Rui Agostinho

Grande Prémio Ciência Viva Associação Mutualista Montepio 2019

Os apaixonados pelo Espaço conhecem o seu nome de cor. Rui Agostinho licenciou-se em Física pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) e doutorou-se em Astronomia pela Universidade da Carolina do Norte – Chapel Hill, EUA. É professor no Departamento de Física da FCUL, dirigiu o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL) durante 11 anos e foi um dos fundadores do Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa, atualmente integrado no Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, onde faz investigação.

Fundou a Sociedade Portuguesa de Astronomia e foi o responsável pela instalação, em 2001, do Centro Horário de Alta Segurança no OAL, que distribui a Hora Legal de forma segura às instituições e empresas de todo o país. Para além da carreira académica, Rui Agostinho é amplamente reconhecido como divulgador de ciência, contando no seu currículo com várias publicações como autor, colaborador e revisor científico. É também um dos investigadores mais solicitados para comentar e explicar nos Media fenómenos e notícias relacionadas com temas de Astronomia. É ainda uma presença regular nas escolas, Centros Ciência Viva e outros espaços de divulgação científica proferindo palestras ou participando em conferências, debates e cafés de ciência.

Tem tido uma participação regular em iniciativas da Ciência Viva, dinamizando sessões de observação astronómica no OAL no âmbito da Ciência Viva no Verão, recebendo estudantes no laboratório no âmbito do programa Ocupação Científica de Jovens nas Férias ou como júri do concurso para jovens do ensino secundário CanSat, um projeto educativo da Agência Espacial Europeia.

 

Os Prémios Ciência Viva Montepio têm o apoio da Associação Mutualista Montepio.

Conheça aqui os vencedores das edições anteriores.

 

 

<< Voltar