Ciência Viva no Laboratório - OCJF

Ocupação Científica de Jovens nas Férias 2018


 
 

Listar Estágios Listar Instituições Listar Áreas Geográficas Listar Área Científica


Centro de Estudos Sociais - CES
Morada: Colégio de S. Jerónimo, Largo D. Dinis, 3001-401 , Coimbra, Coimbra


1. À Descoberta dos Espaços da Ciência Viva
Responsável: Maria José Carvalho
Nº Alunos: 6      Anos: 11º/12º      Área Sociologia
Data: de 25-06-2018 a 29-06-2018      Horário: Manhã + Tarde
Descrição: O estágio centra-se na tomada de consciência da variedade dos espaços de memória da ciência onde a diversidade do conhecimento é partilhada através das coleções e dos programas.
A Universidade de Coimbra, criada a 1 de março de 1290, Património Mundial da Humanidade, é a universidade mais antiga de Portugal e uma das mais antigas do mundo. Da sua história faz também parte o percurso das bibliotecas académicas e de outros espaços de partilha de conhecimento tais como Centros Ciência Viva, Centros de Investigação, etc.
Segundo a página online da biblioteca da Universidade de Coimbra, “data de 12 de Fevereiro de 1513 o primeiro documento, até hoje conhecido, que certifica a existência da Casa da Livraria da Universidade. Assim se chamava então à biblioteca. […] Nos nossos dias [2018] reparte-se por dois edifícios: a Biblioteca Joanina (terminada em 1728) e a Biblioteca Geral, que entrou em funcionamento em 1962.” Muitos foram os outros espaços de coleções específicas que a seguiram, quer ao nível das diversas faculdades, quer ao nível dos centros de investigação.
Assim sendo, é nossa proposta inspirar os/as participantes a usarem diferentes olhares sobre estes espaços onde se foram/vão criando coleções que permitem a promoção e partilha do conhecimento nas diversas áreas. Propomos uma abordagem dinâmica através de visitas guiadas e orientadas para as temáticas da Ciência Viva.
Tomando a Biblioteca Norte|Sul (CES) como ponto de partida, consideram-se os seguintes objetivos gerais:
a) Desenvolvimento do conhecimento da diversidade de espaços de partilha do conhecimento científico: bibliotecas, museus, exploratórios…
b) Tomada de consciência da importância das coleções e da organização das mesmas nesses diversos espaços.
c) Aquisição de competências ao nível das pesquisas em motores de busca, catálogos e bases de dados para desenvolvimento do conhecimento e da produção científica.
d) Projeto final: “Biblioteca para que te quero”: inspirar a criação de um projeto através do imaginário dos participantes sobre a conceção, organização de um espaço biblioteconómico adaptado às necessidades dos/as jovens pesquisadores/as.

O estágio inclui atividades dirigidas a alunos/as de qualquer área de estudos, integrando debates e realização de trabalho em grupo, sessões de campo e a realização de visitas a uma variedade de espaços de partilha científica, tais como:

Centros de investigação da ciência, especificamente o RÓMULO – Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra: https://www.uc.pt/iii/romuloccv/apresentacao

Bibliotecas e fundos antigos (Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra: http://www.uc.pt/bguc/500anos/Historia_Memoria

Biblioteca Joanina: https://www.uc.pt/informacaopara/visit/paco/biblioteca

Museu da Ciência da Universidade de Coimbra: http://www.museudaciencia.pt/

Jardim Botânico
https://www.uc.pt/jardimbotanico/visitar

Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra: Seleção Sub30: http://www.exploratorio.pt/ficheiros/oferta-educativa_15-18.pdf.

Observações: Estágio com oferta de almoço e com possibilidade de alojamento para os/as candidatos/as que residam fora de Coimbra.

1º dia de estágio
Local de encontro: Centro de Estudos Sociais - Alta (Largo D. Dinis)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Maria José Carvalho (967538684). Antonieta Reis Leite (933287806)
[Estágios nesta instituição]

Candidate-se >>



2. Deficiência e Vida Independente: barreiras e possibilidades
Responsável: Fernando Fontes
Nº Alunos: 6      Anos: 10º/11º/12º      Área Sociologia
Data: de 16-07-2018 a 20-07-2018      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Bruno Sena Martins , Joana Pimentel , Mónica Lopes
Descrição: A forma como a deficiência é entendida resulta de conceções socialmente aceites e reproduzidas (Oliver, 1990) onde se articulam as dinâmicas económicas, sociais e culturais que, nos diferentes contextos históricos e geográficos, condicionam os direitos e possibilidades de vida das pessoas assim catalogadas.
Neste estágio convidamos estudantes, com interesse nas áreas da Sociologia e da Antropologia, a explorarem e a investigarem as conceções dominantes de deficiência em Portugal e a refletirem sobre o impacto dessas conceções sobre as condições objetivas de existência das pessoas com deficiência em Portugal. Os/as estudantes terão oportunidade de desenhar e aplicar instrumentos de recolha de dados junto da população de Coimbra (entrevistas semi-estruturadas e inquéritos por questionário), bem como de proceder ao tratamento, análise e apresentação dos dados recolhidos.
Espera-se, assim, que os/as estudantes possam experienciar as diferentes etapas do processo de investigação científica e, especialmente, possam desenvolver um olhar sociológico face à realidade social.

Observações: Estágio com oferta de almoço e com possibilidade de alojamento para os/as candidatos/as que residam fora de Coimbra.

1º dia de estágio
Local de encontro: Centro de Estudos Sociais - Alta (Largo D. Dinis)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Fernando Fontes (927747223) ou Antonieta Reis Leite (933287806)
[Estágios nesta instituição]

Candidate-se >>