Pavilhão do Conhecimento


Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP)
 

Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP)

Caracterização

O IPATIMUP, Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto – é uma associação privada, sem fins lucrativos e de Utilidade Pública, criada em 1989 sob a égide da Universidade do Porto. São Associados Efectivos do IPATIMUP a Câmara Municipal do Porto, Comissão de Coordenação da Região Norte (que preside ao Conselho Fiscal), Cruz Vermelha Portuguesa, Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, Instituto de Genética Médica, Liga Portuguesa Contra o Cancro e Universidade do Porto (que preside à Assembleia Geral e ao Conselho de Acompanhamento Externo). Associaram-se à criação do IPATIMUP, na qualidade de Associados Aderentes, a Faculdade de Medicina, Faculdade de Ciências, Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação, Faculdade de Farmácia, Faculdade de Medicina Dentária, Hospital S. João, ICBAS e I.P.O. – Porto.

O IPATIMUP foi um dos primeiros quatro Laboratórios Associados do Ministério da Ciência criados em Portugal e está instalado num edifício com cerca de 4000m2 no Pólo 2 da U.Porto.

O IPATIMUP tem uma articulação funcional com o IBMC e o INEB e protocolos de colaboração com numerosas instituições europeias, do Brasil, EUA, Canada, China e PALOP. Estas colaborações justificam, por exemplo, que cerca de 3/5 dos artigos científicos publicados anualmente por investigadores do IPATIMUP tenham co-autores de instituições estrangeiras.


Perfil programático e valências

O IPATIMUP tem como vocação fundamental fazer investigação de translação e pós-graduação em Oncobiologia, Medicina Molecular e Genética. Constituem também actividades fundamentais do IPATIMUP a divulgação científica com ênfase na prevenção do cancro e de outras doenças, e a prestação de serviços à comunidade nos seguintes domínios: diagnóstico anatomo-patológico e selecção terapêutica de doenças cancerosas e precancerosas, diagnóstico molecular, aconselhamento genético de cancro familiar e ambiental, e genética populacional e forense.

Estas actividades são realizadas por grupos de investigação compostos por docentes de diversas Faculdades da U. Porto, por investigadores contratados pelo IPATIMUP, pós-docs, e estudantes de doutoramento, bolseiros de investigação e estagiários. Actualmente trabalham no IPATIMUP cerca de 100 elementos portugueses e estrangeiros, metade dos quais são doutorados.

Para mais informação deverá consultar o site do IPATIMUP ou colocar a sua questão aqui.




Localização

Rua Dr. Roberto Frias, s/n
4200-465 Porto



Voltar
  © Ciência Viva, 1996-2014