Ciência Viva no Laboratório - OCJF

Ocupação Científica de Jovens nas Férias 2017


 
 

Listar Estágios Listar Instituições Listar Áreas Geográficas Listar Área Científica



Ver estágios com vagas

Resultados da pesquisa

1. Solar Boot Camp 1: a ciência da microprodução solar térmica e fotovoltaica - COMPLETO
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: David Loureiro
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Física
Data: de 03-07-2017 a 07-07-2017      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Álvaro Ramalho , Carlos Rodrigues , Delfina Godinho
Descrição: Neste estágio vais realizar experiências com sistemas de conversão de energia solar térmica e fotovoltaica, como pequenos sistemas de iluminação, refrigeração, aquecimento de água, dessalinização solar, secagem solar e protótipos de concursos escolares. Vais também conhecer o Edifício Solar XXI um edifício energeticamente eficiente com produção de energia elétrica por sistemas fotovoltaicos onde se aplica o conceito de NZEB (o que é?). Está também prevista uma visita a instalação técnica e a realização duma palestra aberta ao público com um especialista convidado. A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia, através dum poster de divulgação e dum logotipo que simbolize o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem oferta de alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG - Edifício Solar XXI no Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Engº David Loureiro
[Estágios nesta instituição]




2. Solar Boot Camp 2: a ciência da secagem solar de produtos naturais - COMPLETO
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: David Loureiro
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Física
Data: de 10-07-2017 a 14-07-2017      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Delfina Godinho , Teresa Diamantino
Descrição: Neste estágio vais realizar experiências com secagem solar de madeira e de outros produtos naturais e efectuar a caracterização física e química com a realização de ensaios mecânicos em laboratório. Assim como conhecer a importância cada vez maior de novos materiais para sistemas de energia utilizados em aplicações solares térmicas e fotovoltaicas. Vais também conhecer o Edifício Solar XXI um edifício energeticamente eficiente com produção de energia elétrica por sistemas fotovoltaicos onde se aplica o conceito de NZEB. Está também prevista uma visita a uma xiloteca a realização duma palestra aberta ao público com um especialista convidado. A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem oferta de alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG - Edifício Solar XXI no Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Engº David Loureiro
[Estágios nesta instituição]




3. Cozinhar com a energia solar … num laboratório
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: David Loureiro
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Físico-Química
Data: de 10-07-2017 a 14-07-2017      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Delfina Godinho , Lucélia Pombeiro
Descrição: Cada vez mais a utilização das tecnologias solares surge como alternativa de cocção sustentável e de educação para a energia acessível aos jovens. A cozinha solar pode ser usada em casas isoladas em países desenvolvidos ou em zonas com populações confrontadas com carências de energia. Neste estágio vais compreender e experimentar alguns modelos de forno e fogão solares face aos eletrodomésticos tradicionais como o fogão elétrico, a indução, a gás butano e micro-ondas, para testar os conceitos e as grandezas de transferência de calor na transformação de alimentos (tempo, autonomia, segurança, consumo e emissão de GEE). A enquadrar neste estágio está prevista a realização duma visita de estudo e a realização duma palestra aberta ao público por especialista convidado. A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia, através dum poster de divulgação e dum logotipo que simbolize o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem oferta de alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG - Edifício Solar XXI no Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Engº David Loureiro
[Estágios nesta instituição]

Estágio já em curso / terminado



4. A extração de fragâncias como pré-tratamento de biomassa
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: Luisa Bivar Roseiro
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Química
Data: de 03-07-2017 a 07-07-2017      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Cláudia Tavares , Luís Duarte
Descrição: Os resíduos provenientes da agricultura, florestas e das indústrias agro-alimentares são uma fonte inesgotável de matérias-primas. Infelizmente, muitos são ainda desperdiçados. Neste estágio vais aprender como com tecnologias simples e económicas se podem identificar e desenvolver novos produtos com potenciais aplicações tão distintas como a energia, a alimentação, a cosmética ou a saúde. O estágio tem como objetivo dar a conhecer o tipo de trabalho que um(a) investigador(a) na área da engenharia química desempenha e como este pode contribuir para o desenvolvimento das biorefinarias.
A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG, Edifício K2 do Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Luísa Roseiro
[Estágios nesta instituição]

