Uma parceria da Ciência Viva com a ESA

Iniciativas

1.ª competição nacional CanSat

26 e 27 de abril 2014
Aeródromo Municipal da Praia de Santa Cruz - Torres Vedras

O CanSat Portugal é um projeto educativo do ESERO Portugal, organizado no nosso país pelo Centro AeroEspaço do Aeroclube de Torres Vedras e pela Ciência Viva, em colaboração com a Agência Espacial Europeia.

Alunos do ensino secundário de todo o país foram convidados a projetar e a construir um modelo funcional de um micro-satélite (CanSat), em que os sistemas base (antena, bateria e sensores) são integrados no volume de uma lata de refrigerante.

Concorreram 36 equipas das quais 15 equipas chegaram à final, que decorreu nos dias 26 e 27 de Abril no Aeródromo da Praia de Santa Cruz, em Torres Vedras. Além das equipas portuguesas participou uma equipa espanhola no total de 100 alunos de 11 escolas.

Mission Impossible
Externato de Penafirme
Torres Vedras
Lusíadas CanSat Team
Escola Secundária de Santa Maria
Sintra
Equipa Viriathus
Escola Secundária António Damásio
Lisboa
LxSat
Colégio Pedro Arrupe
Lisboa
TugaSat
Colégio do Sagrado Coração de Maria
Lisboa
Rocket Rangers
Escola Secundária José Gomes Ferreira
Lisboa
HubblEsjgf
Enterprise 15
Space Oisters
Oeiras International School
Oeiras
EPAdroid’s
Escola Profissional de Almada
Almada
EPA Sat
StarSat
Colégio Guadalupe
Seixal
Apollo CAIC10
Colégio da Imaculada Conceição
Coimbra
Grupo de Nerds Astronómicos
We CAN’t get no SATisfaction
Agrupamento de Escolas Laura Ayres
Quarteira
Cavall CanSat
INS Cavall Bernat
Barcelona

A competição contou com um júri de nove especialistas representantes das universidades portuguesas, da ESA, da Ciência Viva e da indústria aeroespacial portuguesa.

Esta primeira edição do CanSat em Portugal contou também com a presença do Juan Nolasco, professor da escola Básica e Secundária de Santa Maria nos Açores, e vencedor da edição internacional da competição do CanSat 2013 e com a presença de Mariana Moreira, estudante de Engenharia Aeroespacial no Instituto Superior Técnico, 3ª classificada na final internacional da competição CanSat 2012 e finalista da competição ZeroRobotic 2012.

O evento iniciou-se na manhã de sábado, dia 26 de abril, com a cerimónia de lançamento do ESERO Portugal. Na parte da tarde as equipas apresentaram os seus projetos ao júri. Um elemento de cada equipa teve oportunidade de efetuar um lançamento de teste do avião do AeroEspaço/ACTV. O dia terminou com uma palestra sobre o “Céu que podemos ver” e um momento musical que foi seguido do jantar de grupo.escola Básica e Secundária de Santa Maria nos Açores, e vencedor da edição internacional da competição do CanSat 2013 e com a presença de Mariana Moreira, estudante de Engenharia Aeroespacial no Instituto Superior Técnico, 3ª classificada na final internacional da competição CanSat 2012 e finalista da competição ZeroRobotic 2012.

No domingo, dia 27 de abril, a competição iniciou-se ao nascer do sol, com os primeiros lançamentos dos CanSat com foguetes Intruder. Devido a problemas logísticos as últimas equipas tiveram que realizar os seus lançamentos de avião, recriando as mesmas condições que seriam atingidas pelos foguetes. Durante o período da tarde as equipas fizeram a apresentação final do seu projeto diante do júri. Foi escolhida como vencedora a equipa Mission Impossible que irá representar Portugal na final europeia da ESA, que se realizará em Andøya, Noruega de 1 a 5 de Junho.

Houve a atribuição de um outro prémio pela Academia da Força Aérea e pelo Centro AeroEspaço às equipas Mission Impossible e Viriathus. Estas entidades irão desenvolver com estes alunos, num projeto conjunto, um CanSat Marinho para monitorização de derrames de petróleo, este será testado em Setembro usando um Veículo Aéreo Não Tripulado.

Os Star Sat ficaram em segundo lugar e os Tuga Sat conseguiram o terceiro lugar do pódio. Houveram ainda três menções honrosas para a equipa dos Viriathus, EPA Sat e Lusíadas pelo seu trabalho e dedicação.

 

Mais informações em CanSat Portugal 2014.