Ações de Curta Duração


Todas as formações têm uma forte componente prática de exploração da biodiversidade e dos recursos e ecossistemas aquáticos, assim como das políticas de gestão e preservação associadas, seguindo sempre a metodologia pedagógica da aprendizagem ativa no ensino das ciências (IBSE, do inglês Inquiry-Based Science Education). Para mais informações e inscrições visite a página do Centro de Formação Ciência Viva.


Peixes de água doce - como garantir a sua sobrevivência

Códigos de docência 110, 230 e 510

Por não terem valor comercial, os peixes de água doce nativos são frequentemente negligenciados, apesar da sua extrema importância nos ecossistemas fluviais. Trata-se de um dos grupos taxonómicos mais ameaçados à escala mundial, em consequência de um conjunto de ameaças que inclui a destruição de habitats, contaminação por poluentes, proliferação de espécies exóticas e alterações climáticas decorrentes do aquecimento global. Esta Ação de Curta Duração pretende servir como um contributo para um conhecimento sólido acerca das espécies nativas de peixes de água doce, das ameaças que enfrentam e das medidas de conservação que podem ser implementadas para minimizar o seu risco de extinção. Pretende-se que, no final desta Ação, os formandos saibam identificar as espécies nativas de peixes de água doce; adquiram noções acerca dos principais métodos e técnicas de amostragem para fins científicos; e, adquiram noções teóricas acerca das ferramentas atualmente disponíveis com vista à conservação destas espécies.

Local da formação

Componente teórica – Local a confirmar (Concelho de Sintra).

Componente prática – Ribeira da Cabrela, Terrugem (Sintra).

Data da formação

30 de novembro de 2019 | Inscrições aqui | Gratuita

Consulte mais informações aqui.