Programa CIÊNCIA VIVA II

Notas biográficas de Rómulo de Carvalho


 

  • Nasce na cidade de Lisboa, a 24 Novembro 1906
  • Em 1931, licencia-se em Ciências Físico-Químicas pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.
  • Passados três anos realiza o Exame de Estado para o Ensino Liceal, iniciando a actividade docente no Liceu de Camões (Lisboa), continuando no Liceu D. João III (Coimbra) e, depois no Liceu Pedro Nunes (Lisboa), sendo aqui Professor Metodólogo a partir de 1958.
  • A partir de 1946 é um dos directores da Gazeta de Física, órgão da Sociedade Portuguesa de Física, cargo que exerceu até 1974. A Gazeta de Físíca completou meio século de existência, em 1996.
  • Em 1952 na Atlântida Editora (Coimbra), inicia a publicação de uma colecção de livros  de divulgação, onde, sob a forma de interessantes histórias, se refere à descoberta de importantes instrumentos científicos. Publica ainda um 'Compêndio de Química, para o 3º ciclo.
  • Em 1956 publica o seu primeiro livro de poesia, "Movimento Perpétuo" (Coimbra), com o pseudónimo de António Gedeão, seguido dos outros livros, 'Teatro do Mundo', em 1958 e "Máquina do Fogo", em 1961.
  • Em 1963 publica a peça de teatro "RTX 78/24"
  • Em 1964, para comemorar o 4º Centenário do nascimento de Galileo Gaililei, escreve o "Poema para Galileo", que é vertido para língua italiana por Roberto Barchiesi, e publicado, em edição bilingue, pelo Istituto Italiano di Cultura. Este poema, musicado e cantado por Manuel Freire, conhece uma grande expansão, tal como a "Pedra Filosofal", ou a "Lágrima de Preta"
  • No ano seguinte é co-director da revista, do Liceu Pedro Nunes, "Palestra". Esta revista pedagógica publica-se durante 8 anos.
  • Em 1967, publica novo livro de poesias, "Linhas de Força" (Coimbra).
  • No ano imediato, publica "Física para o Povo", que foi reeditado recentemente (1995) pelas edições 'Relógio de Água', com o novo titulo "A Física no Dia a Dia", e prefácio escrito por José Mariano Gago.
  • Em 1973 escreve 'A Poltrona e outras Novelas.
  • No mesmo ano (8 de Maio), na Escola Ferreira Borges, anima uma sessão cultural, promovida e dinamizada pela professora e poetisa Matilde Rosa Araújo.
  • Em 1974, concluindo 40 anos de actividade docente, aposenta-se da Função Pública.
  • No ano de 1978, publica 'História do Gabinete de Física da Universidade de Coimbra'.
  • Em 1983 é Sócio Correspondente da Academia das Ciências de Lisboa e em 1992 torna-se seu Sócio Efectivo.
  • São publicados, em 1984, 'Poemas Póstumos" (Lisboa) e, em 1990, "Novos Poemas Póstumos" (Lisboa).
  • No ano de 1985 é publicado 'Históría do Ensino em Portugal, desde a Fundação da Nacionalidade até ao fim do Regime Salazar – Caetano", uma edição da Fundação Calouste Gulbenkian.
  • A 10 de junho de 1987 é nomeado, pelo Presidente da República, Grande Oficial da Instrução Pública.
  • A 14 de Março de 1989, o Jornal de Letras (JL), pela mão do seu Director, José Carlos Vasconcelos, publica uma interessante entrevista / perfil.
  • No ano seguinte (11 de Maio) é nomeado Director do Museu Maynense, da Academia de Ciências de Lisboa.
  • Em 1992, a Escola Secundária da Cova da Piedade adopta como patrono o nome de Antõnio Gedeão.
  • A 27 de Abril de 1994, o Sindicato dos Professores da Grande Lisboa (SPGL) presta homenagem a Rómulo de Carvalho / António Gedeão.
  • A 4 de Junho de 1994, o suplemento 'Revista' do Jornal 'Expresso' publica uma longa e curiosa entrevista a Rómulo de Carvalho.
  • Em 1995, a Fundação Calouste Gulbenkian publica a sua obra 'O Texto Poético como Documento Social'.
  • A 8 de Junho de 1995, a Universidade de Évora confere, a Rómulo de Carvalho, o grau de Doutor 'Honoris Causa'.
  • No mesmo dia, é lançado a videocassete 'O Homem, o Universo e as Trevas', do Prof. Artur Marinho, homenagem, a Rómulo de Carvalho/António Gedeão, da Universidade de Évora.
  • A partir de Novembro de 1996, com o patrocínio do Ministério da Ciência e da Tecnologia, promove-se uma Homenagem Nacional a Rómulo de Carvalho/António Gedeão. Associam-se muitos organismos a esta grande e justa homenagem.
  • A 15 de Novembro de 1996, atribuição a Rómulo de Carvalho da Medalha de Prata da Universidade Nova de Lisboa, no Grande Auditório da Faculdade de Ciências e Tecnologia, Monte da Caparica.
  • A 24 de Novembro de 1996. Rómulo de Carvalho completa 90 anos de idade.
  • A 4 de Dezembro de 1996, a Universidade de Évora lança o livro de Rómulo de Carvalho, 'Actividade Científica em Portugal no Séc. XVIII, volume de Memórias da Academia de Ciências de Lisboa.
  • A 17 de Dezembro de 1996, atribuição, pelo Presidente da República, da Grã Cruz da Ordem de Mérito de Santiago da Espada, na Escola Secundária Pedro Nunes.
  • A 18 de Dezembro de 1996, atribuição, pelo Ministro da Cultura, da Medalha de Mérito Cultural, na Fundação Calouste Gulbenkian.
  • Em Dezembro de 1996, as Edições João Sá da Costa publicam as 'Obras Completas de António Gedeão, com ilustrações de Júlio Pomar.
  • Rómulo de Carvalho publicou, também, dois livros na Biblioteca Cosmos: 'A Ciência Hermética' e o 'Embalsamamento Egípcio' e a 'A Física Experimental no Séc. XVIII' e 'A Astronomía em Portugal no Séc. XVIII', da Bíblioteca Breve, do Instituto de Cultura e Lingua Portuguesa. Publicou, também, Problemas de Física para o 3º Ciclo Liceal, Guia de Trabalhos Prátícos de Química e Manuais de Física (com a colaboração de outras autoras) para os 10º, 11º e 12º anos de escolaridade. Publicou, ainda, uma interessante colecção de 18 'Cadernos de Iniciação Científica', na Sá da Costa Editora.
  • António Gedeão publicou, por várias vezes, poemas na revista 'Colóquio Letras, da Fundação Calouste Gulbenkian.
  • A 19 de Fevereiro de 1997 - falecimento do poeta/professor, na cidade de Lisboa.
  • Em Maio de 1997, a Sociedade Portuguesa de Físíca (SPF) publica um número especial da Gazeta de Física, que constitui, simultaneamente, uma homenagem ao 90.º aniversário de Rómulo de Carvalho e a comemoração dos 50 anos de existêncía.

 

 

Nota: algumas das referências foram retiradas do Jornal de Letras, dedicado a Rómulo de Carvalho/António Gedeão, e publicado a 6 de Nov. de 1996, quando das comemorações do seu 90.º aniversário.

 

 

21 de Fevereiro de 1997: António Gedeão e Rómulo de Carvalho jazem, a partir de então, no Talhão dos Artistas do Cemitério dos Prazeres, em Lisboa.



© UCV - MCT, 1997
Última actualização em 13 de Julho de 1997