PAVILHÃO DO CONHECIMENTO
CIÊNCIA VIVA
REDE CENTROS CIÊNCIA VIVA


História da Ciência Viva (1996 - 2016)

VOLTAR

Edital do Ministério da Ciência e da Tecnologia que anuncia a criação de uma rede de centros interactivos de divulgação científica, 1997 (Fonte: Arquivo Ciência Viva).

Rede de Centros Ciência Viva

No âmbito das comemorações do Dia Nacional da Cultura Científica, em 24 de Novembro de 1997, o Ministério da Ciência e da Tecnologia publicou um edital no qual anunciava a criação de “uma rede de Centros interactivos de divulgação científica”, os quais deviam funcionar como “Centros de recursos para a cultura científica e tecnológica”1.

A responsabilidade da dinamização destes Centros Ciência Viva recaía em organismos e entidades locais, privadas e públicas, como as câmaras municipais, as associações, as sociedades culturais e científicas e os estabelecimentos de ensino e investigação, sempre em articulação com o poder central, nomeadamente com o Ministério da Ciência e da Tecnologia, responsável pela coordenação da mesma Rede.

Podiam integrar a Rede de Centros Ciência Viva: os centros de ciência criados de acordo com as disposições definidas pelo Ministério da Ciência e da Tecnologia e pela Unidade Ciência Viva; e os centros de ciência pré-existentes, que manifestassem interesse em integrar a Rede. Esta podia ainda incluir também, como membros associados, instituições de divulgação científica e associações e programas destinados a promover a cultura científica e tecnológica.

Deste modo, em 3 de Agosto de 1997 inaugurava-se o primeiro centro da Rede de Centros Ciência Viva, o Centro Ciência Viva do Algarve, seguido do Planetário do Porto, do Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra, do Pavilhão do Conhecimento e do Visionarium – Centro de Ciência do Europarque. Actualmente a Rede de Centros Ciência Viva integra 21 centros de ciência.

 


 

Referências:
1 Arquivo Ciência Viva, processo R252-97 – Dossier 2, “Edital do Lançamento da Rede de Centros Ciência Viva”, s.d.

Multimedia

2.º Encontro da Rede de Centros Ciência Viva no Centro Ciência Viva de Aveiro, 2013 (Fonte: Arquivo Ciência Viva).
Encontro da Rede de Centros Ciência Viva no Centro Ciência Viva do Alviela, 2014 (Fonte: Arquivo Ciência Viva).
Encontro da Rede de Centros Ciência Viva no Centro Ciência Viva do Alviela, 2014 (Fonte: Arquivo Ciência Viva).
Edital do Ministério da Ciência e da Tecnologia que anuncia a criação de uma rede de centros interactivos de divulgação científica, 1997 (Fonte: Arquivo Ciência Viva).
6.º Encontro da Rede de Centros Ciência Viva em Coimbra, 2015 (Fonte: Rómulo – Centro Ciência Viva, https://www.facebook.com/Romuloccvuc/).
O 4.º Encontro da Rede de Centros Ciência Viva no Pavilhão do Conhecimento, 2015 (Fonte: Arquivo Ciência Viva).
Quiosque da Rede de Centros Ciência Viva, 2007 (Fonte: Fotografia de Luísa Ferreira, Arquivo Ciência Viva).
Convite para inauguração da exposição "Porque somos como somos? A evoluir há 4570 milhões de anos", 2016 (Fonte: Arquivo Ciência Viva).
VER TODOS
1998-2016 Ciência Viva