Júri no projecto n&n’s

Elementos do júri


Filomena Naves
Jornalista

Filomena Naves nasceu em Lisboa, em Maio de 1958. Tirou o curso de Psicologia no ISPA mas decidiu enveredar pelo jornalismo. Em 1988 trabalhou na revista de ciência e tecnologia “Futuro”. Foi colaboradora dos suplementos de ciência do “Diário de Notícias”. Em 1992 entrou para os quadros deste jornal, onde desenvolve desde então a sua actividade como jornalista de ciência. Naquele mesmo ano ganhou o “Prémio Ciência”, do Clube de Jornalistas do Porto, com um trabalho sobre os golfinhos do Sado. Em 1999 acompanhou como repórter a erupção do vulcão submarino da Serreta, na ilha Terceira, nos Açores, e a investigação sobre ela. Em Dezembro de 2000 fez a reportagem do encerramento do último reactor da central nuclear de Chernobyl, na Ucrânia. É co-autora, com Teresa Firmino, do livro “Portugal a Quente e Frio”, o primeiro que aborda o tema das alterações climáticas para Portugal e que foi publicado em 2009 pela editora Livros D'Hoje.


Luís Melo
Investigador

Luís Viseu Melo nasceu em Lisboa, onde se licenciou em Engenharia Física Tecnológica no Instituto Superior Técnico (IST), onde obteve também o Doutoramento e a Agregação. Em 1998 foi um dos fundadores do primeiro laboratório de Microscopia de Varrimento de Sensor (Scanning Probe Microscopy, SPM) em Portugal, no IST. O seu trabalho centra-se em aplicações de técnicas de SPM (nomeadamente Microscopia de Força Atómica, AFM) em aplicações de nano-bio-física e no desenvolvimento de técnicas de nanofabricação baseadas em SPM. Co-organizou diferentes conferências envolvendo Nanotecnologias, como por exemplo o EMBO-FEBS Workshop on AFM Applications in Biology (Oeiras, Portugal, 2004), a High Level Conference on Nanotechnology (Braga, Portugal, 2007, um evento da Presidência Portuguesa da UE) ou a OECD Roundtable on International Cooperation in Nanotechnology Research (Braga, Portugal, 2009). É correntemente professor no IST, e desde 2006 coordena a rede PortugalNano na FCT. É ainda membro de diferentes comités europeus e internacionais envolvendo Nanotecnologias, como o Grupo de Alto Nível em Nanotecnologias da Comissão Europeia ou o Grupo de Trabalho sobre Nanotecnologias da OCDE, entre outros.


Maria Teresa Meireles
Escritora

Mestrado em Literatura Medieval Comparada e Doutoramento em Literatura Oral e Tradicional. Participa regularmente em Congressos e Colóquios, dinamiza workshops e Formação nas áreas do Conto/Imaginário Tradicional, da Leitura e da Escrita Criativa. Autora de várias obras, entre elas: Elementos e Entes Sobrenaturais nos Contos e Lendas; B.I. da Serpente; B.I. dos Sapos e Rãs; B.I. de Ratos, Ratinhos, Ratões e Ratazanas; Quem isto ouvir e contar em pedra se há-de tornar; Gigantes, Olharapos e outras Desmesuras; A Palavra e seus Ecos; A Partilha da Palavra nos Contos Tradicionais; Os Dez Mandamentos do Conto (co-autoria), do jogo de cartas A Arca dos Contos (já na 2ªed.), A Correr Mundo – as Cartas de 2008, Ano Europeu do Diálogo Intercultural (DGLB) e do programa para escrita criativa em formato digital/DVD: O Imaginário das Histórias – uma viagem pelo Universo dos Contos.


Susana Freitas
Investigadora

Licenciada em Engenharia Física Tecnológica no Instituto Superior Técnico (1991-1996). Obteve o PhD em Física Tecnológica pelo Instituto Superior Técnico (2002) pelo trabalho realizado no INESC-MN sobre optimização de materiais magnetoresistivos GMR e junções magnéticas de efeito túnel dependente de spin e aplicação em protótipos de memórias não voláteis MRAM e cabeças de leitura magnética. Entre 2002-2006 trabalhou no INESC-MN em pós-doutoramento, na optimização de filmes finos magnéticos por deposição com feixe iónico (IBD). Desde 2006 é investigadora permanente no INESC-MN, tendo como temas de interesse a deposição de filmes finos em bolachas até 200mm, materiais magnéticos e magnetoresistivos para aplicação em biosensores e na detecção de campos magnéticos ultra baixos. Desde 2003, ensina técnicas de Micro e Nanofabricação a alunos de engenharia, como professora Auxiliar Convidada no Instituto Superior Técnico, estando envolvida na formação de alunos na área de Micro e Nanotecnologias na Sala Limpa do INESC-MN, ao nível de licenciatura, mestrado, doutoramento e pós-doutoramento.




Voltar