Comunicados de Imprensa

[ Imprimir ] [ Listar Comunicados ]
29-05-2013
CIÊNCIA VIVA NO LABORATÓRIO – OCUPAÇÃO CIENTÍFICA DE JOVENS NAS FÉRIAS 2013

DIVULGAÇÃO IMEDIATA

Estão abertas as inscrições no programa de estágios para alunos do ensino secundário Ciência Viva no Laboratório – Ocupação Científica de Jovens nas Férias 2013. Do Minho ao Algarve, são mais de 1300 vagas em 95 instituições que permitirão participar em projectos de investigação nas mais variadas áreas científicas. Seguem alguns exemplos:

Algarve
No Centro de Ciências do Mar do Algarve vão poder estudar os mecanismos moleculares e fisiológicos que os peixes antárcticos têm para responder às alterações de temperatura resultantes do aquecimento global, extraindo o seu DNA e desenvolvendo marcadores genéticos. No AQUASEPIA – Desenvolvimento da Tecnologia do Cultivo do Choco serão integrados na equipa que está a estudar a criação de choco em aquicultura no Centro do Ramalhete (Ria Formosa, Faro). Podem ainda embarcar numa campanha oceanográfica a bordo do navio Creoula, coordenada pela Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental.

Aveiro
No Instituto de Nanoestruturas, Nanomodelação e Nanofabricação os alunos vão poder participar no desenvolvimento de um sistema de diagnóstico médico PET (Position Emission Tomography) demonstrativo. Já no Instituto de Telecomunicações e na PT-Inovação irão colaborar nas diversas etapas de investigação e desenvolvimento de equipamento para comunicação por fibra óptica.

Coimbra
Num dos estágios do Centro de Neurociências e Biologia Celular de Coimbra o desafio é cultivar neurónios, realizar imunocitoquímica para identificar e contar neurónios, e saber quais os que controlam o apetite.

Lisboa
Trabalhar em imunologia com investigadores do Instituto de Medicina Molecular ou lado a lado com os engenheiros da Siemens, ser editor de uma revista de Sociologia no Centro de Estudos de Sociologia da Universidade Nova ou experimentar as novas técnicas de impressão 3D no Instituto de Engenharia Mecânica do IST, são algumas das propostas na área de Lisboa.

Minho
Sabia que é possível monitorizar o nosso coração utilizando a roupa? No estágio promovido pelo Centro de Ciência e Tecnologia Têxtil da Universidade do Minho os alunos irão desenvolver sensores de base têxtil, integrá-los numa peça de vestuário produzida numa máquina industrial e testar o seu funcionamento em laboratório.

Porto
No estágio do Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental – CIIMAR os estudantes vão fazer parte de uma saída de campo no estuário do Rio Minho para recolher dados e amostras de material biológico.

Tomar
Durante duas semanas, os jovens estagiários vão aprender técnicas e métodos de Arqueologia com os investigadores do Instituto Politécnico de Tomar e explorar uma gruta da época romana (Alvaiázere).

É sem dúvida uma oportunidade de contacto directo com os investigadores e com o seu trabalho diário no laboratório.
Inscrições em www.cienciaviva.pt. Consulte o Guia do Candidato disponível nesta página.