão

Ponto de encontro: Parque de estacionamento ao lado da piscina fluvial Nossa Sra. Piedade, Lousã: 40.100271N, -8.234157S. Estando no centro da Lousã, seguir as indicações para o Castelo ou Piscina fluvial Nossa Sra. Piedade.
Recomenda-se a comparência no ponto de encontro com 15 minutos de antecedência em relação à hora de início indicada.

Como Chegar: Parque de estacionamento ao lado da piscina fluvial Nossa Sra. Piedade, Lousã: 40.100271N, -8.234157S. Estando no centro da Lousã, seguir as indicações para o Castelo ou Piscina fluvial Nossa Sra. Piedade.
Recomenda-se a comparência no ponto de encontro com 15 minutos de antecedência em relação à hora de início indicada.

Coordenadas GPS: 40.100265920161064 N, -8.23549747467041 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 4 anos

Localidade: Ribeira de São João, Lousã / LOUSÃ / COIMBRA

Itinerário: Lousã - Castelo e piscina fluvial Nossa Sra. Piedade - Ribeira de São João

Duração: 2.00 h

Transporte durante a acção:

A pé

Equipa: Verónica Ferreira Sandra Ramos (só nas datas de Julho)

URL: http://www.exploratorio.pt/

Nota: Os participantes devem trazer roupa e calçado confortáveis. O nível da água deverá estar baixo e deverá ser possível caminhar no ribeiro sem molhar os pés, mas sandálias para caminhar na água podem ser preferíveis para maior liberdade de movimentos. A utilização de chapéu e protector solar é aconselhada. Uma vez que a actividade se desenvolve na proximidade de água, os participantes devem considerar trazer roupa e calçado extra. Os participantes devem trazer água para beber.
Na área da praia fluvial existem várias infraestruturas que os participantes poderão utilizar: WC, restaurante, bar com esplanada, zona de merendas, parque de estacionamento, estacionamento para bicicletas.

Partilhar

ID: 7124

Passeio noturno pela Ria Formosa em barco solar para melhor observar estrelas

Centro Ciência Viva do Algarve em parceria com From here - operador marítimo turístico


Data: 30-07-2018 - segunda-feira

Hora de Início: 22:00

Lista de Espera - INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA

Descrição: As observações astronómicas noturnas são dificultadas pela luminusidade existente nas zonas urbanas.
Nesta ação proporcionaremos a experiência inesquecível de viajar num barco com motor eléctrico alimentado por painéis solares. Os participantes serão transportados até um ilhéu não habitado da Ria Formosa, onde poderão observar os astros com melhor visibilidade.

Ponto de encontro: No cais de embarque das empresas marítimo turísticas junto à Porta Nova (cais das portas do mar) na muralha da Villa Adentro (parte antiga da cidade de Faro)

Como Chegar: Em Faro, Procurar o cais das portas do mar junto à Porta Nova nas muralhas da Villa Adentro (Parte antiga da cidade de Faro)

Coordenadas GPS: 37.012437587396164 N, -7.935664057731628 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 12 anos

Localidade: Faro / FARO / FARO

Itinerário: Ida e volta em barco solar eléctrico até ilhéu na Ria Formosa para observação astronómica.

Duração: 1.15 h

Transporte durante a acção:

Barco

Equipa: Filipe Dias, Avelino

Nota: Actividade com custo:

A inscrição na actividade e o pagamento (6€) terão de ser feitos até ao dia 28/7/2018, de forma a permitir a sua confirmação. Validação de inscrição condicionada à verificação do pagamento. Para mais informações contactar o Centro Ciência Viva do Algarve.

A realização da actividade está condicionada à existência de condições atmosféricas adequadas.

