Sustentabilidade Urbana

cidades

16.º Café de Ciência na Assembleia da República

Quarta-feira, 10 de Maio de 2017

 

Até 2050 dois terços da população mundial vão estar a viver em áreas urbanas. Esta concentração acelerada de pessoas exponenciará as trocas culturais e económicas, bem como a inovação social e tecnológica. Mas também trará enormes desafios: assegurar a produção e distribuição de alimentos, conter a sobre-exploração de recursos, reduzir assimetrias sociais e desequilíbrios territoriais.

A cidade sustentável é planeada e construída de modo a oferecer elevados padrões de qualidade de vida, fixar populações e conhecimento, fomentar a inovação, proporcionar ambiente e espaços públicos de qualidade, promover a coesão territorial e social dentro da cidade e à sua volta, e responder a cenários de incerteza. No entanto nada pode ser feito sem a participação e responsabilização das instituições públicas, da comunidade científica, das organizações da sociedade civil e dos cidadãos.

Como concretizar então a cidade sustentável?

Qual o papel dos governantes e dos cidadãos?

Poderá um maior bem-estar e o acesso a mais informação conduzir a uma cidadania mais activa?

Neste Café de Ciência convidamos cientistas, deputados, especialistas de organizações não-governamentais e de instituições públicas para debater os desafios da sustentabilidade urbana no nosso país.

 

Documentação e Websites 

Objectivos de Desenvolvimento Sustentável | ONU

cidades


Nova Agenda Urbana
| ONU

Estratégia Cidades Sustentáveis 2020 | Governo de Portugal

Índice das cidades sustentáveis | Arcadis

 

Notícias

Fomos conhecer o lado smart de Cascais | Future Behind

Como será a cidade sustentável do futuro? | Green Savers

Airbnb em Lisboa: Mais de 4 mil anúncios só em Santa Maria Maior e Misericórdia | TSF


 

Edições Anteriores

Dez 2016Abril 2016 | Abril 2015 | Out 2014Março 2014 | Nov 2013 | Abril de 2013 | Out 2012 | Abril 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2005

 

Voltar