Teresa Teixeira

 

EU SOU BIÓLOGA MOLECULAR

"O prazer que a ciência envolve deve-se à surpresa, sempre nova e irrepetível, do acto da descoberta. É assim que atingimos, de maneira efémera, um grau de compreensão em que, de repente, alguma coisa faz sentido. É esta alegria que acompanha o trabalho sistemático e comprometido a que se chama ciência."

 

 

 

 

 

Fotografia: Clara Azevedo