Custo da acção: 6€ por pessoa



Partilhar

ID: 7177

Descobrir as aves das lagoas do Tâmega

Centro Ciência Viva de Bragança em parceria com Biomater


Data: 31-07-2018 - terça-feira

Hora de Início: 8:00

Inscrição Obrigatória (12 vagas)

Descrição: O rio Tâmega, nas imediações de Chaves, esconde verdadeiros tesouros naturais. Um vale aplanado, no fundo da região montanhosa envolvente, permite a manutenção de várias lagoas, que pela sua peculiaridade albergam várias espécies de aves praticamente inexistentes na restante região transmontana e que tentaremos observar durante esta atividade.

Ponto de encontro: Estacionamento na Alameda Galinheira, na margem esquerda do rio Tâmega, a cerca de 70 metros a jusante da ponte da Avenida Mário Soares (ver mapa e ponto GPS disponibilizados).

Como Chegar: Deslocação até Chaves. Em Chaves, ir até à Alameda Galinheira, que se situa na margem esquerda do rio Tâmega. Estacionar na extremidade norte desta avenida, a cerca de 70 metros a jusante da ponte sobre o rio Tâmega.

Coordenadas GPS: 41.740673976522864 N, -7.463879585266113 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 10 anos

Localidade: Chaves / CHAVES / VILA REAL

Duração: 6.00 h

Transporte durante a acção:

A pé

Equipa: Sérgio Bruno Ribeiro

Nota: Levar protetor solar, roupa e calçado adequados a caminhadas.
Levar comida e bebida para abastecimento durante o percurso e para pic-nic final.
Se possível, levar binóculos e guias de aves.

Partilhar

ID: 7120

Uma tarde de verão na ribeira da Granja

Galeria da Biodiversidade - Centro Ciência Viva


Data: 31-07-2018 - terça-feira

Hora de Início: 14:30

Inscrição Obrigatória (9 vagas)
Listar as 2 datas desta acção

Descrição: Partimos do enquadramento histórico, geográfico e hídrico da ribeira da Granja, no Porto, para abordar três vetores fundamentais para a sua requalificação: despoluir, desentubar e reabilitar. Em parceria com a empresa Águas do Porto, o Pavilhão da Água e com a colaboração de investigadores, propomos um percurso interpretativo para caracterizar este ecossistema, feito em viatura própria e a pé.

Ponto de encontro: Quinta do Rio, Rua Direita do Viso, n.º 1/7

Como Chegar: Referir-se às coordenadas GPS.

Coordenadas GPS: 41.17732568842902 N, -8.641071448655566 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 6 anos

Localidade: Porto / PORTO / PORTO

Duração: 2.30 h

Transporte durante a acção:

A pé, Automóvel próprio

Equipa: Galeria da Biodiversidade: Pedro Alvito e Miguel Gomes Águas do Porto: Rita Cunha, Susana Tavares Pavilhão da Água: Filipa Fernandes

Nota: Trazer vestuário e calçado adequado a pequenas caminhadas e proteção solar (óculos escuros, loção...). Aconselham-se binóculos para observação da fauna.

Partilhar

ID: 7164

Descobrir as aves do vale do rio Tua

Centro Ciência Viva de Bragança em parceria com Biomater


Data: 01-08-2018 - quarta-feira

Hora de Início: 8:00

Inscrição Obrigatória (6 vagas)

Descrição: Ao longo do curso do rio Tua é possível encontrar verdadeiros tesouros naturais. Nas suas águas, nos corredores de vegetação que as acompanham, nas escarpas rochosas que se destacam na paisagem ou nas manchas florestais que existem ao longo das suas margens é possível encontrar uma rica diversidade de aves, onde não faltam águias, falcões e abutres. Venha conhecer este riquíssimo património natural!

Ponto de encontro: Desvio para a aldeia de Marmelos na estrada N15-4, entre as aldeias de São Pedro Vale do Conde e Valverde da Gestosa (ver mapa e ponto GPS disponibilizados).

