Paula I. Moreira

 

EU SOU NEUROCIENTISTA

"Ter consciência da nossa ignorância, querer contribuir para o desbravar do desconhecido e ser resiliente, são alguns dos ingredientes-chave para se fazer investigação científica. O cérebro, um órgão fascinante, poderoso e quase desconhecido, representa um enorme desafio para a comunidade científica."

 

 

 

 

Fotografia: Daniel Rocha