ozono


Ozono (O3)

é o mais importante dos oxidantes fotoquímicos;
na estratosfera existe em grande quantidade onde tem um papel essencial ao limitar a quantidade de radiação solar UV que atinge a superfície terrestre;
na troposfera (camada mais baixa da atmosfera) é um poluente secundário nocivo para a saúde.


Formação do O3
Resultante de um conjunto de reacções fotoquímicas complexas envolvendo compostos orgânicos voláteis, óxidos de azoto, oxigénio e radiação solar.

Como resultado do seu processo de formação as suas concentrações são normalmente mais elevadas durante o período de Primavera-Verão, especialmente quando a radiação solar é forte, as temperaturas elevadas e em situações de vento fraco e estabilidade da atmosfera.

Efeitos do O3 na saúde
penetra profundamente nas vias respiratórias, afectando os brônquios e os alvéolos pulmonares;
causa irritações nos olhos, nariz e garganta, seguindo-se tosse e dor de cabeça;
os efeitos manifestam-se mesmo para baixas concentrações e períodos curtos.

Efeitos do O3 na vegetação
provoca manchas nas folhas;
provoca redução de crescimento a partir de certas concentrações e períodos de exposição;
completa destruição de culturas mais sensíveis.

Efeitos do O3 nos materiais
provoca a degradação de muitos materiais, tais como a borracha, designadamente dos limpa pára-brisa dos automóveis que em atmosferas urbanas poluídas perdem a flexibilidade e quebram facilmente.



Voltar