PAVILHÃO DO CONHECIMENTO
CIÊNCIA VIVA
REDE CENTROS CIÊNCIA VIVA


História da Ciência Viva (1996 - 2016)

VOLTAR

Edifício-sede do Centro Ciência Viva de Estremoz, 2007 (Fonte: Fotografia de Luísa Ferreira, Arquivo Ciência Viva).

Centro Ciência Viva de Estremoz

O Centro Ciência Viva de Estremoz tem a sua génese num protocolo assinado em 11 de Maio de 1998 entre o Ministério da Ciência e da Tecnologia, a Universidade de Évora e a Câmara Municipal de Estremoz.

Inaugurado em 27 de Maio de 2005 por José Mariano Gago, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, contou, como associados fundadores, com a Fundação para a Ciência e Tecnologia – posteriormente substituída pela Ciência Viva –, a Universidade de Évora, a Câmara Municipal de Estremoz e a Direcção Regional de Educação do Alentejo.

Sedeado no Convento das Maltezas, em Estremoz, o Centro tem a coordenação científica de Rui Manuel Soares Dias. Das várias actividades desenvolvidas destacam-se a exposição permanente Terra. Um planeta dinâmico e a organização anual do Festival Ciência na Rua.

Site do Centro

Multimedia

Edifício-sede do Centro Ciência Viva de Estremoz, 2007 (Fonte: Fotografia de Luísa Ferreira, Arquivo Ciência Viva).
Módulo da exposição permanente "Terra, um planeta dinâmico", do Centro Ciência Viva de Estremoz, 2015 (Fonte: Fotografia de Avelar Brotero, Arquivo Ciência Viva).
Dinossauro da exposição permanente "Terra, um planeta dinâmico" do Centro Ciência Viva de Estremoz, [s.d.] (Fonte: Arquivo Ciência Viva).
Exposição permanente do Centro Ciência Viva de Estremoz, 2007 (Fonte: Fotografia de Luísa Ferreira, Arquivo Ciência Viva).
Festival Ciência na Rua 2009, organizado pelo Centro Ciência Viva de Estremoz (Fonte: CVTV, Arquivo Ciência Viva).
1998-2016 Ciência Viva