Mulheres na Ciência - 2.ª Edição 2019




 

Margarida S. Cunha

 

EU SOU ASTROFÍSICA

"Para mim, ser cientista é permanecer na idade dos porquês pela vida fora. Vibrar a cada nova descoberta, seja ela pequena ou imensa, e usá-la como mote para uma nova questão. É aceitar a frustração de um problema não resolvido e encontrar o ânimo necessário para voltar a ele no dia seguinte, e no outro, e no outro ainda, sem nunca baixar os braços ou desistir. É um privilégio que reconheço e acarinho todos dias.”

 

 

Fotografia:Rodrigo Cabrita