Estágio já em curso / terminado



5. As plantas aromáticas como fonte de novas matérias-primas
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: Florbela Carvalheiro
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Química
Data: de 03-07-2017 a 07-07-2017      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Júnia Caturra , Pedro Martins
Descrição: A esteva é uma planta endógena, para a qual há poucas ou nenhumas utilizações industriais. No entanto ela tem imensas potencialidades, podendo ser utilizada para a extração de óleos essenciais e para a produção de açúcares (poli, oligo ou monoméricos) que podem ser utilizados para a produção de produtos com aplicação na indústria química e para a produção de energia. Neste estágio vais poder descobrir como isso se faz! O estágio tem como objetivo dar a conhecer o tipo de trabalho que um(a) investigador(a) na área da engenharia química desempenha e como este pode contribuir para o desenvolvimento das biorefinarias.
A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG, Edifício K2 do Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Dra. Florbela Carvalheiro
[Estágios nesta instituição]

Estágio já em curso / terminado



6. Utilização de líquidos iónicos como solventes para o fracionamento da biomassa - COMPLETO
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: Rafal Lukasik
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Química
Data: de 03-07-2017 a 07-07-2017      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Joana Bernardo
Descrição: Os líquidos iónicos são solventes inovadores, ambientalmente muito interessantes, ao contrário dos solventes comuns e dadas as suas propriedades podem ajudar à utilização de recursos pouco explorados e a melhorar o nosso ambiente. Neste estágio vais aprender como fazer líquidos iónicos e como aplicá-los para dissolver seletivamente a biomassa para recuperar, por exemplo, os hidratos de carbono necessários para produzir biocombustíveis como o Bioetanol. O estágio tem como objetivo dar a conhecer o tipo de trabalho que um(a) investigador(a) na área da engenharia química desempenha e como este pode contribuir para o desenvolvimento das biorefinarias.
A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG, Edifício K2 do Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Dr. Rafal Lukasik
[Estágios nesta instituição]




7. Utilização de microalgas como fonte de biocombustíveis e bioprodutos - COMPLETO
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: Luis Duarte
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Biologia
Data: de 03-07-2017 a 07-07-2017      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): Alberto Reis , Luís Duarte , Narine Kalantaryan , Pedro Martins
Descrição: As microalgas são seres unicelulares autotróficos e, dependendo da espécie e condições de cultivo, poderão acumular elevadas percentagens de lípidos, proteínas ou hidratos de carbono. Como tal, podem servir como matéria-prima para a obtenção de diversos produtos tais como biocombustíveis, pigmentos e vários tipos de compostos bioactivos. Este estágio tem como objetivo dar-te a conhecer o tipo de trabalho que um(a) investigador(a) na área da biotecnologia / biologia desempenha e como este pode contribuir para o desenvolvimento das biorefinerias.
A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG, Edifício K2 do Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Dra. Florbela Carvalheiro
[Estágios nesta instituição]




8. Programação gráfica aplicada a smart grids - COMPLETO
Instituição: Laboratório Nacional de Energia e Geologia - LNEG - Amadora
Responsável: Jose Almeida
Nº Alunos: 2      Anos: 10º/11º/12º      Área Informática
Data: de 17-07-2017 a 21-07-2017      Horário: Manhã + Tarde
Investigador(es): José Teixeira , Teresa Simões
Descrição: Neste estágio é proposto o acompanhamento duma equipa de investigação que reúne valências em engenharia de modelação e simulação em energia eólica e processos energeticamente sustentáveis com elevada penetração de recursos de energias renováveis (smart grids). Abordagem e desenvolvimento de bases do .NET Framework, interface de programação Visual Studio. Exemplos de utilização de WinForms controls, classes, collections, enumerations e programação com GDI+. Construção de rotinas e alguns programas com animação gráfica.
A compreensão do tema e de cada etapa do estágio será apresentada pelo grupo de alunos numa síntese do trabalho realizado em formato multimédia e de uma representação gráfica que resuma o tema tratado.
Observações: Estágio com oferta de almoço | sem alojamento

1º dia de estágio
Local de encontro: LNEG, Edifício C do Pólo do Lumiar (Campus IAPMEI)    Hora: 10:00
Pessoa de contacto: Dr. Miranda de Almeida
[Estágios nesta instituição]