SPARKS - Rethinking Innovation Together

 

Até Março de 2017 participe em workshops, conferências e encontros com especialistas, destinados ao público em geral.


11 de Fevereiro

Café de Ciência - Novas Tecnologias, Participação Pública e Cuidados de Saúde no Futuro


18 de Fevereiro

Workshop Iniciação ao BITalino | Das 11.00 às 13.00


24 de Março

Café de Ciência - Mão Robótica: A impressão 3D ao serviço da saúde | Das 21.00 às 23.00 | Carsoscópio - Centro Ciência Viva do Alviela

 

26 de Janeiro 

Inauguração da exposição 

Reportagem SIC - Futuro Hoje

Reportagem Antena 1 - Os Dias do Futuro 

Fotos

Uma bica com ciência | Das 18.00 às 18.45

Bolsos térmicos
Diogo Lopes tem uma doença neurológica que provoca diversos sintomas, como as mãos e pés constantemente frios. Com a ajuda de um grupo de estudantes da Universidade de Lisboa (Junitec) foi possível desenvolver um dispositivo de aquecimento das mãos, criado pelo próprio Diogo.

Mão protética impressa em 3D
Salomé Azevedo, da Patient Innovation, trabalhou em conjunto com Ivan Owen, marionetista profissional e especialista em impressão 3D, no desenvolvimento de uma mão protética para o Nuno, um menino de 7 anos. Estes modelos são agora partilhados online, gratuitamente, para que pessoas de todas as partes do mundo possam produzir as suas próprias próteses a um custo baixo.

Bitalino: A aquisição de biossinais ao alcance de todos
Hugo Silva criou o BITalino: Um kit composto por sensores para medir sinais cardíacos, musculares ou do sistema nervoso, acessível a qualquer pessoa, mesmo sem conhecimentos avançados de electrónica ou de informática. Na área da saúde, o BITalino pode ser utilizado na automonitorização cardíaca ou como ferramenta para pessoas com deficiências motoras. 26 de Janeiro

Inauguração e visita à exposição | Das 18.45 às 19.30

Dia C: Cuidar da saúde: a participação activa dos doentes | Das 19.30 às 21.00

No primeiro Dia C de 2017 discutiremos o desafio que representam as doenças crónicas de longa duração — como a diabetes — associadas a estilos de consumo, padrões de atividade e aumento da esperança de vida. Conheceremos também várias respostas a este desafio, com a mais antiga associação de doentes do país e com uma plataforma que apoia inovações médicas desenvolvidas por pacientes.

Oradores: Rogério Ribeiro (APDP - Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal) e Helena Canhão (Patient Innovation, CLSBE-Católica)

 

 

Voltar