Dia Nacional da Cultura Científica

O Dia Nacional da Cultura Científica foi instituído pelo antigo Ministro da Ciência e Tecnologia, José Mariano Gago, em 1996 em homenagem a Rómulo de Carvalho/António Gedeão, professor, divulgador de ciência e poeta.

24 de Novembro | 12.30 | Pavilhão do Conhecimento

Cerimónia de atribuição do topónimo Largo José Mariano Gago frente ao Pavilhão do Conhecimento - Centro Ciência Viva, no Parque das Nações, em Lisboa.

Alunos da Escola Básica do Alto do Moinho, da Escola Secundária D. Dinis, da Escola Secundária da Cidadela e da Universidade Sénior da Póvoa de Santa Iria irão plantar simbolicamente no largo um plátano oriental (Platanus orientalis), árvore que acompanha o conhecimento. O acto conta com uma intervenção de Paulo Farinha Marques, Director do Jardim Botânico do Porto, e Tiago Carvalho Rosa, bisneto de Rómulo de Carvalho, fará a leitura do “Poema das Folhas Secas de Plátano”, de António Gedeão.

Esta homenagem integra as comemorações dos 20 anos da Ciência Viva, também assinaladas pela apresentação pública de uma exposição patente no Pavilhão do Conhecimento, livro e arquivo histórico online (estará disponível ao público em arquivo.cienciaviva.pt), que retratam duas décadas de actividade ao serviço da educação e da cultura científica.

A cerimónia de atribuição do topónimo contará com a presença do Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, do Primeiro-Ministro, António Costa, do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Maria Fernanda Rollo, e do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

Neste dia a entrada no Pavilhão do Conhecimento é gratuita.

Consulte as 160 acções que decorrem em todo o país no Dia Nacional da Cultura Científica.