Comunicados de Imprensa

[ Imprimir ] [ Listar Comunicados ]
27-11-2017
Centro Ciência Viva de Sintra perde credenciação

A Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica comunica que retirou a credenciação Ciência Viva ao Centro Ciência Viva de Sintra (CCVS).

Esta decisão foi proposta pela direcção da Ciência Viva aos associados desta Agência Nacional e aprovada por este órgão, tendo sido comunicada no passado dia 10 de Novembro, por ofício enviado à presidência da Associação Centro Ciência Viva de Sintra.

A decisão fundamenta-se numa avaliação independente ao CCVS, realizada por uma comissão presidida pelo Professor Jorge Buescu, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e Presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática, com a participação de Teresa Peña, do Centro de Física Teórica de Partículas do Instituto Superior Técnico, e de Nuno Jardim Nunes, Presidente do Departamento de Engenharia Informática do Instituto Superior Técnico e Madeira-ITI/Larsys.

De acordo com os resultados da referida avaliação, a Ciência Viva considerou que se encontravam em causa os pressupostos de qualidade que estiveram na origem da sua adesão ao projecto do CCVS. Assim, o incumprimento das obrigações pelo associado Câmara Municipal de Sintra conduziu a que o CCVS se encontre em situação de ruptura e em profundo estado de abandono.

De referir que, nos últimos 4 anos, se registaram 3 alterações de Direcção, duas das quais por pedido de demissão dos próprios.

Ao longo dos últimos anos não se conseguiu vislumbrar qualquer solução para os problemas sucessivamente identificados, apesar dos esforços continuados quer da Agência Nacional Ciência Viva quer do Instituto de Tecnologia Química e Biológica (ITQB) outro dos associados deste agora extinto CCVS.