Ciência Viva no Laboratório - OCJF

Ocupação Científica de Jovens nas Férias 2018


 
 

Listar Estágios Listar Instituições Listar Áreas Geográficas Listar Área Científica


Instituto Superior de Engenharia de Lisboa - ISEL, Centro de Estudos de Engenharia Química
Morada: Rua Conselheiro Emídio Navarro, 1, 1959-007, Lisboa, Lisboa


1. Química no Duche - COMPLETO
Responsável: Nelson Guerreiro Cortez Nunes
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Físico-Química
Data: de 02-07-2018 a 06-07-2018      Horário: Manhã
Investigador(es): Ângela Martins
Descrição: Neste estágio propomos que fiques a conhecer e determines algumas das propriedades físico-químicas de produtos de uso diário como o champô, gel de banho ou sabonete. Vamos também tentar produzir alguns destes detergentes e comparar as suas principais propriedades com os produtos comerciais.
Observações: Estágio com oferta de almoço.

1º dia de estágio
Local de encontro: ISEL / Lab. Química Física     Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Prof. Nelson Nunes
[Estágios nesta instituição]




2. Análise granulométrica do areal da praia do Samouco
Responsável: José Valério Palmeira
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º      Área Físico-Química
Data: de 02-07-2018 a 06-07-2018      Horário: Manhã
Investigador(es): Ana Sofia Figueiredo
Descrição: O objectivo deste estágio é permitir ao aluno aprender a utilizar uma das muitas operações unitárias utilizadas em Engenharia Química.
A peneiração é uma operação que consiste na separação de partículas sólidas de diferentes tamanhos, através da utilização de peneiros ou crivos com diferentes aberturas de malha.
Na área de processos industriais, esta operação é utilizada para separar e caracterizar materiais sólidos, como matérias-primas ou produtos finais. Um exemplo de aplicação noutras áreas é a caracterização de solos.
O trabalho a desenvolver, envolve o planeamento e recolha de um conjunto de amostras de areia de uma praia no estuário do Tejo, nomeadamente a praia do Samouco. As amostras serão levadas para o laboratório onde serão caracterizadas individualmente através de operações de peneiração.
Os alunos aprenderão ainda a utilizar algumas ferramentas estatísticas no tratamento dos resultados.
A localização dos pontos de recolha das amostras permitirá concluir sobre variações de granulometria ao longo da linha de costa e em função da distância à linha de água.



1º dia de estágio
Local de encontro: Átrio principal do ISEL (em frente à cantina)    Hora: 09:30
Pessoa de contacto: José Palmeira
[Estágios nesta instituição]

Estágio já em curso / terminado



3. Como remover metais de uma água? - COMPLETO
Responsável: Maria Teresa Loureiro dos Santos
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Físico-Química
Data: de 02-07-2018 a 06-07-2018      Horário: Manhã
Investigador(es): Ana Maria Barreiros
Descrição: A água é essencial para a sobrevivência de todos os seres vivos. O Homem ao longo dos anos tem utilizado as águas a nível doméstico e industrial, dando origem a águas poluídas. Estas águas têm que ser tratadas em estações de tratamento de águas residuais (ETAR) para serem reutilizadas ou descarregadas no meio recetor (ex. rios, lagos, etc.).
O presente trabalho tem como objetivo a caracterização de uma água e posterior tratamento por coagulação/floculação e adsorção.
O estágio envolve uma componente teórica e uma componente laboratorial. Na componente teórica serão transmitidas algumas noções sobre poluição da água, ETAR, amostragem de águas residuais e parâmetros físico-químicos de forma a avaliar o grau de poluição. Na componente laboratorial será avaliada a poluição de uma água através da determinação de alguns parâmetros físico-químicos (ex. pH, Sólidos Totais (ST), Sólidos Suspensos Totais (SST), Carência Química de Oxigénio (CQO)). Posteriormente são realizados ensaios de tratabilidade da água por coagulação/floculação e adsorção. Na adsorção serão utilizados adsorventes naturais provenientes da indústria alimentar, como por exemplo cascas de frutos secos.
No final do estágio os alunos realizam um poster, onde apresentam os resultados obtidos no trabalho desenvolvido.
Observações: Estágio com oferta de almoço, com possibilidade de alojamento e jantar para alguns alunos.

