Hanna Damásio

 

EU SOU NEUROCIENTISTA

"Quando era criança ouvi muitas descrições respeitosas de vidas de cientistas, nobres, dedicadas, sérias, quase monásticas. E nunca imaginei que essa vida poderia ser aquilo que foi para mim: excitante, cheia de aventuras, extenuante, exasperante, privilegiada e largamente compensadora de todos os esforços e todos os problemas."

 

 

 

 

Fotografia: António Pedro Ferreira