Prémio Ciência Viva Montepio - Media 2016



O nome de Luísa Schmidt para Prémio Ciência Viva Montepio - Media 2016 foi sugerido em devido tempo pelo coordenador do ICS, José Luís Cardoso, proposta que a Direcção da Ciência Viva se associa.

Luísa Schmidt é socióloga e investigadora principal do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, onde desenvolve projectos na área da Sociologia da Comunicação e do Ambiente, área em que se doutorou.

No ICS-UL coordena a Linha de Investigação 'Sustentabilidade: Ambiente, Risco e Espaço' e integra, desde 2009, o Comité Científico do Programa Doutoral em "Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável". Membro do Conselho Nacional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e do European Environment Advisory Council, faz também parte da equipa de investigadores que criaram e montaram em 1996 o OBSERVA - Observatório de Ambiente e Sociedade que actualmente dirige, onde desenvolve projectos de investigação articulando as áreas das ciências sociais e do ambiente.

Luísa Schmidt sempre aliou a investigação à promoção da cultura científica e à sensibilização das populações para as políticas públicas na área do ambiente. São já três décadas de participação pública pela cultura científica e ambiental, intervindo sobre temas que continuam hoje na ordem do dia. Para além da sua colaboração em projectos de educação e cultura científica, Luísa Schmidt participa regularmente em colóquios e debates públicos em centros de ciência, museus e escolas.

A publicação de obras em linguagem clara e acessível e as intervenções na comunicação social permitem-lhe ainda promover a cultura científica e a cidadania ambiental junto de um público muito alargado.

Destacamos a secção do Semanário Expresso “Qualidade Devida” onde tem vindo a publicar regularmente artigos de opinião. Os artigos publicados sobre 25 anos de política ambiental no nosso país foram recentemente coligidos no livro “Portugal: Ambientes de Mudança", editado na colecção Temas e Debates do Círculo de Leitores.

Entre outras publicações, acessíveis a um público não especializado, destacamos ainda:
Educação Ambiental - balanço e perspectivas para uma agenda mais sustentável, com Joaquim Gil Nave e João Guerra, Ed. Imprensa de Ciências Sociais, 2010;
Ciência e Cidadania - Homenagem a Bento de Jesus Caraça, coord. com João de Pina Cabral, Imprensa de Ciências Sociais, 2008;
País (in)Sustentável - Ambiente e Qualidade de Vida em Portugal, Ed. Esfera do Caos, 2007;
Autarquias e Desenvolvimento Sustentável - Agenda 21 Local e novas estratégias ambientais, Ed. Fronteira do Caos, 2005; Ambiente no Ecrã - emissões e demissões no serviço público televisivo, Imprensa de Ciências Sociais, 2003.

 

Voltar