Ciência Viva no Laboratório - OCJF

Ocupação Científica de Jovens nas Férias 2018


 
 

Listar Estágios Listar Instituições Listar Áreas Geográficas Listar Área Científica



Ver estágios com vagas



Estágios no programa começar cedo


Resultados da pesquisa

1. Solar Boot Camp 1: A Ciência da Microprodução Solar Térmica e Fotovoltaica
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: David Loureiro
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Física
Data: de 09-07-2018 a 13-07-2018      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Álvaro Ramalho , Carlos Rodrigues , Delfina Godinho
Descrição: Neste estágio vais realizar experiências com sistemas de conversão de energia solar térmica e fotovoltaica, como pequenos sistemas de iluminação, refrigeração, aquecimento de água, dessalinização solar, secagem solar e protótipos de concursos escolares. Vais também conhecer o Edifício Solar XXI um edifício energeticamente eficiente com produção de energia elétrica por sistemas fotovoltaicos onde se aplica o conceito de NZEB. Está também prevista uma visita a instalação técnica e a realização duma palestra aberta ao público com um especialista convidado. A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem oferta de alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG - Edifício Solar XXI no Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: David Loureiro
[Estágios nesta instituição]

Estágio já em curso / terminado



2. Solar Boot Camp 2: A Ciência da Secagem Solar de Produtos Naturais
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: David Loureiro
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Física
Data: de 09-07-2018 a 13-07-2018      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Delfina Godinho , Teresa Diamantino
Descrição: Neste estágio vais realizar experiências com secagem solar de madeira e de outros produtos naturais e efectuar a caracterização física e química com a realização de ensaios mecânicos em laboratório. Assim como conhecer a importância cada vez maior de novos materiais para sistemas de energia utilizados em aplicações solares térmicas e fotovoltaicas. Vais também conhecer o Edifício Solar XXI um edifício energeticamente eficiente com produção de energia elétrica por sistemas fotovoltaicos onde se aplica o conceito de NZEB. Está também prevista uma visita a uma xiloteca a realização duma palestra aberta ao público com um especialista convidado. A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem oferta de alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG - Edifício Solar XXI no Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: David Loureiro
[Estágios nesta instituição]

Estágio já em curso / terminado



3. Cozinhar Com a Energia Solar… Num Laboratório
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: David Loureiro
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Físico-Química
Data: de 09-07-2018 a 13-07-2018      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Delfina Godinho , Lucélia Pombeiro
Descrição: A cozinha solar pode ser usada em casas isoladas em países desenvolvidos ou em zonas com populações confrontadas com carências de energia. Neste estágio vais compreender, experimentar e cozinhar com alguns modelos de forno e fogão solares, que podem ser uma alternativa face aos eletrodomésticos tradicionais como o fogão elétrico, a indução, a gás butano e micro-ondas. Será também uma oportunidade para testar os conceitos e as grandezas de transferência de calor na transformação de alimentos (tempo, autonomia, segurança, consumo e emissão de GEE). A enquadrar neste estágio está prevista a realização duma visita de estudo e a realização duma palestra aberta ao público por especialista convidado. A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem oferta de alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG - Edifício Solar XXI no Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)     Hora: 10:00
Pessoa de contacto: David Loureiro
[Estágios nesta instituição]

Estágio já em curso / terminado



4. A extração de fragrâncias como pré-tratamento de biomassa - COMPLETO
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: Luisa Bivar Roseiro
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Química
Data: de 02-07-2018 a 06-07-2018      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Cláudia Tavares , Luís Duarte
Descrição: Os resíduos provenientes da agricultura, florestas e das indústrias agro-alimentares são uma fonte inesgotável de matérias-primas. Infelizmente, muitos são ainda desperdiçados. Neste estágio vais aprender como com tecnologias simples e económicas se podem identificar e desenvolver novos produtos com potenciais aplicações tão distintas como a energia, a alimentação, a cosmética ou a saúde. O estágio tem como objetivo dar a conhecer o tipo de trabalho que um(a) investigador(a) na área da engenharia química desempenha e como este pode contribuir para o desenvolvimento das biorefinarias A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG, Edifício K2 do Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Luísa Roseiro
[Estágios nesta instituição]