1º dia de estágio
Local de encontro: Laboratório de Ambiente - ISEL    Hora: 09:30
Pessoa de contacto: Doutora Teresa Santos, Doutora Ana Barreiros
[Estágios nesta instituição]




4. Como remover corantes de uma água? - COMPLETO
Responsável: Ana Maria Barreiros
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Físico-Química
Data: de 02-07-2018 a 06-07-2018      Horário: Manhã
Investigador(es): Doutora Teresa Santos
Descrição: A água é essencial para a sobrevivência de todos os seres vivos. O Homem ao longo dos anos tem utilizado as águas a nível doméstico e industrial, dando origem a águas poluídas. Estas águas têm que ser tratadas em estações de tratamento de águas residuais (ETAR) para serem reutilizadas ou descarregadas no meio recetor (ex. rios, lagos, etc.).
O presente trabalho tem como objetivo a caracterização de uma água contaminada com corantes e posterior tratamento por adsorção e ultrafiltração.
O estágio envolve uma componente teórica e uma componente laboratorial. Na componente teórica serão transmitidas algumas noções sobre poluição da água, ETAR, amostragem de águas residuais e parâmetros físico-químicos de forma a avaliar o grau de poluição. Na componente laboratorial será avaliada a poluição de uma água através da determinação de alguns parâmetros físico-químicos (ex. pH, Sólidos Totais (ST), Sólidos Suspensos Totais (SST), Carência Química de Oxigénio (CQO)). Posteriormente são realizados ensaios de tratabilidade da água por adsorção e Ultrafiltração. Adsorção será realizada com carvão ativado. O carvão ativado é um material poroso, com uma grande área específica, utilizado no tratamento de água, quer de consumo quer industrial, para remoção de compostos orgânicos como hidrocarbonetos, pesticidas e corantes.
No final do estágio os alunos realizam um poster, onde apresentam os resultados obtidos no trabalho desenvolvido.

Observações: Estágio com oferta de almoço, com possibilidade de alojamento e jantar para alguns alunos.

1º dia de estágio
Local de encontro: Laboratório de Ambiente - ISEL    Hora: 09:30
Pessoa de contacto: Doutora Ana Maria Barreiros
[Estágios nesta instituição]




5. À descoberta dos zeólitos: propriedades e aplicações na indústria e no dia-a-dia - COMPLETO
Responsável: Angela Martins Nunes
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Físico-Química
Data: de 02-07-2018 a 06-07-2018      Horário: Manhã
Investigador(es): Prof. Nelson Nunes
Descrição: Os zeólitos são minerais naturais ou sintéticos com uma vasta aplicação a nível industrial. Também os podemos encontrar em produtos do dia-a-dia como detergentes para a roupa ou pasta de dentes. As propriedades únicas destes materiais permitem-lhes actuar como permutadores iónicos (indústria de detergentes, como amaciadores de águas), adsorventes (filtros, descontaminação de efluentes) e catalisadores (refinação de petróleo e petroquímica). Propomos com este estágio explorar as propriedades físico-químicas dos zeólitos que estão na origem destas aplicações. Irás compreender como os zeólitos removem os iões cálcio, responsáveis pela dureza da água, como conseguem reter moléculas na sua superfície interna ou como são capazes de catalisar a reacção entre um ácido carboxílico e um álcool para dar origem a uma molécula que é usada como aromatizante em doces e pastilhas. Vem connosco à descoberta dos zeólitos!
Observações: Estágio com oferta de almoço

1º dia de estágio
Local de encontro: ISEL/Laboratório de Química Física ou Átrio Principal    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Prof. Angela Martins Nunes
[Estágios nesta instituição]




6. Análise granulométrica do areal da praia de Alcochete
Responsável: José Valério Palmeira
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º      Área Físico-Química
Data: de 02-07-2018 a 06-07-2018      Horário: Tarde
Investigador(es): Ana Sofia Figueiredo
Descrição: O objectivo deste estágio é permitir ao aluno aprender a utilizar uma das muitas operações unitárias utilizadas em Engenharia Química.
A peneiração é uma operação que consiste na separação de partículas sólidas de diferentes tamanhos, através da utilização de peneiros ou crivos com diferentes aberturas de malha.
Na área de processos industriais, esta operação é utilizada para separar e caracterizar materiais sólidos, como matérias-primas ou produtos finais. Um exemplo de aplicação noutras áreas é a caracterização de solos.
O trabalho a desenvolver, envolve o planeamento e recolha de um conjunto de amostras de areia de uma praia no estuário do Tejo, nomeadamente a praia de Alcochete. As amostras serão levadas para o laboratório onde serão caracterizadas individualmente através de operações de peneiração.
Os alunos aprenderão ainda a utilizar algumas ferramentas estatísticas no tratamento dos resultados.
A localização dos pontos de recolha das amostras permitirá concluir sobre variações de granulometria ao longo da linha de costa e em função da distância à linha de água.


