Comunicados de Imprensa

[ Imprimir ] [ Listar Comunicados ]
28-03-2016
Biologia Sintética em discussão no Pavilhão do Conhecimento
Pavilhão do Conhecimento

É já na próxima quinta-feira, dia 31 de Março, às 19.30, que o tema da Biologia Sintética vai estar em debate no Pavilhão do Conhecimento. São oradores convidados José Matos (Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária e Ordem dos Biólogos), Paula Tamagnini (i3S – Instituto de Investigação e Inovação em Saúde) e Pedro Fevereiro (ITQB – Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier ). O debate será moderado pela jornalista do Observador, Vera Novais.

A biologia sintética combina conhecimentos da biologia molecular com a capacidade de acção da engenharia. Os objectivos são ambiciosos: criar seres vivos através da alteração de genomas já existentes ou da combinação de elementos biológicos, para obter formas de vida artificial capazes de produzir vacinas, fármacos ou biocombustíveis. Este é também o tema central do projecto europeu Synenergene, em que a Ciência Viva é parceira.

Neste dia C discutiremos a esperança que a biologia sintética pode representar e os potenciais riscos para a biodiversidade e para a saúde humana devido à introdução de organismos artificiais. Será possível patentear formas de vida? Será necessário criar uma regulação específica para a biologia sintética?

Esta iniciativa integra as Conversas Ciência Conhecimento (Dia C) organizadas em parceria com o Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida, que decorre até Novembro na última quinta-feira do mês.

A entrada é gratuita mediante inscrição prévia em www.cienciaviva.pt.

O Dia C tem como media partner o jornal Público.