Como Chegar: Para quem vem pela A4, tomar a saída n.º 32/Mirandela. Na primeira rotunda tomar a 2.º saída, em direcção a Vila Real/Passos. Seguir em frente durante aproximadamente 1 km e depois virar à esquerda para Valverde da Gestosa. Seguir em frente e atravessar São Pedro Vale do Conde. Aproximadamente 2 km depois existe um desvio à esquerda para Marmelos. Esse desvio corresponde ao ponto de encontro.

Coordenadas GPS: 41.42157108837199 N, -7.190380096435547 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 10 anos

Localidade: Mirandela / MIRANDELA / BRAGANCA

Duração: 6.00 h

Transporte durante a acção:

A pé, Automóvel próprio

Equipa: Sérgio Bruno Ribeiro

Nota: Levar protetor solar, roupa e calçado adequados a caminhadas.
Levar comida e bebida para abastecimento durante o percurso e para pic-nic final.
Se possível, levar binóculos e guias de aves.

Partilhar

ID: 7135

Observação de aves no passadiço de acesso à Praia de Faro

Centro Ciência Viva do Algarve


Data: 01-08-2018 - quarta-feira

Hora de Início: 10:00

Inscrição opcional
Listar as 3 datas desta acção

Descrição: A Ria Formosa é uma zona húmida frequentada por uma miríade de espécies animais, entre as quais um grande número de aves migradoras e residentes, muitas delas espécies ameaçadas.
Os participantes nesta ação poderão compreender a diversidade Biológica da Ria Formosa com a ajuda de um especialista, que irá auxiliar na observação dos animais e explicar os hábitos e as ameaças a que estão sujeitos.

Ponto de encontro: Abrigo de observação no passadiço pedonal de acesso à ponte da praia de Faro

Como Chegar: Ao chegar à rotunda à entrada do aeroporto de Faro _Rotunda dos Observadores_ , tomar a direção da Praia de Faro. Ao chegar a uma pequena rotunda antes da ponte de Faro, estacionar junto ao parque de estacionamento contiguo ao aeroporto e deslocar-se até ao abrigo de observação existente no meio do passadiço de acesso à praia.

Coordenadas GPS: 37.01124883865455 N, -7.991287708282471 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 6 anos

Localidade: Faro / FARO / FARO

Duração: 1.00 h

Transporte durante a acção:

A pé

Equipa: Sérgio Correia Miguel Rodrigues

Nota: Levar chapéu e protetor solar.
Para melhor usufruir da observação, os participantes poderão levar binóculos.

Partilhar

ID: 6998

Descobriras aves da Mata do Romeu

Centro Ciência Viva de Bragança em parceria com Biomater


Data: 02-08-2018 - quinta-feira

Hora de Início: 8:00

Inscrição Obrigatória (13 vagas)

Descrição: A Mata do Romeu é uma grande mancha florestal onde abundam diversas espécies vegetais, como sobreiros, azinheiras, carvalhos, lódãos, freixos ou zimbros. A sua singularidade levou a que fosse integrada na Rede Natura 2000. Aliada à grande diversidade botânica, é possível encontrar uma comunidade de aves igualmente vasta, onde constam várias espécies raras e ameaçadas. Venha connosco descobrir este local!

Ponto de encontro: Aproximadamente a meio caminho entre Mirandela e Macedo de Cavaleiros. Na estrada N15, no entroncamento desta estrada com o desvio para a aldeia do Romeu (ver mapa e ponto GPS disponibilizados).

Como Chegar: Para quem vem pela A4, tomar a saída n.º 34/Romeu. Na primeira rotunda tomar o sentido Vila Real/Romeu (1.ª saída). Seguir em frente até ao entroncamento à esquerda a indicar Romeu.

Coordenadas GPS: 41.530129893346306 N, -7.080862149596214 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 10 anos

Localidade: Romeu / MIRANDELA / BRAGANCA

Duração: 6.00 h

Transporte durante a acção:

A pé

Equipa: Sérgio Bruno Ribeiro

Nota: Levar protetor solar, roupa e calçado adequados a caminhadas.
Levar comida e bebida para abastecimento durante o percurso e para pic-nic final.
Se possível, levar binóculos e guias de aves.

