O Número de Ouro conta ainda as histórias de pessoas que viveram obcecadas com o fi, dos discípulos de Pitágoras ao astrónomo Johannes Kepler e a personalidades recentes como Debussy, Le Corbusier e Bartók. Onde quer que a demanda do significado de fi o leve, Mario Livio – conjugando a matemática e a arte - revela o mundo como um local onde a ordem, a beleza e o mistério sempre coexistiram."> O Número de Ouro conta ainda as histórias de pessoas que viveram obcecadas com o fi, dos discípulos de Pitágoras ao astrónomo Johannes Kepler e a personalidades recentes como Debussy, Le Corbusier e Bartók. Onde quer que a demanda do significado de fi o leve, Mario Livio – conjugando a matemática e a arte - revela o mundo como um local onde a ordem, a beleza e o mistério sempre coexistiram." /> O Número de Ouro conta ainda as histórias de pessoas que viveram obcecadas com o fi, dos discípulos de Pitágoras ao astrónomo Johannes Kepler e a personalidades recentes como Debussy, Le Corbusier e Bartók. Onde quer que a demanda do significado de fi o leve, Mario Livio – conjugando a matemática e a arte - revela o mundo como um local onde a ordem, a beleza e o mistério sempre coexistiram.">
Qual é o livro de divulgação de ciência que sugere? Partilhe  
O Número de Ouro - A história de Fi, o número mais assombroso do mundo

Mario Livio

2012 | Gradiva

livro

Público: Adulto

Tema: Matemática

Idioma: Português

Neste livro fascinante, Mario Livio conta a história do número fi. A curiosa relação matemática, geralmente conhecida como "número de ouro", foi definida por Euclides há mais de dois mil anos devido ao papel crucial que desempenha na construção do pentagrama, a que se atribuíam propriedades mágicas. Desde então, surgiu nos sítios mais espantosos: em conchas de moluscos, girassóis, cristais de certos materiais e formas de galáxias. Há quem diga que os criadores das Pirâmides e do Parténon a empregaram e crê-se que esteja presente nos quadros Mona Lisa de Leonardo da Vinci e O Sacramento da Última Ceia de Salvador Dalí, além de estar supostamente relacionada com o comportamento das bolsas. O Número de Ouro conta ainda as histórias de pessoas que viveram obcecadas com o fi, dos discípulos de Pitágoras ao astrónomo Johannes Kepler e a personalidades recentes como Debussy, Le Corbusier e Bartók. Onde quer que a demanda do significado de fi o leve, Mario Livio – conjugando a matemática e a arte - revela o mundo como um local onde a ordem, a beleza e o mistério sempre coexistiram.

Recomendado por:

- Carlota Simões

    A proporção áurea ou razão de ouro aparece regularmente na Arte desde pelo menos o Séc. V a.C., quando o arquitecto Phideas a utilizou na concepção do Parténon. Desde então, o número de ouro tem surgido pela mão de artistas de diversas épocas e formas de arte, seja na pintura de Leonardo da Vinci, na música de Bartok, ou nas construções de Le Corbusier. O Número de Ouro - A história de Fi, o número mais assombroso do mundo aborda alguns aspetos relativos ao número de ouro e a sua íntima relação com as mais diversas áreas do saber desde a sua presença na arte, na biologia, na arquitetura e na matemática.


ISBN: 9789896164966

PARTILHE

            

Deixe a sua Opinião

Avaliação

1 2 3 4 5