Repostas de Manuel Paiva


Repostas de Manuel Paiva

Pergunta de Faustino Armando Nhanombe, Moçambique - Maputo
Li em algumas revistas científicas que no planeta Marte os astronautas não terão o mesmo comportamento em relação à gravidade como aqui na Terra, como por exemplo deitar água no copo através de uma garrafa e outras situações relacionadas com a gravidade em Marte, e também no que diz respeito à respiração.

Resposta do investigador Manuel Paiva
Como a força da gravidade em Marte é um terço da da Terra, tudo cai mais devagar, mas poderá encher um copo com água sem problema nenhum e até é capaz de entornar menos. É uma questão de se adaptar à nova situação. Quanto à respiração: como os astronautas só podem viver em zonas pressorizadas, se a pressão e a composição dos gases for como na Terra (é o caso da Estação Espacial Internacional), respirará praticamente da mesma maneira.


Pergunta de Faustino Armando Nhanombe, Moçambique - Maputo
Uma outra questão está relacionada com o porquê de na missão com astronautas para Marte, prevista para o futuro, o número de astronautas dever ser ímpar, ou seja 3 ou 5, e nunca um número par. Qual é a explicação física desta situação?

Resposta do investigador Manuel Paiva
Não é uma explicação física, mas psicológica. Quando há um pequeno número de pessoas durante muito tempo num ambiente fechado, se o número é par, pode haver tendência para se formarem dois grupos antagonistas, com o mesmo número de astronautas cada um, o que poderia aumentar as situações de conflito e dificultar a tomada de decisões.



Voltar