Partilhar

ID: 7125

Libélulas e libelinhas da Benémola

Centro Ciência Viva de Lagos


Data: 02-08-2018 - quinta-feira

Hora de Início: 16:45

Inscrição Obrigatória (4 vagas)
Listar as 2 datas desta acção

Descrição: Passeio de observação, identificação e fotografia de libélulas e libelinhas com recurso a uma lista de espécies e a guias de identificação. Exploração dos habitats das diferentes espécies deste grupo tão peculiar, considerados os “predadores de topo” dos insetos, alguns bastantes raros na região.

Ponto de encontro: Parque de estacionamento do Fica-Bem início do percurso da Fonte Benémola

Como Chegar: - Sentido Loulé-Querença/Barranco do Velho: Seguir em direção a Querença/Barranco do Velho pela EN 396. A cerca de 9 km de Loulé, virar à esquerda em direção a Querenca. Seguir as placas de trânsito a indicar _Fonte Benémola_. O parque de estacionamento do Fica-Bem situa-se à sua direita 200 m antes da ponte.
- Sentido Loulé-Tôr/Salir: Seguir em direção a Tôr/Salir. A cerca de 6 km de Loulé, virar à direita em direção a Querença. Ao passar a ponte, o parque de estacionamento do Fica-Bem situa-se a 200 m à esquerda.

Coordenadas GPS: 37.1986027023523 N, -8.004319220781326 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 8 anos

Localidade: Fonte da Benémola, Loulé / LOULÉ / FARO

Duração: 2.00 h

Transporte durante a acção:

Equipa: Luís Azevedo Rodrigues Joana Alho

URL: http://www.lagos.cienciaviva.pt/home/

Nota: 4,5 km (caminhos públicos e parte do percurso pedestre da Fonte Benémola e do percurso da Rota da Água).
Levar água, máquina fotográfica, chapéu, roupa e calçado confortável

Partilhar

ID: 7130

Descobrir as aves da Terra Quente Transmontana

Centro Ciência Viva de Bragança em parceria com Biomater


Data: 03-08-2018 - sexta-feira

Hora de Início: 8:00

Inscrição Obrigatória (4 vagas)

Descrição: A partir do Santuário da Nª Srª da Assunção, um dos mais belos miradouros transmontanos, daremos início à descoberta da Terra Quente e de alguma da sua avifauna mais emblemática. Entre floresta, serra, as margens do rio Tua e imponentes escarpas rochosas, iremos observar uma rica comunidade de aves, onde figuram espécies ameaçadas e de rara observação em outras regiões do país!

Ponto de encontro: Rotunda imediatamente antes do Santuário da Nª Srª da Assunção (ver mapa e ponto GPS disponibilizados).

Como Chegar: Seguir em direção ao Santuário da Nª Srª da Assunção, localizado em Vilas Boas, Vila Flor. A poucos metros do santuário e no início da estrada que leva até à sua entrada, localiza-se a rotunda que corresponde ao ponto de encontro.

Coordenadas GPS: 41.344525342508874 N, -7.180377468466759 O

Ver no Mapa

Idade mínima: 10 anos

Localidade: Vilas Boas / VILA FLOR / BRAGANCA

Duração: 6.00 h

Transporte durante a acção:

A pé, Automóvel próprio

Equipa: Sérgio Bruno Ribeiro

Nota: Levar protetor solar, roupa e calçado adequados a caminhadas.
Levar comida e bebida para abastecimento durante o percurso e para pic-nic final.
Se possível, levar binóculos e guias de aves.

Partilhar

ID: 7142



Páginas:1 | 2 | 3 | 4 | Todas

Existem 56 acções que correspondem à sua pesquisa

       
     
Início
Página principal