1º dia de estágio
Local de encontro: Átrio principal (em frente à cantina)    Hora: 14:00
Pessoa de contacto: José Palmeira
[Estágios nesta instituição]

Estágio já em curso / terminado



7. Microvegetais: Pequenos mas fortes! - COMPLETO
Responsável: Celeste Serra
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Biologia/Bioquímica
Data: de 02-07-2018 a 06-07-2018      Horário: Tarde
Investigador(es): Nair Alua
Descrição: Microvegetais são um novo tipo de produtos hortícolas com tamanho entre 3 a 10 cm e cuja colheita ocorre entre 7 a 14 dias após a germinação das sementes. Estes produtos têm vindo a ganhar popularidade como novos ingredientes culinários de saladas. sopas e sandwishes devido ao seu aspeto apelativo com cores vivas, aroma e sabor intensos e uma textura mais agradável.
Por outro lado, estudos científicos realizados recentemente atribuem aos microvegetais maior valor nutricional por apresentarem um teor de minerais e de polifenóis superior ao presente nas plantas adultas.
Mas… o que se passa relativamente à actividade antioxidante dos microvegetais?
A resposta vai surgir com a exploração do tema em laboratório no âmbito do estágio que te estamos a propor.

Observações: Estágio com oferta de almoço, com possibilidade de alojamento e jantar para alguns alunos

1º dia de estágio
Local de encontro: Átrio Principal do ISEL    Hora: 14:30
Pessoa de contacto: Celeste Serra
[Estágios nesta instituição]




8. Sal iodado: Uma forma mais saudável de consumir sal - COMPLETO
Responsável: Celeste Serra
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Físico-Química
Data: de 09-07-2018 a 13-07-2018      Horário: Tarde
Investigador(es): Nair Alua
Descrição: O iodo é um micronutriente essencial à síntese das hormonas da tiróide as quais são essenciais ao desenvolvimento do sistema nervoso central. A deficiência em iodo compromete esse desenvolvimento pelo que a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda, para os adultos, a ingestão diária de 150 µg.
Uma forma de prevenir e controlar os distúrbios originados pela deficiência neste micronutriente é a fortificação do sal com iodo, medida recomendada há mais de duas décadas pela OMS.
Estudos recentes revelam carência de iodo na população infantil em Portugal pelo que condimentar alimentos com sal iodado será uma prática desejável que vai garantir a presença deste elemento na alimentação.
Se participares neste estágio vais ficar a saber como se pode determinar o teor de iodo em sal iodado analisando amostras das diversas marcas existentes no mercado.

Observações: Estágio com oferta de almoço, com possibilidade de alojamento e jantar para alguns alunos

1º dia de estágio
Local de encontro: Átrio principal do ISEL    Hora: 14:30
Pessoa de contacto: Celeste Serra
[Estágios nesta instituição]




9. Estudo da cinética de reação e monitorização em tempo real da transformação química da matéria em reatores. - COMPLETO
Responsável: Jaime Puna
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Físico-Química
Data: de 09-07-2018 a 13-07-2018      Horário: Tarde
Descrição: Estudo em tempo real, da transformação de matéria que ocorre em algumas reações químicas de aplicabilidade na indústria, em diversos reatores, utilizando técnicas de análise para evolução das concentrações das espécies reacionais (reagentes e produtos), ao longo do tempo. Monitorização dos dados experimentais com recurso a hardware/software apropriado. Tratamento dos resultados e elaboração de poster como etapa final desta experiência.
Observações: Trabalho muito interessante e atual, no âmbito da tecnologia química de reatores, aplicado a várias áreas vocacionais, como Físico-Química, Química, Biologia e Tecnologia. Trazer bata para o laboratório.

1º dia de estágio
Local de encontro: Lab. Tecnologia Química - Edifício E, sala E.3.8    Hora: 14:30
Pessoa de contacto: Prof. Jaime Filipe Puna
[Estágios nesta instituição]