5. Utilização de Líquidos Iónicos como Solventes para o Fracionamento da Biomassa - COMPLETO
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: Rafal Lukasik
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Biologia
Data: de 02-07-2018 a 06-07-2018      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Joana Bernardo
Descrição: Os líquidos iónicos são solventes inovadores, ambientalmente muito interessantes, ao contrário dos solventes comuns e dadas as suas propriedades podem ajudar à utilização de recursos pouco explorados e a melhorar o nosso ambiente. Neste estágio vais aprender como fazer líquidos iónicos e como aplicá-los para dissolver seletivamente a biomassa para recuperar, por exemplo, os hidratos de carbono necessários para produzir biocombustíveis como o Bioetanol. O estágio tem como objetivo dar a conhecer o tipo de trabalho que um(a) investigador(a) na área da engenharia química desempenha e como este pode contribuir para o desenvolvimento das biorefinarias.
A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.

Observações: Estágio com oferta de almoço | sem alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG, Edifício K2 do Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Rafal Lukasik
[Estágios nesta instituição]




6. Utilização De Microalgas como Fonte de Biocombustíveis e Bioprodutos - COMPLETO
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: Luis Duarte
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Biologia
Data: de 02-07-2018 a 06-07-2018      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Alberto Reis , Florbela Carvalheiro , Narine Kalantaryan , Pedro Martins
Descrição: As microalgas são seres unicelulares autotróficos e, dependendo da espécie e condições de cultivo, poderão acumular elevadas percentagens de lípidos, proteínas ou hidratos de carbono. Como tal, podem servir como matéria-prima para a obtenção de diversos produtos tais como biocombustíveis, pigmentos e vários tipos de compostos bioactivos. Este estágio tem como objetivo dar-te a conhecer o tipo de trabalho que um(a) investigador(a) na área da biotecnologia / biologia desempenha e como este pode contribuir para o desenvolvimento das biorrefinarias.
A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.

Observações: Estágio com oferta de almoço | sem alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG, Edifício K2 do Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Luís Duarte
[Estágios nesta instituição]




7. Os Resíduos Florestais como Fonte de Novas Matérias-Primas - COMPLETO
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: Florbela Carvalheiro
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Biologia
Data: de 02-07-2018 a 06-07-2018      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Filipa Pires , Luís Duarte , Luísa Roseiro , Pedro Martins
Descrição: Da atividade florestal resultam anualmente enormes quantidades de resíduos os quais são por vezes valorizados de forma pouco eficiente, para além de poderem constituir um problema ambiental potenciador de fogos. No entanto, esta biomassa residual tem imensas potencialidades, podendo ser utilizada nomeadamente para a extração de óleos essenciais e para a produção de açúcares (poli, oligo ou monoméricos) e compostos fenólicos que podem ser utilizados para obtenção de produtos com aplicação na indústria química e para a produção de energia. Neste estágio vais poder descobrir como isso se faz! O estágio tem como objetivo dar a conhecer o tipo de trabalho que um(a) investigador(a) na área da engenharia química desempenha e como este pode contribuir para o desenvolvimento das biorefinarias.
A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: CAMPUS DO LUMIAR – LNEG - UB (Edifício K2)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Florbela Carvalheiro
[Estágios nesta instituição]




8. Como as características das superfícies dos materiais são fundamentais na conversão da energia solar
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: Clarisse Nunes
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Físico-Química
Data: de 16-07-2018 a 20-07-2018      Horário: Manhã + Tarde
Descrição: Um dos componentes fundamentais dos coletores solares térmicos é o absorsor da radiação solar, quanto melhor for a sua seletividade na absorção maior será a sua eficiência na conversão, o que se traduzirá num aumento do rendimento do coletor. Também as superfícies refletoras podem ter um papel muito importante no aumento do rendimento, irás perceber porquê neste estágio.
As superfícies seletivas absorsoras não existem na natureza, por isso temos de as produzir/obter, por processos de deposição e valores dos parâmetros de deposição adequados e as superfícies refletoras, por questões económicas, podem obter-se também do mesmo modo. Neste estágio irás conhecer um processo de deposição por via física que nos vai permitir obter uma superfície seletiva absorsora e em condições de deposição diferentes uma superfície refletora. Utilizando equipamentos adequados, iremos medir estas propriedades nas superfícies obtidas. A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem oferta de alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG - Edifício Solar XXI no Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Clarisse Nunes
[Estágios nesta instituição]

Estágio já em curso / terminado