Maria Ana Viana Baptista

 

EU SOU GEOFÍSICA

"Comecei a interessar-me por tsunamis em 1988, numa altura em que o mundo ainda não tinha assistido em direto às catástrofes de Sumatra e de Fukushima, no Japão. Desde então, integro equipas internacionais de investigação que desenvolveram uma parte do conhecimento científico atual sobre a geração, propagação e impacto dos tsunamis. Acredito que só mais ciência e mais tecnologia poderão contribuir para desenvolver a resiliência das populações costeiras."

 

 

 

 

Fotografia: Clara Azevedo