Covid19
Slide3 Background

  LIVE Streaming  

  Lançamento do Crew Dragon  

  COM COMENTÁRIOS DO ASTROFÍSICO RUI AGOSTINHO   



A Ciência Viva associou-se a este evento histórico ao acompanhar em tempo real o lançamento do Crew Dragon, às 20.22 (hora de Portugal Continental), do dia 30 de Maio de 2020.

Directamente do Pavilhão do Conhecimento, o astrofísico Rui Agostinho, antigo Director do Observatório Astronómico de Lisboa e Grande Prémio Ciência Viva 2019, comentou o lançamento do voo tripulado, com Ana Noronha, Directora Executiva da Ciência Viva.

Reveja a emissão do lançamento, com comentários de Rui Agostinho



A NASA e os Estados Unidos voltaram a ser protagonistas de um momento alto na história da Exploração Espacial: o lançamento de um voo tripulado em solo norte-americano, com tecnologia também norte-americana. Foi a primeira vez que uma empresa privada foi responsável pelo envio de uma missão tripulada.

Desde Julho de 2011, data em que ocorreu o último voo de um Space Shuttle, que a NASA não efectuava lançamentos em território norte-americano e com fabrico também norte-americano. O Crew Dragon descolou num foguetão Falcon 9 a partir do LC-39 (Launch pad), no Kennedy Space Center, Flórida. Este é um local simbólico, já que também ali foram lançados 13 Saturn V e 82 missões do Space Shuttle.

O Crew Dragon tem a particularidade de pertencer a uma classe de naves reutilizáveis desenvolvidas e fabricadas pela SpaceX. Esta empresa foi pioneira no desenvolvimento privado de tecnologia espacial, sobretudo no que diz respeito à sua utilização comercial, tendo já realizado com a NASA voos de carga para a Estação Espacial.

O lançamento do veículo espacial estava previsto para o dia 27 de Maio mas as condições atmosféricas não o permitiram. O voo levou a bordo dois astronautas: o veterano Bob Behnken e Doug Hurley, para quem esta será a sua primeira missão.