Ciência Viva no Laboratório - OCJF

Ocupação Científica de Jovens nas Férias 2017


 
 

Listar Estágios Listar Instituições Listar Áreas Geográficas Listar Área Científica



Ver estágios com vagas

Resultados da pesquisa

1. A outra Lisboa
Instituição: Instituto de Ciências Sociais - ICS - Lisboa
Responsável: Ana Delicado
Nº Alunos: 5      Anos: 10º/11º/12º      Área Sociologia
Data: de 21-08-2017 a 25-08-2017      Horário: Manhã + Tarde
Descrição: A cidade de Lisboa e a sua área metropolitana apresentam um vasto conjunto de caraterísticas sociais e territoriais nem sempre uniforme e contíguo. Essas caraterísticas são influenciadas, ou até determinadas, por múltiplos fatores, como o tipo de política que vigora para os contextos urbanos, a mobilização e capacidade de se auto-organizar, e também o tipo de intervenções atuadas em prol de territórios que, face a problemas altamente complexos, requerem um cuidado especial. Neste estágio, os alunos vão fazer uma investigação científica sobre a grande diversidade social e territorial de Lisboa e da sua área metropolitana, com destaque para os territórios que apresentam várias tipologias de necessidades e, em alguns casos, carências. Os alunos serão convidados a usar ferramentas das ciências sociais e humanidades (inquéritos, trabalho de campo, visitas a arquivos e análise de imagens, etc) bem como a analisar dados derivados da aplicação das mesmas para uma abordagem crítica aos problemas identificados ao longo do estágio.
Observações: O estágio inclui refeições.

1º dia de estágio
Local de encontro: Instituto de Ciências Sociais    Hora: 09:30
Pessoa de contacto: Rita Calvário
[Estágios nesta instituição]

Candidate-se >>



2. As migrações internacionais de jovens em Portugal: de onde, para onde, porquê?
Instituição: Instituto de Ciências Sociais - ICS - Lisboa
Responsável: Filipa Pinho
Nº Alunos: 6      Anos: 10º/11º/12º      Área Sociologia
Data: de 21-08-2017 a 25-08-2017      Horário: Manhã + Tarde
Descrição: Portugal tem apresentado, nos últimos anos, um padrão misto de migração internacional. Ou seja, tem fluxos de imigração em simultâneo com fluxos de emigração, ainda que esta última esteja na agenda (mediática, de investigação, política) atualmente, por ser preponderante.
Com base em pesquisas sobre imigração e emigração, parte-se de uma apresentação daquele enquadramento, de conceitos e de fontes de dados (Observatório das Migrações, Observatório da Emigração, SEF, etc.), e pretende-se começar por fazer uma primeira reflexão sobre as diversas motivações, além das económicas, para os migrantes deixarem os seus locais de origem. Embora com incidência nas migrações de tipo voluntário, explora-se resumidamente a problemática dos refugiados.
As questões sobre as fases da vida em que tenderá mais a acontecer a migração, como é feita a gestão do processo de decisão e mudança e o que está em causa na integração, farão parte da abordagem à problemática, onde também haverá, sempre que seja possível com os dados disponíveis, uma particular incidência nos jovens.
Além das questões mais compreensivas, serão também apresentadas noções de construção de um guião de entrevista, de elaboração de questionários e de recolha de estatísticas e de pesquisa bibliográfica, instrumentos com os quais os estudantes poderão realizar uma investigação em grupo e obter resultados para divulgação posterior.

Observações: O estágio inclui refeições.


1º dia de estágio
Local de encontro: Instituto de Ciências Sociais.    Hora: 09:30
Pessoa de contacto: Filipa Pinho
[Estágios nesta instituição]

Candidate-se >>